Bahia

E. C. Bahia


Em jogo movimentado, Bahia e Vitória empatam no Barradão

Um jogo muito movimentado marcou o primeiro clássico entre Bahia e Vitória no ano de 2015. Pela 5ª rodada do Campeonato Baiano, o polêmico Neto Baiano e o argentino Maxi Biancucchi marcaram em um Ba-Vi que foi assistido por 14.305 torcedores neste domingo (1º). Com o resultado, o Vitória chegou aos 9 pontos conquistados, enquanto o tricolor baiano chegou aos 7 pontos.

Veja mais

Veja mais

Entrevistas

Drubscky vê Mansur como ‘jogador de futuro’, explica saída de Rômulo e prevê evolução do time

O técnico Ricardo Drubscky, do Vitória, vê o lateral-esquerdo Mansur como um atleta de futuro, apesar das críticas da torcida e parte da imprensa. “O Mansur é um jogador de futuro, mas tem um peso grande na participação dele e isso pode prejudicar ele no Vitória. Vamos tentar dentro do possível, trabalhar para que ele realmente consiga fazer o melhor dele e ajudar a equipe”, disse ao Bahia Notícias. O comandante Rubro-Negro ainda explicou a não permanência do atacante Rômulo, cedido ao Santo André-SP. Segundo o treinador, o atleta é bom tecnicamente, mas tem pouca competividade. “Ele é um jogador com muita boa técnica, virtuoso tecnicamente, mas com pouca competitividade”, analisou. Drubscky fez questão de elogiar o elenco e projeta evolução no desempenho. “É um elenco de qualidade e o clube dá condições de trabalho. E é torcer com o tempo que nós tempos, a gente consiga encaixar as peças, fazer os resultados e fazer o time jogar, para que o trabalho apareça e evolua”, comentou.

Veja mais

Curtas do Esporte

Curtas do Esporte

O quase-ex-boleiro Arlindo de Almeida volta com polêmicas no Curtas de Esporte. Por que certos setoristas do Vitória têm passe livre e outros não têm? E por que nenhum deles tem direito a lanche durante os treinos da manhã? E mais: no Bahia, tem mutirão de processos trabalhistas! Confira nas Curtas e Venenosas do Esporte!

Veja mais

Domingo, 01 de Março de 2015 - 22:41

Garoto ganha presente e 'troca de time' após Ba-Vi

Garoto ganha presente e 'troca de time' após Ba-Vi
Foto: Marinho Jr. / Metrópole

Os jogadores do Bahia já estavam no ônibus, após o clássico, prontos para deixar o Estádio do Barradão. Alguns membros da comissão técnica eram esperados e também o presidente Marcelo Sant'Ana, que concedia entrevista do lado de fora. Um garoto, de 13 anos, com a camisa do Vitória, pediu insistentemente o boné usado pelo mandatário do tricolor baiano, que presenteou a criança. O menino, apesar do padrão rubro-negro, não se negou a tirar fotos com o gestor do Bahia, já usando o boné tricolor, e logo em seguida, a pedido do zagueiro Titi, entrou no ônibus do clube. Lá, o menino abandonou a camisa do Vitória, e fez mais. Ganhou a camisa do capitão do Bahia, vestiu e cumprimentou todo o elenco antes de deixar o veículo. O garoto, ao se despedir dos atletas, pediu para assistir de perto um treinamento do Bahia, no Fazendão, e teve seu telefone anotado por funcionários do Bahia.

 


Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 22:00

Bottas coloca Williams no topo em encerramento dos testes da F1; Nasr é o 3º

por Estadão Conteúdo

Bottas coloca Williams no topo em encerramento dos testes da F1; Nasr é o 3º
Foto: Divulgação
Os testes da pré-temporada da Fórmula 1 foram encerrados neste domingo com a Williams no topo da tabela de tempos. O finlandês Valtteri Bottas foi o mais rápido do dia, à frente do alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, e do brasileiro Felipe Nasr, da Sauber. Nico Rosberg, dono do melhor tempo nas duas baterias de testes em Barcelona, foi apenas o sétimo mais veloz deste domingo (1º).
 
Bottas obteve o melhor tempo com pneus supermacios. Ele marcou 1min23s063 na mais rápida de suas 89 voltas no traçado do Circuito da Catalunha. Com este rendimento, o finlandês superou Felipe Massa, que detinha o melhor tempo da Williams, registrado no sábado, com 
 
O tempo de Bottas foi o terceiro melhor da terceira e última bateria de testes da pré-temporada, disputada em Barcelona, assim como na segunda - a primeira foi sediada em Jerez de la Frontera, também na Espanha. Só ficou atrás da marca de Rosberg na sexta e de Lewis Hamilton, no sábado.
 
O bom rendimento da dupla aumentou o favoritismo da Mercedes para a temporada 2015, apesar da performance discreta do alemão neste domingo. Dando preferência para trajetos mais longos, as simulações de corrida, Rosberg marcou apenas 1min25s186s, em 148 voltas, bem acima do 1min22s792 obtido na sexta.
 
Enquanto o alemão privilegiava tiros mais longos, Vettel foi até o limite de sua Ferrari. Em 129 voltas, ele anotou o segundo melhor tempo do dia, com 1min23s469. Assim como o tetracampeão, Felipe Nasr usou os supermacios para marcar 1min24s023. O brasileiro obteve a maior quilometragem deste domingo, com 159 voltas.
 
O holandês Max Verstappen foi o quarto mais veloz (1min24s527), seguido do australiano Daniel Ricciardo (1min24s638) e do mexicano Sergio Pérez (1min25s113). O inglês Jenson Button voltou a dar poucas voltas com sua McLaren. Com 30 giros, não passou do oitavo tempo: 1min25s327. O venezuelano Pastor Maldonado foi o último, com 1min28s272, em 36 voltas.
Os testes deste domingo encerraram três baterias de treinamentos em Jerez e Barcelona. Ao todo, foram 12 dias de trabalhos, nos quais a Mercedes voltou a se sobressair, principalmente na parte final.
 
Agora as equipes tem duas semanas para acertar os últimos detalhes dos seus carros antes do início do campeonato. A temporada vai começar no dia 15 de março, com o GP da Austrália, em Melbourne.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 21:50

Torcedores de Vitória e Bahia entram em confronto antes do clássico

por Glauber Guerra

Torcedores de Vitória e Bahia entram em confronto antes do clássico
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Torcedores do Vitória e Bahia entraram em confronto na tarde deste domingo (1º), pouco antes do início do clássico Ba-Vi, realizado às 16h no Barradão. O jogo terminou empatado em 1 a 1. Foram registradas brigas em frente ao Estádio Manoel Barradas. Com isso, a Polícia Militar precisou utilizar a cavalaria e bombas de gás lacrimogêneo e de efeito moral para dispersar as torcidas rivais. 

