Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Escritor português Vítor Aguiar e Silva vence Prêmio Camões 2020
Foto: Divulgação

O escritor português Vítor Aguiar e Silva venceu a 32ª edição do Prêmio Camões, mais importante premiação da língua portuguesa, promovida pelos ministérios da Cultura de Portugal e do Brasil. A iniciativa concede ao vencedor 100 mil euros, divididos entre os dois países.

 

Aguiar e Silva cursou Letras e licenciou-se em Filologia Românica na Universidade de Coimbra, onde também concluiu o doutorado em Literatura Portuguesa e assumiu a carreira de professor, na Faculdade de Letras, em 1979. Em 1989 ele foi transferido para a Universidade do Minho, onde assumiu o cargo de vice-reitor por 12 anos. 

 

O acadêmico portugues participou como coordenador do grupo de trabalho na proposta de criação do Instituto Camões. Ele coordenou ainda a Comissão Nacional de Língua Portuguesa (CNALP), como Conselho Nacional de Cultura.

 

Ao outorgar o prêmio a Vitor Aguiar e Silva, o júri  reconheceu "a importância transversal da sua obra ensaística e o seu papel ativo relativamente às questões da política da língua portuguesa e ao cânone das literaturas de língua portuguesa".

 

Chico Buarque foi o vencedor em 2019, mas a vitória do artista brasileiro foi ironizada pelo presidente Jair Bolsonaro, que chegou a se recusar a assinar o prêmio (clique aqui e saiba mais).

Histórico de Conteúdo