Campo Formoso: Servidores da educação entram em greve por reajuste salarial
Foto: Reprodução / Campo Formoso Notícias

Trabalhadores da educação municipal de Campo Formoso, no Piemonte Norte do Itapicuru, entraram em greve por tempo indeterminado. Segundo o Sindicato dos Servidores em Educação (Sise), a categoria cobra reajuste salarial de 7,64% para professores e de 6,47% para os demais trabalhadores. A decisão ocorreu em assembleia nesta segunda-feira (24).  Ao G1, o sindicato declarou que as aulas estão suspensas na maioria das escolas. Em nota, a prefeitura de Campo Formoso informou que não pode conceder o reajuste salarial por falta de recursos. A gestão justifica que, nos últimos cinco anos, as despesas em educação local foram maiores que as receitas, o que inviabiliza o aumento. Na mesma nota, a prefeitura disse que gasta 80% do valor do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para pagar os servidores da educação.

Histórico de Conteúdo