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 20:30

Em último dia de visitas, COI vira alvo de manifestantes

por Ulisses Gama

Em último dia de visitas, COI vira alvo de manifestantes
Foto: Divulgação/COI
Neste sábado (28), no último dia de visitas do Comitê Olímpico Internacional (COI) ao Rio de Janeiro, manifestantes realizaram um ato em frente ao hotel onde os integrantes do comitê estão hospedados. A principal reivindicação dos ativistas era a construção de duas obras: o campo de golfe na reserva de Marapendi e a reforma na Marina da Glória, ponto de apoio para as provas de vela, que irá causar a derrubada de mais de 200 árvores.
 
Em faixas e cartazes, o alvo era o presidente do COI, Thomas Bach. O alemão chegou a ser chamado de "assassino da natureza". Durante o protesto, uma ativista chegou a invadir a recepção do hotel, sendo contida por seguranças. "O que está acontecendo no segundo andar desse prédio é um roubo contra a sociedade brasileira". disse a ativista.
 
Após a manifestação, Bach, em entrevista coletiva, disse que já sabia do protesto e que está aberto a diálogos. "Fui avisado dos protesto. Nós convidamos alguns manifestantes para discutir conosco, mas infelizmente não pude participar. Estamos abertos ao diálogo com todos".  

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 20:20

Sem chances de classificação no Baianão, Jacobina demite o técnico Andrade

por Lucas Cunha

Sem chances de classificação no Baianão, Jacobina demite o técnico Andrade
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O técnico do Jacobina Andrade foi demitido após a derrota deste domingo (1) em casa para o Colo-Colo por 1 a 0, em jogo válido pela quinta rodada da primeira fase do campeonato baiano de 2015. Com o resultado, o Jegue da Chapada permanece com apenas três pontos em cinco jogos, ocupando a penúltima colocação entre os doze times que disputam a primeira fase do Baianão. Podendo chegar apenas aos seis pontos na última rodada da fase inicial, o Jacobina não tem mais chances de conseguir a classificação para a segunda etapa da competição. Andrade, técnico campeão brasileiro pelo Flamengo em 2009, chegou com status de grande contratação do Jacobina, que subiu para a primeira divisão em 2015, mas acaba deixando a equipe sem conseguir uma vitória nos cincos jogos que comandou o time.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 19:19

Após empate no Ba-Vi, Ricardo Drubscky afirma: ‘Ficou um gostinho amargo’

por Glauber Guerra

Após empate no Ba-Vi, Ricardo Drubscky afirma: ‘Ficou um gostinho amargo’
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O técnico Ricardo Drubscky, do Vitória, lamentou o empate em 1 a 1 com o Vitória, neste domingo (1º), no Barradão, pela quinta rodada do Campeonato Baiano. Mesmo de atuar com um jogador a mais em boa parte da partida, o Leão não conseguiu transformar essa vantagem em gols.

“Tivemos um primeiro tempo em que começamos com certo domínio. O Vitória começou tomar iniciativa, mas até certo ponto o jogo foi igual. Quando fizemos o gol e depois tivemos a superioridade numérica (é bom lembrar que fizemos o gol no onze contra onze)... Continuamos com volume de jogo, com mais presença no ataque, mais posse. Primeiro tempo, no placar e no domínio, foi favorável para nós. No segundo tempo, nos primeiros 15 minutos, ficamos sem agredir. Nesses momentos, Bahia fez dois ou três contra-ataques, e em um deles fez o gol. Mérito do Bahia. Fernando fez uma defesa linda, mas não conseguiu evitar o gol. Aí sim, tomamos conta da partida, mas sem agressividade. Criamos duas ou três, mas não fizemos. No fim do jogo, a gente cedeu espaços e o Bahia criou situações de perigo. Foi um clássico emocionante. Ficou um gostinho amargo, Se tivesse um vencedor, teria que ser o Vitória”

O comandante Rubro-Negro considera que o time esteve passivo e sem iniciativa, em determinados momentos do jogo

“Fizemos um jogo passivo e sem iniciativa. Falamos no vestiário que teríamos que fazer mais gols. Até pensei [após levar o gol], que a equipe vai despertar. Fizemos isso, mas não de uma maneira contundente. Fizemos posse de bola no campo do Bahia, mas sem agressividade. Tivemos algumas faltas interessantes e infelizmente não conseguimos concluir”

Drubscky ainda admitiu que o principal pecado de sua equipe foi não ter explorado a superioridade numérica.

“Acho que grande parte dos eventos do jogo se deve ao tempero do jogo. Clássico de alternativas diversas. Pecamos por não ter explorado a superioridade, mas ficamos longe de decepcionar”, pontuou.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 19:12

Veja os gols de Vitória 1 X 1 Bahia


Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 19:03

Thales aprova estreia em Ba-Vi e vê tricolor superior

por Felipe Santana

Thales aprova estreia em Ba-Vi e vê tricolor superior
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Seis jogadores da equipe titular estrearam em clássico contra o Vitória, na tarde deste domingo (1), no Barradão. Dentre eles o zagueiro Thales que, após o apito final, deixou nítida a satisfação com o desempenho do clube.
 
Para o camisa 3, pela segunda vez titular do time, o Bahia foi superior ao Vitória mesmo com dez atletas em campo, após expulsão do volante Wilson Pittoni. Além disso, o defensor ressaltou a quantidade de chances criadas.

"Criamos muito mais que eles e poderíamos ter virado o jogo", disse.

Sobre o clima da partida, o zagueiro Thales elogiou o comportamento do torcedor, mesmo quanto o time estava perdendo, e afirmou voltar para casa 'emocionado'.

"Foi uma estreia emocionante. Não poderia ser melhor. Clássico é assim, na base da emoção e superação", disse.

Comentar

   
Com gol de Paulo Almeida, Conquista vence Serrano; Confira resultados do Baianão
Foto: Luciana Flores/Divulgação
Na penúltima rodada do Campeonato Baiano, o Vitória da Conquista venceu o Serrano por 2 a 1 e chegou aos 11 pontos, assumindo a liderança isolada da competição, além de garantir passagem para a próxima fase. A vitória no clássico do café teve um gol do estreante Paulo Almeida. Em mais um clássico da rodada, em Feira de Santana, Feirense e Bahia de Feira ficaram no 0 a 0.
 
