Quinta, 27 de Julho de 2017 - 21:10

Cientistas avaliam medicamento nº 1 para problemas cardíacos

por Fernanda Bassette, especial para o Estado | Estadão Conteúdo

Cientistas avaliam medicamento nº 1 para problemas cardíacos
Foto: Shutterstock

Há dois anos, pesquisadores do Instituto de Fisiologia da Universidade de São Paulo (USP) em parceria com o Instituto de Ciência e Saúde do Estado de São Paulo decidiram avaliar se o uso do teste farmacogenético do Clopidogrel era realmente necessário para pacientes com problemas cardíacos e que tinham indicação de uso dessa medicação. O Clopidogrel é um dos principais casos de sucesso do mercado de medicamentos genéricos. Desde que o produto referência (Plavix, da Sanofi) perdeu sua patente, em 2006, o consumo do medicamento em volume cresceu 565% em 10 anos, de acordo com os dados IMS Health, instituto que audita as vendas do setor farmacêutico. Segundo Elia Ascer, professor de cardiofisiologia da USP e líder do estudo, a ideia surgiu porque ele começou a perceber que alguns pacientes que usavam o medicamento apresentavam complicações, como tromboses, mesmo usando a droga na dosagem recomendada. Assim, a equipe recrutou pacientes com doenças coronarianas, especialmente aqueles que tinham feito uma angioplastia com uso do stent (dispositivo que mantém as artérias desentupidas), para análise genética por meio do kit caseiro - em que o paciente coleta amostras de DNA raspando por dentro da bochecha e envia para análise técnica. Ao todo, 900 pacientes foram selecionados e realizaram o teste farmacogenético para avaliar o metabolismo do Clopidogrel no organismo, por meio da análise da enzima CYP2C19. Os resultados surpreenderam o pesquisador: 39% dos pacientes que usavam essa medicação tinham o metabolismo lento ou intermediário, o que significa que teriam ou de alterar a dosagem do remédio ou trocar o medicamento para que o tratamento fosse realmente eficaz. "O Clopidogrel é um medicamento amplamente utilizado em cardiologia. É basicamente o remédio de primeira opção. O teste farmacogenético é fundamental para evitar que as pessoas tenham problemas durante seu tratamento. Ainda custa caro, mas quando todo mundo fizer, a tendência é que preço caia", afirmou o professor Ascer. O empresário Adriano Afonso Soeiro, de 70 anos, sofreu um AVC no início deste ano e após a realização de uma série de exames, descobriu que estava com artérias entupidas e precisou colocar 4 stents. Recebeu a indicação do uso do Clopidogrel e decidiu fazer o teste farmacogenético para saber se a medicação seria eficaz para o seu organismo, pois a medicação que ele usava anteriormente não funcionou corretamente. O exame foi feito em casa, por meio da raspagem da parte interna das bochechas. O resultado demonstrou que ele precisa tomar o Clopidogrel duas vezes por dia para que o efeito no seu organismo seja adequado ao tratamento. "Foi tudo muito simples e eu estou muito bem. Retomei minhas atividades normalmente, inclusive faço academia. Vida normal", afirmou.

Quinta, 27 de Julho de 2017 - 19:10

Anvisa suspende venda e uso de lote de medicamento anestésico

por Renata Farias

Anvisa suspende venda e uso de lote de medicamento anestésico
Foto: Shutterstock

Um lote de um medicamento anestésico teve distribuição, comercialização e uso suspensos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). De acordo com resolução publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (27) o lote 14128815 do Ketamin (cloridato de dextrocetamina), solução injetável, 50 mg/mL, deve ser recolhido pela facricante, Cristália Produtos Químicos Farmacêuticos Ltda. A determinação está relacionada ao resultado insatisfatório obtido no ensaio de descrição da amostra, realizado pelo Instituto Adolfo Lutz.

