Anvisa proíbe venda de lote de azeite Lisboa por presença de matérias estranhas
Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização do lote 26454-361 do azeite de oliva extra virgem da Marca Lisboa, fabricado pela Natural Óleos Vegetais e Alimentos Ltda. De acordo com o órgão, o produto apresentou resultado insatisfatório, apresentando perfil de ácidos graxos, determinação de ácidos graxos monoinsaturados e poli-insaturados e matérias estranhas acima das faixas recomendadas. O resultado foi apresentado por um laudo de análise fiscal emitido pelo Instituto Adolfo Lutz. De acordo com a empresa produtora, o azeite de oliva Extra Virgem, Virgem e tipo Único Lisboa não é comercializado desde fevereiro deste ano e que não foi informada das avaliações e análises solicitadas pela Anvisa.  “Não sabemos dos resultados obtidos, quem recolheu e em qual condição a amostra foi acolhida. Ou seja, a Natural Alimentos não teve sequer direito e também condições de se defender”, diz a nota.

Histórico de Conteúdo