Confira os resultados da 5ª rodada do Campeonato Baiano:
 
Sábado:
 
17h - Catuense 3 x 0 Juazeirense
17h - Jacuipense 4 x 1 Galícia
 
Domingo:
 
Feirense 0 x 0 Bahia de Feira
Vitória 1 x 1 Bahia
Vitória da Conquista 2 x 1 Serrano
Jacobina 0 x 1 Colo Colo


 
Classificação do Baiano após a quinta rodada da primeira fase:
 
1º Vitória da Conquista - 11 pontos
2º Vitória - 9 pontos
3º Jacuipense - 8 pontos, duas vitórias, saldo +3.
4º Colo-Colo - 8 pontos, duas vitórias, saldo +1.
5º Juazeirense - 8 pontos, duas vitórias, saldo -1.
6º Catuense - 7 pontos, duas vitórias, saldo +2.
7º Bahia - 7 pontos, duas vitórias, saldo +1.
8º Bahia de Feira - 7 pontos, 1 vitória.
9º Galícia - 5 pontos.
10º Serrano - 4 pontos.
11º Jacobina - 3 pontos.
12º Feirense - 1 ponto.

Jogos da próxima rodada (todos no domingo, 8, às 16 horas):
 
Bahia de Feira x Jacuipense - Alberto Olivera (Feira de Santana)
Bahia x Feirense - Arena Fonte Nova (Salvador)
Juazeirense x Vitória - Adauto Moraes (Juazeiro)
Galícia x Catuense - Roberto Santos (Salvador)
Colo-Colo x Vitória da Conquista - Mário Pessoa (Ilhéus)
Serrano x Jacobina - Antônio Carlos Magalhães (Porto Seguro)

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 18:49

Após empate, Jorge Wagner pede paciência à torcida: ‘Temos muito a crescer’

por Glauber Guerra

Após empate, Jorge Wagner pede paciência à torcida: ‘Temos muito a crescer’
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Depois do empate em 1 a 1 com o Bahia, o meia Jorge Wagner pediu paciência à torcida do Vitória. O time Rubro voltou a apresentar um futebol abaixo das expectativas  e mesmo com um homem a mais em boa parte do jogo, não conseguiu um resultado positivo.

“Estamos trabalhando com a consciência que estamos no caminho certo. A gente pede um pouco de paciência ao torcedor. Estamos em processo de formação e no início de temporada. Temos muito a crescer”, afirmou.

Com o resultado, o Leão permanece na segunda colocação, mas agora com nove pontos conquistados. O próximo compromisso do Rubro-Negro é contra o América-RN, quarta-feira (4), na Arena das Dunas, pela Copa do Nordeste.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 18:37

Escudero fica na bronca com empate: ‘Não fizemos quase nada’

por Glauber Guerra

Escudero fica na bronca com empate: ‘Não fizemos quase nada’
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O meia Escudero, do Vitória, expressou sua decepção com o empate em 1 a 1 diante do Bahia,  neste domingo (1º), no Barradão.  Para o argentino, sua equipe esteve muito abaixo do esperado.

“Não jogamos, não defendemos e não criamos. Não fizemos quase nada”, desabafou.

Com o empate, o Leão chegou aos nove pontos, mas continua na segunda colocação geral do Campeonato Baiano. O próximo compromisso no certame estadual é contra a Juazeirense, domingo (8), no Estádio Adauto Moraes. Porém, antes deste duelo, o time comandado pelo técnico Ricardo Drubscky vai pegar o América-RN, quarta (4), fora de casa, pela Copa do Nordeste.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 18:28

Após clássico, diretor do Bahia considera arbitragem 'desastrosa'

por Felipe Santana

Após clássico, diretor do Bahia considera arbitragem 'desastrosa'
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias
O Bahia, ainda quando estava em desvantagem no placar no primeiro tempo, perdeu o volante Wilson Pittoni, expulso após acertar uma cotovelada no atacante Neto Baiano. Este lance passou despercebido pelo diretor de futebol do Bahia, Alexandre Faria.

O gestor, porém, apesar de concordar com o cartão vermelho, teceu duras críticas ao desempenho do árbitro Jailson Macedo Freitas neste
clássico.

"Foi lamentável, desastrosa. Ele deixou o Vitória mandar na partida, cometer muitas faltas e não deu cartão em Neto Baiano. Kieza tomou vários chutes e ele não fez nada. Não gostei", comentou.

Alexandre Faria, um pouco exaltado com o que viu da arbitragem, também falou sobre a expulsão do volante Pittoni e disse, pelo menos em um lance, concordar com o cartão vermelho aplicado.

"Acho, sim, que Pittoni perdeu a cabeça e acertou o adversário", completou.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 18:23

Jean sobre estreia em Ba-Vi: 'Foi emocionante'

por Felipe Santana

Jean sobre estreia em Ba-Vi: 'Foi emocionante'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Estreante em clássico contra o Vitória pela categoria profissional, o goleiro Jean deixou o gramado do Barradão, na tarde deste domingo (1), muito satisfeito com o desempenho do time, assim como sua atuação.
 
O arqueiro do tricolor baiano, titular pela terceira partida consecutiva, destacou o fator emocional do jogo, após o apito final.

"Foi um jogo emocionante. Foi o primeiro de muitos, com fé em Deus", resumiu.

Ele, porém,  apesar da alegria com o comportamento do elenco durante os noventa minutos, admite que ficou com um gosto de 'quero mais'.

"Espero, também com uma boa atuação, sair de campo com o triunfo da próxima vez", respondeu.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 18:18

Vander lamenta empate com o Bahia: 'Gosto de derrota'

por Glauber Guerra

Vander lamenta empate com o Bahia: 'Gosto de derrota'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Mesmo com um homem a mais em boa parte do jogo, o Vitória ficou apenas no empate em 1 a 1 com o Bahia neste domingo (1º), no Barradão, em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Baiano. O meia-atacante Vander não escondeu a decepção pelo resultado.

“Empate com gosto de derrota. Parecíamos que tínhamos  dez jogadores em campo. Isso não pode acontecer”, afirmou o atleta.

Com o resultado,  o Rubro-Negro chegou aos nove pontos e permanece na segunda colocação geral do Campeonato Baiano. Agora, o time comandado pelo técnico Ricardo Drubscky volta suas atenções para a Copa do Nordeste. Na quarta-feira (4), a equipe encara o América-RN, fora de casa.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 17:55

Em jogo movimentado, Bahia e Vitória empatam no Barradão

por Ulisses Gama

Em jogo movimentado, Bahia e Vitória empatam no Barradão
Foto: Max Haack/Ag Haack/Bahia Notícias
Um jogo muito movimentado marcou o primeiro clássico entre Bahia e Vitória no ano de 2015, disputado neste domingo (1º) no Barradão. Pela 5ª rodada do Campeonato Baiano, o polêmico Neto Baiano (no 1º tempo) e o argentino Maxi Biancucchi (no 2º tempo) marcaram em um Ba-Vi que foi assistido por 14.305 torcedores e terminou empatado em 1 a 1. Com o resultado, o Vitória chegou aos 9 pontos conquistados, enquanto o tricolor baiano chegou aos 7 pontos.