Mutirão de Cirurgias atende população da região de Candeias
Foto: Divulgação

O município de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), recebe até esta sexta-feira (28) o Mutirão de Cirurgias da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab). As unidades móveis estão estacionadas na Praça Dr. Gualberto Dantas Fonte, no centro da cidade. Além de Candeias, são atendidos moradores de Santo Amaro, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Madre de Deus e Saubara.  Os pacientes passam por consultas pré-operatórias para serem submetidos a intervenções cirúrgicas de retirada de hérnias (umbilical, inguinal e epigástrica), além de histerectomia total e colecistectomia. Por dia, a ação promove 180 atendimentos pré-agendados e 20 por demanda espontânea. O paciente precisa ter indicação médica para a cirurgia e ter feito o cadastro na Secretaria de Saúde do município de residência. Caso não esteja cadastrado, mas tenha exames laboratoriais que comprovem a necessidade de uma das cirurgias oferecidas, ele pode passar pelas consultas pré-operatórias. É necessário apresentar RG, CPF, comprovante de residência e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Antes do procedimento cirúrgico, os pacientes fazem exames como ultrassonografia, eletrocardiograma e raio X. Cerca de 700 pessoas devem ser atendidas no município.

Médico usa ultrassom 4D para comparar bebês antes e depois do parto
Foto: Reprodução / Instagram

Um ginecologista e obstetra decidiu usar sua conta no Instagram para mostrar detalhes do seu trabalho. Com a ajuda de imagens de ultrassom 4D, o venezuelano Daniel Márquez mostrou como os bebês já apresentam suas futuras feições mesmo na barriga da mãe. Na comparação com uma foto após o parto, é possível ver que os pequenos já apresentam os mesmos traços e até trejeitos da primeira infância.

 

 

Prefeitura oferece atendimento odontológico gratuito na Praça da Sé
Foto: Reprodução / Google Street View

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) promove, em parceria com o Conselho Regional de Odontologia da Bahia, uma mobilização de assistência odontológica nesta quinta (27) e sexta-feira (28). A ação "Pra ficar bem na selfie" acontece na Praça da Sé, das 8h às 16h. A estimativa da SMS é avaliar e orientar cerca de 1,5 mil pessoas durante os dois dias do evento. Serão disponibilizadas 10 equipes de profissionais compostas por dentistas e auxiliares para serviços como avaliação odontológica, escovação supervisionada, palestras aplicação de flúor, além de orientações sobre formas de prevenção de cáries e outras doenças que acometem a boca. "O objetivo é orientar e estimular o cidadão a incorporar hábitos de higiene oral, além de disponibilizar o flúor na cavidade bucal, por meio do creme dental", pontuou a coordenadora da Saúde Bucal do município, Ticiane Mendonça. Os pacientes identificados com lesões ou que necessitarem de acompanhamento de média e alta complexidade serão encaminhados para os serviços especializados da rede municipal para realização do diagnóstico e continuidade ao tratamento. 

Devido a ameaça talibã, ONG fecha 20 hospitais no Afeganistão
Foto: MSF

A organização não governamental (ONG) Comitê Sueco para o Afeganistão (SAK) anunciou nesta quarta-feira (26) o fechamento de 20 de suas clínicas médicas na província de Laghman, na região nordeste do país, depois de ter sido ameaçada pelos talibãs. Segundo a Agência Brasil, a ONG também encerrou as atividades do seu escritório na província e dispensou as equipes que trabalhavam nos locais ameaçados, conforme comunicado da diretora do SAK no país, Madeleine Jufors. A organização atua em duas províncias no Afeganistão e tinha 54 hospitais em Laghman, que atendiam, aproximadamente, 460 mil pessoas. Apesar de 34 permanecerem abertos, a diretora não descarta que eles também possam fechar caso as intimidações aumentem. "Estou muito preocupada com o impacto que isto pode ter para quase meio milhão de crianças, mulheres e homens de Laghman, que poderiam ficar privados do direito a serviços médicos de emergência", advertiu Madeleine. Sobre a natureza das ameaças, a organização explicou que os insurgentes pediam a mudança de endereço e de alcance das clínicas em Laghman. "As demandas vão contra a política e acordo que nosso comitê tem com o Ministério da Saúde do Afeganistão", explicou à EFE a coordenadora de Comunicação do SAK, Humaira Ghani. Segundo ela, a ONG sueca só retomará o trabalho quando "os talibãs permitirem". 

