Hemoba lança campanha para fidelizar doadores de sangue com homenagens
Foto: Divulgação

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) lançou a campanha “Seja um doador fidelizado”. Desta forma, a instituição pretende reforçar a importância das doações regulares de sangue, sensibilizar novos doadores e fidelizar os existentes. A expectativa para este ano é homenagear os doadores voluntários que comparecem regularmente às unidades da Hemoba, além de reforçar a importância dessa atitude. Nesta segunda (20), começa a Semana Nacional do Doador de Sangue, que encerra no sábado (25). Durante a semana, serão realizadas diversas atividades para os voluntários que comparecerem nas 28 unidades de coleta que estão distribuídas em todo o estado da Bahia. O evento é comemorado sempre na última semana do mês de novembro em alusão ao Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, celebrado no dia 25. Em Salvador, os eventos festivos acontecem no hemocentro coordenador, localizado na Ladeira do Hospital Geral do Estado - HGE, em Brotas; além das unidades móveis de coleta (Hemóveis), que atendem na Faculdade Social da Bahia (Ondina) e no Shopping da Bahia, durante a Semana. No interior do estado, são mais 21 unidades preparadas para receber os candidatos voluntários com uma programação especial em homenagem aos doadores. Para doar sangue, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos, sendo necessário estar bem alimentado, tendo, preferencialmente, ingerido alimentos sem gordura. O doador precisa ter entre 16 e 69 anos de idade (menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal) e apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional.

Cheirar pum faz bem para saúde e aumenta expectativa de vida, diz estudo
Foto: iStock Photos

Uma pesquisa realizada na Universidade de Exeter, na Inglaterra, descobriu que os puns – sim, aqueles gases com cheirinho desagradável – ajudam a combater doenças e prolongar a vida de uma pessoa. Há uma relação entre estar expostos aos puns e ao aumento significativo na expectativa de vida das pessoas. O herói, no caso, é o sulfeto de hidrogênio, um dos componentes dos gases intestinais. E quanto mais fedido, melhor para a saúde de quem cheira. Segundo o estudo, quando as células ficam estressadas por alguma doença, elas fazem uma enzima que gera pequenas quantidades de sulfeto de hidrogênio, que é justamente o componente que as mantém vivas. Nesse processo, as mitocôndrias são conservadas, a produção de sangue aumenta e a inflamação é regulada. Segundo o pesquisador Mark Wood, a exposição aos gases pode combater doenças e diminuir os riscos de câncer, demência, ataques cardíacos e artrite. O excesso é perigoso, mas não há risco de morte por inalação de puns de outras pessoas.

Teixeira de Freitas: Feira de Saúde deve atender 6 mil pessoas do Extremo Sul da Bahia
Foto: Bahia Notícias

O município de Teixeira de Freitas recebe neste sábado (18) e domingo (19) a Feira de Saúde. O projeto da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), em parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), beneficiará a população de 13 municípios do Extremo Sul baiano. De acordo com o superintendente de Atenção Integral à Saúde da Sesab, Jassicon Queiroz, a expectativa é atender cerca de 6 mil pacientes nesses dois dias. "É uma feira regionalizada com serviços de saúde e de ação social, além de educação em saúde. Por ser regionalizada, estamos atendento 13 municípios da região de Teixeira de Freitas. Distribuímos as cotas para os municípios e todos os pacientes são referenciados para cá", explicou. "Claro que, como em qualquer município, tem pessoas que não sabiam, que passaram e se interessaram. Apesar de ser um serviço referenciado, nós tentamos garantir também esse atendimento para que todos saiam felizes", acrescentou Queiroz. São oferecidos exames preventivos; consultas médicas com urologista, pediatra, ginecologista e clínico geral; aferição de pressão arterial e glicemia; orientação nutricional; testes rápidos (sífilis, HIV, hepatite B e C e colesterol); exames oftalmológicos; e atendimento odontológico. Há ainda serviços do Detran e SAC, além de um espaço reservado para beleza. A moradora de Teixeira de Freitas, Cátia Brito, buscou a Feira de Saúde para exame oftalmológico das filhas Júlia, 8, e Giovana, 10. Ela viu na ação uma oportunidade para sair da fila de espera do Sistema Único de Saúde (SUS) para realização do procedimento. Já Rita de Cássia, 50, também moradora do município, disse ter encontrado problemas para acesso aos serviços. Ela tinha o objetivo de fazer a carteira de identidade dos filhos Diego e Elen, 12, além de consultas odontológicas. No entanto, não tinha conhecimento da necessidade de apresentar uma foto 3x4. "Já estamos em 2017 e estamos na era digital. Como precisa de foto para uma carteira de identidade? Não avisaram nada e custava R$ 15 para tirar a foto. Eu não tive como pagar", lamentou em entrevista ao Bahia Notícias. "Muitas pessoas foram embora porque não tinham esse dinheiro", completou. O atendimento do dentista era aguardado para o período da tarde. Enquanto isso, Rita de Cássia aproveitava os serviços de beleza oferecidos no local. A Feira de Saúde é realizada na Avenida Profeta Isa, bairro Monte Castelo, em frente ao Senai.

