Elevador Lacerda será iluminado de vermelho em campanha de combate à Aids
Foto: Jefferson Peixoto / Agecom
O Elevador Lacerda, um dos principais monumentos históricos de Salvador, será iluminado na cor vermelha a partir deste domingo (11), em campanha ao combate à Aids. A iniciativa é promovida através da parceria entre a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) e a Secretaria Municipal da Saúde (SMS). No mês de dezembro, as patas desenvolvem ações de conscientização que têm como objetivo criar um espírito de tolerância social e alertar a população para os cuidados com a doença. A campanha destaca ainda a importância do diagnóstico precoce e evidencia os dados do Ministério da Saúde sobre o vírus, onde mais de 100 mil pessoas não sabem que estão infetadas. 
Pesquisa mostra que uso regular de redes sociais faz bem para saúde mental
Foto: Ilustração
De acordo com uma pesquisa australiana, realizada pela Universidade de Melbourne e pela Universidade de Monash, o uso moderado de redes sociais contribui para a saúde mental dos usuários.  O estudo foi publicado, nesta sexta-feira (9), com 70 pesquisas que examinaram a relação entre as redes sociais e depressão, ansiedade e bem-estar. Os pesquisadores identificaram que as redes sociais podem ser úteis para contribuir no relacionamento social das pessoas. Porém, em alguns casos, as redes sociais não foram interessantes, já que certos pesquisados tinham o hábito de se comparar com outras pessoas, desenvolvendo com isso, pensamentos negativos e descontrole do acesso à rede, correndo maiores riscos de depressão e ansiedade. Segundo informações da Agência Brasil, o responsável pelo estudo, Peggy Kern, destacou que as pessoas com ansiedade social são mais propensas a usar passivamente as redes, já os pacientes com sintomas depressivos são mais suscetíveis a postar seus pensamentos negativos. "A mídia social fornece não apenas uma janela para os pensamentos e emoções que as pessoas escolhem compartilhar, mas também alguns de seus padrões comportamentais que podem ajudar ou prejudicar a saúde mental", disse Kern. Para Elizabeth Seabrook, pesquisadora da Universidade de Monash, a pesquisa aponta que as mídias sociais podem ser usadas para identificar e prever a presença de depressão e ansiedade. "A continuidade da pesquisa pode ser uma ferramenta poderosa para a identificação precoce do risco da saúde mental," disse Seabrook.
Ministro da Saúde apoia proibição de aditivos que dão sabor e cheiro aos cigarros
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
O Ministro da Saúde, Ricardo Barros, declarou nesta quinta-feira  (8) ser favorável ao cumprimento da norma da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que proíbe os aditivos que dão sabor e cheiro aos cigarros. "80% dos fumantes começam a fumar antes dos 18, então, para esse público esses aditivos são atraentes. Isso não é bom para a saúde pública", disse Barros, após reunião do Conselho Nacional de Saúde, segundo a Agência Brasil. Em 2012, a Anvisa  estabeleceu norma que dispôs sobre os limites máximos de alcatrão, nicotina e monóxido de carbono nos cigarros, proibiu o uso de palavras como "light", "suave", "soft", dentre outras e restringiu o uso de substâncias aditivas em cigarros, permitindo somente a utilização dos aditivos indispensáveis ao processo produtivo. Na prática, estes componentes são responsáveis por dar sabores e cheiros mais agradáveis ao produto, o que, segundo especialistas, atrai principalmente o público jovem para o vício do cigarro. No entanto, a regra nunca esteve em vigor, já que entidades ligadas à indústria do fumo entraram com ação no Supremo Tribunal Federal, que acatou o pedido liminarmente. No final do mês passado, o assunto voltou à pauta do Supremo, mas ainda não tem data para ser votado conclusivamente. Barros afirmou que a proibição de aditivos de cigarros é um assunto prioritário para o Ministério da Saúde. Com a expectativa da votação, o presidente da Anvisa, Jarbas Barbosa foi ao Supremo Tribunal Federal para "esclarecer os motivos pelos quais a agência quer proibir o uso de substâncias que possuam tão somente a função de mascarar sabores, odores e sensações ruins em cigarros e outros produtos fumígenos, com o objetivo de fazer com que os usuários utilizem cada vez mais estes produtos".
Quinta, 08 de Dezembro de 2016 - 13:00