Lauro de Freitas: Após reforma, Sesab reinaugura Hospital Jorge Novis
Foto: Divulgação

O secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, reinaugurou nesta quarta-feira (26) o Hospital Jorge Novis (HJN), em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (RMS). A unidade passa a contar com duas salas cirúrgicas equipadas para realizar cerca de 200 procedimentos de pequeno e médio portes por mês e 20 leitos de enfermaria, além de laboratório com capacidade de realizar 300 exames por dia, ambulatório de especialidades como endocrinologia, urologia, cardiologia, gastroenterologia, proctologia e anestesiologia, exames de ultrassonografia geral e ginecológica, eletrocardiograma e raio X. Durante a cerimônia, Vilas-Boas ressaltou as melhorias implementadas no município, a exemplo da PPP de imagem, recém-inaugurada no Hospital Geral Menandro de Farias, e a construção do Hospital Metropolitano. O gestor também ressaltou a importância do HJN para a realização de cirurgias eletivas, pontuando que os pacientes provenientes do Mutirão de Cirurgias, que atenderá em Lauro de Freitas de 2 a 4 de agosto, serão operados no hospital. "Além disso, esta unidade vai diminuir a pressão das unidades de emergência da região", acrescentou.

Quinta, 27 de Julho de 2017 - 07:10

Cientistas desenvolvem método para diferenciar Alzheimer de outra demência

por Fábio de Castro | Estadão Conteúdo

Cientistas desenvolvem método para diferenciar Alzheimer de outra demência
Foto: Shutterstock

Cientistas da Universidade de Brescia (Itália) desenvolveram um novo método não invasivo para distinguir a doença de Alzheimer da demência frontotemporal (DFT), dois tipos de demência que têm sintomas que podem ser confundidos, mas cujos tratamentos são diferentes. A descoberta foi publicada nesta quarta-feira (26), na Neurology, revista científica da Academia Americana de Neurologia. De acordo com a pesquisadora que liderou o estudo, Barbara Borroni, no passado acreditava-se que a DFT era uma doença rara, mas estudos mais recentes mostram que ela corresponde a até 15% dos casos de demência. "O problema é que, por causa de sua vasta gama de sintomas, a DFT é frequentemente diagnosticada de forma errada como um problema psiquiátrico, Alzheimer ou Parkinson", disse Barbara. A doença em geral afeta mulheres a partir dos 50 anos e é caracterizada por uma mudança radical de comportamento e problemas de linguagem. De acordo com Barbara, como não há cura para DFT, é importante identificar a doença com precisão para que os médicos possam tratar os sintomas e evitar terapias desnecessárias - como os remédios inibidores da acetilcolinesterase, por exemplo, que são prescritos para doença de Alzheimer, mas não funcionam bem para DFT. "Fazer o diagnóstico correto pode ser difícil. Os métodos atuais podem ser tomografias cerebrais muito caras, ou punções lombares invasivas, que envolvem a inserção de uma agulha na medula espinhal. Portanto, é animador que sejamos capazes de fazer o diagnóstico correto de maneira fácil e rápida, com um procedimento não invasivo", disse Barbara. A nova técnica, batizada de estimulação magnética transcraniana (EMT), consiste em colocar uma grande bobina eletromagnética no couro cabeludo. O aparelho gera correntes elétricas que estimulam as células nervosas. Para realizar a pesquisa, os cientistas conduziram um experimento envolvendo 79 pessoas com suspeita de Alzheimer, 61 pessoas com suspeita de DFT e 32 pessoas da mesma faixa etária que não apresentavam sinais de demência. Utilizando o EMT, os cientistas conseguiram medir a capacidade do cérebro para conduzir sinais elétricos entre diferentes circuitos cerebrais. Eles descobriram que as pessoas com doença de Alzheimer tinham problemas especialmente em um tipo de circuito, enquanto os pacientes com DFT apresentavam problemas em outro tipo de circuito. Com isso, os cientistas foram capazes de diferenciar a DFT da doença de Alzheimer com 90% de precisão. A precisão foi de 87% para a distinção entre Alzheimer e cérebros saudáveis e de 86% entre DFT e cérebros saudáveis. Segundo os autores do estudo, os resultados foram igualmente bons quando o teste foi feito apenas em pessoas com formas suaves da doença. De acordo com Barbara, a precisão dos resultados na comparação entre os dois grupos de pacientes foi comparável à dos testes de tomografia por emissão de pósitrons (PET, na sigla em inglês) e também à do método que utiliza fluido da medula espinhal por meio de punções lombares. "Se nossos resultados puderem ser replicados em estudos maiores, será muito emocionante. Os médicos poderão logo ser capazes de diagnosticar a DFT de forma rápida e fácil com esse procedimento não invasivo. Essa doença infelizmente não pode ser curada, mas pode ser administrada - especialmente se for diagnosticada precocemente", disse Barbara.