Sesab rebate boato sobre aparecimento de nova espécie de cobra em Itaparica: ‘Fake’
Imagem na internet é de cobra inexistente no Brasil | Foto: Divulgação

O Centro de Informações Antiveneno (Ciave), órgão da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) referência em toxicologia, emitiu um alerta para rebater um boato que tem circulado na internet, sobre uma nova espécie de cobra que estaria levando risco a banhistas na ilha de Itaparica. Segundo Jucelino Nery, farmacêutico do Ciave e coordenador do Programa de Acidentes por Animais Peçonhentos na Bahia, a notícia é “fake”, ou seja, uma notícia falsa. De acordo com o órgão, o vídeo divulgado nas redes mostra uma víbora do Deserto do Saara, inexistente no Brasil. Além disso, a Sesab informa que os serviços de vigilância epidemiológica dos municípios de Itaparica e Vera Cruz não registraram o suposto aparecimento da cobra. Ainda de acordo com Jucelino Nery, no Brasil existem apenas quatro gêneros de serpentes peçonhentas: Bothrops (que são as jararacas), responsáveis por cerca de 90% dos acidentes ofídicos; Crotalus (as cascavéis), cerca de 8% das ocorrências; Lachesis (as surucucus), correspondentes a 1,5%; e o Micrurus (as corais), responsáveis por 0,5% dos acidentes. Em caso de picada por qualquer animal peçonhento, ele orienta que a vítima deve ser encaminhada para uma unidade de saúde para o tratamento adequado, alertando que não se deve passar nada além de água e sabão no ferimento, e muito menos usar torniquete, fazer cortes ou sugar o local da picada. O Ciave conta com uma equipe de plantão 24 horas por dia, que pode ser contatada através do número 0800 284-4343.

Sábado, 18 de Novembro de 2017 - 09:40

Associações criticam decisão sobre curso de medicina e cobram base técnica

por Lígia Formenti e Isabela Palhares | Estadão Conteúdo

Associações criticam decisão sobre curso de medicina e cobram base técnica
Foto: Divulgação

As entidades que representam instituições de ensino privadas são contrárias à medida por achar que atende a pressões políticas dos conselhos de Medicina e não garante mais qualidade nas graduações. "Os cursos passam por avaliação do próprio MEC. Se tem curso com qualidade deficitária, o caminho deveria ser uma supervisão rígida. Não vejo sentido em impedir a abertura de novos cursos, sob a justificativa de que os que temos são ruins", disse Sólon Caldas, diretor executivo da Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (Abmes). Para Rodrigo Capelato, do Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior de São Paulo (Semesp), a medida parece não ter base técnica, com estudos sobre a oferta de vagas e a qualidade dos cursos. "Atende à pressão política, sem que essas entidades tenham mostrado onde estão os problemas de ensino ou onde sobram vagas." O Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior enviou ofício ao ministro, pedindo que "pondere a possibilidade" de não levar à frente a medida, diante da "necessidade de formação de profissionais na área". 

Número de beneficiários de planos de saúde cresce entre setembro e outubro, diz ANS
Foto: Reprodução / Agência Brasil

O número de pessoas com plano de saúde aumentou entre setembro e outubro, mas segue menor que no ano passado, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (17) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). De acordo com informações do G1, em outubro, 47,4 mil pessoas eram beneficiárias de planos de saúde, um aumento de 0,17% em comparação com o mês anterior, mas um recuo de 0,97% em relação a 2016. Entre as pessoas que possuíam plano de saúde em outubro, 31,6 mil eram beneficiárias de um plano empresarial, o que representa 66,7% do total. Outras 9,2 mil tinham planos individuais, o que representa 19,4% do total. A pesquisa também mostra que, enquanto a quantidade de beneficiários de planos de saúde empresariais aumentou 0,36% entre setembro e outubro, o número de pessoas com planos individuais caiu 0,15% no mesmo mês.

Mutirões de combate ao câncer de próstata, glaucoma e catarata serão realizados em Salvador
Foto: Eli Cruz

Mutirões gratuitos de combate ao câncer de próstata, glaucoma e catarata serão realizados no final de semana, no bairro de Piatã, em Salvador. O mutirão da próstata acontecerá neste sábado (18) e o mutirão glaucoma e catarata, no domingo (19), ambos das 7h às 13h. Serão distribuídas 150 senhas para consultas e exames digital da próstata e de sangue e 200 senhas para consultas e exames oftalmológicos. De acordo com informações do G1, a distribuição começa a partir das 6h da manhã, no Ambulatório Médico Eurípedes Barsanulfo, na sede da Fundação Lar Harmonia, em Piatã. Para o atendimento de prevenção ao câncer de próstata é necessário estar em jejum de 2 horas e com dois dias de abstinência sexual, além de apresentar carteira de identidade e cartão do SUS. O mutirão é uma parceria da Fundação com o Laboratório LPC.

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 14:00

Ansiedade é transtorno mental mais frequente no mundo

Ansiedade é transtorno mental mais frequente no mundo
Foto: Shutterstock

De mocinha a vilã. É assim que se resume a evolução da ansiedade. Fundamental para o avanço da espécie humana, por ser resposta fisiológica à antecipação dos perigos, ela foi fator importante para que nossos antepassados buscassem abrigos contra predadores, adotassem um sistema de vida em grupo e desenvolvessem estratégias para armazenamento de provisões. Passado o tempo em que estes fatores exigiam do homem a manutenção da mente sob um estado permanente de alerta, tornou-se um dos principais vilões da vida moderna, interferindo negativamente na rotina de milhares de pessoas.

 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), dentre os transtornos mentais, os de ansiedade são os mais frequentes. 264 milhões de pessoas sofrem com o problema, uma média de 3,6% e alta de 15% em comparação a 2005. O Brasil é o país com os maiores níveis: 9,3% dos brasileiros têm algum transtorno de ansiedade, segundo a OMS. Pesquisas internacionais recentes também demonstraram a existência de uma conexão biológica entre ansiedade, estresse e depressão. Exemplo é um estudo publicado pela revista Inglesa Nature Neuroscience, que defende que o estresse provoca uma espécie de estado inflamatório no cérebro, em decorrência da liberação maciça de citocinas. A perpetuação deste estado, em longo prazo, leva a uma neurotoxicidade que pode ser causa imediata da depressão.