MS compra supercomputadores para melhorar atendimento do SUS

MS compra supercomputadores para melhorar atendimento do SUS
Foto: José Cruz / Agência Brasil
Com a expectativa de expansão e unificação do sistema de informática da saúde, o Ministério da Saúde (MS) anunciou, nesta quinta-feira (8), a compra de três supercomputadores que vão ampliar em até dez vezes a capacidade de armazenamento de dados do Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com informações da Agência Brasil, o investimento da pasta com os processadores foi de R$ 67 milhões, com o objetivo de promover a integração do uso de recursos informatizados e do histórico de atendimento de pacientes em todo o país. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, acredita que os novos equipamentos representam redução de gastos públicos por meio da manutenção dos sistemas e da melhoria da gestão. “Recebemos agora os equipamentos, fruto de uma licitação que foi feita em janeiro. E esperamos que, com a licitação do software, consigamos implantar todo o sistema o mais breve possível”, afirmou. Após instalação das máquinas, espera-se que o atendimento do cidadão seja mais rápido, por meio do prontuário eletrônico, do Cartão Nacional de Saúde e do Registro Eletrônico em Saúde. E, que haja economia de 10% a 20% dos gastos com atenção básica – algo em torno de R$ 7 bilhões a R$ 14 bilhões.
Hospital do Subúrbio recebe certificado de nível máximo em qualidade dos serviços
O Hospital do Subúrbio (HS), em Salvador, após seis anos de funcionamento, passou a integrar a seleta lista dos 12 hospitais públicos de excelência que existem no Brasil. A unidade hospitalar foi acreditada pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), por atender aos critérios de segurança do paciente em todas as áreas de atividade, possuir gestão integrada com fluidez dos processos, e uma cultura organizacional de melhoria contínua, com maturidade institucional. O HS é a primeira unidade pública da Bahia e do Nordeste a conquistar o nível máximo de certificação da qualidade dos serviços de saúde prestados à população.O Brasil conta, atualmente, com 96 hospitais que alcançaram o nível de excelência, de acordo com os parâmetros estabelecidos pela ONA. Desses, 12 são públicos, distribuídos em São Paulo (7), Pará (2), Rio de Janeiro (1), Goiás (1) e agora Bahia, com o Hospital do Subúrbio.
Cidadãos recorrem à Justiça para conseguir vaga em UTI; Ceará ganha em número de ações
Foto: Reprodução / Cremeb
Com o sistema de saúde debilitado para o acesso aos leitos de Unidade de Terapia Intensiva – UTI, no Brasil, o estado do Ceará é o maior em ocorrência de ações judiciais para o paciente conseguir uma vaga. De janeiro a outubro deste ano, 429 brasileiros precisaram recorrer à Justiça, para ter o direito de uma vaga na UTI, por meio da Defensoria Publica da União. Houve um aumento de 38% das ações, em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com matéria veiculada no “Bom dia Brasil” da Globo, a Defensoria Publica entrou com um pedido, há dois anos, para a abertura de 159 leitos no Ceará. Mas, até o momento, a solicitação não foi acatada. Em 2016, mais de 60 pessoas que entram com ação pedindo um leito, morreram sem conseguir a vaga. O Brasil tem 41 mil leitos de UTI, metade desse número para o SUS. No Ceará, há 696 vagas nas UTIs destinadas ao SUS.
Médicos alertam sobre risco de cigarro à saúde dos animais de estimação
Foto: Reprodução
Além dos males causados nos fumantes pelo cigarro, médicos alertam sobre os danos causados pela fumaça nos animais. Quem fuma próximo aos pets acaba tornando-o um fumante passivo, podendo causar coceiras, lesões na pele e nas córneas, e processos alérgicos como rinite. De acordo com uma publicação do G1, o veterinário especialista no assunto, Getúlio Makowski Prado, destaca que os bichinhos de estimação podem sofrer de lesão no miocárdio e possibilidade de tumores malignos como o carcinoma e linfoma. Para evitar problemas na saúde do animal, deve-se realizar um check-up anual nos pets adultos e semanal para os idosos, a partir de 8 anos. Os principais exames a serem feitos são: glicemia, hemograma, perfil renal e hepático, radiografia do tórax, ultrassom abdominal e ecocardiograma. A melhor solução para os especialista seria que os donos dos animais deixassem de fumar, mas caso isso não aconteça, deve-se fumar longe dos bichinhos, em local aberto e arejado.
Quinta, 08 de Dezembro de 2016 - 00:00

Instituto de Tecnologia da Saúde tem R$ 50 milhões em emendas para ser implantado

