Bahia

E. C. Bahia


No Independência, Bahia encara o Atlético-MG nas oitavas da Taça BH

Classificado para segunda fase da Taça Belo Horizonte de Júnior, quando apenas dezesseis equipes seguem vivas na competição nacional, o Esporte Clube Bahia já sabe quem será seu adversário, data, horário e local da partida que será válida pelas oitavas de final do torneio.

Veja mais

Vitoria

E. C. Vitória


De volta ao Vitória, Éder Bastos quer tirar Vitória do Z-4 e fala até em Libertadores

Após o treinamento do Vitória desta sexta-feira (22) em Pituaçu, o auxiliar técnico Éder Bastos concedeu entrevista coletiva. Bastos demonstrou otimismo em tirar a equipe da zona de rebaixamento e já fala até em alçar voos maiores, como uma vaga na Liberadores.

Veja mais

Entrevistas

Destaque do Corinthians, Petros sonha com Seleção e garante não ter mágoa do Vitória

Um dos principais destaques do Corinthians no Campeonato Brasileiro, o meia Petros, de 25 anos, promete empenho para ser lembrado pelo técnico Dunga para defender a Seleção Brasileira em um futuro próximo: “ A Seleção é o sonho de todo jogador. Vou trabalhar muito forte para que isso possa acontecer”, afirmou. Revelado nas divisões de base do Vitória, o atleta natural de Juazeiro, norte da Bahia, garante não ter mágoa do Rubro-Negro por não ter tido oportunidade no time profissional. “Claro que não tenho mágoa. As coisas acontecem exatamente como tem que ser. Sou muito grato, pois foi a equipe que me revelou”, declarou.

Veja mais

Curtas do Esporte

Curtas do Esporte

O quase-ex-boleiro Arlindo de Almeida volta com polêmicas no Curtas de Esporte. Por que certos setoristas do Vitória têm passe livre e outros não têm? E por que nenhum deles tem direito a lanche durante os treinos da manhã? E mais: no Bahia, tem mutirão de processos trabalhistas! Confira nas Curtas e Venenosas do Esporte!

Veja mais

De volta a seleção de boxe após afastamento, Adriana Araújo mira título mundial e Rio 2016
Foto: Reprodução / Facebook / Adriana Araújo
A pugilista baiana Adriana Araújo foi a primeira mulher brasileira a conquistar uma medalha no boxe com o bronze nos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres. Na preparação para buscar mais uma medalha no Rio de Janeiro em 2016, ela voltou à seleção brasileira e verá, em breve, o lançamento do documentário "As Lutas de Adriana" sobre a sua carreira, produzido pela baiana Fernanda Nascimento, da Sereia Filmes, com roteiro do jornalista Zezão Castro e direção de Alberto Iannuzzi. "Comecei no boxe através do convite de uma amiga. Sempre fui apaixonada pelo futebol e nunca me imaginava no boxe. Comecei com 17 anos, pela estética, e em uma semana aprendi muito mais rápido do que as outras alunas, fui tomando gosto. Fui para o profissional em 2000, quando o meu primeiro treinador Rangel Almeida me conduziu para o Luiz Dórea, que disse que eu tinha potencial para ser campeã mundial", contou Adriana em entrevista ao Bahia Notícias. A previsão de Dórea ainda não se cumpriu e Adriana volta a disputar o Mundial em novembro deste ano, na Coreia do Sul. Antes, no entanto, participa do Campeonato Continental, no México, em setembro.



Adriana Araújo se reconciliou com a CBBoxe | Foto: Rodolfo Vilela / Portal Brasil 2016

Depois de passar quase um ano afastada da Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe) e sem competir, a lutadora volta a receber os benefícios para defender a seleção. "Era muito difícil antes. Eu tenho 14 anos de boxe e durante 9 não tive patrocínio nenhum, custeava tudo por conta própria, com a ajuda de amigos, da minha irmã, da minha mãe... O próprio Luiz Dórea sempre me ajudou com passagens, alimentação. Até 2009, nós do boxe feminino tínhamos que custear passagens, hospedagens e pagar pela participação em campeonatos", conta. "A Nissan surgiu depois de Londres-2012 e abraçou a causa de patrocinar atletas de todas as modalidades. Fui uma das felizardas. É um patrocínio automobilístico para facilitar o deslocamento dos atletas para os treinamentos, mas o mais importante, para mim, foi o trabalho com os workshops. Durante o momento difícil que eu passei no ano passado, foi muito duro, e os workshops me animavam e incentivavam, consegui esperar que tudo ia passar", revelou Adriana. 



A pugilista foi medalhista de bronze em Londres-2012 | Foto: Valterci Santos / Agif / COB

Em abril de 2013, Adriana Araújo, Roseli Feitosa e Érika Mattos foram cortadas da seleção brasileira depois de criticarem a Confederação e perderam os benefícios relacionados à entidade. Agora, no entanto, tudo ficou para trás. "O Bolsa-Atleta sempre esteve comigo. O governo federal sempre me ajudou muito, desde 2007 eu tive a oportunidade, já que antes tinha que trabalhar na Coelba, em Salvador. Com o benefício de R$ 1,5 mil reais deu para continuar, mas durante aquela época eu perdi a Petrobras e os ligados à Confederação. Mas agora eu não gosto de falar muito disso, tenho que manter a cabeça tranquila", disse. De volta à seleção e aos 32 anos - o limite para disputar as Olimpíadas é 40 -, Adriana tenta passar para as atletas mais jovens a sua experiência como a única representante da equipe que já disputou uma edição das Olimpíadas. "Quando eu comecei, eu aprendi com os atletas mais experientes. As atletas mais novas desenvolvem o trabalho delas e colhem frutos do meu trabalho também. A experiência é muito importante", avaliou.



Adriana voltou a compor a seleção brasileira em fevereiro | Foto: Divulgação / CBBoxe

Para ela, o boxe feminino passou por muitos avanços desde a sua primeira disputa em Jogos Olímpicos, em 2012. "Hoje diminuiu muito do preconceito, mas ainda existe. Na Aiba (Associação Internacional de Boxe, em inglês) ainda tem muita coisa que só existe no boxe masculino e ainda não tem no feminino, mas nós buscamos o nosso espaço. É uma conquista muito grande a inclusão nas Olimpíadas, e com certeza o preconceito diminuiu depois disso", comemorou. Na Aiba, Adriana ocupa a quarta posição no ranking da categoria leve (até 60kg) e mesmo depois de passar um ano sem competir, ainda é a primeira das Américas. Os próximos campeonatos servirão para melhorar a classificação e avaliar as adversárias para o pré-olímpico, que deve acontecer em março de 2016. Agora, o momento é de total foco nos próximos desafios. "Estou treinando em São Paulo desde abril e a estrutura está bem melhor. Agora nós temos massagistas, o que aumenta o nível do treinamento. Isso é ainda melhor porque nós somos a sede das Olimpíadas", concluiu. O Mundial de Boxe Feminino acontece entre 13 e 25 de novembro, em Jeju, na Coreia do Sul, enquanto a disputa do Continental acontece entre 28 e 31 de outubro.

