Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Feira: Artistas reclamam de atraso na Aldir Blanc; prefeitura diz que cumpre cronograma
Secretário de Cultura, Jairo Carneiro Filho | Foto: Reprodução/Culturass

Artistas de Feira de Santana alegam que a prefeitura não executou, até o momento, o repasse dos R$ 3,5 milhões que a cidade recebeu através da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc. Conforme expôs a categoria, há 36 dias do prazo máximo de destinação dos recursos financeiros, nenhum edital foi lançado ou espaço cultural foi beneficiado.

 

"A Lei Aldir Blanc não é emergencial à toa. Solicitamos a publicação imediata dos editais e convocação dos espaços culturais de Feira para pagamento do apoio", diz a categoria em nota. 

 

Em resposta, o secretário municipal de Esporte, Cultura e Lazer, Jairo Carneiro Filho afirmou que a comissão constituída para análise dos cadastros está trabalhando. "Na última sexta-feira foi publicada uma lista com cadastros que se encontram com pendências , tendo estes, 5 dias para se atualizarem", disse o titular da pasta. 

 

De acordo com o Jairo Carneiro, os dados informados pelos artistas no cadastro estão sendo cruzados com os do banco de dados da Secretaria Municipal de Administração e da Câmara Municipal para que pagamentos indevidos sejam evitados. "Esta semana à comissão deverá concluir as análises dos cadastros dos espaços culturais e formalizar o termo de parceria para concretizar os pagamentos", garantiu.

 

Segundo a pasta que gere o setor cultural no município, os prazos estão sendo respeitados e os editais serão publicados em breve.

Histórico de Conteúdo