Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Incêndio atinge galpão da Cinemateca Brasileira, em São Paulo
Foto: Reprodução/Ariane Breyton

Um incêndio atingiu o galpão da Cinemateca Brasileira na Vila Leopoldina, em São Paulo, nesta quinta-feira (29). A informação é do portal G1.

 

Segundo a publicação, o Corpo de Bombeiros foi chamado por volta das 18h para um chamado num prédio comercial.  No endereço há um galpão de cerca de 6.356 m² de área construída onde parte do acervo da Cinemateca Brasileira é guardado.

 

Informações preliminares apontam que não há vítimas no local. Segundo o major Palumbo, porta-voz do Corpo de Bombeiros, no galpão há materiais altamente inflamáveis.

 

"Nós temos o registro de ser um local onde temos diversos materiais combustíveis diferentes. Arquivos de filmes, que tem acetato altamente inflamável e todos os materiais que compõem a edificação", disse.

 

A estrutura já havia sido atingida por outro incêndio em 2016. Na ocasião, cerca de 500 obras foram destruídas pelas chamas. Em 2020, outra parte do acervo foi perdida após um temporal que gerou um alagamento. 

 

O Ministério Público Federal (MPF), chegou a ajuizar, em julho de 2020, uma ação civil contra a União, denunciando o sucateamento da Cinemateca Brasileira (relembre aqui). O documento destaca "a necessidade de se manter mobilizado o corpo técnico de funcionários especializados, com inigualável expertise na área cinematográfica, cuja desmobilização (por mera dispensa ou ausência reiterada de pagamento) causará irreparável prejuízo imaterial à União".

 

Histórico de Conteúdo