'JANGO: UMA TRAGEDYA' espetáculo de Glauber Rocha estreia no Teatro Vila Velha
Foto: Divulgação / Thamires Tavares

A montagem de Márcio Meirelles, que estreia no dia 4 de janeiro, às 20h, no Teatro Vila Velha é un musical em que a coreografia de Cristina Castro e a trilha sonora original e identidade visual do Tropical Selvagem (Ronei Jorge/João Meirelles e Lia Cunha/Iansã Negrão) se juntam para criar um painel de encontros, trânsitos, memórias e entraves ideológicos do projeto político de João Goulart, conforme escrito por Glauber Rocha. O texto revive o ex-presidente João Goulart, exilado após o Golpe Militar, e instala na cena um debate contemporâneo sobre o cenário político atual, no mesmo palco em que o Estado brasileiro pediu desculpas e indenizou a família de Glauber pela censura e perseguição criminosa ao cineasta baiano, em 2010. Com um elenco formado por jovens atores da “universidade LIVRE de teatro vila velha” - atuantes nas diversas etapas de construção desse trabalho – o espetáculo se fortalece com as participações especiais dos veteranos: Celso Jr. (ator com mais de 30 anos de carreira), Sergio Laurentino (Bando de Teatro Olodum), de atores formados na LIVRE: Vado Souza e Yan Britto (intérprete de Jango) e do Balé Jovem de Salvador (companhia e programa de formação em dança criado pelo bailarino e coreógrafo Matias Santiago). Além de Jadsa Castro e Caio Terra como músicos da banda ao vivo.

 

SERVIÇO
O QUÊ:
 Espetáculo JANGO: UMA TRAGÉDYA
QUANDO: Quinta, 4 de janeiro (até 28 de janeiro), 20h (quinta a sábado) e 19h (domingo)
ONDE: Teatro Vila Velha - Passeio Público, S/N, Campo Grande - Salvador - BA
VALOR: R$ 20 (inteira) / R$ 10,00 (meia) – (preço até 30/12/2017)

Histórico de Conteúdo