Comentar

   
Primeira brasileira a ganhar uma medalha olímpica no boxe, Adriana Araújo terá filme sobre carreira
'As Lutas de Adriana' mostra história da baiana bronze em Londres
A história da boxeadora baiana Adriana Araújo, primeira mulher brasileira a ganhar uma medalha olímpica no boxe, será contada pelo documentário "As Lutas de Adriana", obra que será exibida nos próximos meses pelo canal ESPN. O filme é o único do Nordeste a ser contemplado no edital de seleção da terceira edição do projeto Memória do Esporte Olímpico Brasileiro, que destinou R$ 230 mil para cada projeto sobre atletas ou equipes que tenham representado o país nos Jogos Olímpicos. Em entrevista ao Bahia Notícias, Adriana falou sobre a dificuldade em retratar toda a sua história em tão pouco tempo. "Foi um trabalho maravilhoso que o Alberto [Iannuzzi] e a equipe fizeram. Estão todos de parabéns, mas é uma pena que não dê para relatar tudo. São 14 anos de boxe, é muito difícil mostrar em 26 minutos", avaliou a pugilista.



Diretor Alberto Iannuzzi apresenta projeto do documentário | Foto: Divulgação

Além de mostrar a saga rumo ao bronze olímpico em Londres-2012, o filme mostra a evolução de Adriana: do futebol em uma região carente do bairro de Brotas, em Salvador, até as conquistas no boxe e a busca por melhorias na modalidade feminina. O documentário é uma união de forças do diretor Alberto Iannuzzi, o roteirista Zezão Castro e a produtora Fernanda Nascimento para retratar Adriana no início de sua carreira até sua medalha olímpica, além das conquistas do heptacampeonato brasileiro e pentacampeonato do Pan Americano. "Primeiro houve um bom diálogo entre eu e o Alberto, fui o assistente de direção dele. Além disso, já fui jornalista esportivo no jornal A Tarde, então o trabalho estava em boas mãos. Demos prioridade ao lado mulher guerreira dela, que saiu da comunidade da Bica em Brotas e venceu, literalmente, usando as mãos. Ela venceu usando a raça e a inteligência. A Adriana é uma figura muito legal, muito atenciosa, a comunidade se sentiu integrada. Fomos lá no campo que ela jogava futebol e que hoje é uma quadra, inclusive tinha uma menina lá que, como a Adriana, jogava bola no meio dos meninos. Tentamos recompor as origens dela a partir de três prismas: mulher, atleta e cidadã", contou Zezão Castro ao BN.


Vídeo de divulgação do projeto apresentado por Fernanda Nascimento, Alberto Iannuzzi e Zezão Castro 

O roteirista teve que organizar o projeto em poucos dias para se inscrever para o edital e não era o único com uma proposta sobre a pugilista. "A dona da Sereia Filmes, a Fernanda Nascimento, me chamou para entrar no edital sobre feitos olímpicos, e então me propus a pesquisar. Fiz dois projetos e passei com o da Adriana. Foi bem rápido, tivemos uma reunião na sexta e o edital terminava na segunda. Pesquisei o entorno biográfico dela, entrei em contato com parentes e participamos de uma seletiva. Tinham quatro grupos querendo produzir sobre a Adriana, mas nós passamos", relatou. Para ele, a história de vida de Adriana é cativante. "Conversamos com ela e nos identificamos na hora. Ficamos admirados com a luta dela , o que ela considerava errado, sua batalha em manter e exercer sua opinião. Todo roteirista precisa de um personagem cativante", brincou. Zezão acredita que Adriana ainda tem muito a apresentar em sua carreira. "Ela é um personagem jovem, mas tem toda uma trajetória esportiva. Nós tivemos que fustigar muito para achar desde o começo da carreira, desde o tempo do (ginásio do) Balbininho. Acho que ela ainda tem muito a mostrar", concluiu. Apesar de já ter sido divulgado na internet por alguns dias no YouTube, o filme saiu do ar e ainda não tem data de lançamento oficial, que aconterá no canal ESPN, parceiro do projeto.


Comentar

   
Taças dos Mundiais de vôlei são roubadas no Rio de Janeiro
Foto: Reprodução / Twitter
As taças dos Mundiais de vôlei masculino e feminino foram roubadas na noite desta sexta-feira (22). Os troféus estavam em um tour na capital carioca e foram expostas em um quiosque da Rede Globo, em Copacabana.
 
As peças estavam em um carro-forte em um shopping na Barra da Tijuca, e o roubo foi confirmado pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) segundo o site Globo Esporte.
 
Antes do roubo, as taças passaram por São Paulo, onde foram expostas antes do jogo da seleção feminina contra os Estados Unidos pela primeira fase do Grand Prix, no início de agosto.

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 19:50 

Atlético de Madrid bate Real e leva título da Supercopa

Atlético de Madrid bate Real e leva título da Supercopa
Foto: Divulgação / Atlético de Madri
Mesmo depois de perder jogadores de peso como Diego Costa, Courtois e Filipe Luis, o Atlético de Madrid segue muito forte em seu país. Atual campeão nacional, o time venceu o poderoso Real Madrid por 1 a 0, nesta sexta-feira, no Estádio Vicente Calderón, e faturou o título da Supercopa da Espanha.

Depois de ter empatado por 1 a 1 com o rival no Santiago Bernabéu, na última terça, a equipe comandada por Diego Simeone garantiu a sua vitória nesta sexta com um gol marcado pelo croata Mario Mandzukic já no primeiro minuto da etapa inicial.

Para o Atlético de Madrid, o resultado também teve sabor especial pelo fato de que a equipe caiu justamente diante do Real na decisão da última Liga dos Campeões. Naquela ocasião, em Lisboa, se viu muito perto de ficar com a taça mais importante de clubes do futebol europeu, mas levou o gol de empate nos acréscimos do segundo tempo quando vencia por 1 a 0 e acabou sendo goleado por 4 a 1 na prorrogação.

Para completar, o Atlético encerrou um jejum de quase 15 anos sem derrotar o Real em um clássico no Vicente Calderón. Atuando em seu estádio, a equipe não levava a melhor diante do adversário desde 12 de junho de 1999, quando obteve um triunfo por 3 a 1. De lá para cá, o time amargou três empates e 12 derrotas em 15 dérbis madrilenhos no local.