Bahiafarma quer se consolidar como produtor de insulina para Brasil e países vizinhos
Ronaldo Dias | Foto: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias

Após registro concedido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para produção e distribuição de insulina em território nacional (veja aqui), a Bahiafarma "quer se formatar como um player de insulina", afirmou o presidente da empresa, Ronaldo Dias. Em entrevista ao Bahia Notícias, ele explicou que o acordo para produção partiu do próprio Ministério da Saúde, provavelmente devido ao trabalho realizado na fabricação de testes rápidos de arboviroses, como zika e chikungunya. "O ministério acredita hoje que produtos estratégicos devem ter uma produção nacional e essa produção deve ter condição de concorrer para que o preço para o SUS [Sistema Único de Saúde] seja o menor possível", explicou. "Acho que, em virtude do bom trabalho do teste de diagnóstico, começamos a ter oportunidade de ter outros projetos junto ao ministério e começamos a discutir essa possibilidade da insulina", acrescentou. O projeto é fruto de uma parceria entre a Bahiafarma e a empresa ucraniana Indar, uma das líderes mundiais na fabricação de insulina, e prevê a instalação de uma fábrica na Bahia. "A gente está em discussão sobre o projeto. Acredito que deva começar [a construção da fábrica], se não esse ano, no início do ano que vem", pontuou Dias. Ainda assim, a previsão é que ainda em outubro deste ano a estatal baiana já inicie o fornecimento de insulina para o SUS. O gestor acredita que, no futuro, a Bahia dominará todo o processo de produção. "A gente quer dominar a tecnologia em território nacional, fazer até a produção do IFA [Insumo Farmacológico Ativo], fazer todo o processo da insulina aqui na Bahia. A tendência é que instale a fábrica e domine toda essa tecnologia aqui no estado", ressaltou. A princípio, toda a produção será adquirida pelo Ministério da Saúde, representando 50% do estoque nacional. O restante seria produzido pela atual fornecedora, a mineira Fundação Ezequiel Dias (Funed). A expectativa é que a produção se amplie e a Bahiafarma passe a fornecer insulina para países vizinhos. De acordo com dados do Ministério da Saúde, o Brasil tem aproximadamente 18 milhões de diabéticos, dos quais 600 mil são portadores de diabetes tipo 1, ou seja, dependentes de insulina.

Ordem de Rio Branco é entregue ao IML da Colômbia por trabalho em acidente da Chape
Foto: Beto Barata / PR

O governo brasileiro entregou ao Instituto de Medicina Legal da Colômbia a Ordem de Rio Branco, a mais alta condecoração da diplomacia do país, pelo trabalho realizado pelo órgão após o acidente com o avião que levava a delegação da Chapecoense para a disputa da decisão da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, em Medellín. "De alguma maneira, após o acidente, houve uma série de milagres, e o trabalho do Instituto de Medicina Legal foi um desse", disse no ato solene de entrega da condecoração o embaixador do Brasil em Bogotá, Julio Glinternick Bitelli. Segundo a Agência Brasil, o diplomata explicou que, após o acidente, conversou com especialistas do Brasil. Eles disseram que seria impossível identificar as 71 pessoas que morreram na tragédia, entre jogadores, técnicos, dirigentes, jornalistas e a tripulação, de forma tão rápida como foi feito pelo órgão colombiano. "Com pouco mais de três dias, 70 vítimas estavam identificadas e liberadas para serem levadas ao Brasil. Isso com uma qualidade de serviço que não tem precedentes", afirmou. "O ato de hoje é um reconhecimento por esse trabalho, um agradecimento pelo que foi feito naqueles dias em Medellín e é um símbolo da aproximação entre as duas nações, e do que poderemos fazer no futuro juntos", completou Bitelli. Por sua vez, o diretor do Instituto de Medicina Legal, Carlos Eduardo Valdés, disse que a homenagem é um dos momentos mais emocionantes vividos pela instituição, que tem 103 anos. "O instituto não está acostumado que lhe agradeçam por tudo o que faz no dia, todos os esforços de funcionários e funcionárias. A generosidade do povo do Brasil não tem limites", disse Valdés. No discurso, Valdés agradeceu pelo trabalho da Polícia, da Aeronáutica Civil (Aerocivil), promotoria, prefeitura de Medellín e do governo de Antioquia, entre outros órgãos, que colaboraram nas horas depois do acidente de novembro do ano passado. A Ordem de Rio Branco também foi concedida ao prefeito de Medellín, Federico Gutiérrez Zuluaga, e a outros quatro funcionários da cidade em uma homenagem à Colômbia que ocorreu em dezembro do ano passado, em Brasília. Também receberam a condecoração a apresentadora da Caracol TV, Mónica Jaramilo, e Johan Alexis Ramírez Castro, de 15 anos, que ajudou a guiar os socorristas ao local do acidente.