 

A boa notícia é que a prática regular de atividades físicas, de lazer e descanso, além de meditação e massagens, alimentação balanceada e uso de medicamentos fitoterápicos são caminhos eficientes e mais naturais para o controle da ansiedade. "Compostos à base de Passiflora incarnata L. – o maracujá vermelho – podem auxiliar no controle da ansiedade, pois minimizam os efeitos do problema e melhoram a qualidade do sono", explica Olavo Rodrigues, superintendente de Desenvolvimento de Produtos e Assuntos Regulatórios da Natulab, farmacêutico clínico e mestre em Biotecnologia.

 

Utilizada em diversos países, como Estados Unidos, Inglaterra, França, Alemanha, Suíça e Índia, além do Brasil, a passiflora atua em células específicas do Sistema Nervoso Central, que atuam através do neurotransmissor ácido gama-aminobutírico (GABA), – principal substância inibitória no sistema nervoso central dos mamíferos – regulando a excitabilidade neuronal. "Nos estados de ansiedade, a ativação do sistema GABA com uso da Passiflora incarnatal. proporciona o relaxamento e reduz o estado de tensão, agitação, irritação e impaciência nervosa", destaca Rodrigues.

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 12:40

Rui critica decreto que congela criação de novos cursos de medicina

por Renata Farias / Luana Ribeiro

Rui critica decreto que congela criação de novos cursos de medicina
Foto: Renata Farias / Bahia Notícias

O governador Rui Costa criticou na manhã desta sexta-feira (17) o decreto que suspenderá por cinco anos a criação de novos cursos de medicina – segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o ministro da Educação, Mendonça Filho, confirmou que o documento já está na mesa do presidente Michel Temer e deve ser assinado ainda este ano (clique aqui). “Eu nunca imaginei que ia aparecer um presidente para proibir a criação de cursos de medicina no Brasil. É inimaginável que um presidente da República prejudique o povo brasileiro com a escassez de médicos que nós temos”, afirmou Rui, que aproveitou para citar a abertura de novas universidades e escolas técnicas feitas nos governos Lula e Dilma, incluindo em Teixeira de Freitas, onde há um campus da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). “Antes do Lula teve um presidente que congelou a ampliação de escolas técnicas no Brasil. Aí veio Lula e Dilma e abriram 34 escolas técnicas só na Bahia”.

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 12:20

Estado emocional pode desencadear a doença de Crohn

Estado emocional pode desencadear a doença de Crohn
Foto: Reprodução / Melhor Com Saúde

Caracterizada como uma doença inflamatória crônica, a doença de Crohn (DC) afeta o sistema gastrointestinal, com local de hospedagem que pode ir desde a boca até o ânus. Segundo João Paulo Barbosa, gastroenterologista do Hapvida Saúde, os sintomas mais comuns são perceptíveis na região da barriga. “É comum que a DC apresente sintomas como dor abdominal, principalmente na região inferior à direita, seguido de diarreia crônica, sangue nas fezes, perda de peso e fadiga”, explica o médico. Ainda de acordo com Dr. João Paulo Barbosa, a DC costuma se alojar em indivíduos predispostos geneticamente e em pessoas que estão passando por problemas emocionais. "A causa da DC ainda não está esclarecida. Acredita-se que o estresse emocional pode servir de gatilho para o surgimento da doença em indivíduos predispostos e induzir a recaída da doença em pacientes já com o diagnóstico. Observa-se também que o estresse está envolvido na mudança da microbiota intestinal e desregulação imunológica, o que deixaria o indivíduo mais suscetível ao surgimento da doença”, diz o especialista. É sabido que em alguns casos a doença pode se manifestar de forma diferente e ser detectada sem a manifestação de nenhum sintoma. Nesses casos, em que os sintomas são nulos, a DC é diagnosticada quando o portador apresenta alguma dor aguda e é levada para fazer exames específicos. Já nos casos em que os sintomas se manifestam, classifica-se de leve a moderada quando se apresenta com quadro de diarreia frequente, dor de barriga e sem febre, e de moderada a grave nos pacientes com febre, perda de peso, dor abdominal, náusea, vômitos ou anemia. O médico explica que o tratamento é de acordo com o quadro que o paciente apresenta, podendo usar métodos como a utilização de medicamentos imunossupressores, que ajudam na diminuição da quantidade de células inflamatórias no corpo ou através dos medicamentos imunomoduladores, que inibem a atividade do sistema imunológico, de forma que ele não pode mais causar o processo inflamatório crônico característico dadoença. Já na fase mais aguda, podemos introduzir o uso de corticóides para atingir a remissão da doença. ``Em casos mais avançados que evoluem com complicações, pode ser necessário o tratamento cirúrgico. Lembrando que a indicação desse tratamento deve ser sempre compartilhada entre o clínico e o cirurgião, finaliza Dr. João.

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 12:00

Teixeira de Freitas: Município conclui três novas USFs e constrói nova Unacon

por Renata Farias / Luana Ribeiro

Teixeira de Freitas: Município conclui três novas USFs e constrói nova Unacon
Foto: Renata Farias / Bahia Notícias

Além da policlínica inaugurada nesta sexta-feira (17), o município de Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia, terá três novas unidades de saúde da família (USF). A expectativa do secretário de Saúde da cidade, Rodrigo Kuada, é de que a entrega seja feita até o final deste ano. “Os nossos projetos são muito grandes. Vamos iniciar a construção da maternidade, que infelizmente até hoje nossa estrutura física é locada, então o prefeito Timóteo tem se preocupado muito com isso, já está providenciando a construção de uma estrutura própria para o município. [Há] Também a construção da nova Unacon [Unidade de Alta Complexidade em Oncologia] aqui do município”, cita. Kuada aponta que a policlínica construída pelo Estado absorverá a necessidade de consultas de especialidades e exames. “A policlínica vem fazendo esse elo de ligação entre a atenção básica e o setor de média-alta complexidade, os hospitais. Então vem somando com a gente, trazendo um diagnóstico mais preciso dos pacientes, serão realizados desde ressonância magnética computadorizada, tomografia, eletroencefalograma. São diversos exames que realmente as redes municipais tem uma demanda muito reprimida e grande”, afirma. 

