Cirurgia plástica, bichectomia é indicada para ‘corrigir’ bochechas
Foto: Reprodução
A procura por procedimentos estéticos tem aumentado a cada dia no país. Só para se ter ideia, o Brasil é o segundo país do mundo que mais faz cirurgias plásticas, a maioria por vaidade, e não faltam opções. Aqueles que não curtem as próprias bochechas, por acharem que elas são volumosas ou não gostam do formato redondo do rosto, a bichectomia é indicada para a correção. O procedimento reduz o tamanho e o volume das bochechas ao fazer a retirada da bolsa de gordura existente na região. Segundo Eduardo Kanashiro, pioneiro nesta cirurgia no Brasil, a operação não demora mais do que 40 minutos, e pode ser feita com anestesia local ou geral ou sedação para diminuir a dor do paciente.  Depois de realizada a cirurgia, o paciente deve ficar com o rosto inchado por alguns dias, mas pode voltar à rotina normal três dias após a operação. Outro cuidado pós-cirúrgico é que a pessoa deve evitar atividades físicas durante algum tempo. Entre os que procuram a bichectomia, a maioria dos pacientes que faz a redução de bochechas são mulheres, mas os homens representam cerca de 20% dos que fazem a operação.

Histórico de Conteúdo