por Estela Marques / Bruno Luiz

Instituto de Tecnologia da Saúde tem R$ 50 milhões em emendas para ser implantado
Instituto deve ser sediado no Cimatec | Foto: Divulgação
Anunciado nesta quarta-feira (7) pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Ricardo Alban, o Instituto de Tecnologia da Saúde deve contar com recursos de R$ 50 milhões para início das obras. O montante foi obtido através de emenda da bancada baiana no Senado, composta por Lídice da Mata (PSB), Roberto Muniz (PP) e Otto Alencar (PSD). O instituto, uma parceria com o Cimatec, terá investimento da ordem de R$ 200 milhões. Segundo Alban, no entanto, a liberação do milionário recurso inicial será dificultosa, principalmente em função do orçamento previsto para o próximo ano. “Temos várias dificuldades, dentre elas própria imposição do teto, mas o orçamento 2017 será disputado. Resta longo trabalho e caminho para transformamos de não impositivas para reais”, afirmou em entrevista ao Bahia Notícias. O presidente da Fieb informou também que o instituto deve ser sediado no Senai Cimatec, na Av. Orlando Gomes, em Salvador. O projeto estrutural já está concluído e as negociações entre Ministério da Saúde, Ministério da Ciência e Tecnologia e Ministério da Indústria e Comércio, para viabilizar a obra, estão em andamento. “Queremos fazer algo em conjunto, porque a única forma de se fazer mais com menos é juntando esforços, sem dúvida nenhuma. Estamos com grupo de trabalho formado que envolve Ministério da Saúde, Ministério da Ciência e Tecnologia, Ministério da Indústria e Comércio, BNDES e Embrapa, para que possamos viabilizar isso”, ressaltou Alban. Ainda segundo o dirigente da instituição, o Instituto de Tecnologia da Saúde pode trazer bons resultados para o país na área da Saúde, como conter o desperdício na distribuição de medicamentos e a redução no fenômeno de judicialização da saúde. “O que existe hoje de perda do SUS por falta de eficiência. Temos hoje crescente conceito de judicialização da medicina. Se nós conseguirmos o sucesso que esperamos ter, a transversalidade do conhecimento que temos hoje no Cimatec e com essa transversalidade toda, é possível que possamos chegar ao custo de uma cirurgia robótica em torno de R$ 3 mil, e não de R$ 25 mil, como custa atualmente. Na logística temos algo em torno de centenas de milhões de reais perdidos no SUS por falta de controle de remédio que ficam vencidos”, explicou. O senador Roberto Muniz também elencou as dificuldades orçamentárias previstas para o próximo ano como principal obstáculo na liberação da emenda suprapartidária feita pela bancada baiana no Senado. “A bancada toda se mobilizou para que a emenda pudesse ser viabilizada, mas vamos ver durante o decorrer de 2017 como vão ficar as finanças do Brasil. Vamos tentar liberá-la para o ano que vem, mas, entram aí questões econômicas, do ambiente no país”, ponderou.
Ministério da Saúde libera R$ 531 mil para construção e ampliação de UBS na Bahia
Foto: Divulgação
O Ministério da Saúde liberou R$ 531 mil para construção e ampliação de Unidades Básicas de Saúde (UBS) de sete municípios baianos. De acordo com a pasta, os recursos são parte do Programa de Requalificação de Unidades Básicas de Saúde (Requalifica UBS), que atua na melhoria da estrutura de unidades já existentes e possibilita a construção de novos postos para ampliar o atendimento gratuito à população por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). As cidades que receberão os recursos são Conde, Itaberaba, Feira de Santana, Santo Amaro, Anagé, Governador Mangabeira e Alagoinhas. O dinheiro está previsto no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e é repassado aos Fundos Municipais de Saúde, pelo Bloco de Investimentos na Rede de Serviços de Saúde de cada região contemplada. De acordo com o Ministério da Saúde, R$ 5,8 bilhões foram destinados para construção e ampliação de cerca de 27 mil Unidades Básicas de Saúde (UBS) em mais de 5 mil municípios brasileiros.
Relatório aponta que quase 25% da população da Europa é fumante
Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas
Uma em cada quatro pessoas com 15 anos ou mais na União Europeia é fumante. Mais de 20% da população é de fumantes passivos, expostos diariamente ao fumo de tabaco. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (7) pelo Escritório de Estatística da União Europeia (Eurostat). Em 2014, três quartos da população europeia acima de 15 anos (76%) não fumava; quase 20% fumava diariamente e 4,7% afirmavam fumar ocasionalmente. As informações são do European Health Interview Survey (Inquérito Europeu de Entrevistas de Saúde, em tradução livre), que tem como alvo a população com 15 anos de idade e acima. A Organização Mundial de Saúde (OMS) informou, segundo a Agência Brasil, que o consumo de tabaco na Europa é responsável por 1,2 milhão de mortes anuais, número que tende a chegar aos 2 milhões. De acordo com o Eurostat, Suécia e Reino Unido têm a menor percentagem de fumantes, com 16,7% e 17,2%, respectivamente. Bulgária e Grécia são os países com maior percentual de fumantes, com 34,7% e 32,6%. Em Portugal, a taxa de fumantes acima de 15 anos é de 20% da população. No Brasil, o percentual de adultos fumantes vem apresentando uma expressiva queda nas últimas décadas em função das inúmeras ações desenvolvidas pela Política Nacional de Controle do Tabaco, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Em 1989, 34,8% da população acima de 18 anos era fumante. Em 2015, a pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) mostrou que este percentual havia caído para 10,4%. Considera-se que, durante o período de 1989 a 2010, a queda do percentual de fumantes no Brasil foi de 46%, com cerca de 420 mil mortes evitadas. Segundo a OMS, o tabagismo passivo é a 3ª maior causa de morte evitável no mundo, perdendo apenas para o tabagismo ativo e o consumo excessivo de álcool.
Cartilha da ANS orienta sobre prazos para atendimento por planos
Foto: Reprodução
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) lançou nesta terça-feira (6) uma cartilha com informações sobre os prazos máximos de atendimento a serem respeitados pelos planos de saúde (veja aqui). De acordo com o material, por exemplo, consultas com especialistas como pediatra e ginecologista devem ser agendadas para, no máximo, uma semana depois da solicitação. O material deixa claro que este prazo é para o atendimento por qualquer especialista cadastrado no plano, ou seja, caso o beneficiário faça questão de ser atendido por um profissional específico, terá que se submeter à agenda deste profissional. Segundo as regras da ANS, urgências e emergências devem ser atendidas imediatamente e os exames de análises clínicas, em até três dias. Serviços diagnósticos, de terapia e de sessões com psicólogo ou fonoaudiólogo, por exemplo, devem ser fornecidos em um prazo de até dez dias. Já algumas especialidades médicas podem ser feitas em duas semanas. A cartilha orienta o beneficiário que não conseguir agendar o serviço a ligar para a operadora, pedir indicações de profissionais e pedir o protocolo do atendimento. Caso ainda assim a os prazos não sejam respeitados, o cliente pode pedir ajuda à ANS para resolver o impasse. A cada três meses, a agência reguladora pune planos que não cumprem as regras com a suspensão de venda para novos clientes e multas.
Quarta, 07 de Dezembro de 2016 - 13:10

