Terça, 12 de Maio de 2020 - 13:30

Live do BN: João Leão revela conversa com Bolsonaro quando deputado: 'Me respeite'

por Fernando Duarte / Breno Cunha

Live do BN: João Leão revela conversa com Bolsonaro quando deputado: 'Me respeite'
Foto: Bahia Notícias

O vice-governador João Leão (PP) foi o convidado desta terça-feira (12) da Live do Bahia Notícias no Instagram e revelou uma conversa que teve com Jair Bolsonaro, quando o mesmo era deputado federal, sobre emendas parlamentares.

 

“Eu conheço muito bem Bolsonaro, ele era do meu partido, Partido Progressista, foi 20 anos meu colega de bancada. Eu me lembro bem, eu cheguei uma vez pra Bolsonaro, querendo ajudar meus colegas de bancada e querendo que cada um me dissesse a prioridade das suas emendas parlamentares, porque eu estava como relator do orçamento da união, e eu queria ajudar na liberação das emendas de cada parlamentar”, iniciou João Leão.

 

Ele falou que ao perceber que Bolsonaro não tinha nenhuma emenda parlamentar, o chamou para uma conversa a fim de perguntar o motivo.

 

“Eu disse ‘Bolsonaro, você não tem emenda? Como você vai botar o recurso que você tem direito?’. E ele disse ‘não, eu não uso emenda, esse negócio de emenda de deputado é negócio de quem é ladrão’. Eu disse ‘pera ai, eu não sou ladrão, você me respeite, porque eu não sou ladrão, e eu faço emenda. Agora, você não faz emenda porque você não sabe fazer’”, contou Leão, que foi deputado federal por 20 anos.

 

De acordo com o vice-governador, ele próprio ensinou Bolsonaro a fazer emendas e a partir disso o então deputado passou a destinar suas emendas ao Exército.

 

“O maior problema do Brasil hoje são os 3 filhos de Bolsonaro. Um é o Flávio, que é o senador, o outro é o 02, que é Carlos, o vereador, e outro é Eduardo, que é o 03. Tá vindo aí o 04”, disse Leão, que brincou que se fosse Bolsonaro, chamaria os quatro e mandaria todos jogarem seus celulares em um balde d’água. “Porque aí sai das redes sociais, deixa de brigar com os outros”.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Site Bahia Notícias (@bahianoticias) em

Histórico de Conteúdo