Conselho recorre ao MPF após nomeação de psicóloga no Museu de Belas Artes
Foto: Divulgação

O Conselho Regional de Museologia (Corem) fez uma denúncia no Ministério Público Federal do Rio de Janeiro para contestar a nomeação de uma psicóloga para um cargo de chefia no Museu Nacional de Belas Artes, situado na capital fluminense.

 

De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, a iniciativa do Corem da 2ª Região - que reúne os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo - se deu após o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, exonerar a museóloga Cláudia da Rocha do cargo de chefe de divisão do Museu Nacional de Belas Artes, e nomear a psicóloga Maria Teresinha Lopes para substituí-la.

 

Ainda de acordo com a publicação, o Corem pede que a decisão do governo seja revertida. O Ministério do Turismo, no entanto, não respondeu.

Histórico de Conteúdo