Novo diretor assume Hospital Roberto Santos

Novo diretor assume Hospital Roberto Santos
Foto: Divulgação
Coordenador do serviço de anestesiologia do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) durante dez anos, o médico José Admirço Lima Filho assumiu nesta quarta-feira (7) a gestão da unidade. De acordo com Admirço, sua meta é transformar o HGRS em uma das principais referências do país na área de ensino e pesquisa, fortalecendo as parcerias com as instituições de ensino superior. Também foram apontadas como prioridade a implantação do Prontuário Eletrônico e ampliação em 30% no número de cirurgias de alta complexidade, em especial nas áreas de neuro, vascular e cirurgia abdominal. "O Hospital Roberto Santos tem grande potencial de crescimento. Ele já tem muitas ações positivas para serem apresentadas, mas pretendo torná-lo mais operacional ao aumentar nossa vocação cirúrgica", destacou o novo diretor-geral do hospital. Admirço assume o lugar do ex-diretor Antonio Raimundo Pinto de Almeida, que permaneceu na unidade durante quase dois anos e contribuiu para a qualificação da assistência e estruturação do ensino e pesquisa na instituição.
Quarta, 07 de Dezembro de 2016 - 12:00

Medo de preconceito é um dos motivos para que pessoas não busquem tratamento de HIV

por Renata Farias

Medo de preconceito é um dos motivos para que pessoas não busquem tratamento de HIV
Foto: Shutterstock
O primeiro caso de HIV foi notificado na Bahia em 1984. Até novembro deste ano, o estado já registrou 27.523 casos, dos quais 63% são do sexo masculino, de acordo com dados da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab). Em entrevista ao Bahia Notícias, a coordenadora de Vigilância e Controle de Agravos da pasta, Maria Aparecida Rodrigues, do total de pessoas com Aids no estado, 70% estão em tratamento. "Existem vários motivos para que as pessoas diagnosticadas não realizem o tratamento, entre eles estão a não aceitação do diagnóstico, medo de sofrer estigma, preconceito ou discriminação. No momento do diagnóstico, as pessoas não têm nenhuma doença e acham que não há necessidade de usarem a medicação", citou. Entre 2005 e 2016, a Bahia registrou 6.160 mortes de pessoas com Aids, o que em grande parte das vezes está relacionado à ausência de tratamento, que pode ser realizado integralmente via Sistema Único de Saúde (SUS). "O primeiro passo é o diagnóstico. O diagnóstico pode ocorrer na rede pública ou na privada. O SUS oferece esse atendimento gratuito na rede básica de saúde. Com o diagnóstico positivo o usuário deverá ser encaminhado para os Serviços de Atenção Especializada (SAE) que estão distribuídos tanto em Salvador quanto no interior", explicou Maria Aparecida. Ainda assim, a coordenadora ressaltou a necessidade de melhorar o acesso ao tratamento. Leia a entrevista completa!
Testes de vacina contra dengue são iniciados pelo Instituto Butantan
Foto: Osnei Restio
O Instituto Butantan realizou nesta terça-feira (6), em Belo Horizonte, o lançamento oficial dos testes clínicos da vacina contra a dengue. Outras doze cidades já estão com os testes em andamento. A previsão é de que o imunizante possa ser disponibilizado ao público até 2018. "Com os vírus vivos, a resposta imunológica tende a ser mais forte, mas, como estão enfraquecidos, eles não têm potencial para provocar a doença", explicou Jorge Kalil, diretor do Instituto Butantan, sobre a vacina produzida. Segundo a Agência Brasil, os testes em Belo Horizonte são realizados em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Até agosto de 2017, 1.222 pessoas serão recrutadas como participantes. Dois terços receberão a vacina e um terço receberá placebo, que não possui o vírus e assim não tem efeito. Nenhum deles terá conhecimento se foi aplicada vacina ou placebo. Durante cinco anos, os participantes serão monitorados para avaliar se houve proteção em quem recebeu o imunizante. Ao todo, serão envolvidos 17 mil voluntários em 13 cidades das cinco regiões do Brasil. Esta é a terceira fase de testes com a vacina e a última necessária para submetê-la à aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Uma vez aprovado, o imunizante poderá finalmente ser produzido em larga escala e chegar às unidades de saúde. Os dados disponíveis até agora nas duas primeiras fases indicam que ele é seguro e eficaz, induzindo o organismo a produzir anticorpos de maneira equilibrada contra os quatro tipos de vírus da dengue.
Quarta, 07 de Dezembro de 2016 - 09:10

