Estudo aponta que comer tomate ou maçã retarda envelhecimento dos pulmões
Foto: Shutterstock

O consumo diário de três maçãs ou dois tomates frescos retarda o envelhecimento natural dos pulmões e repara danos causados pelo tabagismo em ex-fumantes. A afirmação é de pesquisadores da Escola de Saúde Pública Johns Hopkins, nos Estados Unidos. De acordo com o estudo, uma dieta com muitas frutas e vegetais frescos reduz o declínio da função pulmonar. Segundo o jornal O Globo, os cientistas analisaram a dieta e a função pulmonar de mais de 650 adultos em 2002 e, novamente, dez anos depois. O declínio pulmonar foi menor entre os participantes que comiam dois tomates ou três maçãs por dia. "Este estudo mostra que a dieta pode ajudar a reparar o dano pulmonar em pessoas que pararam de fumar", afirmou a principal autora da pesquisa, Vanessa Garcia-Larsen. A pesquisadora ressaltou que as descobertas reforçam a importância de dietas recomendadas, especialmente para pessoas com risco de doença pulmonar.

Histórico de Conteúdo