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 10:30

Governo faz parceria para rastrear câncer de mama e colo de útero no estado

por Renata Farias / Luana Ribeiro

Governo faz parceria para rastrear câncer de mama e colo de útero no estado
Foto: Renata Farias / Bahia Notícias

Associada às inaugurações das policlínicas dos consórcios interfederativos de saúde, o governo do Estado prepara uma medida de rastreamento de câncer de mama e de colo de útero nos municípios participantes de cada convênio, em parceria com o Hospital de Câncer de Barretos. “O hospital de Barretos, em parceria conosco, vai assumir esse rastreamento, e nós teremos um ônibus exclusivo para esses treze municípios, exclusivo para essa policlínica, que vai percorrer, em todos os meses, todos os municípios daqui do extremo sul para fazer exame de colo de útero e de mama nas mulheres. Aquelas mulheres que foram identificadas com o problema serão encaminhadas para aqui, para fazer biópsia e se necessário serão imediatamente encaminhadas para o Hospital da Mulher para fazer cirurgia”, explicou o governador Rui Costa, durante a entrega da policlínica de Teixeira de Freitas, no extremo sul do estado. “Eu quero reduzir ao número mínimo de dias entre diagnóstico e a intervenção cirúrgica, se precisar, ou ao tratamento quimioterápico e radioterápico se precisar. E seguindo isso a Bahia ficará, eu não tenho dúvida, em primeiro lugar em qualidade de rastreamento e atendimento à mulher”, apostou. 

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 10:00

Rui: Policlínicas são 'marco' na saúde do estado; 'Aposta é na prevenção'

por Renata Farias / Luana Ribeiro

Rui: Policlínicas são 'marco' na saúde do estado; 'Aposta é na prevenção'
Foto: Renata Farias / Bahia Notícias

O governador Rui Costa destacou na manhã desta sexta-feira (17) a função das policlínicas que começaram a ser inauguradas – a primeira nesta terça, em Teixeira de Freitas, no extremo sul do estado. “Eu tenho a convicção que isso vai ser um novo marco na saúde pública na Bahia, uma nova referência, aposta na prevenção”, ressaltou. A estraégia da policlínica é fazer a ponte entre a atenção básica e o hospitalar (entenda). “Mais importante ou tão importante do que construir um hospital é montar rede de prevenção de exame, de consulta, de especialista. Isso vai complementar o esforço que os prefeitos e as prefeitas fazem nos postos de saúde. Porque muita gente estava desestimulado de ir ao posto de saúde: ‘Vou no posto de saúde, o médico passa o exame e eu não tenho o que fazer’. E portanto isso aqui vai reanimar e fortalecer o conceito de prevenção de saúde pública”, completa o governador. 

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 09:30

Teixeira: Com investimento de R$ 24 mi, políclinica terá 1º tomógrafo do extremo sul

por Renata Farias / Luana Ribeiro

Teixeira: Com investimento de R$ 24 mi, políclinica terá 1º tomógrafo do extremo sul
Foto: Divulgação / Secom BA

A policlínica de Teixeira de Freitas, inaugurada na manhã desta sexta-feira (17), abrigará o primeiro tomógrafo em operação no extremo sul no estado. Além do equipamento, a unidade realizará exames em outras 18 especialidades médicas, como ressonância magnética, ultrassonografia, ecocardiografia, eletroencefalograma, endoscopia e colonoscopia. Na policlínica, serão realizados procedimentos como vasectomias, cauterizações, pequenas cirurgias, cuidados com o pé diabético, além de biopsias de mama, tireoide, próstata, de pele, gastroenteral, entre outras. “Essa policlínica é de grande porte, não existe nada igual na Bahia. Ela resultou de um investimento de R$ 24 milhões, metade em equipamento, metade em construção. E assemelhasse a um hospital de médio porte. Não há nada nem na estrutura privada nem na pública do estado da Bahia semelhante ao que foi construído no Ceará, que foi o local de onde tiramos o modelo para ser replicado na Bahia”, afirmou o secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. De acordo com o titular da Sesab, além das outras três unidades que serão inauguradas nas próximas semanas (Guanambi, Irecê e Jequié), serão entregues outras sete policlínicas em maio. “No começo do ano daremos a ordem de serviço de mais sete, completando, portanto, no governo Rui Costa, 18 policlínicas”. Vilas-Boas acrescenta que além das policlínicas, as Unidades de Pronto-Atendimento (UPA) das regiões que já firmaram consórcios poderão ser beneficiadas. “O governo do Estado tem apoiado todas as UPAs para que elas possam ser abertas, contribuindo com a entrega de equipamentos, e auxílio na conclusão das obras. Uma da formas de viabilizar uma UPA, desde que ela tenha um caráter regional, é coloca-la dentro do consórcio. Nós temos estimulado todas aquelas UPAs que tem padrão de grande porte, UPAs tipo II, tipo III, que podem ser utilizadas para atender vários municípios, podem ser incluídas nos consórcios”, explica Vilas-Boas. 