Hospitais podem movimentar R$ 5 bilhões em 2 anos; Aliança está entre mais cobiçados

por Mônica Scaramuzzo e Fernando Scheller | Estadão Conteúdo

Hospitais podem movimentar R$ 5 bilhões em 2 anos; Aliança está entre mais cobiçados
Foto: Divulgação
Apesar da crise, o interesse pelo setor de hospitais no Brasil não diminuiu. A expectativa do mercado é que fusões e aquisições neste segmento movimentem cerca de R$ 5 bilhões em 2017 e 2018. Tanto companhias já tradicionais da área de saúde quanto grandes fundos de investimento se preparam para ir às compras. Entre os que analisam ativos atualmente estão a empresa de plano de saúde Amil, a rede de hospitais de alto padrão DOr, a estatal chinesa Fosun e fundos como Advent e General Atlantic. O foco desses investidores são hospitais localizados em grandes capitais, segundo apurou o Estado. Segundo fontes, entre os ativos mais cobiçados estão o Hospital Bandeirantes/ Leforte, de São Paulo; o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, também da capital paulista; o Hospital Aliança, de Salvador; o Mater Dei, de Belo Horizonte; e o Moinhos de Vento, de Porto Alegre. Pulverizado, o setor tem hoje 3,6 mil hospitais privados (inclui filantrópicos) no País. O movimento de concentração é relativamente recente e ganhou força no início de 2015, após aprovação de medida provisória que permitiu a entrada de capital estrangeiro no setor. Nos meses que se seguiram à aprovação da nova regra, os fundos GIC (de Cingapura) e Carlyle (dos EUA) compraram fatias na rede DOr. No fim de 2015, quando enfrentava uma crise aguda, o BTG vendeu a fatia que ainda detinha do negócio ao fundo de Cingapura. A MP também estimulou hospitais filantrópicos, como Samaritano e Bandeirantes, a modificarem sua natureza jurídica para poderem receber investimentos privados. O Samaritano foi adquirido pela Amil em novembro do ano passado, por R$ 1,3 bilhão. Os hospitais filantrópicos, que não têm fim lucrativo, têm benefícios fiscais. O interesse de investidores locais e estrangeiros por hospitais nacionais é confirmado por Francisco Balestrin, presidente do conselho da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp). Ele observa, contudo, que não faz sentido um investidor comprar apenas um ativo no setor. "Quem quer se tornar competitivo, tem de adquirir uma série de hospitais que possa formar uma rede", disse Balestrin. A rede Aliança, da Bahia, por exemplo, estaria no radar do DOr e de outros investidores, como a chinesa Fosun. "O Fosun comprou em 2014 os ativos de saúde da família portuguesa Espírito Santo (ex-Portugal Telecom) e busca oportunidade nesse setor no País", disse uma pessoa a par do assunto. O Pátria, controlador da rede de diagnóstico Alliar e da farmacêutica Natulab, teria olhado redes de hospitais do Nordeste, segundo fontes. Uma pessoa próxima ao fundo nega que o Pátria tenha feito ofertas por hospitais no Nordeste, mas afirmou que a gestora tem interesse no setor de saúde. O Hospital Aliança informou que não está à venda. Amil e Rede DOr não quiseram comentar.
Prefeito inaugura Unidade de Saúde da Família em Fazenda Coutos III
Foto: Valter Pontes / Agecom
O prefeito ACM Neto, acompanhado do secretário municipal de Saúde, José Antônio Rodrigues Alves, inaugurou nesta terça-feira (6) uma unidade de saúde da família (USF) em Fazenda Coutos III. "Quando assumimos nosso mandato, sabíamos que era preciso começar a requalificação da saúde por algum lugar da cidade e decidimos iniciar pelo Subúrbio, que ganhou uma prioridade especial. É por isso que hoje, com a inauguração dessa unidade em Fazenda Coutos III, estamos chegando a 161 postos reformados ou reconstruídos pela Prefeitura de Salvador em apenas quatro anos de trabalho. E essa tem sido a região mais beneficiada pela nossa gestão", citou Neto. A unidade está situado na Rua Alto das Malvinas, s/nº, próximo ao final de linha, e tem capacidade de atender 12 mil pessoas cadastradas na localidade e no entorno. Prestaram atendimento equipes multidisciplinares da área de clínica-geral, enfermagem, odontologia. O equipamento será responsável também por visitas domiciliares diariamente por agentes comunitários de saúde. 
Cientistas apontam relação entre depilação e incidência de DSTs
Foto: Getty Images
O hábito de depilar ou raspar os pelos púbicos leva a uma maior incidência de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), apontou um estudo realizado nos Estados Unidos. Foram analisados dados de um estudo realizado pela consultora GfK, em janeiro de 2014, com 7,5 mil pessoas com idade entre 18 e 65 anos. Do total de participantes, 74% disseram ter raspado ou depilado a região genital (84% mulheres e 66% homens), segundo o jornal O Globo. A partir disso, foram definidas subcategorias para separar aqueles que se depilavam mais de 11 vezes por ano, os que tinham a prática diariamente ou semanalmente e os que se depilavam ocasionalmente. A ocorrência de DSTs foi de 13% entre os participantes, com incidência de 8% entre as pessoas que nunca depilaram a região e de 14% entre os que fizeram pelo menos uma vez. Já aqueles que se depilavam integralmente apresentaram taxa de 14%. 
Terça, 06 de Dezembro de 2016 - 14:05

Vitória anuncia parceria com o Hospital Martagão Gesteira

Vitória anuncia parceria com o Hospital Martagão Gesteira
Foto: Divulgação / Vitória
A diretoria do Vitória anunciou nesta terça-feira (6) uma parceria com o Hospital Martagão Gesteira, de Salvador. O clube irá estampar a partir da próxima temporada a marca de unidade hospitalar na parte frontal do uniforme do time Rubro-negro. O acordo prevê que 1% da arrecadação com o plano Sou Mais Vitória seja revertido para a unidade hospitalar.
 