Em caso raro, criança sul-africana fica livre do HIV após 8 anos sem tratamento
Foto: Divulgação

O caso de uma menina sul-africana de nove anos que nasceu soropositiva intrigou cientistas. De acordo com relato feito nesta segunda-feira (24), em uma conferência de Aids em Paris, a paciente se manteve livre do HIV por mais de oito anos sem medicação. As drogas antirretrovirais foram usadas por apenas um ano antes da remissão completa do vírus, uma situação rara. "O caso traz a esperança de que o tratamento pode não ser para a vida inteira, mas é raro", pontuou Linda-Gail Bekker, presidente da International AIDS Society (IAS). "Há mais perguntas que respostas". A maioria dos pacientes precisa tomar o medicamento por toda a vida para manter o controle do HIV. No entanto, segundo o jornal O Globo, essa paciente fez parte de um ensaio clínico sobre efeitos de drogas antirretrovirais em bebês com o vírus. Ela recebeu tratamento logo após o parto e foi monitorada para observação de sinais de recaída.

Quarta, 26 de Julho de 2017 - 15:10

Salvador inclui lembrança a 4 problemas de saúde em calendário oficial de eventos

por Renata Farias

Salvador inclui lembrança a 4 problemas de saúde em calendário oficial de eventos
Foto: iStock

A prefeitura de Salvador incluiu nesta quarta-feira (26) quatro datas relacionadas à saúde no Calendário Oficial de Eventos do Município. De acordo com o Diário Oficial do Município, setembro será considerado o Mês de Combate ao Suicídio. Considerando que 10 de setembro é o Dia Mundial de Combate ao Suicídio, a decisão tem a finalidade de conscientizar os cidadãos sobre alertas, tratamentos e prevenção e sobre a importância de se ressaltar a valorização da vida. Já na segunda semana de outubro, será lembrada na capital baiana a Semana Municipal de Combate à Depressão Infantil. O objetivo é conscientizar a população sobre modos de combater e prevenir o problema em todas as suas formas e pode envolver ações informativas e educativas. Também foi instituído o Mês de Conscientização do Mieloma Múltiplo, a ser lembrado em março. O objetivo é que sejam criadas parcerias público-privadas para promover ações de conscientização sobre a doença, bem como meios de prevenção. A prefeitura instituiu ainda a Semana Municipal de Combate ao Câncer Gástrico. No entanto, a medida não cita a data em que o evento será incluído.

Quarta, 26 de Julho de 2017 - 13:10

Presidente do STJ mantém quiropraxia por terapeutas no SUS

por Julia Affonso e Fausto Macedo | Estadão Conteúdo

Presidente do STJ mantém quiropraxia por terapeutas no SUS
Foto: Shutterstock

A ministra Laurita Vaz, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), indeferiu o pedido liminar em mandado de segurança impetrado pela Associação Brasileira de Quiropraxia (ABQ) que pedia a suspensão da inclusão, realizada pelo Ministério da Saúde, de profissionais não habilitados com graduação em ensino superior para o exercício do tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS). As informações foram divulgadas no site do STJ - Mandado de Segurança 23624. O pedido da ABQ foi feito contra portaria do ministro da Saúde que, em 27 de março de 2017, decidiu manter fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais como profissionais capacitados para a prática da quiropraxia. A associação alega que essa decisão coloca a "quiropraxia no Brasil à mercê de prática comum a profissional sem formação, podendo trazer graves problemas aos pacientes do SUS". De acordo com o processo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) entende a quiropraxia como profissão independente das demais da área da saúde e que deve ser desempenhada por profissional habilitado por meio de curso de bacharelado em nível superior. Laurita entendeu que, neste caso, não há a demonstração inequívoca da existência de risco caso não seja concedida a liminar. "Na hipótese dos autos, verifica-se que o ato impugnado foi publicado em 27/3/2017, há mais de três meses, portanto, e só agora a Impetrante contra ele se insurgiu. Ademais, apesar de formular pedido liminar, a Impetrante não trouxe nenhum fundamento para justificar eventual perigo da demora", concluiu a ministra. O mérito do mandado de segurança será julgado pela Primeira Seção, sob a relatoria do ministro Og Fernandes. 

