Terça, 07 de Novembro de 2017 - 09:45

'Cardápio era bem variado', diz delegado sobre origem de desvios em prefeituras na Bahia

por Francis Juliano

'Cardápio era bem variado', diz delegado sobre origem de desvios em prefeituras na Bahia
Foto: Reprodução / Montagem / Bahia Notícias

Os recursos desviados atribuídos aos prefeitos de Porto Seguro, Cláudia Oliveira; de Eunápolis, Robério Batista de Oliveira; e de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos, tinham origem diversa. Conforme o delegado federal Alexsander Dias, que está em missão em Porto Seguro, o desfalque ia de serviços da educação a obras em geral.“O cardápio era bem variado. Ia de verbas da educação, como merenda escolar, além de coleta de lixo, pavimentação asfáltica, locação de palco e estrutura para revéillon e São João”, afirmou em entrevista ao Bahia Notícias. Desde às 6h desta terça-feira (7), agentes da Polícia Federal, Ministério Público Federal e Controladoria Geral da União participam da Operação Fraternos (ver aqui e aqui). Conforme apuração, o rombo cometido chega a cerca de R$ 200 milhões. Os investigados vão responder pelos crimes de organização criminosa, fraude em licitação, corrupção ativa e passiva e lavagem de capitais.

Histórico de Conteúdo