Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

A Controladoria Geral do Município de São Paulo realiza na manhã desta quarta-feira (30) megaoperação para prender ex-funcionários do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD), acusados de promover um rombo estimado em até R$ 500 milhões na gestão municipal. A suposta quadrilha teria atuado desde 2007 na Secretaria de Finanças. A operação é realizada em conjunto com agentes do Ministério Público de São Paulo, da Polícia Federal e da Polícia Civil.

Histórico de Conteúdo