O título também serviu para voltar a consagrar Simeone, que foi ídolo do clube como jogador e agora acumulou o seu quinto título em dois anos e meio. Agora ele ostenta uma taça do Campeonato Espanhol, uma da Copa do Rei, uma da Liga Europa, uma da Supercopa da Europa e agora uma da Supercopa da Espanha.

A FINAL - No clássico desta sexta, o Atlético saiu na frente com um gol relâmpago que logo de cara desmontou a estratégia do Real. Após um chute que partiu do goleiro Moyá, Griezmann desviou de cabeça para Mandzukic, que acertou chute de direita para fazer 1 a 0.

O gol deixou a equipe da casa com a vantagem de poder atuar mais nos contra-ataques, e o rival recheado de estrelas sofria para transpor a barreira defensiva do adversário, que entrou jogando sem Cristiano Ronaldo. Mesmo recuperado de lesão muscular, o português só foi colocado em campo por Carlo Ancelotti após o intervalo e pouco conseguiu fazer para ajudar a sua equipe a empatar o jogo.

Antes disso, o Atlético chegou a perder Simeone na beira do campo já aos 25 minutos. O técnico acabou expulso após discutir com o árbitro ao se revoltar com a demora do juiz de autorizar a volta de Juanfran ao gramado, depois de seu atleta precisar ser atendido fora das quatro linhas.

Sem seu maior astro, o Real tinha James Rodríguez, novo reforço da equipe, como uma das principais esperanças de gol. E o meia colombiano chegou a levar perigo em alguns chutes de fora da área, enquanto Gareth Bale foi infeliz ao desperdiçar uma oportunidade cara a cara com Moyá.

Pelo lado do Atlético, Raúl Garcia parou em Casillas em chute de fora da área e depois quase marcou de cabeça ainda na primeira etapa. E o mesmo atacante esteve perto de balançar as redes também no início da etapa final, quando acertou um chute que bateu no travessão e pingou perto da linha da meta do Real.

Ancelotti ainda tentou fazer o Real engrenar com a entrada de Isco no lugar de James Rodríguez, mas o time não teve força para superar a forte marcação da equipe da casa, que já conseguiu dar o primeiro troco no rival após a traumática derrota sofrida na final da Liga dos Campeões.

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 19:30 

Basquete do Brasil ganha da Eslovênia na prorrogação

Basquete do Brasil ganha da Eslovênia na prorrogação
Foto: Divulgação / CBB
A seleção brasileira masculina de basquete repetiu o roteiro do dia anterior, quando desperdiçou uma enorme vantagem e acabou perdendo da Lituânia, mas, dessa vez, conseguiu ganhar da Eslovênia, nesta sexta-feira, pela segunda rodada do torneio amistoso que acontece na cidade eslovena de Ljubljana. Para isso, porém, o Brasil precisou da prorrogação, ganhando dos anfitriões por 88 a 84.

Na estreia de quinta-feira, o Brasil chegou a abrir 17 pontos de vantagem no segundo quarto, mas sofreu um apagão nos dois últimos períodos e perdeu para a Lituânia 64 a 61. Diante da Eslovênia, o cenário foi parecido, mas terminou com um final feliz para a seleção brasileira.

Mesmo sem contar com o ala Leandrinho, poupado por causa de uma inflamação na garganta, o Brasil chegou a abrir 19 pontos de vantagem sobre a Eslovênia no terceiro quarto. Mas voltou a vacilar e permitiu a reação adversária. Comandado por Goran Dragic, que tem brilhado com a camisa do Phoenix Suns na NBA, o time da casa passou a liderar o placar no último período e estava perto da vitória.

O Brasil, porém, conseguiu levar a partida para a prorrogação graças a um tapinha salvador de Anderson Varejão quando restavam apenas dois segundos para o final, definindo o placar de 74 a 74. Aí, no tempo extra, a seleção retomou o controle das ações e garantiu a vitória por 88 a 84. Para isso, voltou a contar com um ótimo jogo de garrafão, que tem sido a principal característica dessa equipe.

Com força dentro do garrafão, os destaques individuais brasileiros foram os pivôs Tiago Splitter, com 18 pontos e seis rebotes, e Anderson Varejão, com 16 pontos e quatro rebotes. Mas a seleção voltou a falhar muito nos lances livres, com apenas 45% de aproveitamento nesta sexta-feira. Do lado esloveno, o cestinha foi Prepelic, com 19 pontos, enquanto Dragic terminou com 18 pontos.

Neste sábado, o Brasil enfrenta o Irã no encerramento do quadrangular na Eslovênia. Depois, a equipe já viaja para a Espanha, onde ainda faz um amistoso contra o México antes da estreia no Mundial. O primeiro jogo dos brasileiros no campeonato será no dia 30 de agosto, com a França, em Granada.

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 19:00

Acusados de atirar vaso em torcedor serão julgados

Acusados de atirar vaso em torcedor serão julgados
Foto: Yuri de Lira / D.A.Press
Três pessoas serão julgadas por matar, no último mês de maio, o pernambucano Paulo Ricardo Gomes da Silva, de 26 anos. O torcedor do Sport que estava na torcida do Paraná morreu depois de ser atingido por um vaso sanitário arremessado de um dos aneis superiores do estádio Arruda depois do duelo entre Santa Cruz e a equipe paranaense, pela Série B do Brasileirão. A Justiça acatou a denúncia do Ministério Público de Pernambuco por homicídio qualificado. A primeira audiência acontecerá em dezembro deste ano. Everton Filipe Santiago, 23, Luiz Cabral de Araújo Neto, 30, e Waldir Pessoa Firmo, 34, atiraram dois vasos sanitários do estádio, e um deles atingiu Silva.

Comentar

   
De volta ao Vitória, Éder Bastos quer tirar Vitória do Z-4 e fala até em Libertadores
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Após o treinamento  do Vitória desta sexta-feira (22) em Pituaçu, o auxiliar técnico Éder Bastos concedeu entrevista coletiva. Bastos demonstrou otimismo em tirar a equipe da zona de rebaixamento e já fala até em alçar voos maiores, como uma vaga na Liberadores.
 
“O objetivo maior é fechar o primeiro turno fora da zona de rebaixamento e depois pensarmos em buscar mais pontos, para quem sabe buscar uma Sul-Americana e até mesmo uma Libertadores”, afirmou o auxiliar.
 
Para sustentar sua tese, Bastos citou o Flamengo que foi campeão em 2009 após ter um início de campeonato ruim. A equipe deu uma arrancada e terminou o primeiro turno em nono e no segundo turno apresentou um bom futebol e conquistou o título do Brasileirão daquele ano. O auxiliar também lembrou do Fluminense em 2010.
 