Quarta, 26 de Julho de 2017 - 12:20

Itagimirim: Acordo tentar ‘salvar’ hospital que sofre com problemas de estrutura

por Cláudia Cardozo / Francis Juliano

Itagimirim: Acordo tentar ‘salvar’ hospital que sofre com problemas de estrutura
Foto: Reprodução / Google Maps

Um termo de ajustamento de conduta [TAC] foi estabelecido para tentar recuperar o único hospital de Itagimirim, na Costa do Descobrimento, no sul baiano. A medida foi celebrada entre o Ministério Público do Estado (MP-BA) e a prefeita Devanir Brilhantino, como forma de atender a população que precisa dos serviços do Hospital Municipal Luís Eduardo Magalhães. O acordo dá prazo de 60 dias para recuperação dos equipamentos de raio-X, ultrassom, berços aquecidos, incubadora e máquinas industriais de lavar roupas. Já no período de até 90 dias, a prefeitura deve resolver problemas de: infiltração, pintura interna, telhado, janelas, pia da sala de curativos, além de fazer a limpeza geral das dependências internas e externas. Segundo o promotor de Justiça Helber Luiz Batista, em caso de não cumprimento, a prefeitura deve pagar multa de R$ 4 mil diários, além de estar sujeita a novas ações judiciais. A medida foi publicada nesta terça-feira (25) no Diário da Justiça Eletrônico.

Criança é internada com suspeita de febre maculosa em Feira de Santana
Carrapato-estrela foi encontrado na menina | Foto: Reprodução / TV Subaé

Uma menina de três anos foi internada no município de Feira de Santana com suspeita de febre maculosa. A doença pode ser transmitida pela picada de um carrapato, suspeita que surgiu após os pais encontrarem um exemplar do animal na cabeça da criança. A paciente foi levada para o Hospital Estadual da Criança ao apresentar dor e febre. Em entrevista ao G1, o pai contou que a menina teve febre de 40 graus, além de diarreia e vômito. Uma amostra do sangue da criança está em análise no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), em Salvador, segundo informações da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab). Mortes por febre maculosa não eram registradas no estado há 17 anos, e o último caso foi confirmado em 2012. Apesar de não ser comum no Norte e Nordeste do país, dois casos da mesma doença foram confirmados em Salvador, informou a Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Um dos pacientes foi infectado no município de Santo Amaro, no Recôncavo baiano. Ainda assim, os órgãos descartam a possibilidade de surto. 

Centro odontológico do Cabula passa a oferecer serviço integral à população
Foto: Reprodução / Google Street View

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que o Centro Especialidades Odontológicas (CEO) do Cabula opera plenamente a partir de agora, com capacidade de cerca de 1,5 mil atendimentos por mês. Localizada na Rua Alto da Cachoeirinha, a unidade funcionava parcialmente. "É uma unidade de ponta com o sistema de atendimento informatizado que garante mais eficiência no acompanhamento do usuário assistido pelo equipamento. Trata-se de uma das unidades mais bem avaliadas da nossa rede, preparada para receber os pacientes encaminhados pela atenção básica para continuidade de tratamentos de média e alta complexidade", afirmou o titular da pasta, José Antonio Rodrigues Alves. No total, 25 profissionais entre cirurgiões dentistas e auxiliares atendem o público de segunda a sexta-feira (exceto feriado), das 7h às 17h. De acordo com o secretário, para garantir a integralidade da assistência em saúde bucal na região, a Unidade de Saúde da Família Fernando Filgueiras já opera com capacidade de atender cerca de 8 mil pessoas da comunidade. "Com o funcionamento das duas unidades, conseguimos oferecer ao usuário da localidade uma rede integrada com atendimento primário e preventivo que fazem parte do Programa de Saúde da Família, além da assistência especializada para os casos de média e alta complexidade no CEO", pontuou Rodrigues Alves. 

Coordenação do Planserv nega privatização ou terceirização do plano
Foto: Tiago Dias/ Agência Brasil

Diante da repercussão da licitação que será realizada pelo Planserv para aprimoramento da gestão, o plano se manifestou sobre o certame e reafirmou que não há intenção de “qualquer tipo de privatização ou terceirização do Planserv”. “Caminhamos no sentido contrário, visando fortalecer a gestão e melhorar o atendimento aos beneficiários”, disse Cristina Cardoso, coordenadora-geral do Planserv, nesta terça-feira (25). A gestora afirma que a empresa que será contratada modernizará o plano, o maior do Norte e Nordeste. “Já realizamos uma audiência pública e é fundamental a participação de todos para que seja assegurada a transparência que buscamos. O Planserv já é um dos maiores planos do Brasil e agora vai se tornar um dos mais modernos”. A vencedora da licitação, cujo termo de referência está no site comprasnet.ba.gov.br, prestará serviços de apoio operacional, atualização científica e tecnológica, especialização e modernização de processos, sistemas e serviços ligados ao plano de assistência à saúde dos servidores estaduais. 