“O Vitória é um clube engajado nas causas sociais e essa parceria é mais uma ação de vanguarda que estamos realizando. A história de filantropia do Martagão Gesteira é belíssima, não pode ser negligenciada, e este é o momento de ajudar”, disse Manoel Matos, vice-presidente do clube.
 
Carlos Emanuel Melo, presidente da Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil, comemorou o acerto.

“Além do importante apoio financeiro do Vitória, temos certeza de que a vibração vista no campo vai ser sentida também por nossos pacientes. Estamos felizes em poder proporcionar isso para eles”, comentou.
 
O Hospital Martagão Gesteira é referência nacional em pediatria.
China deseja equiparar medicina tradicional e ocidental com série de projetos
Foto: Getty Images
A China lançou um plano para fornecer à sua medicina tradicional o "mesmo status" da medicina oriental com relação a financiamento, desenvolvimento acadêmico e proteção jurídica. O anúncio foi feito nesta terça-feira (6) pelo vice-ministro de Saúde e Planejamento Familiar do país, Wang Guoqiang, ao apresentar o primeiro Livro Branco da Medicina Tradicional, que busca desenvolver o saber por meio de uma série de projetos. Segundo o site Terra, Wang ressaltou o prêmio Nobel de Medicina recebido pela médica Tu Youyou há um ano. Para ele, o reconhecimento internacional, unido ao fato de que acupuntura e moxabustão são consideradas Patrimônio Imaterial da Unesco, levaram a um "momento histórico de desenvolvimento" da medicina tradicional chinesa. O Livro Branco aponta os pontos fortes das medicinas tradicional chinesa e oriental, defendendo que elas podem se complementar. "A medicina tradicional enfatiza a harmonia, a prevenção, e um tratamento simples das doenças humanas", afirmou o vice-ministro ao reforçar que existe uma constante inovação. O documento aponta a existência de 3.966 hospitais dedicados integralmente a esta medicina na China, com 452 mil praticantes e 910 milhões de atendimentos médicos por ano, além de 752 mil estudantes nos quase 250 centros de formação.
Apenas um cigarro por dia é suficiente para aumentar risco de morte prematura
Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas
Até mesmo quem fuma apenas um cigarro por dia corre maior risco de sofrer uma morte prematura, em comparação a pessoas que nunca fumaram. De acordo com pesquisadores do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos (NCI), um cigarro ou menos diariamente ao longo da vida aumenta em 64% o risco de morte prematura. Já entre os que fumam de um a dez cigarros por dia, o risco chega a 87%. "Os resultados deste estudo confirmam a vigência das advertências contra o tabaco e o fato de que não existe um nível (de consumo) sem riscos", afirmou Maki Inoue-Choi, diretora da Divisão de Epidemiologia do Câncer do NCI e autora principal do trabalho. Segundo o jornal O Globo, a pesquisa apontou que a mortalidade prematura entre fumantes leves está relacionada principalmente ao câncer de pulmão. Os cientistas analisaram dados médicos de mais de 290 mil adultos com idades entre 59 e 82 anos, dos quais 22.337 (7,7%) fumavam, 156.405 (54%) eram ex-fumantes e 111.473 (38,4%) nunca tinham fumado. Do total de fumantes, 159 consumiam menos de um cigarro por dia em média ao longo da vida, enquanto 1.500 relataram consumir entre um e dez cigarros por dia.
Terça, 06 de Dezembro de 2016 - 11:10

Mulher é internada com overdose de água

Mulher é internada com overdose de água
Foto: Getty Images
Qualquer coisa em excesso pode fazer mal, até mesmo um líquido fundamental para funcionamento do corpo humano. Uma mulher de 59 anos foi parar em um pronto-socorro com overdose de água. Segundo o Daily Mail, um médico recomendou que ela consumisse 300 ml de água a cada meia hora devido a um quadro de infecção urinária. No entanto, na tentativa de "dar uma descarga no organismo", a paciente bebeu mais que o indicado. Após exames no pronto-socorro, identificou-se que ela apresentava elevados níveis de sal no sangue, o que pode acontecer devido à ingestão de muita água em um curto período de tempo. Entre os sintomas estão náusea, vômito e fortes dores de cabeça. Casos mais sérios ainda podem apresentar inchaço no cérebro, levando à confusão mental, derrame, coma e até morte. A paciente passou 24 horas internada e teve boa recuperação.
Terça, 06 de Dezembro de 2016 - 10:10

Análise de aborto por zika no STF será mais difícil que de anencefalia, avalia ministro