“Lembro que o Fluminense foi campeão em um ano que estava mal. O Flamengo foi campeão brasileiro com Andrade. Começaram com uma campanha pífia e depois eles encaixaram um monte de vitórias e foram campeões. Por que não podemos pensar em  uma Libertadores? O objetivo é esse. Quando chegamos aqui no passado pensamos em Libertadores e por que não sonhar e trabalhar nesse sentido?”, indagou.
 
O Vitória ocupa a 19ª posição com 15 pontos conquistados.

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 18:32

No Independência, Bahia encara o Atlético-MG nas oitavas da Taça BH

por Felipe Santana

No Independência, Bahia encara o Atlético-MG nas oitavas da Taça BH
Foto: Divulgação
Classificado para segunda fase da Taça Belo Horizonte de Júnior, quando apenas dezesseis equipes seguem vivas na competição nacional, o Esporte Clube Bahia já sabe quem será seu adversário, data, horário e local da partida que será válida pelas oitavas de final do torneio.

Neste sábado (23), às 15h, os garotos do tricolor baiano entram em campo para enfrentar o Atlético Mineiro, que terminou a primeira fase como líder do grupo G, enquanto o esquadrão foi segundo colocado da chave F. O duelo entre baianos e mineiros será realizado no Estádio Independência, em Belo Horizonte.

O classificado deste confronto entre Bahia e Atlético Mineiro enfrenta nas quartas de final o vencedor do jogo entre Internacional e Coritiba.

Para este jogo, assim como na última rodada da primeira fase, o treinador Haroldo Moreira não vai contar com o zagueiro e capitão Robson, que sofreu uma fratura na face e passou por cirurgia.

Comentar

   
Miranda celebra retorno à seleção, mas diz que não está 100%
Foto: Getty Images
O zagueiro Miranda comemorou a convocação à seleção brasileira pelo técnico Dunga, depois de ser deixado de fora da Copa do Mundo por Felipão. O defensor do Atlético de Madrid vestirá a camisa canarinho nos amistosos contra Colômbia e Equador nos dias 5 e 9 de setembro, nos Estados Unidos.
 
O zagueiro afirmou que a idade não é um problema e pretende disputar a Copa de 2018. Na época do Mundial da Rússia, Miranda terá 34 anos. Em entrevista ao site do Globo Esporte, o jogador comentou o assunto.
 
"Tenho futebol e idade para chegar muito bem à Copa do Mundo. Estarei com 34 anos, considero uma idade "top". Muitos jogadores disputam Copas com 38 anos, outros se despedem com 34 ou 35, ainda em alto nível. É nesse nível que vou procurar estar", avaliou o jogador. Ele ainda não sabe por que foi preterido para o Mundial de 2014.
 
"Na verdade, eu não quis buscar explicações. É muito difícil porque eu me sentia preparado para ajudar meu país, mas é opção do treinador. Quando uma pessoa tem o poder de decisão, depende do gosto dela. Infelizmente, não fui eleito, mas a vida segue e hoje estou de volta", lamentou.

Comentar

   
Guga revela que ainda tem problemas por causa do tênis
Foto: Divulgação
O tenista Gustavo Kuerten revelou, em entrevista ao UOL divulgada nesta sexta (22), que ainda sofre com as consequências e limitações físicas de uma vida dedicada ao esporte.
 
"Tem uns 14 anos que sinto dores sem parar, um dia atrás do outro. Eu não consigo nem correr, cara", disse o tenista à publicação. Para Guga, no entanto, todos os problemas valeram a pena.
 
"Por enquanto, nada [no surf]. Talvez no verão eu consiga fazer alguma coisinha. Mas, por enquanto, caminhar, pegar o filho no colo, bem devagar , na manha", relatou. Guga pendurou as raquetes para fazer a faculdade de teatro, mas não terminou o curso.
 
"Eu tinha mais um foco de entendimento na parte histórica, cultural, humana. Não tinha nada de apresentação. Queria aprender a parte teórica do teatro. E depois eu tive a felicidade de conhecer a formação do ator, algumas atividades, criação de personagem eu achei super interessante porque tem a ver com o tênis. Uma apresentação efêmera, erro não corrige nada, tudo para frente. Parte de concentração, relação com o público", contou. Ele ainda comentou as expectativas para as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.
 
"Eu acho que tem boa chance de o Brasil ter a melhor participação nas Olimpíadas porque é um reação natural: maior investimento do país que está sediando para buscar aquelas medalhas em esportes que não estão profissionalmente desenvolvidos", concluiu.

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 17:55

Éder Bastos comanda coletivo tático em Pituaçu

por Glauber Guerra

Éder Bastos comanda coletivo tático em Pituaçu
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Coletivo tático. Essa foi a atividade comandada pelo auxiliar Éder Bastos nesta sexta-feira (22), em Pituaçu, já visando o duelo de domingo contra o Figueirense, no Barradão.
 
A atividade foi restrita ao atletas que não atuaram 90 minutos diante do Coxa. Já o restante do elenco, participou de um trabalho regenerativo na Toca do Leão.
 
Antes do treino, Éder reuniu com o grupo no centro do gramado e conversou por cerca de cinco minutos.
 
A novidade foi o retorno de Dinei. O jogador se recuperou de uma lesão no tornozelo e trabalhou normalmente. Juan e Escudero também participaram dos trabalhos. 
 
 
O time sem colete trabalhou com: Wilson; Nino Paraíba, Luiz Gustavo, Matheus Salutistiano e Juan; Neto Coruja, José Welison e Escudero; William Hnerique, Marcos Júnior e Dinei
 
Já a outra equipe foi a campo com: Júnior Fernández (Fernando Miguel); Romário, Dão, Alemão e Mansur; Marcelo, Josa, Richarlyson e Léo Costa; Beltrán e Vinícius.
 
Bastos priorizou a troca de passes e ajuste de posicionamento dos jogadores.  Na sequência, ele fez um coletivo com três traves. O objetivo era armar estratégias elaboradas para não perder a posse de bola para os adversários. 
 
Por fim, o auxiliar comandou um trabalho de cruzamentos ofensivos e um treino de ataque contra defesa. 
 
O Vitória encerra a preparação para o duelo contra o Figueirense neste sábado (23) na Toca do Leão.

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 17:30 

Brasil já treina em Chelyabinsk para Mundial de Judô

Brasil já treina em Chelyabinsk para Mundial de Judô
Foto: Divulgação / CBJ
Depois de um período de aclimatação e preparação em Paris, na França, a seleção brasileira de judô já está em Chelyabinsk, na Rússia, para a disputa do Campeonato Mundial, que começa na próxima segunda-feira. Sem tempo a perder, os 18 judocas treinaram nesta sexta na cidade russa, logo após a viagem.