Terça, 25 de Julho de 2017 - 21:10

Sesab promove webpalestra sobre esquistossomose

Sesab promove webpalestra sobre esquistossomose
Foto: Divulgação

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) promove, na próxima quinta-feira (27), uma webpalestra com tema "Manejo clínico da esquistossomose". A palestra, que acontece a partir das 14h30, será realizada pelo médico Mitermayer Galvão dos Reis, Mestre em Patologia Humana pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). O evento pode ser acompanhado por meio do site da Telessaude (clique aqui).

Cólera deve atingir 1 em cada 45 iemenitas até o fim de 2017, aponta Cruz Vermelha
Foto: Unicef / Divulgação

Um comunicado da Cruz Vermelha Internacional revelou que o número de casos de cólera no Iêmen pode ultrapassar 600 mil até o fim deste ano, no que já é considerado a crise mais grave de cólera do mundo. Especialistas da organização afirmam que um em cada 45 iemenitas podem ser atingidos pela enfermidade até o fim de 2017. O presidente da Cruz Vermelha, Peter Maurer, disse que a tragédia do surto de cólera é feita por mãos humanas e algo completamente evitável. Segundo a Agência Brasil, ele afirmou que a epidemia é uma consequência direta do conflito armado que arrasou a infraestrutura do país, levando todo o sistema de saúde ao fracasso. Para Maurer, esse sofrimento dos iemenitas, sem a menor necessidade, é algo enfurecedor. Com os bombardeios constantes ao Iêmen, as estações de água e esgoto do país foram destruídas levando a uma rápida disseminação do cólera. Além disso, menos da metade das instalações de saúde do país estão funcionando. Além do cólera, a população está exposta agora a outras doenças como malária e dengue. 

Voluntárias Sociais doam R$ 764,2 mil ao Aristides Maltez para UTI e centro cirúrgico
Foto: Alberto Coutinho / GOVBA

A primeira-dama do Estado e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), Aline Peixoto, realizou a entrega de R$ 764,2 mil, arrecadados durante o Forró Solidário, ao Hospital Aristides Maltez (HAM). A doação foi feita na manhã desta terça-feira (25) no auditório do hospital, no bairro de Brotas, em Salvador, com a presença da primeira-dama e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), Aline Peixoto. O dinheiro será utilizado para a construção de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com 10 leitos e na ampliação do Centro Cirúrgico do HAM. “Esta torre vai permitir uma UTI com dez leitos, uma sala de cirurgia com perspectiva de modernidade, porque estamos preparando ela para receber cirurgia robótica, que na Bahia não tem, isso é acontecimento do sul e sudeste, além de nos permitir mais 16 leitos que serão destinados para pacientes em cuidados paliativos, com a doença muito avançada e que hoje ocupam leitos de pessoas que podem se tratar, se curar porque o câncer está numa fase inicial”, detalhou o presidente da Liga Baiana Contra o Câncer, Aristides Maltez Filho. As obras já têm previsão de início e entrega: o lançamento da pedra fundamental ocorrerá em novembro deste ano, com conclusão prevista para agosto ou setembro de 2018. A meta é passar de 232 a 250. “O câncer é a doença da atualidade ou, pelo menos, ela se manifestou com mais ênfase na atualidade porque o brasileiro, o homem de um modo geral está vivendo mais. A média de vida hoje do brasileiro é 73, 75 anos. Até bem pouco tempo, seis, sete décadas atrás, era de 40, 45 anos”, apontou Aristides Filho.

Hemoba realiza coleta externa de sangue no Salvador Shopping e Hammer Fitness Club
Foto: Agência Brasil

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) estaciona suas unidades móveis em dois locais de Salvador para atendimento de interessados em realizar doação de sangue e cadastro de medula óssea. Desta terça (25) à próxima sexta-feira (28), um Hemóvel estará na entrada principal do Salvador Shopping, piso G1. Outra unidade estará nesta quarta e quinta na Hammer Fitness Club, na rua Capitão Melo, Stella Maris. Para doar sangue, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos e ter idade entre 16 e 69 anos - menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal. É necessário estar descansado e bem alimentado, além de portar um documento oficial com foto em bom estado de conservação.