O JOGO
 
O primeiro Ba-Vi de 2015 começou com muita correria e pouca efetividade. Aos 7 minutos, em cobrança de falta, o Bahia foi o primeiro a finalizar. Souza cobrou, mas não assustou o goleiro Fernando Miguel. O Vitória não demorou a responder. Aos 8, Vander levantou bola e causou confusão na área tricolor. Aos 10 minutos, Maxi fez ótimo passe para Kieza na grande área, mas o zagueiro Ednei foi providencial na roubada de bola. Aos 16 minutos, o Bahia perdeu uma ótima chance. Tony fez boa jogada e achou Maxi de frente para o gol, mas o argentino finalizou mal.
 
Leão abre o placar
 
Um minuto depois, o Vitória fez o primeiro gol da partida. Pelo lado direito, Vander invadiu a área e chutou forte para a defesa de Jean. No rebote, Neto Baiano, o maior artilheiro do Barradão, não perdoou. Aos 23 minutos, o Bahia chegou ao ataque em cruzamento de Tony e cabeceio de Titi para grande defesa de Fernando Miguel. 
 
Pittoni expulso
 
Aos 27, expulsão no tricolor baiano. Após deixar o braço em Neto Baiano, o paraguaio Wilson Pittoni recebeu o cartão vermelho do árbitro Jailson Macedo Freitas. Com a vantagem numérica, o Vitória teve maior facilidade para se aproximar da meta tricolor. Aos 38, Vander mandou um chute rasteiro ao lado do gol de Jean. Aos 45 minutos, o Vitória chegou com força ao ataque em uma boa trama, mas a zaga tricolor conseguiu segurar o ímpeto rubro-negro. Aos 48, no último minuto da primeira etapa, o Bahia teve mais uma chance. Souza cobrou falta na área e o arqueiro rubro-negro soltou. No rebote, Thales chutou mas foi bloqueado pela defesa do leão.


 
Segundo tempo
 
No segundo tempo, Élton substituiu Neto Baiano, que teve uma queda de pressão. No primeiro minuto, o Bahia tomou a iniciativa. Souza mandou um chute forte, mas passou por cima do gol rubro-negro. Aos 6, Vander tentou um chute, mas saiu fraco e foi facilmente interceptado pelo zagueiro Thales. O técnico Sérgio Soares promoveu uma substituição dupla aos 8 minutos. Souza e Léo Gamalho deram lugar a Bruno Paulista e Willians Santana. Aos 10, Bruno Paulista levantou bola na área para cabeceio de Kieza. O goleiro Fernando Miguel fez uma espetacular defesa.
 
Tricolor chega ao empate
 
Aos 11 minutos, Willians Santana invadiu a grande área e tocou para Kieza. O camisa 9 do tricolor baiano chuta para mais uma defesa de Fernando Miguel. O pequenino Maxi Biancucchi aproveitou o rebote e empurrou de cabeça para as redes: Vitória 1 x 1 Bahia.´Aos 15 minutos, o Vitória tentou uma resposta com um chute de Élton, mas a finalização passou longe. Aos 18, Ricardo Drubscky promoveu a estreia de Rhayner, ex-Bahia, no lugar de Rogério, que saiu machucado. 
 
Aos 28 minutos, a última alteração no Bahia: Maxi, aplaudido pela torcida tricolor, saiu para a entrada de Rômulo. Aos 30, a cria da base do Bahia teve a chance para virar o placar, mas chutou fraco para a defesa do arqueiro do Vitória. Um minuto depois, o atacante Élton perdeu uma chance incrível depois de um cruzamento de Flávio. Aos 36 minutos, a vez foi do Bahia: Rômulo arriscou e o chute passou ao lado. Aos 39, mais Bahia: Bruno Paulista mandou um chute de muito longe e Fernando Miguel encaixou.

Aos 41, Willians Santana recebeu bom passe na grande área, o goleiro Fernando Miguel se adiantou e interceptou o lance. Aos 44, Jorge Wagner cobrou falta e Jean defendeu.  Aos 46, mais uma ótima chance pro Vitória: Jean fez boa defesa. Um minuto depois, o Bahia perdeu uma ótima oportunidade de virar a partida: Rômulo recebeu ótimo passe de Kieza, limpou o goleiro e chutou pra fora. A última chance da partida foi do leão. Jorge Wagner cobrou falta perigosa, Jean fez ótima defesa. Fim de jogo: Vitória 1 x 1 Bahia.

FICHA TÉCNICA:
Campeonato Baiano­ 5a rodada
Vitória x Bahia
Local: Barradão, em Salvador
Data: 01/03/2015
Árbitro: Jailson Macedo Freitas
Auxiliares: José Raimundo Dias da Hora e Jucimar dos Santos Dias.
Cartões amarelos: Fernando Miguel, Euller, Amaral, Vander, Èlton (Vitória) / Maxi, Titi, Tony, Rômulo, Thales, Raul (Bahia)
Cartão vermelho: Pittoni
Gols: Neto Baiano (Vitória) / Maxi (Bahia)
 
Vitória:  Fernando Miguel, Nino Paraíba, Ednei, Saimon, Euller; Amaral (Jorge Wagner), Flávio, Vander, Escudero; Rogério (Rhayner), Neto Baiano (Élton).
 
Bahia: Jean; Tony, Thales, Titi e Raul; Tiago Real, Souza (Bruno Paulista), Pittoni; Maxi (Rômulo), Léo Gamalho (Willians Santana) e Kieza. Técnico: Sérgio Soares.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 17:30

Blatter admite preocupação com racismo na Copa do Mundo da Rússia

por Estadão Conteúdo

Blatter admite preocupação com racismo na Copa do Mundo da Rússia
Foto: Divulgação/FIFA
O presidente da Fifa, Joseph Blatter, admitiu que está preocupado com a possibilidade de casos de racismo na Copa do Mundo de 2018, que será realizada na Rússia. A declaração foi dada dias depois de um estudo escancarar a escala em que se encontra o racismo no futebol do país e alertar que há a possibilidade de que ele se faça presente no próximo Mundial.

Perguntado sobre este estudo em entrevista à agência de notícias The Associated Press, Blatter não escondeu a insegurança. "Eu estou ciente do estudo e nós estamos preocupados, definitivamente", disse. "Racismo é um dos itens que está no topo da minha lista, todo dia. Mas todo dia, infelizmente, temos demonstrações racistas em algum lugar do mundo, que precisamos lutar contra."

Um estudo produzido pela Fare Network, uma organização que combate o racismo no futebol, e o instituto SOVA Center, de Moscou, mostrou que a Rússia está assolada por uma onda de cultura racista e de extrema direita. O documento ainda detalhou casos de comportamento discriminatório no futebol local e alertou que "será difícil assegurar a segurança dos visitantes" na Copa do Mundo.

Mas a preocupação de Blatter já existia, tanto que ele conversou em julho com o presidente russo Vladimir Putin sobre o assunto e transformou o combate ao racismo em uma prioridade no futebol do país. "Educação, definitivamente, é necessária, e se isso não pará-los, então haverá algumas sanções. Começamos um grande programa educacional com eles. Eles estão cientes da situação."