"Quando a gente faz uma viagem longa e cansativa, é importante manter o corpo ativo para eliminar qualquer toxina que esteja acumulada no corpo. Um treino de uma hora, uma hora e quinze minutos é bom para retomar o corpo no modo atleta", disse a técnica da seleção feminina, Rosicleia Campos.

Para os judocas, o período de treinos em Paris foi muito importante. "A aclimatação é fundamental para nos mantermos concentrados e focados só na competição, porque é o momento em que não nos preocupamos com mais nada, ficamos tranquilos, acertamos os detalhes, acertamos ainda mais a alimentação e nos acostumamos com o clima e o fuso horário", contou Ketlyen Quadros. "Deu para acertar os últimos detalhes e foi bom se adaptar ao clima e ao fuso, que são bem diferentes do Brasil", completou Felipe Kitadai.

No primeiro dia de disputa do Mundial de Judô, na segunda-feira, três brasileiros entram em ação: Sarah Menezes (até 48kg), Felipe Kitadai (até 60kg) e Eric Takabatake (até 60kg).

Comentar

   
Ex-Bahia e Vitória, Souza é apresentado no Criciúma
Foto: Divulgação / Criciúma
O atacante Souza, que defendeu o Bahia até o ano passado e estava no Vitória, foi apresentado nesta sexta-feira (22), no Criciúma. O jogador foi apresentado junto com Alcides e o meia Cleber Santana, que também já passou pelo Leão.
 
"É um recomeço para mim. É um grande clube e está com um grande projeto. Tem grandes jogadores aqui. Espero fazer o que sei de melhor que é fazer gols e estar ajudando o clube", disse o Caveirão durante a entrevista coletiva. Cleber Santana, que estava no Flamengo, comemorou que poderá defender o time na disputa da Série A do Brasileirão.
 
"Primeiro grande objetivo é seguir na Série A. Vamos lutar até o fim. Sabemos que é um campeonato com 20 equipes fortes. É uma competição dura", afirmou o atleta na apresentação.
 
O Criciúma está na 15ª posição do Campeonato Brasileiro, com 17 pontos em 16 jogos.

Comentar

   
Cris Cyborg deve baixar peso para enfrentar Ronda Rousey
Fotos: Divulgação
A luta entre Ronda Rousey e Cris Cyborg pode acontecer em breve. A lutadora norte-americana afirmou, em uma entrevista na China, que gostaria de enfrentar a brasileira.
 
"Eu adoraria essa luta. Mas eu não organizo as lutas. Só apareço e venço", disse Rousey, atual campeã dos pesos-galo no UFC. O presidente da organização, Dana White, também comentou o assunto no evento.
 
"É uma questão complicada. Eu sei que Ronda quer essa luta. Cyborg vai lutar aos 60kg, aparentemente. Ela nunca lutou com 60kg. Ela vai alcançar o peso. Vai fazer isso no Invicta. Vamos ver o que acontece quando isso acontecer e partiremos daí", disse White.
 
Cyborg atualmente luta em uma categoria de peso fora do UFC. Ela é campeã do Invicta FC e pretende baixar o peso para desafiar Ronda Rousey pelo título dos pesos-galo (até 61,2kg).

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 16:00

Michael Phelps vence no Campeonato Pan Pacífico

Michael Phelps vence no Campeonato Pan Pacífico
Foto: Kirby Lee / USA Today
O nadador Michael Phelps conquistou mais uma medalha de ouro nesta sexta-feira (22), no Campeonato Pan Pacífico. Este é o primeiro torneio internacional em dois anos.
 
Phelps conquistou o ouro com os Estados Unidos no revezamento dos 4x200 metros em estilo livre, além de alcançar o quarto lugar nos 100 metros estilo livre. O nadador terminou a prova com 48s51, um segundo abaixo do seu melhor tempo na competição.
 
"Poder manter essa tradição por todo esse tempo e voltar ao pódio dá uma sensação incrível. Todos nós sabemos que isso não vai ficar mais fácil nos próximos dois anos, e acho que chegar perto como fiz hoje deve nos levar ao Campeonato Mundial no ano que vem, e com sorte, para o Rio", afirmou o nadador aos repórteres.

Comentar

   
Eto'o faz exames médicos e deve assinar com o Liverpool
Foto: Getty Images
Samuel Eto'o pode ser anunciado em breve como o novo reforço do Liverpool. O atacante camaronês, de acordo com o site Goal, realizou exames médicos na equipe inglesa nesta sexta (22).
 
A apresentação oficial de Eto'o pode acontecer antes do confronto contra o Manchester City, na próxima segunda-feira (25). O jogador estava no Chelsea, mas deixou o clube depois de se desentender com o técnico José Mourinho.
 
O Liverpool está próximo de anunciar também a contratação de Mario Balotelli, que deixou o Milan durante a semana.

Comentar

   
Ex-presidente da Portuguesa entra com ação na Justiça contra clube
Foto: Divulgação
O ex-presidente da Portuguesa, Manuel da Lupa, entrou com uma ação contra o clube na Justiça pedindo a anulação de uma medida do Conselho que o suspende por 90 dias e uma indenização por danos morais de R$ 50 mil.
 
O dirigente foi punido no mês passado em meio às investigações do rebaixamento da equipe para a Série B do Brasileirão. A principal surpresa foi o pedido de indenização, já que a Lusa passa por uma crise financeira.
 
"Ele entrou na Justiça pedindo a anulação da suspensão dele. E mais do que isso, pediu R$ 50 mil de indenização. Um absurdo. Todos ficaram abismados. Não dá para entender", disse José Luiz Almeida, responsável pelo jurídico da Portuguesa, em entrevista ao site da ESPN.

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 14:40

Railan e Rhayner não têm escalação confirmada por Gilson Kleina

por Felipe Santana

Railan e Rhayner não têm escalação confirmada por Gilson Kleina
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Além do meia-atacante Marcos Aurélio, vetado pelo departamento médico, o atacante Rhayner também não participou do treinamento com bola na manhã desta sexta-feira (22), no Fazendão, antes do embarque para Curitiba.

O jogador, segundo o próprio treinador Gilson Kleina, virou motivo de preocupação para partida contra o Atlético-PR, no próximo domingo (24), na Arena da Baixada, devido ao incômodo muscular no adutor da coxa.

Outro atleta que preocupa, esse um pouco menos, é o lateral-direito Railan. Titular nas últimas duas partidas, o jovem camisa 59 apresentou sinais de cansaço físico e não tem presença confirmada contra o time paranaense.

Por isso, de acordo com Gilson Kleina, a escalação só será confirmada minutos antes do jogo.

