Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Elba Ramalho diz que vai processar locatários que fizeram festa em sua casa em Trancoso
Foto: Reprodução / Instagram

No “olho do furacão”, como ela própria classificou, a cantora Elba Ramalho afirmou que pretende processar os locatários que utilizaram sua casa, em Trancoso, em Porto Seguro, para realizar uma festa com 700 convidados que acabou interrompida pela polícia (saiba mais).

 

"Estou exigindo agora que as pessoas que estão lá na casa façam vídeo e assumam a responsabilidade. Vou processar por danos morais porque estou sendo, vamos dizer assim, entrei no olho do furacão por conta deles. Estive na casa dois dias, fui levar máscara pros funcionários, cheguei a falar com um deles, por favor, 'vocês não podem fazer eventos'", disse a artista à Folha de S. Paulo. "As coisas estão super delicadas porque realmente me tomaram de bode expiatório desta história", pontuou.

 

Elba disse que ainda não decidiu em qual enquadramento jurídico se dará o processo, mas garantiu que exigirá a casa de volta, por quebra de contrato. "Aluguei a casa muito por necessidade, preciso pagar contas também. Minha profissão não retomou", disse a cantora, lembrando que todos os shows programados para a temporada foram cancelados após a proibição das aglomerações. 

 


VÍDEO NA IGREJA
A artista enviou ainda à reportagem uma gravação no qual aparece na igreja local, como havia dito em um vídeo publicado em suas redes após o caso. "Este vídeo que lhe mandei foi feito graças a Deus por um fã que estava na igreja, que tinha somente 15 pessoas, no máximo. Ele próprio postou, fez até uma expressão bacana, que o mal não venceria, que ele é testemunha que eu estava na igreja", disse.

Histórico de Conteúdo