Paulo Afonso: Vereador é preso por tentativa de homicídio
Foto: Reprodução / Eleições 2016

O vereador paulo-afonsino Alberico Carlos Caetano da Silva, mais conhecido como Bero do Jardim Aeroporto (PP), foi preso na madrugada desta terça-feira (13) em cumprimento a um mandado de prisão temporária. O mandado contra Bero e mais cinco parentes é referente à tentativa de homicídio de duas pessoas em fevereiro deste ano. De acordo com a Polícia Civil, eles teriam tentado matar Rogério Eloi da Silva e Jeová do Nascimento Melo, por causa de uma desavença pessoal, no bairro Boa Esperança. No dia do crime, policiais militares conseguiram prender o sobrinho do vereador, Girlano Cleber Caetano da Silva. Com ele foi encontrado um rifle com sete munições. Cleber foi solto após pagar fiança. O caso deu prosseguimento no início de março quando o mandado de prisão foi solicitado pela Delegacia Territorial (DT) do município. O vereador se apresentou na Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Cabrobó, em Pernambuco, e foi transferido para a Bahia. No dia 6 de março, policiais civis também cumpriram nove mandados de busca e apreensão nos imóveis de Bero, Girlano e mais três integrantes da família, que estão com as prisões temporárias decretadas. Ao Pan Notícias, o presidente da Câmara Municipal de Paulo Afonso, Marcondes Francisco dos Santos (PSD), se solidarizou com Bero. “Diante de tudo isso nós queremos dizer que o Poder Legislativo de Paulo Afonso está solidário e unido, mesmo diante dessas circunstâncias, à parte de siglas partidárias ou ideologias políticas. Nós achamos que até que se prove o contrário, Bero é um homem ilibado, inocente e digno e vereador”, declarou.

Histórico de Conteúdo