"Temos jogadores que ainda não recuperaram. Marcos Aurélio, que tem uma situação diferenciada, o Railan e o  Rhayner que apresentou desconforto na coxa, então precisamos ver de que maneira vamos armar o time. A princípio, em virtude do tempo curto, manter os três volantes e estar descansados", comentou.

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 14:30 

Uefa não reconhece jogos de times da Crimeia na Rússia

Uefa não reconhece jogos de times da Crimeia na Rússia
Foto: Reuters
A Uefa anunciou nesta sexta-feira que não reconhecerá os jogos disputados por equipes da Crimeia em competições organizadas pela Federação Russa de Futebol (RFS). O Painel de Emergência da entidade europeia decidiu tomar a decisão devido à "situação política complexa" da região, como informou em comunicado oficial.

A região da Crimeia fazia parte da Ucrânia até o início deste ano, quando foi anexada pela Rússia. A união gerou uma guerra entre ucranianos e russos e o clima de tensão ainda toma conta da região. Além disso, ela ainda não é reconhecida por boa parte dos países. Enquanto não há uma solução para o caso, a Uefa decidiu se posicionar.

"Até que seja encontrada uma solução negociada em relação aos acontecimentos na Crimeia, o Painel de Emergência da Uefa decidiu, esta sexta-feira, que todos os jogos disputados por clubes da Crimeia em competições organizadas pela Federação Russa de Futebol (RFS) não serão reconhecidos pela Uefa até novo aviso", explicou.

Três clubes da Crimeia, o TSK Simferopol, SKCF Sevastopol e Zhemchzhina Yalta, já estrearam semana passada na Copa da Rússia. Além disso, foram incluídos na terceira divisão do Campeonato Russo, o que deve ser desconsiderado pela Uefa. A entidade, no entanto, garante que a medida não tem a intenção de impedir que esses times atuem.

"A Uefa não tem a intenção de impedir os clubes de competirem. Pelo contrário, a Uefa considera que o futebol pode ter efeitos muito positivos e benéficos para unir as pessoas, especialmente em tempos de conflitos e de agitação. No entanto, para que o futebol possa ser disputado num enquadramento desportivo e legal, essa participação tem de estar de acordo com os termos estabelecidos nos Estatutos da Uefa", apontou.

A entidade ainda prometeu buscar uma solução para o caso. "O Painel de Emergência da Uefa solicitou igualmente que a administração da Uefa, em conjunto com a Fifa, facilitem as conversações com os representantes da RFS e da Federação Ucraniana de Futebol (UFF) de forma a encontrar uma solução comum para esta questão."

Comentar

   
Auxiliar de Ney Franco comemora retorno de Escudero: 'É uma referência tática e técnica'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Após quase seis meses em recuperação por conta de uma cirurgia no joelho, o meia Escudero já está à disposição da comissão técnica para o duelo deste domingo (24) contra o Figueirense, no Barradão. O auxiliar Éder Bastos, que será o comandante da equipe nesta partida, comemorou o retorno do jogador.
 
“É uma alegria saber da volta do Escudero, que é uma referência tática e técnica. Fico feliz, pois é um jogador comprometido com o clube e sua carreira”, disse Bastos, em entrevista à Rádio Transamérica FM.
 
O argentino está afastado dos gramados desde o dia 16 de fevereiro, quando sofreu uma lesão no joelho durante o empate em 1 a 1 com o Ceará, em Pituaçu, pelas quartas de final da Copa do Nordeste. A tendência é que ele fique no banco de reservas diante do Figueirense.
 
Com 15 pontos, o Vitória ocupa a 19ª posição no Campeonato Brasileiro.

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 14:00

Presidente do Fluminense rebate Fred e não leva risco de greve em consideração

por Edimário Duplat

Presidente do Fluminense rebate Fred e não leva risco de greve em consideração
Após as ameaças do atacante Fred em organizar uma greve dos atletas do Fluminense, devido aos atos de violência protagonizados por uma torcida organizada do clube, o presidente da equipe tricolor , Peter Siemsen, descartou qualquer possibilidade de existir uma paralisação diante do Sport Recife, no próximo domingo (24), pelo Campeonato Brasileiro 2014.

"Foi um excesso a agressividade, totalmente exagerado. Mas greve eu nem levo em consideração, não faz sentido, não há a possibilidade. A pressão da torcida infelizmente é natural no futebol brasileiro. É uma cultura errada, mas nem por isso se justifica falar em não entrar em campo, ter greve, porque na área pública tem polícia, segurança, na área privada a segurança do Fluminense protege os jogadores", disse Siemsen em entrevista concedida ao canal SporTV, onde também minimizou o fato ocorrido na última quinta (21), onde cerca de 15 adeptos do Fluminense jogaram moedas no elenco carioca. "No aeroporto foi questão de logística. Alguns jogadores foram na frente, sabia-se que tinha torcedores, mas a grande maioria foi para o ônibus e saiu normalmente. Só os que foram na frente, sem proteção, receberam esses atos inaceitáveis" reiterou.

Prometendo tomar as atitudes cabíveis, o mandatário também opinou sobre a má fase da equipe, afirmando que as recentes atuações do atacante tem sido um dos fatores principais da queda de rendimento do time. Acabou se tornando uma situação em que o time não consegue mais progredir com o futebol moderno, tático, avançado, e não tem conseguido resultados bons. A gente sabe que o resultado no Mundial criou pressão maior sobre o Fred e isso acabou potencializando a situação em que nos encontramos" avaliou.

Fluminense e Sport Recife se enfrentam pela 17ª rodada do Brasileirão neste domingo (24), às 16h00, no Estádio do Maracanã.

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 13:30 

Rosberg prevê batalha com Hamilton até última prova

Rosberg prevê batalha com Hamilton até última prova
Foto: Action Images
Nas 11 primeiras etapas da temporada da Fórmula 1 - a categoria ficou parada por 1 mês, numa espécie de "férias" durante o verão europeu -, os dois pilotos da Mercedes travaram uma equilibrada batalha pela liderança do campeonato, dividindo as vitórias. Antes de encarar as oito corridas restantes, a começar pelo GP da Bélgica no domingo, o alemão Nico Rosberg disse acreditar que a disputa com seu companheiro de equipe, o inglês Lewis Hamilton, deve ir até a última prova do calendário.

Com quatro vitórias na temporada, Rosberg lidera o campeonato com 202 pontos. Hamilton, por sua vez, já ganhou cinco vezes, mas não tem sido tão consistente quanto o companheiro e aparece em segundo lugar, com 191 pontos. O australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, foi quem ganhou as outras duas etapas disputadas e ocupa a terceira colocação, com 131 pontos.