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 09:00

Atendimento em policlínica será com hora marcada; postos farão encaminhamento

por Renata Farias / Luana Ribeiro

Atendimento em policlínica será com hora marcada; postos farão encaminhamento
Foto: Renata Farias / Bahia Notícias

O governo do Estado iniciou na manhã desta sexta-feira (17) a inauguração de uma série de policlínicas vinculadas aos consórcios interfederativos de saúde – a primeira é a de Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia. Localizada na Avenida Getúlio Vargas, nº. 1.732, no bairro Bela Vista, a unidade também vai atender a população de outros 13 municípios: Itanhem, Medeiros Neto, Vereda, Lajedão, Ibirapuã, Caravelas, Posto da Mata, Nova Viçosa, Mucuri, Prado, Alcobaça, Itamaraju e Jucuruçu. De acordo com o secretário de saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, os atendimentos serão no modelo “hora marcada”, por encaminhamento feito pelos postos de saúde da região. “Para utilizar o serviço da policlínica, é preciso que acesse o sistema através do posto de saúde. Ninguém vai chegar à porta de madrugada, fazer fila, ficar aguardando abrir guichê, distribuir senha... Isso não vai existir. Aqui, 100% dos atendimentos serão com hora marcada. A pessoa vai para o posto de saúde, o médico identifica a necessidade de uma consulta, um exame; esse indivíduo vai à Secretaria de Saúde do município, a secretaria marca a agenda do exame, e no dia do exame vamos buscar a pessoa no seu município com um ônibus com ar-condicionado, ela vai realizar o exame, e vamos levar de volta para casa”, explica. Sete micro-ônibus transportarão os moradores dos municípios participantes do consórcio que administra a unidade. Os veículos são equipados com ar-condicionado, televisão, poltronas reclináveis e acessibilidade para deficientes.

“A policlínica vem preencher um vazio assistencial que existe em diversas regiões do estado da Bahia entre a atenção básica e atenção hospitalar. Nós temos um grau de cobertura já considerado satisfatório no estado da Bahia, de atenção básica, superior a 70%, mas não temos ainda uma complementaridade”, aponta o secretário. “Ou seja, o médico do posto de saúde fica limitado na sua capacidade de diagnóstico e tratamento pela falta de exames complementares da área de laboratório, de imagem, de cardiologia, de neurologia, e também da segunda opinião de especialistas. As policlínicas vem preencher esse vazio, dar eficiência e resolutividade aos postos de saúde. Agora vamos ver nessa região postos de saúde resolvendo o problema dos pacientes”.  Veja abaixo os recursos de acessibilidade dos micro-ônibus que levarão os pacientes até as policlínicas:

Síndrome raríssima é diagnosticada em criança de Feira; Veja como ajudar
Foto: Reprodução/ Ed Santos/Acorda Cidade

Bruninho, uma criança de Feira de Santana, está entre as 27 pessoas do mundo que possui a raríssima síndrome Allan-Herndon-Dudley, que afeta a parte motora e o desenvolvimento. Ainda não existe tratamento nem cura e a família da criança se reuniu para divulgar ao máximo o diagnóstico para tentar encontrar outros casos. Segundo o site Acorda Cidade, o pai de Bruninho, Willian Araújo, afirmou que quando a pessoa tem a síndrome é como se faltasse uma parte entre a tireóide o cérebro, o que impede o fluxo do hormônio T3. “Esse hormônio fica só acumulado na tireoide, impedindo o desenvolvimento da parte motora”, disse. A diferença entre o desenvolvimento do filho e de outras crianças só foi notado a partir dos quatro meses. "Outras crianças com quatro meses já começam a ficar durinhas e ele não, continuava molinho. Comentamos isso com a pediatra, que indicou uma neuro. A partir daí começou a investigação. A neuro passou vários exames e a princípio todos davam normais. Ela passou a fisioterapia de imediato três vezes por semana, mas a fisioterapeuta ficava receosa por não saber o que ele tinha e fazia até com mais cuidado. Só tivemos o diagnóstico esse ano, pois conseguimos através de um amigo ir para o Hospital das Clínicas em São Paulo”, disse Araújo. Como o garoto precisa de atenção especial, como alimentação batida e acompanhamento médico de neurologista, nutricionista, pediatra, fonoaudiólogo, hidroterapia, ecoterapia e principalmente fisioterapeuta, a mãe, Liziane Castro, resolveu parar de trabalhar. Por conta do alto custo o acompanhamento, ela decidiu investir 100% do tempo para ajudá-lo. "O acompanhamento é caro. Fizemos campanha para ir a São Paulo para o diagnóstico. Meu esposo só com o trabalho dele não consegue assumir os custos da casa e das viagens. Agora estamos pensando em fazer alguma campanha já que dia 21 de fevereiro ele tem uma consulta em São Paulo. Lá os médicos vão passar uma nova ressonância e vamos levar o resultado de outros exames”, afirmou. Quem quiser ajudar Bruninho basta fazer doações em dinheiro na Caixa Econômica Federal (Agência: 3800; operação 013; conta 12764-6; titular: Bruno de Castro Araújo; CPF 087.729.275-26).

Temer assinará decreto que proíbe a abertura de cursos de medicina por 5 anos
Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O governo Michel Temer vai decretar uma moratória para impedir a abertura de novos cursos de medicina no país, estabelecendo um prazo de cinco anos. De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, a medida foi confirmada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. Segundo ele, o decreto para a adoção da medida já está na mesa do presidente, que deve assinar o decreto até o final deste ano. "Há um clamor dos profissionais de medicina para que se suspenda por um período determinado a abertura de novas faculdades, em nome da preservação da qualidade do ensino", afirma o ministro. Ele acrescenta, no entanto, que há ainda dois editais em andamento para a abertura de novos cursos, lançados ainda durante a gestão Dilma Rousseff, que serão concluídos. 

