Por causa da pandemia, Salvador terá programação cultural virtual no Dois de Julho
Foto: Manu Dias/GOVBA

Este ano com as restrições impostas pela pandemia da Covid-19, o Dois de Julho será celebrado de forma diferente, sem os tradicionais desfiles e apenas a participação de autoridades como o prefeito ACM Neto e o governador Rui Costa.

 

A programação cultural para celebrar a Independência da Bahia também irá acontecer de forma diferenciada, com uma agenda virtual promovida pela prefeitura de Salvador, a partir desta quinta-feira (2). O público poderá conferir uma grade de atrações variadas, com exibição de filmes, encontro de filarmônicas, videoaulas e rodas de conversa, no canal da Fundação Gregório de Mattos (FGM), Youtube. A FGM dispõe também de jogos educativos temáticos voltados para o público infantojuvenil, no Instagram e Facebook. A programação completa pode ser acessada online (clique aqui).

 

“Nosso desejo era bolar uma festa incrível, mas estamos vivendo algo fora de esquadro no mundo. A festa do Dois de Julho é de aglomeração e acontece em ruas estreitas. Íamos nos esbarrar no risco muito grande para cidade, de contaminação, que não vale a pena. Nossa prioridade é preservar vidas”, explicou o presidente da FGM, Fernando Guerreiro. “Perderemos um pouco do caráter da festa, mas ganharemos em conteúdo. Será uma oportunidade das pessoas mergulharem na data, no que ela é hoje e no que significou”, destacou.

Histórico de Conteúdo