Diante desse cenário, a disputa pelo título parece estar restrita aos dois pilotos da Mercedes. Mas Rosberg prefere ter cautela. "Apesar do grande começo que tivemos, com vários bons resultados, s outras equipes não estão muito longe", avaliou o alemão. "Na Fórmula 1, você não pode desperdiçar nenhuma vantagem", completou o líder do campeonato.

Ao comentar especificamente sobre a disputa interna na Mercedes, Rosberg lembrou que não pode vacilar, sob o risco de ver Hamilton lhe tomar a liderança. "A batalha com Lewis tem sido apertada por toda a temporada, e pode continuar assim até a última corrida. Então, cada ponto é crucial", disse o alemão, já pensando no GP da Bélgica, cujos treinos começam nesta sexta-feira, no tradicional circuito de Spa-Francorchamps.

Comentar

   
Kleina comemora volta de Pará, mas lateral ficará no banco contra o Atlético-PR
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Campeão do Torneio de Valência, na Espanha, pela seleção brasileira sub-20, o lateral-esquerdo Pará será reintegrado ao elenco do Bahia nesta sexta-feira (22), quando a delegação que embarca para Curitiba fará uma conexão no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.
 
De lá, ao lado dos demais companheiros, o lateral-esquerdo segue viagem para capital paranaense, onde o tricolor baiano enfrenta o Atlético-PR, no domingo (24), às 18h30, na Arena da Baixada.
 
Pará retorna do time canarinho cheio de moral com o novo comandante. Mesmo sem conhecer o atleta pessoalmente, o treinador Gilson Kleina rasgou elogios ao garoto formado nas categorias de base do Fazendão.

"Ele é um jogador super importante, que está em crescimento, mas nós ainda vamos nos conhecer melhor", disse.

Sobre quem será o titular da posição, apesar dos elogios ao jovem Pará, o técnico Gilson Kleina deve manter Guilherme Santos na lateral-
esquerda.

"Pará chega de uma longa viagem, então, temos que observar e saber qual será a condição física dele. É um jogador que vem chamando a atenção de todos, assisti ao seu jogo na seleção, mas a princípio não pretendo mexer no Guilherme", confirmou.

Comentar

   
Treinador da Inglaterra acredita que jovens atletas precisam atuar fora do seu país
Foto: Divulgação
Mantido no cargo, mesmo após a eliminação na primeira fase da Copa do Mundo 2014, o treinador Roy Hodgson já pensa no futuro do English Team. Para o técnico, mais jovens jogadores ingleses precisam atuar fora do seu país, fazendo com que a equipe nacional cresça tecnicamente para a Copa do Mundo 2018, que será realizada na Rússia.

Segundo o comandante do selecionado britânico, a falta de espaço nos principais clubes do país faz com que jovens atletas ingleses tenham que buscar espaço em outras ligas “Com a Inglaterra, tivemos um time bem jovem na Copa do Mundo, que poderia ser ainda mais jovem. Temos que aceitar que alguns jogadores jovens, que considero bons o bastante para vencer partidas para a Inglaterra, não serão sempre titulares por seus times no futebol inglês. Não lhes machucaria ir jogar no exterior. Maioria de nossos atletas, embora nem todos joguem regularmente, atuam em times muito bons, em um nível muito alto” falou o comandante.

No elenco que participou da última Copa do Mundo, todos os atletas da Inglaterra atuavam no futebol do país. Já nas divisões de base, apenas 3 jogadores atuam fora da ilha britânica; o meia sub-21 Josh McEachran atua pelo Vitesse, da Holanda, enquanto o goleiro sub-20 Connor Ripley defende as cores do Ostersund da Suécia. Já o defensor sub-17 Danny Collinge joga na Alemanha, pelo Stuttgart.   

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 12:12

Kadu aprova retorno de Ney Franco ao Vitória: 'Ele conhece bem o time'

por Glauber Guerra

Kadu aprova retorno de Ney Franco ao Vitória: 'Ele conhece bem o time'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Capitão do Vitória, o zagueiro Kadu aprovou o retorno do técnico Ney Franco para a Toca do Leão. Os dois já trabalharam juntos no clube e o defensor conhece bem as contribuições que o treinador pode trazer.
 
“É um treinador que conhece bem o time e o clube. Ele fez uma boa campanha no ano passado e todos já conhecem o trabalho dele. Tenho certeza que Ney Franco irá nos ajudar da melhor maneira possível”, disse o zagueiro, em entrevista ao Bahia Notícias.
 
Kadu sabe que o Vitória vive um momento ruim no Campeonato Brasileiro. A equipe ocupa a vice-lanterna no certame nacional com apenas 15 pontos. No entanto, ele acredita que com a chegada de Ney Franco o time irá reagir na competição.
 
“Estamos em um momento complicado, mas tenho certeza que Ney Franco vai nos ajudar a sair dessa situação, como fez no ano passado, quando terminamos em quinto”, completou.
 
Ney Franco só irá estrear à frente do Vitória no duelo contra o Sport, na próxima quinta-feira (28), no Barradão, pela Copa Sul-Americana. Neste domingo (24), a partida será comandada pelo auxiliar Éder Bastos.

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 12:00 

Neymar machuca tornozelo e deve desfalcar o Barcelona

Neymar machuca tornozelo e deve desfalcar o Barcelona
Foto: Getty Images
As contusões voltaram a ser um problema para Neymar. O atacante brasileiro, que havia retornado aos treinos após se recuperar da lesão na coluna sofrida ainda durante a Copa do Mundo, machucou o tornozelo durante os treinamentos do Barcelona e virou dúvida para a equipe na estreia do Campeonato Espanhol, domingo, contra o Elche.

Grande destaque do Barcelona na vitória por 6 a 0 sobre o León, no amistoso da última segunda-feira, o atacante brasileiro era dado como certo para a primeira partida do clube na temporada, mas um problema às vésperas do jogo deve adiar o início de temporada para o camisa 11. Ele deixou o treino de quinta-feira sentindo muitas dores no tornozelo e foi examinado pelos médicos do clube, que detectaram uma entorse de grau um no local.

"Segundo informam os serviços médicos do Barcelona, a evolução da lesão vai definir sua disponibilidade para voltar aos treinos", informou o clube, em nota oficial.

A contusão não é novidade para Neymar, já que em janeiro deste ano ele sofreu algo parecido no tornozelo direito, mas com grau 2 e ficou cerca de um mês afastado dos gramados. Chegou a preocupar a torcida brasileira faltando poucos meses para o Mundial, no Brasil.

Apesar de sua ausência no duelo como Elche não está confirmada, já é certo que Neymar não participará da entrevista coletiva desta sexta-feira. O brasileiro deverá passar por novos exames e foi substituído por Xavi no compromisso do clube.