Diagnóstico de câncer de mama e próstata se tornará mais acessível na Bahia
Foto: Divulgação

O diagnóstico do câncer de mama e de próstata, alguns dos tipos mais recorrentes da doença e que mais matam em todo o Brasil, poderá ficar mais acessível na Bahia com a disponibilização de exames de imagem e biopsia gratuitos nas policlínicas regionais que serão inauguradas nas cidades de Teixeira de Freitas, Guanambi, Irecê e Jequié. As unidades de saúde disponibilizarão exames de imagem como de ressonância magnética, tomografia, mamografia e ultrassonografia. Além disso, profissionais de 11 especialidades estarão atendendo inicialmente nas unidades, entre elas angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastroenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia e outras. De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesab) há previsão de ampliação da oferta de especialidades no futuro. Procedimentos cirúrgicos também serão realizados, desde a vasectomia, a cauterização e outras pequenas cirurgias. As quatro policlínicas são resultado de um investimento de R$ 100 milhões do governo do Estado (leia mais aqui). Para facilitar o acesso, serão disponibilizados micro-ônibus que transportarão os moradores das regiões até as policlínicas (veja aqui).

PF deflagra operação contra desvios de dinheiro pelo governo do Maranhão
Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

Uma ação da Polícia Federal deflagrada na manhã desta quinta-feira (16) que apura indícios de desvios de recursos públicos federais por meio de fraudes na contratação e pagamento de pessoal realizadas pelo governo do Maranhão, na área da saúde. A 5ª fase da Operação Sermão aos Peixes, batizada de Pegadores, cumpre 45 mandados judiciais, sendo 17 mandados de prisão temporária e 28 mandados de busca e apreensão, além de sequestro de bens no total de R$18 milhões. As investigações iniciadas em 2015 indicam que o montante de recursos públicos federais desviados por meio de tais fraudes passa de R$ 18 milhões. Os danos podem ser ainda maiores, já que os desvios tiveram continuidade mesmo depois da deflagração das primeiras fases da Operação Sermão aos Peixes. A Polícia Federal relata que cerca de 400 pessoas teriam sido incluídas indevidamente nas folhas de pagamentos dos hospitais estaduais, sem que prestassem qualquer tipo de serviços às unidades hospitalares. Os beneficiários do esquema seriam familiares e pessoas próximas a gestores públicos e de diretores das organizações sociais. A Polícia Federal encontrou também indícios que uma sorveteria passou por um processo de transformação jurídica e se tornou, da noite para o dia, uma empresa especializada na gestão de serviços médicos. Essa empresa foi utilizada para a emissão de notas fiscais frias, que teriam permitido o desvio de mais de R$ 1 milhão.

Policlínicas começam a ser entregues na sexta; vídeo explica como será funcionamento
Foto: Reprodução/ YouTube

Um vídeo lançado nesta terça-feira (14) pelo governo do Estado mostra como vão funcionar as policlínicas que começam a ser entregues na sexta (17), com a inauguração da unidade de Teixeira de Freitas, que vai atender ao Extremo Sul da Bahia. Segundo informações da Secretaria de Comunicação do Estado, a estimativa é que cada policlínica beneficia cerca de 500 mil moradores das regiões onde serão instaladas. As demais policlínicas vão funcionar nas regiões de Guanambi, Jequié e Irecê. Para utilizar os serviços das unidades, o paciente precisará fazer um agendamento prévio nas secretarias da Saúde dos municípios que integram os consórcios que administram as policlínicas. A de Teixeira de Freitas começa a funcionar na segunda (d]20), atendendo aos moradores de Teixeira de Freitas, Itanhém, Medeiros Neto, Vereda, Lajedão, Ibirapuã, Caravelas, Posto da Mata, Nova Viçosa, Mucuri, Prado, Alcobaça, Itamaraju e Jucuruçu.

Mais de 14 milhões de pessoas no Brasil tem diabetes, metade não sabe que tem a doença
Foto: Agência Brasil

Mas de 14 milhões de brasileiros tem diabetes, de acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, mas metade pode não saber que tem a doença, segundo o endocrinologista e professor da Faculdade de Ciências Médicas (FMC) da Unicamp, Marcos Tambascia. O dia de alerta a população sobre os riscos dessa doença foi celerado nesta terça-feira (14). A falta de diagnóstico e o desconhecimento de medidas simples para controle da doença causam diversos problemas para a pessoa. De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, são três os tipos mais comuns de diabetes: a do tipo 1, tipo 2 e a gestacional. O tipo 1 aparece geralmente na infância ou adolescência e é tratada com insulina, medicamentos, planejamento alimentar e atividades físicas, para ajudar a controlar o nível de glicose no sangue. A 2 aparece mais em adultos. A depender da gravidade, pode ser controlado com atividade física e planejamento alimentar. Em outros casos, exige o uso de insulina e/ou outros medicamentos para controlar a glicose. Já a gestacional aparece na gravidez, quando a mulher fica com uma quantidade maior que o normal de açúcar no sangue e o corpo não consegue fabricar a insulina em quantidade suficiente. É uma condição que quase sempre se normaliza sozinha depois que o bebê nasce. A obesidade em jovens aumenta o número de casos de diabetes no Brasil.

Agente de endemias morre após mal estar; vítima foi atendida por secretário de Saúde
Foto: Reprodução / Aratu Online

A agente de endemias de Ribeira do Pombal, Iara Frazão, morreu na noite desta terça-feira (14), depois de infartar durante uma reunião com o secretário de Saúde, Fábio Vilas Boas. A informação é do site Aratu Online. O titular da Sesab chegou a prestar os primeiros socorros à servidora antes da chegada do Samu (veja aqui). A mulher, que integrava o Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias, havia sido socorrida para o Hospital Ana Nery.