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 16:30

Torcedores do Vitória voltam a cobrar eleições diretas no clube

por Glauber Guerra

Torcedores do Vitória voltam a cobrar eleições diretas no clube
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Um grupo de torcedores voltou a cobrar eleições diretas no Vitória neste domingo (1º),  durante o clássico Ba-Vi, no Barradão.  Os adeptos do Leão levaram duas faixas. A primeira dizia “#Democracia RubroNegra” e a segunda clamava por “Diretas Já”. Como na grande maioria das agremiações de futebol do Brasil, o Vitória é comandado bionicamente por presidente escolhido por algumas centenas de conselheiros.  O mandato de Carlos Falcão, atual comandante do clube, expira em dezembro de 2016.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 15:28

Campeonato Baiano Sub-20: Vitória bate o Bahia e se isola na liderança

por Glauber Guerra

Campeonato Baiano Sub-20: Vitória bate o Bahia e se isola na liderança
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O time sub-20 do Vitória venceu o Bahia por 2 a 0 neste domingo (1º), no Barradão, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Baiano da categoria.  Os gols foram marcados por  Léo Ceará e Rafaelson.


Na primeira etapa, o Vitória dominou a partida e não deu espaço ao arquirrival. Criou várias chances e abriu o placar aos 12 com Léo Ceará e aos 20 com Rafaelson.

Já no segundo tempo, o jogo foi equilibrado. O Bahia criou jogadas de perigo, principalmente com Jacó, Endrick e Mário, mas esbarrou no goleiro Ronaldo.

Com o resultado, o time comandado pelo técnico Wesley Carvalho chegou aos 15 pontos e agora ocupa a liderança isolada da competição. Já o Tricolor é o segundo colocado e estacionou nos 12 pontos.
 
FICHA TÉCNICA
Vitória x Bahia
Campeonato Baiano Sub-20
Local: Barradão, em Salvador
Data: 1º de março de 2015, domingo
Horário: 13h30
Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade
Auxiliares: José dos Santos Amador e Carlos Eduardo Bregalda
Gols: Léo Ceará e Rafaelson (Vitória)

Vitória: Ronaldo; Alef, Ramon, Bruno e Renan; Borges (Mineiro), David e Nickson (Ruan Café)Gabriel; Léo Ceará e Rafaelson (Douglas) . Técnico: Wesley Carvalho.

Bahia: Igor, Cadu, Coutinho, Everson e Mateus Santos; Artur, Gabriel, Sávio (Wesley) e Endrick (Juninho); Mário (Hugo Freitas) e Jacó. Técnico: Aroldo Moreira.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 14:30

Marcelo Melo é campeão nas duplas da ATP 500 em Acapulco

por Ulisses Gama

Marcelo Melo é campeão nas duplas da ATP 500 em Acapulco
Foto: Divulgação/ATP
Marcelo Melo, número cinco no ranking mundial de duplas, assegurou o título da ATP 500 de Acapulco, no México. Ao lado do croata Ivan Dodig, o brasileiro derrotou Mariusz Fyrstenberg e o mexicano Santiago Gonzalez por 7/6(2), 5/7, 10/3. Natural de Belo Horizonte, Marcelo Melo chegou ao seu 14º título nas duplas.
 
"A gente sabia que vinha jogando muito bem, que uma hora íamos ganhar. O importante foi que sempre mantivemos nosso jogo e estivemos bem preparados, tanto na parte física como no entrosamento de jogo e amizade que uma parceria precisa", disse.  Melo agora se prepara para a Copa Davis, onde, junto com Bruno Soares enfrentará a Argentina.
 

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 14:00

Arsenal vence o Everton e recupera terceira posição no Inglês

por Estadão Conteúdo

Arsenal vence o Everton e recupera terceira posição no Inglês
Foto: Reprodução/Twitter
Arsenal e Everton fizeram um jogo morno neste domingo (1º), no Emirates Stadium, pelo Campeonato Inglês, mas o time londrino se aproveitou melhor das poucas oportunidades que teve para vencer por 2 a 0. Giroud se recuperou da péssima jornada que teve no meio da semana contra o Monaco e marcou o primeiro. Rosicky, já no fim, selou o resultado.

A vitória recolocou o Arsenal na terceira colocação, ultrapassando o Manchester United, que havia vencido no sábado. Na quarta-feira, os comandados de Arsène Wenger voltam a campo para pegar o Queens Park Rangers fora de casa. Já o Everton estacionou nos 28 pontos e caiu para 14.º. Também na quarta, pega o Stoke City fora de casa.

O começo de jogo neste domingo foi bastante morno, com as duas equipes se estudando. O brasileiro Gabriel Paulista chegou a dar um susto e quase que Lukaku aproveitou, mas nada que tirasse a tranquilidade do goleiro Ospina. O Arsenal respondeu aos 27, mas Giroud cabeceou para fora.

Parecia que começaria a sequência de gols perdidos pelo atacante, como na derrota por 3 a 1 para o Monaco, quando ele foi considerado o vilão. Desta vez, no entanto, o francês precisou de só mais uma chance para marcar. Aos 39, Após cobrança da direita, se antecipou à zaga e desviou para o gol de direita.

O segundo tempo começou como o primeiro e somente aos 18 minutos Cazorla teve a primeira chance. O Everton respondeu aos 20, com Lukaku, que exigiu grande defesa de Ospina. O colombiano apareceu bem novamente aos 26, quando Lennon desviou e ele se esticou todo para pegar.

Mas quem marcaria seria o Arsenal. Aproveitando os espaços deixados pelo adversário, a equipe ampliou já aos 42, com Rosicky, em chute de fora da área desviado pela zaga. A partir daí, só os londrinos assustaram, mas Howard e a falta de pontaria impediram o terceiro.

Comentar

   
Vitória é acionado na Justiça por empresa que agencia carreira de Rodrigo Defendi
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
A empresa JA Sports Gestão e Assessoria de Carreiras Desportivas, que agencia o zagueiro Rodrigo Defendi, cobra R$ 121 .172,31 do Vitória, na Justiça. De acordo com o processo, que tramita na 17ª Vara de Feitos Relativos às Relações de Consumo Cível e Comercial do Tribunal de Justiça da Bahia, o clube Rubro-Negro teria que pagar R$ 100 mil a JA Sports, caso o defensor disputasse o Campeonato Baiano sem sofrer nenhum tipo de lesão. A empresa ainda afirma que teria direito a bônus financeiro pela participação ou convocação do atleta em partidas do Baianão e Copa do Nordeste. Dois mil reais para entrar em campo ou mil reais se fosse apenas relacionado, em qualquer das duas competições. No total, ele participou de oito jogos do certame estadual e quatro no Nordestão. Defendi deixou o Leão em 10 de julho do ano passado e ficou marcado pelas falhas na primeira final do Ba-Vi de 2014, quando o Vitória perdeu por 2 a 0. Atualmente, o zagueiro atua no Shijiazhuang Yongchang, da China. Até o fechamento desta matéria, o Bahia Notícias tentou o contato com o departamento jurídico do Vitória, mas sem sucesso.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 07:45

Mais experiente, Bahia enfrenta o Vitória no primeiro Ba-Vi do ano

por Felipe Santana

Mais experiente, Bahia enfrenta o Vitória no primeiro Ba-Vi do ano
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Com uma dose a mais de mistério, após dois treinamentos com os portões fechados para imprensa, o 'novo' Bahia enfrenta o Vitória na tarde deste domingo (1º), no Barradão, no primeiro clássico da temporada de 2015.
 