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 11:49

Sandro Meira Ricci apita jogo entre Atlético-PR e Bahia

por Felipe Santana

Sandro Meira Ricci apita jogo entre Atlético-PR e Bahia
Foto: Conmebol / Reprodução
O quinteto de arbitragem que vai comandar a partida entre Atlético Paranaense e Bahia no próximo domingo (24), às 18h30, na Arena da Baixada, está definido pela Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O árbitro principal do jogo em Curitiba será o experiente Sandro Meira Ricci, único brasileiro que teve a missão de comandar jogos da Copa do Mundo de 2014, auxiliado por Clóvis Amaral da Silva e Elan Vieira de Souza.

Também integrantes do quadro de árbitros da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Nielson Nogueira Dias e Emerson Luiz Sobral serão os assistentes adicionais ao lado de cada meta.

Neste Brasileirão, Sandro Meirca Ricci já atuou em uma partida do Bahia, que traz boas lembranças aos tricolores. Em São Paulo, na Arena Barueri, ele comandou o triunfo do tricolor baiano sobre o Figueirense.

Comentar

   
Brandão recebe pena provisória e corre risco de ficar dois anos fora dos gramados
Foto: Reprodução
Depois do incidente com o jogador ítalo-brasileiro Thiago Motta, no final da partida do Campeonato Francês entre Bastia e Paris Saint-Germain, o atacante Brandão compareceu na última quinta-feira (21) à audiência na Comissão Disciplinar da Liga de Futebol Profissional (LFP) onde recebeu uma pena provisória que o proíbe de entrar em campo até o dia 18 de setembro, data do seu julgamento pela entidade.

Brandão corre o risco de ser suspenso de oito jogos a dois anos, além de ser despedido por sua equipe. Após o acontecido no último sábado (16), Motta acabou fraturando o nariz e o presidente do PSG, Nasser Al Khelaifi, pediu para que o jogador do Bastia fosse banido do futebol.

Comentar

   

Sexta, 22 de Agosto de 2014 - 10:40 

Felipe França leva prata nos 100m peito no Pan-Pacífico

Felipe França leva prata nos 100m peito no Pan-Pacífico
Foto: CBDA/Divulgação
O nadador Felipe França conquistou nesta sexta-feira a segunda medalha brasileira no Pan-Pacífico, que está sendo disputado em Gold Coast, na Austrália. Ele faturou a medalha de prata nos 100 metros peito, com o tempo de 59s82. O atleta, do Corinthians, perdeu o ouro na batida de mão para o japonês Yasuhiro Koseki, que marcou 59s62. O neozelandês Glenn Snyders levou o bronze.

Com a medalha de prata, França mostra boa reação no circuito internacional após cair de rendimento nos últimos anos. Campeão mundial nos 50 metros peito, em 2011, o brasileiro não chegou nem nas finais dos 100 metros nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Os fracos resultados o afastaram da seleção brasileira. Contudo, França parece retomar a boa fase com este precioso pódio na Austrália.
O Pan-Pacífico também está marcando o retorno de outro nadador. Michael Phelps, o supercampeão olímpico, faturou sua primeira vitória relevante em sua volta às piscinas nesta sexta, ao ajudar a equipe norte-americana a levar o ouro no revezamento 4x200 metros livre, com o tempo de 7min46s40. Austrália levou a prata (7min47s47) e o Canadá ficou com o bronze (7min58s03).

Individualmente, Phelps ainda está deixando a desejar. Em sua primeira final internacional, ele ficou apenas em quarto lugar na tradicional final dos 100 metros. O americano não passou dos 48s51, enquanto o australiano Cameron McEvoy marcou 47s82, superou o favorito Nathan Adrian, dos Estados Unidos, com 48s30, e faturou o ouro. O bronze ficou com o também australiano James Magnussen, com 48s36.

Os brasileiros não conseguiram se aproximar do pódio. Nicolas Oliveira marcou o tempo de 48s69 e ficou em quinto lugar na final. João de Lucca registrou 48s97 e terminou a prova em sétimo. Sem avançar à disputa de medalha, Marcelo Chierighini disputou a final B e levou a melhor, com 48s68.
Nas demais provas, as irmãs australianas Cate e Bronte Campbell fizeram uma dobradinha, com ouro e prata, na final dos 100 metros livre. A norte-americana Simone Manuel desbancou a compatriota Missy Franklin e ficou com o bronze.

Nos 100 metros peito feminino, a veterana americana Jess Hardy faturou seu primeiro título no Pan-Pacífico nesta prova. Ela superou a japonesa Kanako Watanabe e a canadense Breeja Larson, prata e bronze, respectivamente.

Comentar

   
Por falta de estruturas, Bahia fica de fora dos Jogos Olímpicos da Juventude de Nanquim
Foto: COB/Divulgação
Mesmo com a segunda maior delegação da atual edição dos Jogos Olímpicos da Juventude 2014, sediados na cidade chinesa de Nanquim, o Brasil teve apenas 10 atletas oriundos da Região Norte-Nordeste, e dentre eles nenhum é da Bahia, estado que nos últimos anos sofre com a carência de equipamentos esportivos.

Em entrevista ao jornal A Tarde, o Diretor de Fomento ao Esporte da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), Álvaro Gonçalves de Oliveira Filho, afirmou que a falta de atletas do estado no torneio deve por conta da falta de índice técnico aos baianos que poderiam disputar  a competição. “Para se classificar para uma Olimpíadas, seja ela de Jogos da Juventude ou não, você tem que ter índice olímpico. Não temos atletas nessa idade que contemplem o índice, apenas mais velhos. Isso não quer dizer que não temos planos de classificar atletas para o Rio-2016” afirmou o dirigente ao periódico.

De opinião contrária, o presidente da Federação Bahiana de Atletismo, Og Robson Menezes, salientou também em entrevista ao jornal que a falta de estrutura no estado é um dos principais fatores para a carência na formação de atletas. “A gente não tem equipamento nenhum para treinar. Hoje temos uma pista de atletismo no Sesi de Simões Filho, porque a pista da Polícia Militar está em reforma há anos e a do Exército é de polipedra. Não serve para nós” confessou.

Dentre os estados que enviaram atletas para os Jogos de Nanquim, a grande maioria é de São Paulo (28), seguido pelo Rio de Janeiro (20) e Rio Grande do Sul (9). Na Região Nordeste, os estados de Sergipe, Pernambuco e Paraíba tem 2 esportistas cada, com o Rio Grande do Norte e Ceará completando a contagem com apenas 1 de cada.

Comentar

   
Carregando...

Histórico de Conteudo

Multimídia

Enquete

O que você achou da primeira convocação de Dunga em seu retorno a Seleção?

Fala Torcedor!

Veja mais