Mutirão de exames de mamografia será realizado em Gandu e Retirolândia
Foto: Sesab

Os municípios de Gandu e Retirolândia recebem nesta quinta-feira (16) o programa Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama. A mulheres das duas cidades, que tem entre 50 a 69 anos, poderão fazer exames de mamografia. De acordo com os especialistas, o câncer de mama, quando descoberto no início, tem chance de mais de 90% de cura. A meta é atender a 772 mulheres em Retirolândia e 1.633 em Gandu. No município de Gandu, a unidade móvel ficará de 16 a 23 de novembro e, em Retirolândia, ficará de 16 a 25 deste mês. Para serem atendidas, as mulheres precisam levar o RG, Cartão do SUS e comprovante de residência. O atendimento começa às 7 da manhã, prosseguindo até 18h. Em Gandu, o atendimento será feito na Praça do Povo, no Centro da cidade, e em Retirolândia, acontecerá na Unidade Básica de Saúde, na Rua das Cajazeiras, também no Centro da cidade. Para as mulheres com diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico será realizado em unidades de alta complexidade em oncologia. Este programa é uma ferramenta de acesso da mulher às ações de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama.

Com inauguração de policlínica, Teixeira de Freitas receberá Feira de Saúde
Foto: Divulgação

A região de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia, recebe neste sábado (18) e domingo (19) uma Feira de Saúde, que reunirá diversos serviços em um só lugar. As unidades móveis ficarão estacionadas na Praça da Melancia, onde a equipe atenderá a população. O projeto da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), em parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), vai oferecer orientação sobre a saúde da mulher e métodos contraceptivos; exames preventivos; consultas médicas com urologista; pediatra, ginecologista e clínico geral; aferição de pressão arterial e de glicemia; orientação nutricional; testes rápidos (sífilis, HIV, hepatite B e C e colesterol). Também serão oferecidos exames oftalmológicos para crianças entre 7 e 14 anos, incluindo distribuição de óculos, quando necessário; exames oftalmológicos adulto e, no caso de pessoas acima de 60 anos, haverá também o rastreamento para cirurgia de catarata. Também terá atendimento odontológico, que vai oferecer extração, limpeza, obturação, aplicação de flúor, escovação e prótese. Para serem atendidos em algum dos serviços relacionados, os pacientes deverão estar com cartão SUS, documento de identificação com foto e comprovante de residência. O local ainda vai contar com serviços do Detran e com emissão de carteira de identidade. A feira também levará atividades culturais para adultos e crianças e um espaço para beleza. E as crianças também serão contempladas com uma brinquedoteca. Ainda em novembro, a Feira irá para a cidade de Guanambi nos dias 25 e 26 de novembro. Já em dezembro, será a vez dos moradores do município de Irecê serem beneficiados com o projeto. Nesta sexta-feira (17), será inaugurada a Policlínica de Teixeira de Freitas. Nos próximos, ainda serão inaugurada a Policlínica de Guanambi e o Hospital da Chapada. Em dezembro, será inaugurado um hospital na região de Ilhéus e policlínicas regionais de Irecê e Jequié.

Mulher tem parada cardíaca durante reunião com governo e é socorrida por secretário
Foto: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias

O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, atendeu uma mulher que sofreu uma parada cardíaca súbita durante uma audiência realizada na tarde desta terça-feira (14), no gabinete da secretaria. Moradora de Ribeira do Pombal e integrante do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate a Endemias, a mulher começou a se sentir mal por volta das 16h. De acordo com Vilas-Boas, foram necessários 40 minutos de massagem cardíaca externa até que o coração da vítima voltasse a bater. Após o atendimento inicial, ela foi levada pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) para o Hospital Ana Nery, onde foi implantado um marca-passo cardíaco.

Seminário de Serviço Social discute atendimento a mulheres vítimas de violência
Foto: Divulgação

O Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) promove, no próximo dia 27, o XXVI Seminário Anual de Serviço Social. Nesta edição, o evento terá como tema a atenção às mulheres vítimas de violência. Voltado a profissionais e estudantes de serviço social e demais profissionais da área da saúde, o seminário tem o objetivo de nstrumentalizar o serviço para garantir atenção às mulheres vítimas de violência. "A violência contra a mulher tem raízes históricas e culturais, alcança dados significativos no mapa da violência e constitui violação dos direitos humanos e das liberdades. Trata-se de um fenômeno que atinge mulheres de diferentes raças, etnias, religiões, escolaridade, idades, gerações e classes sociais. Portanto, é preciso compreender a complexidade desse fenômeno e pensar sobre os tipos de violência que acometem as mulheres, bem como as políticas públicas destinadas a prevenir e erradicar a violência contra este público", afirmou assistente social Nazarela Rêgo Guimarães, coordenadora da área no HGRS. De acordo com ela, esse é um espaço de formação e propõe discussões que contribuam para resignificar a prática profissional e, consequentemente, melhorar a qualidade da assistência ao usuário. "Repensar o papel dos profissionais da saúde enquanto agentes que atuam no acolhimento e no atendimento direto às mulheres em situação de violência pode oportunizar um novo olhar sobre a mulher, contribuindo para a eliminação da violência", acrescentou. Os interessados devem se inscrever por meio do site do HGRS (clique aqui).