por Rafael Moraes Moura e Lígia Formenti | Estadão Conteúdo

Análise de aborto por zika no STF será mais difícil que de anencefalia, avalia ministro
Foto: Getty Images
Quatro anos depois de permitir o aborto de fetos anencéfalos, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) deve voltar a tratar do tema nesta terça-feira (7) quando está marcado o julgamento de uma ação que propõe a descriminalização do aborto no caso de grávidas infectadas pelo vírus da zika. Ministros ouvidos reservadamente pela reportagem, no entanto, consideram que o novo julgamento é mais delicado e controverso que a anencefalia, por haver maior potencial de vida nas crianças que desenvolvem microcefalia. Além disso, apontam que não há ainda estudos científicos robustos sobre as consequências do vírus da zika. "É um julgamento complexo, que pode abrir precedentes. Também vamos autorizar aborto de fetos com Síndrome de Down?", indaga um ministro ouvido pela reportagem. Na avaliação dele, o debate em torno do tema ainda não está suficientemente amadurecido a ponto de o STF firmar um entendimento. "É um tema que exige maior maturação", opina o ministro. O processo é de relatoria da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, que já tem o voto pronto desde setembro. Em 2012, Cármen deu um dos oito votos favoráveis à liberação de aborto em caso de anencefalia - outros dois ministros votaram contra: Ricardo Lewandowski e Cezar Peluso, que já deixou a Corte e se aposentou. Na época, Lewandowski considerou que caberia ao Congresso incluir no Código Penal uma nova exceção ao crime de aborto. O Código Penal prevê que a interrupção da gravidez no Brasil é permitida apenas nos casos em que a gestante corre risco ou quando a gravidez decorre de estupro. "É um julgamento diferente da anencefalia: nesse caso, há possibilidade de vida, embora haja uma deficiência bárbara", avalia outro ministro, que acredita que há maioria na Corte pela liberação, ainda que por um placar mais apertado que o da anencefalia. Dentro do STF, pelo menos três votos são considerados certos a favor do direito de aborto no caso de grávidas infectadas pelo vírus da zika: Luís Roberto Barroso, Edson Fachin e Rosa Weber, que já se manifestaram na última terça-feira no sentido de que a interrupção da gravidez até o 3º mês não é crime. A ação direta de inconstitucionalidade a ser julgada pelo plenário do STF foi ajuizada pela Associação Nacional de Defensores Públicos (Anadep), que também pede a obrigação de haver médicos capacitados para o diagnóstico clínico de infecção por zika em unidades do SUS e a imediata disponibilidade nos hospitais de exames para a detecção da infecção. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, não quis opinar sobre o tema. Numa entrevista ao Estado, logo ao assumir ele havia afirmado que qualquer discussão sobre o tema deveria ser feita ouvindo setores religiosos.
Terça, 06 de Dezembro de 2016 - 09:10

Pesquisadores descobrem método para acelerar perda de peso

Pesquisadores descobrem método para acelerar perda de peso
Foto: Getty Images
Cientistas da Universidade Monash de Melbourne, Austrália, descobriram um caminho para acelerar a perda de peso. Eles descobriram que a "religação" de vias no sistema nervoso central aumentou significativamente a capacidade de queima de gordura do corpo. Durante o experimento, os pesquisadores mantiveram ratos a uma temperatura de oito graus Celsius por uma semana, o que ativou um processo dentro do sistema nervoso central levando à transformação da gordura branca (que armazena energia) em gordura marrom (que queima energia). Segundo a Agência Brasil, Brian Oldfield, membro do Departamento de Fisiologia da Universidade Monash, disse que também descobriu mudanças no "último disparo" de conexões de células nervosas que viajam das células do cérebro diretamente para as células de gordura "bege" transformadas. "Ele chama a atenção na coordenação dos eventos no sistema nervoso central trazendo isso para o centro do cenário, e desestimula o papel desempenhado pelos processos periféricos que ocorrem na gordura", afirmou Oldfield. "Sabemos que para que tais eventos sejam planejados de maneira que ajude os animais e os seres humanos a reagirem adequadamente às mudanças na temperatura e na dieta, deve haver coordenação dessa mudança no sistema nervoso central". Ele disse que identificar o processo foi um passo significativo para identificar o que poderia ser alterado, imitado ou bloqueado para transformar "gordura ruim em gordura boa". "A questão é que há uma quantidade limitada de gordura boa (marrom) em seres humanos - apenas cerca de 50 a 70 gramas. A esperança é que, ao induzir uma gordura marrom, você possa melhorar a capacidade de queimar energia", completou o cientista.
Uauá: Pacientes com câncer têm tratamento suspenso por falta de transporte
Foto: Reprodução / TV Bahia
Pacientes de Uauá, no Sertão do São Francisco, estão impossibilitados de seguir o tratamento por conta da suspensão do transporte pela prefeitura local. Ao todo, são 207 pessoas, 180 delas com câncer que tiveram o benefício suspenso. Segundo o G1, pacientes como a dona de casa Vilma de Santana que precisa se deslocar para Salvador está prejudicada. O motivo da suspensão do transporte tem a ver com cortes de gastos da prefeitura local, como informou o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Benedito Reis. O fato não foi confirmado pela prefeitura. Ainda segundo o site, os problemas na saúde da cidade também atingem o único hospital da cidade, o Hospital Municipal Doutor Jair Braga. A unidade está com dificuldade para pagar o salário dos dois médicos que trabalham no local, e pacientes que recorrem ao local reclamam de falta de estruturas. Por conta do problema, pacientes da cidade são encaminhados para Juazeiro e Petrolina. Em nota, a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) afirmou que a gestão do hospital é de responsabilidade da prefeitura.
Servidores e pacientes fazem carreata contra privatização do Hospital Octávio Mangabeira
Foto: Divulgação
Servidores e pacientes do Hospital Especializado Octávio Mangabeira (HEOM), no Pau Miúdo, realizam a partir das 8h desta terça-feira (6) uma carreata em manifestação contra a privatização da unidade. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde da Bahia (Sindsaúde-Ba), o protesto sairá do hospital e seguirá até a governadoria, onde será entregue um documento solicitando a revogação do ato. A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) propôs, em resolução publicada no Diário Oficial do Estado, a privatização do HEOM com implantação de gestão via Organização Social. Em nota, o Sindsaúde criticou o projeto e disse acreditar que a unidade deve ser fortalecida, não privatizada. O sindicato ainda classificou como arbitrária a decisão do secretário Fábio Vilas-Boas, sem discussão anterior com o Conselho Estadual de Saúde (CES), trabalhadores e usuários do hospital. "Esse movimento é para preservar e proteger o passado, o presente e o futuro deste hospital. Toda população usuária sofrerá as consequências desse ato intempestivo inconsequente e irresponsável do governo do estado, que assume uma postura radical em privatizar essa unidade sem passar em nenhum momento por uma discussão entre os trabalhadores e sem passar por uma discussão no Conselho Estadual de Saúde", afirmou o presidente do Sindsaúde, Silvio Roberto dos Anjos. Os servidores da unidade ressaltaram ainda que, no momento, são utilizados 90 leitos da unidade, com capacidade total de 217 leitos.
Defensoria cria Núcleo de Tutela à Saúde para melhorar fornecimento de remédios
Foto: DP-BA
O Conselho Superior da Defensoria Pública da Bahia aprovou nessa segunda-feira (5) a criação do Núcleo de Tutela à Saúde Pública, vinculado à Especializada Cível e Fazenda Pública. A equipe será formada por dois defensores públicos, além de servidores e estagiários de nível superior e médio. Antes, os defensores públicos tinham apenas atuação preferencial na área, através do Grupo de Trabalho em Tutela à Saúde. O núcleo potencializará atendimentos a população que tenha problemas para obter medicamento e procedimentos médicos. A unidade dialogará com a Câmara de Conciliação de Saúde, instalada no Shopping Bela Vista, em Salvador. Entre as atribuições da nova estrutura, por exemplo, está a busca por celebração de convênios que permitam a atuação de profissionais ou acadêmicos de saúde de outras instituições para a formação de equipe técnica especializada - com médicos peritos, psicólogos e assistentes sociais - enquanto a Defensoria não possuir servidores próprios com atuação na área, assim como já acontece com a Equipe Pop Rua. 
Pesquisa aponta que 94% da população buscam informações sobre saúde na internet
Foto: Getty Images
O aparecimento de sintomas inesperados leva 94% da população a buscar informações sobre saúde na internet. De acordo com o estudo "Jornada Digital do Paciente", desenvolvido pela empresa de produtos digitais Minha Vida, o segundo lugar como fonte de informação mais consultada foi a televisão, com 52%, seguida de revistas em terceiro, 44%. Para o psicanalista Robert Trindade, a prática de buscar informações online não é ruim, mas pede cautela. "Se informar através da internet não é ruim, mas deve ser evitado ou feito de forma consciente. Como muitas doenças possuem sintomas parecidos e de tanto pesquisar as pessoas podem concluir, erroneamente, que possuem algo mais grave, passando a sofrer por antecipação e ter crises de ansiedade", afirmou em entrevista ao jornal Extra. "É possível encontrar também os respectivos medicamentos, porém, tomados sem indicação médica podem ter o efeito contrário", completou. O levantamento ainda apontou que 78,3% das pessoas buscam informações sobre saúde antes e depois de uma consulta médica. A maior parte do total é formada por jovens. Em relação ao gênero, as mulheres fazem maior uso de plataformas online do que os homens. Entre os tópicos mais procurados estão alimentação, doenças, sintomas, emagrecimento e tratamentos.
Segunda, 05 de Dezembro de 2016 - 21:00

