Entrevistas

‘A gente tira da função’, relata coordenadora do INSS sobre motoristas 'estressados'

Próximo ao Dia Mundial do Trabalho, celebrado em 1° de maio, o Bahia Notícias procurou saber como anda a saúde do trabalhador soteropolitano e baiano. Para encontrar respostas, o BN conversou com Ângela Dias, coordenadora do centro de reabilitação do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que funciona no bairro de Brotas, em Salvador. Com 39 anos de existência e ainda invisível para muita gente, o lugar atua na recuperação e recondução de profissionais com algum problema físico, como também no amparo a quem sofre de problemas emocionais, como depressão e ansiedade. Na entrevista, Ângela relata as principais causas que levam trabalhadores a procurar atendimento – problemas de postura e LER [lesões por esforços repetitivos] – e revela que os motoristas de ônibus fazem parte do grupo com mais gente no limite do estresse. Para frear outras complicações para estes condutores e para a população em geral, o recado é rígido. “A gente tira da função de motorista”, afirma Ângela.

Veja mais

Diagnóstico do Leitor

Barreiras: Terapeuta é preso sob suspeita de estupro a paciente em sessão de acupuntura

Isso ai está muito mal explicado porque a mãe e o pai foram embora e ela ficou? Quero vê como vai ser se esse cara foi inocentado

24/04/2014 - 17:59

Felipe Joaquim

Fundação José Silveira decidirá vínculo com Espanhol; Entidade foi vetada de assumir gestão

Espero que o Hospital Espanhol encontre seu rumo e volte a ser a instituição de antes da crise, visto que em seu quadro tem excelentes profissionais.

23/04/2014 - 15:25

Jorge

Veja mais

Quinta, 14 de Novembro de 2013 - 09:45

Vídeo mostra recém-nascidos gêmeos no banho com se estivessem em útero

Um vídeo de bebês gêmeos dentro de uma banheira como se ainda tivessem no útero da mãe tem repercutido nas redes sociais nos últimos dias. As imagens mostram os recém-nascidos abraçados em uma técnica chamada de "Baby Bath Spa" desenvolvida pela assistente social francesa Sonia Rochel que possibilita maior interação entre os pequenos. Na experiência, o banho pode durar até quinze minutos. 


Comentar

   

Notícias Relacionadas

Histórico de Conteudo