Apesar do suspenso adotado pelo treinador Sérgio Soares, a equipe do tricolor não deve grandes novidades para o jogo contra o rubro-negro. Pelo contrário. Ele deve manter a base que venceu a Catuense, na última rodada, na Arena Fonte Nova.

A única dúvida do comandante, que será desvendada minutos antes do clássico, está na lateral-esquerda. Apostar no jovem Carlos, que até então era titular da equipe, ou promover o retorno de Raul, mais experiente e consistente na marcação.

No gol, ainda sem contar com Omar, o treinador deve dar continuidade ao jovem Jean, titular da equipe nos últimos dois jogos. No meio de campo, Souza deve seguir entre os titulares, deixando o jovem Bruno Paulista no banco de reservas.

Lá na frente, devido ao bom rendimento do trio na última atuação, Maxi Biancucchi, Kieza e Léo Gamalho comandarão o pelotão de ataque.


Campeonato Baiano – 5ª rodada
Local: Barradão, em Salvador
Data: 1º de março de 2015, domingo
Horário: 16h
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Auxiliares:  José Raimundo Dias da Hora e Jucimar dos Santos Dias.
 
Vitória: Fernando Miguel, Nino Paraíba, Ednei, Saimon e Euller;  Amaral, Flávio, Escudero e Vander; Rogério e Neto Baiano (Elton). Técnico: Ricardo Drubscky
 
Bahia: Jean; Tony, Titi, Thales e Carlos (Raul); Pittoni, Souza e Thiago Real; Maxi Biancucchi, Kieza e Léo Gamalho. Técnico: Sérgio Soares.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 07:30

Ainda sem empolgar na temporada, Vitória encara o Bahia no Barradão

por Glauber Guerra

Ainda sem empolgar na temporada, Vitória encara o Bahia no Barradão
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Vencer e convencer. Esse é o pensamento do Vitória para o clássico contra o Bahia neste domingo (1º), às 16h, no Barradão, pela quinta rodada do Campeonato Baiano. O time comandando pelo técnico Ricardo Drubscky ainda não apresentou um futebol convincente na temporada, o que tem gerado críticas por parte da torcida. 
 
O meia-atacante Vander demonstra otimismo e acredita que a sua equipe tem tudo para embalar uma sequência vitoriosa
 
“A expectativa é a melhor possível. É um clássico e equipe tem tudo para conseguir a vitória. Uma vitória que vai embalar a equipe, que nos dois últimos jogos não atuou bem. Temos tudo para vencer o Bahia”, declarou.
 
O único desfalque em relação ao último jogo é o zagueiro Kadu, expulso no empate em 0 a 0 com o Galícia. Já Mansur, que seria opção no banco de reservas, foi vetado pelo departamento médico por conta de dores na coxa.
 
Para a partida, Ricardo Drusbscky adotou a tática do mistério. Ele não revelou o time principal e a principal dúvida é no ataque, entre Neto Baiano e Elton. “É um clássico e como todo clássico e em respeito ao adversário, é preciso ter um pouco mais de cuidado e levar algumas dúvidas para o jogo”, afirmou.
 
A novidade entre os relacionados é o atacante Rhayner, que poderá fazer sua estreia no Vitória. O jogador deve ficar como opção no banco de reservas. Já Rogério, se recuperou de lesão na coxa e deve formar dupla com Neto Baiano ou Elton.
 
FICHA TÉCNICA
Vitória x Bahia
Campeonato Baiano – 5ª rodada
Local: Barradão, em Salvador
Data: 1º de março de 2015, domingo
Horário: 16h
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Auxiliares:  José Raimundo Dias da Hora e Jucimar dos Santos Dias.
 
Vitória: Fernando Miguel, Nino Paraíba, Ednei, Saimon e Euller;  Amaral, Flávio, Escudero e Vander; Rogério e Neto Baiano (Elton). Técnico: Ricardo Drubscky
 
Bahia: Jean; Tony, Titi, Thales e Carlos (Raul); Pittoni, Souza e Thiago Real; Maxi Biancucchi, Kieza e Léo Gamalho. Técnico: Sérgio Soares.

Comentar

   

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 - 22:40

Palmeiras supera Capivariano e fatura 4ª vitória seguida na estreia de Arouca

por Felipe Rosa Mendes | Estadão Conteúdo

Palmeiras supera Capivariano e fatura 4ª vitória seguida na estreia de Arouca
Era a aguardada estreia de Arouca, mas quem brilhou neste sábado foi Robinho. O meia roubou a cena ao marcar os gols da vitória do Palmeiras sobre o Capivariano, por 2 a 0, no Allianz Parque, em rodada do Paulistão. Os gols vieram apenas nos minutos finais do segundo tempo, acabando com o sofrimento da torcida que marcou presença no estádio para ver a primeira partida de Arouca com a camisa alviverde.

Ao todo, a partida contou com 32.134 pagantes, no melhor público do estádio neste ano. A maioria queria ver a adiada estreia do volante, que foi titular. Arouca não brilhou, mas também não decepcionou. Participou da maior parte das jogadas da equipe e, ainda sem sua melhor forma física, acabou deixando o campo antes dos gols de Robinho, aos 35 e aos 43 minutos.

Foi a quarta vitória consecutiva do Palmeiras no Paulistão. Com 15 pontos, o time lidera com folga o Grupo C. O Capivariano estacionou nos seis pontos, na segunda colocação do Grupo D.

Na próxima rodada, o Palmeiras vai enfrentar o Bragantino, sábado que vem, novamente em casa. Antes disso, o time fará sua estreia na Copa do Brasil, quarta-feira, contra o Vitória da Conquista, na Bahia. Se vencer por uma diferença de dois ou mais gols, a equipe paulista elimina o jogo da volta, avançando direto à segunda fase.

O JOGO - Parecia decisão de campeonato, ao menos nos primeiros minutos de jogo. Aos 15 segundos, o Palmeiras já aparecia na área, pressionando a defesa do Capivariano. Allíone desperdiçou a chance. Três minutos depois e o time da casa carimbou a trave, com Cristaldo. No mesmo lance, Arouca quase marcou seu primeiro com a camisa do Palmeiras.