Hemoba coletará sangue de candidatos em Feira de Santana

Hemoba coletará sangue de candidatos em Feira de Santana
Foto: Divulgação
O Hemoba estará recebendo doações de sangue em Feira de Santana entre esta terça (6) e quinta-feira (8). Localizado no Shopping Boulevard, o atendimento ocorrerá entre 9h e 17h, fazendo parte do programa "Saúde Sem Fronteiras" da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Para doar sangue o voluntário deve pesar mais de 50 quilos, ter idade entre 16 e 69 anos, portar documento oficial com foto, além de outros requisitos.
Homem com pênis biônico recebe dezenas de propostas de sexo; ele recusa por trabalho
Foto: Reprodução/Twitter(iLyke)
Um homem que ganhou um pênis biônico aos 44 anos vem recebendo dezenas de ofertas de sexo. Mohammed Abad ganhou um pênis artificial de 20 centímetros aos 44 anos por ter perdido o membro aos 6 anos em acidente de carro. A primeira vez de Abad foi com a ativista sexual Charlotte Rose. Mohammed Abad considerou o sexo doloroso e diminiu as dimensões do pênis biônico. Após ganhar o membro, Mohammed já teve propostas de 50 mulheres que quiseram ir para a cama com ele. No entanto, ele afirmou estar muito cansado para sexo, por trabalhar 14 horas por dia. "Trabalho demais e chego em casa bem cansado", explicou ele.
Atividades da UPA de Roma serão interrompidas até janeiro de 2017
Foto: Divulgação/Sesab
A Unidade de Pronto Atendimento (UPA), de Roma, em Salvador, terá suas atividades interrompidas a partir desta segunda-feira (5). A paralisação se dará até janeiro de 2017, por conta da estrutura física que está sendo projetada para o Hospital da Mulher, que funcionará no mesmo local da UPA. A orientação divulgada pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia é que a população procure outras UPAs da cidade.

Histórico de Conteúdo