Terça, 14 de Novembro de 2017 - 17:10

Vendas de farmácias afiliadas à Abrafarma crescem 9,05% de janeiro a setembro

por Karina Campos, especial para a AE | Estadão Conteúdo

Vendas de farmácias afiliadas à Abrafarma crescem 9,05% de janeiro a setembro
Foto: Carlos Severo / Fotos Públicas

As 26 redes de farmácias afiliadas à Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) movimentaram R$ 32,92 bilhões no acumulado dos primeiros nove meses do ano, um aumento de 9,05% sobre o mesmo período de 2016. Os dados foram compilados pela Fundação Instituto de Administração da Universidade de São Paulo (FIA-USP). Em nota, a Abrafarma ressalta que o segmento mantém índices de crescimento acima da média estimada para o varejo brasileiro - cuja alta é projetada em 1,4% pela Associação Comercial de São Paulo. Apesar de representarem 9,2% do total de 76 mil farmácias no País, as redes associadas à entidade concentram mais de 41% do faturamento do setor. O comércio de medicamentos totalizou R$ 22,5 bilhões no acumulado do ano até setembro, um aumento de 9,61% em relação aos nove primeiros meses do ano passado. Somente o segmento de genéricos movimentou R$ 3,92 bilhões, com alta de 7,54% sobre o mesmo período de 2016. Ao todo, foram vendidos mais de 238 milhões de unidades de genéricos. Já a venda dos não medicamentos (itens de higiene, cosméticos, perfumaria e conveniência) contabilizou R$ 10,42 bilhões - um acréscimo de 7,21%. Segundo a associação, o enfoque na abertura de novas lojas e no investimento em logística e distribuição é o principal responsável pela expansão do grande varejo. No período de um ano, o número de lojas aumentou 7,63%, passando de 6.581 para 7.083 unidades. Já o número de contratações subiu 2,8%, passando de 117.137 para 120.454 funcionários e colaboradores.

EUA aprovam pílula que pode ser rastreada dentro do corpo humano
Foto: Marcos Santos / USP Imagens

A Administração de Alimentos e Drogas dos Estados Unidos (FDA) aprovou, nesta segunda-feira (13), a primeira pílula que pode ser monitorada dentro do corpo. Utilizado no tratamento de transtornos mentais e depressão, o Abilify MyCite (aripiprazole) tem um sensor que registra se o medicamento foi ingerido ou não, a partir da conexão com um celular. Segundo o jornal O Globo, a empresa responsável alerta que a tecnologia não deve ser usada para melhorar o monitoramento das medicações ou para rastrear a ingestão durante uma emergência. O sensor tem o tamanho de um grão de areia e é ativado a partir do contato com fluido estomacal.

Cerca de 205 milhões de mulheres têm diabetes no mundo; doença pode afetar gestação
Foto: Agência Brasil

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou, nesta segunda-feira (14), que cerca de 205 milhões de mulheres vivem com diabetes em todo o planeta. O número equivale a 8% da população feminina mundial. Com foco em promover o acesso a medicamentos e tecnologias essenciais para todas as mulheres com diabetes e com risco da doença, além de divulgar informações qualificadas, a OMS lançou a campanha "Mulheres e Diabetes: nosso direito a um futuro saudável". Para o diretor da Sociedade Brasileira de Diabetes, Márcio Krakauer, a doença afeta a mulher em vários aspectos, especialmente o gestacional. O profissional afirmou, segundo a Agência Brasil, que um em cada sete nascimentos no mundo é afetado pelo diabetes na gestação. "É uma doença muito frequente e que aumenta o risco de aborto e má formação do bebê e morte das mães. Com o tratamento, essas complicações são completamente evitáveis", alertou. Há ainda a necessidade de controle diferenciado durante a menopausa. O diabetes gestacional é um problema que surge durante a gravidez e que quase sempre se normaliza sozinho depois que o bebê nasce. A mulher fica com uma quantidade maior que o normal de açúcar no sangue, por causa dos hormônios e da incapacidade do corpo de produzir insulina extra para atender às necessidades do bebê. No mundo, 422 milhões de adultos têm diabetes, que é responsável por 1,6 milhão de mortes a cada ano.

Insulina brasileira: Apesar de rejeição da Anvisa, Bahiafarma garante que nada muda
Bahiafarma | Foto: Divulgação

Após visita às instalações da empresa ucraniana Indar, em Kiev, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) rejeitou o pedido de renovação do certificado de boas práticas de fabricação de medicamentos. O laboratório europeu tem parceria com o governo baiano, por meio da Bahiafarma, para produção de insulina a partir de transferência de tecnologia (veja aqui). Até o momento, a Indar já soma R$ 196 milhões pela importação de insulina distribuída pelo Sistema Único de Saúde (SUS) a portadores de diabetes e para compartilhar a tecnologia de fabricação. Apesar da decisão da Anvisa, nada será alterado na parceria entre a ucraniana e a Bahiafarma. De acordo com a assessoria do laboratório público baiano, o pedido de renovação do certificado - procedimento padrão - levantou dúvidas que devem ser sanadas em breve. O prazo habitual para uma nova vistoria seria fevereiro de 2018, quando vence a atual licença. No entanto, a Bahiafarma informou que pedirá prioridade e espera que a visita aconteça ainda em dezembro deste ano. Sobre a decisão da Anvisa, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou que uma eventual prática de dumping não poderá impedir que o Brasil produza a própria insulina. "São duas PDPs [parcerias de desenvolvimento produtivo] para insulina que eu espero que prosperem. Nós temos interesse na produção local de medicamentos e faremos o possível para apoiar. Se protocolarem uma contraproposta, isso serve de balizamento para os acordos feitos, para os preços praticados na PDP", afirmou em entrevista ao jornal O Globo. Metade do mercado de insulina do SUS foi destinada à Indar e Bahiafarma, enquanto a outra metade está sob responsabilidade da Biomm e Fundação Ezequiel Dias (Funed), do governo de Minas Gerais.

Histórico de Conteúdo