Em ritmo alucinado, o Palmeiras tomou conta da partida rapidamente. Preenchia os espaços e controlava o meio-campo. Mas o Capivariano resistiu, afastou o perigo e congestionou sua defesa. A partir dos 15 minutos, os anfitriões já tinham dificuldade em fazer a penetração na intermediária.

A explosão inicial acabou dando lugar ao jogo cadenciado. O Palmeiras trocava passes no meio, à espera do melhor momento para atacar. Mas as oportunidades não surgiam, apesar de uma ou outra investida de Lucas e Zé Roberto, atuando como alas, até a linha de fundo.

Recuado, o Capivariano atacava com menor poder de fogo sem, contudo, deixar de levar perigo. Foi assim aos 12, em finalização rasteira de Igor, aos 12. E, aos 39, em cabeçada de Hélio, após cobrança de escanteio de Kleiton Domingues.

O segundo tempo teve início semelhante ao do primeiro. O Palmeiras acelerou novamente e partiu para o ataque nos primeiros instantes. E, como aconteceu no começo da partida, carimbou a trave do Capivariano, aos 3 minutos, e com o mesmo Cristaldo. Ele bateu mascado dentro da área, Douglas defendeu e a bola acertou a trave antes de ir para fora.

Desta vez, o Palmeiras se esforçou para não deixar cair o ritmo de jogo. E apostou em rápidas enfiadas pelo meio. Aos 11, Robinho invadiu a área pela direita, mas parou na defesa de Douglas. Na sequência, Dudu corria em direção ao goleiro quando foi derrubado pouco antes da área. Arouca cobrou a falta com perigo, aos 16, mas mandou para fora.

Sem sucesso, o Palmeiras passou a insistir em cruzamentos com pouca objetividade na área. Foi preciso mais uma cobrança de falta para o time ameaçar a defesa do Capivariano. Mas desta vez Robinho acertou o pé, ao mandar no ângulo, em bela finalização de bola parada, aos 35.

Oito minutos depois, Dudu recebeu pela esquerda e virou o jogo para o mesmo Robinho. Ele encheu o pé e bateu rasteiro, de fora da área. Douglas não alcançou e o Palmeiras assegurou a vitória, levantando o bom público presente no Allianz Parque.


FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 2 x 0 CAPIVARIANO

PALMEIRAS - Fernando Prass; Lucas, Tobio, Vitor Hugo e Zé Roberto; Gabriel, Arouca (Alan Patrick, depois Victor Luis), Robinho e Allione (Rafael Marques); Dudu e Cristaldo. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

CAPIVARIANO - Douglas; Oliveira, Marllon, Hélio e Pedro Henrique; Júlio César (Esquerdinha), Samuel Souza, Wigor, Kleiton Domingues (Aílton); Franci e Rodolfo (Romão). Técnico: Ivan Baitello.

GOLS - Robinho, aos 35 e aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Júlio César, Franci, Oliveira, Hélio, Robinho.

ÁRBITRO - Norberto Luciano da Silveira.

RENDA - R$ 2.578.175,00.

PÚBLICO - 32.134 pagantes.

LOCAL - Allianz Parque, em São Paulo (SP).

Comentar

   

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 - 22:20

Em segunda luta pelo UFC, baiano Valmir Lázaro vence James Krause em Los Angeles

por Edimário Duplat

Em segunda luta pelo UFC, baiano Valmir Lázaro vence James Krause em Los Angeles
Foto: Divulgação/UFC
Nascido e criado na comunidade de Pedreiras, na periferia de Salvador, o lutador Valmir Lázaro, o Bidu, conseguiu um importante resultado no Ultimate Fighting Challenge. Atuando pelo UFC 184, em Los Angeles, o atleta derrotou o experiente James Krause e conseguiu o seu primeiro triunfo pela federação. Depois de três rounds, Bidu acabou derrotando Krause por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28 ), mesmo com o seu rival apresentando maior controle no confronto. Torcedor do Vitória, Lázaro acabou sendo impedido pelo UFC de utilizar o escudo da equipe em seu uniforme.

Comentar

   
Fernando Miguel se diz pronto para o seu primeiro  Ba-Vi: ‘Tranquilo e com vontade de jogar’
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Desde 2013 no Vitória, o goleiro Fernando Miguel deve disputar no domingo (1º), seu primeiro clássico Ba-Vi pelo time principal do Leão. Neste sábado (28), o arqueiro contou um pouco da expectativa para esse confronto.
 
“Estou tranquilo e com vontade de jogar. Um dois maiores clássicos do futebol brasileiro. Sei da dimensão do Ba-Vi e da história desse clássico. Nos últimos dois anos, convivi do lado de fora e agora espero jogar, fazer uma boa partida e ajudar o time a sair com o resultado positivo”, disse o goleiro, em entrevista ao Bahia Notícias.
 
Fernando Miguel ainda pediu foco total no clássico.
 
“É ter concentração total. Sabemos o peso de uma vitória em um clássico e também a derrota. É focar e ter atenção, pois clássico  é decidido nos detalhes”, comentou.

Comentar

   

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 - 20:30

Fifa rejeita a quarta substituição no futebol e também veta vídeo

por Jamil Chade | Estadão Conteúdo

Fifa rejeita a quarta substituição no futebol e também veta vídeo
Foto: Divulgação
Mudanças nas regras do futebol não serão para já. A Fifa rejeitou por enquanto uma quarta substituição em jogos de futebol em caso de prorrogações e ainda vetou a ideia do uso do vídeo, pedindo novos estudos sobre o assunto.

Neste sábado, a entidade se reuniu em Belfast com as delegações que fazem parte do International Football Association Board (IFAB), espécie de diretório que se ocupa de proteger as regras do jogo. Em pauta, o grupo debateu medidas que pudessem "modernizar" o futebol, reduzir o impacto sobre a saúde de jogadores e tornar menos polêmico.

Mas a opção, por enquanto, é apenas de solicitar maiores informações, mais estudos e aguardar até que se tome decisões mais drásticas. "Acreditamos que três substituições são adequadas para o futebol", indicou a IFAB.

Em fevereiro, o Estado de S. Paulo revelou com exclusividade que a Fifa havia colocado o debate sobre a quarta substituição na agenda da reunião, numa indicação clara de que queria corrigir erros da Copa de 2014. O Mundial foi marcado por um número importante de partidas que foram para a prorrogação. O que o departamento médico da entidade entendeu é que os jogos caíram em qualidade depois dos 90 minutos e que a saúde dos jogadores passava a ficar ameaçada, quando muitos eram forçados a ficar em campo mesmo se arrastando.

Mas, neste sábado, o grupo que é formado pela Fifa e pelas quatro federações britânicas optou uma vez mais pelo conservadorismo. "Não estamos fechando as portas. Mas, em 40 anos, passando de uma para três substituições e achamos que o número é adequado", indicou a entidade.

