Entrevistas

‘São totalmente silenciosos’, diz cirurgião sobre tumores que podem causar câncer de tireoide

Tematizado no filme “A Culpa é das Estrelas”, em cartaz nos cinemas e baseado no livro de mesmo nome, o câncer de tireoide pode passar anos sem ser descoberto. Segundo o cirurgião Augusto Fernandes Mendes, em entrevista ao Bahia Notícias, os nódulos “são totalmente silenciosos” na fase inicial da doença, o que faz muita gente descobrir que abriga o tumor em exames de rotina. Outra característica é que a enfermidade tem atacado mais jovens. A maioria são mulheres, principalmente entre 25 e 35 anos. Para se ter ideia, a proporção de acometimento delas é três vezes maior do que a do público masculino. Na conversa com o BN, o médico, que atua em um dos poucos hospitais que tratam esse tipo de tumor pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na Bahia, destrinchou as faces do câncer de tireoide e falou sobre tratamento, pós-cirurgia, locais de atendimento no estado e cuidados que a pessoa deve ter pelo resto da vida.

Veja mais

Diagnóstico do Leitor

Jogador alemão doa prêmio da Copa para cirurgias de 23 crianças brasileiras

Obrigado

19/07/2014 - 10:47

Ohse

Filhos de casais homossexuais são mais saudáveis, diz pesquisa

Só me faltava essa!

08/07/2014 - 14:33

Eliseu

Veja mais

Sexta, 28 de Março de 2014 - 18:40

Mãe luta na Justiça por liberação de remédio de maconha para filha de 5 anos

Mãe luta na Justiça por liberação de remédio de maconha para filha de 5 anos
Foto: Divulgação
A pequena Any, de 5 anos, nasceu com uma síndrome rara que provoca convulsões de duas em duas horas. Por isso, ela não consegue falar e, apesar de ter aprendido a andar, seu progresso regrediu quando as crises pioraram. Há alguns meses, sua mãe Katiele Fischer descobriu que um composto a base de maconha tinha resultados muito positivos. Em janeiro, a menina teria passado três semanas inteiras sem uma única convulsão, quando em outubro chegou a sessenta delas semanalmente. “O canabidiol devolveu a ela suas funções”, diz Katiele, que conheceu o produto em um fórum na internet.
 
O problema é que, por causa de questões burocráticas com a Anvisa e os Correios, suas encomendas foram barradas, já que no Brasil a maconha é ilegal. Quando Any voltou a ter várias convulsões já nos primeiros dias sem o remédio, sua mãe decidiu pedir na Justiça a liberação da substância. Se o pedido for aceito, a criança de Brasília será a primeira paciente a utilizar maconha medicinal no Brasil. Sua história virou um documentário. “Illegal”, de Tarço Araújo e Raphael Erichsen, foi lançado nesta quinta-feira (27). Informações da Marie Claire.

Comentar

   

Histórico de Conteudo