VÍDEO - O que também foi rejeitado por enquanto é a introdução do vídeo para ajudar árbitros. Numa esperança de mostrar que ele pode modernizar o futebol, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, propôs durante a Copa do Mundo que replay fosse estabelecido em quatro ocasiões por jogo, à pedido dos técnicos de cada equipe.

Um teste já estava ocorrendo com a Federação Holandesa de Futebol, permitindo em alguns jogos o uso de vídeo como experimento. Mas a IFAB rejeitou a proposta. O assunto deve continuar a ser debatido. Mas não deu um sinal verde.

A sugestão de Blatter era de que, a cada 45 minutos, os treinadores tivessem uma oportunidade para pedir que o juiz de um jogo interrompesse a partida e consultasse um replay para determinar uma jogada. A medida, porém, não seria válida para determinar impedimentos.

"Não estamos rejeitando. Mas ainda não está claro e não há clareza sobre o que seria aprovado", declarou Jerome Valcke, secretário-geral da Fifa.

SUBSTITUIÇÃO - Uma das medidas adotadas, porém, foi a autorização para que substituições temporárias de jogadores possam ser realizadas em jogos amadores.

Outra medida aprovada foi o fim da "tríplice punição", uma referência às regras que estabelecem que um jogador que seja derrubado prestes a fazer um gol deve ganhar um pênalti e ver seu oponente ser expulso e suspenso do próximo jogo. A ideia, que deve ser aprovada em março, é o fim da suspensão automática do jogador que tenha cometido a falta.

Comentar

   

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 - 20:02

Guaramix será novo patrocinador de Bahia e Vitória

por Felipe Santana

Guaramix será novo patrocinador de Bahia e Vitória
No decorrer da semana, para aumentar o clima da paz entre as torcidas na semana do clássico Ba-Vi, dirigentes de Bahia e Vitória se reuniram em restaurante da capital baiana. De um lado, Marcelo Sant'Ana, o vice Pedro Henriques e o diretor de mercado Jorge Avancini. Pelo rubro-negro estavam o presidente Carlos Falcão, Epifânio Carneiro e Ricardo David. O encontro não foi útil apenas para falar do jogo deste domingo (1º), no Barradão. Os dois clubes, em uma ação em conjunta, também selaram uma novidade que será apresentada aos torcedores antes do início do jogo: novo patrocínio. Bahia e Vitória, ao entrar em campo, vão estampar na omoplata das camisas a marca do Guaramix.

O produto Guaramix, atualmente, é produzido pela Mix do Brasil. A empresa carioca, localizada na Zona Oeste, também como principal objetivo a produção de bebidas com sabor de frutas. Não é a primeira vez que o Guaramix, bebida que mistura açai, guaraná e ginseng, estará estampado na camisas de grandes clubes do futebol brasileiro.
 

A marca Guaramix, por dois anos, era colocada como patrocinadora das camisas de Atlético Mineiro e Cruzeiro, na posição da omoplata (acima do escudo e da marca do fornecedor de material esportivo). A empresa deixou de ser parceira do galo, mas segue no atual bicampeão nacional, mas sem a exposição na camisa de jogo. Os detalhes do acordo entre Guaramix e a dupla Ba-Vi serão anunciados pela diretoria dos dois clubes momentos antes do clássico deste domingo (1º), no Barradão, inclusive o tempo de contrato do patrocínio.

Comentar

   

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 - 19:30

Jacuipense e Catuense vencem e seguem na briga para segunda fase do Baianão

por Edimário Duplat

Jacuipense e Catuense vencem e seguem na briga para segunda fase do Baianão
Foto: Marcelo Oliveira/Vídeo Play Esportes
Na tarde deste sábado (28), dois jogos abriram a 5ª rodada da primeira fase do Campeonato Baiano 2015. Atuando no Estádio de Pituaçu, o Jacuipense não tomou conhecimento do Galícia e goleou a equipe de Salvador por 4 a 1, assumindo a liderança momentânea do certame estadual. Já o time da Catuense venceu a Juazeirense por 3 a 0 e entrou na zona de classificação a próxima fase do torneio.

Atuando em Feira de Santana, o Bem-te-vi garantiu a sua vitória com dois gols de Kleuber e um de Charles, que momentos antes havia perdido um pênalti para a sua equipe. Já no Estádio Metropolitano Roberto Santos, o clube de Riachão de Jacuípe conseguiu o seu melhor resultado na competição com gols de Jeferson Maranhão, Nadson, Miler e Dimas. Danilinho descontou para o time granadeiro.

Com sete pontos e dois gols de saldo, Jacuipense e Catuense diferem apenas no número de gols marcados (9 contra a 7), o que os coloca na 4ª e 5ª posição, respectivamente. A Juazeirense continua no 3º lugar, enquanto o Galícia cai para a 9ª posição da classificação geral. No próximo domingo (1), quatro jogos encerram a rodada, com os clássicos entre Vitória e Bahia, Vitória da Conquista contra Serrano e Feirense contra Bahia de Feira. Jacobina e Colo-Colo se encontram na cidade de Senhor do Bonfim.

Campeonato Baiano - 5ª rodada

Sábado (28/02)


Estádio de Pituaçu - Salvador

Jacuipense 4x1 Galícia

Estádio Joia da Princesa - Feira de Santana

Catuense 3x0 Juazeirense 

Domingo (01/03)

Estádio do Barradão - Salvador

Vitória x Bahia

Estádio Lomanto Júnior - Vitória da Conquista

Vitória da Conquista x Serrano

Estádio Joia da Princesa - Feira de Santana

Feirense x Bahia de Feira

Estádio Pedro Amorim -Senhor do Bonfim

Jacobina x Colo-Colo


Classificação Geral

C


Comentar

   

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 - 18:40

Após chegada de Tatu, Brasão rescinde contrato do Vitória da Conquista

por Edimário Duplat

Após chegada de Tatu, Brasão rescinde contrato do Vitória da Conquista
Foto: Divulgação
Depois de anunciar o atacante Tatu, o Vitória da Conquista não terá mais no seu elenco o jogador Brasão, que teve a rescisão de seu contrato publicada no Boletim Informativo da CBF (BID) na última sexta-feira (27).

Destaque na Copa Governador de 2014, Brasão seguia com problemas físicos e seguia no banco de reservas do Bode. Na atual edição do Baianão, o avançado não marcou nenhum gol pela equipe conquistense.

Além do anúncio da rescisão de Brasão, o BID também publicou a regularização do lateral David Alisson, que será opção para o clássico contra o Serrano. 

Comentar

   
Carregando...

Histórico de Conteudo

Março / 2015

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Multimídia

Enquete

O que você achou da contratação de Ricardo Drubscky pelo Vitória?