Ancestrais humanos podem ter feito sexo com espécie 'fantasma', aponta estudo
Foto: Universidade de Buffalo / Divulgação

A possibilidade de que, no passado, os seres humanos tenham se relacionado sexualmente com outras espécies de hominídeos não foi descartada pela ciência. Hoje, todas as demais espécies estão extintas, mas um estudo aponta que uma espécie “fantasma” – conhecida assim porque até hoje nunca encontraram fósseis correspondentes – pode ter contribuído geneticamente para a evolução do ser humano. A informação foi revelada em uma pesquisa da Universidade de Buffalo, nos Estados Unidos. "Parece que o cruzamento entre diferentes espécies de hominídeos não era exceção – era norma", apontou Omer Gokcumen, PhD, professor assistente de ciências biológicas na Universidade de Artes e Ciências de Buffalo. Segundo informações do UOL, foi através da saliva que os cientistas perceberam que esse encontro sexual pode ter contribuído com material genético para pessoas que vivem na África Subsaariana. "Nossa pesquisa traçou a evolução de uma importante proteína de mucina chamada MUC7 que se encontra na saliva", explicou o professor. "Quando analisamos a história do gene que codifica a proteína, vemos a assinatura da mistura arcaica nas populações africanas modernas", acrescentou Gokcumen. A pesquisa analisou material genético de 2.500 pessoas e, de acordo com os cientistas, o que mais chamou atenção foi perceber que o código genético de pessoas da África Subsaariana tinham versões muito distintas do restante do mundo, o que indica a mistura de espécies há cerca de 150 mil anos.

Estudo aponta que injeção mensal pode substituir tratamento diário contra HIV
Foto: Shutterstock

Uma injeção mensal de antirretroviral, em vez de um comprimido por dia, pode ser suficiente para os portadores do vírus da imunodeficiência humana (HIV) manterem a infecção sob controle. É o que indica um estudo divulgado nesta segunda-feira (24) na nona edição da Conferência de Investigação sobre o HIV, organizada pela Sociedade Internacional contra a Aids. Apresentado em Paris pelo cientista da Universidade da Carolina do Norte (EUA) Joseph Eron, o trabalho sugere que os portadores em estado de supressão viral respondem bem às injeções, sejam as administradas a cada quatro semanas ou as tomadas a cada oito. Atualmente, os portadores do HIV devem tomar um comprimido por dia para que o vírus seja indetectável e não seja transmitido, ainda que não seja possível eliminá-lo completamente. "Para alguns soropositivos, um tratamento injetável de longa duração pode ser mais cômodo e menos estigmatizante do que o atual, o que poderia aumentar a taxa de continuidade", defendem criadores do teste, segundo informações da Agência Brasil. Já foram realizados experimentos em centenas de pessoas. De acordo com o vice-presidente da conferência, Jean-François Delfraissy, a devida continuidade do tratamento é fundamental, já que quando interrompida pode provocar aumento da resistência do vírus aos medicamentos, o que é extremamente preocupante. Dados divulgados na última semana pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (Unaids) apontam que 19,5 milhões das 36,7 milhões de pessoas que têm o vírus do HIV no mundo têm acesso ao tratamento.

Epidemia de chikungunya é confirmada no Ceará, com quase 60 mil casos
Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas

Uma epidemia de arboviroses, especialmente chikungunya, foi confirmada pela Secretaria da Saúde do Ceará. No último boletim semanal, foi registrado o aumento das notificações de casos de chikungunya". Os dados apontaram um total de 58.957 casos da doença no estado. Segundo a Agência Brasil, mais de 80% das cidades cearenses já registraram casos confirmados da doença, que levaram 51 pessoas à morte. As cidades de Acopiara, Beberibe, Caucaia, Maranguape, Morada Nova, Pacajus, Senador Pompeu e a capital Fortaleza concentram 40 óbitos por chikungunya. Desde o início do ano, foram notificados 103 mil casos da doença, dos quais 57% foram confirmados (58.957). Segundo a Secretaria de Saúde do Ceará, a “tendência crescente” de notificações gerou uma taxa de incidência de 1.099 casos para cada 100 mil habitantes. As principais vítimas são pessoas do sexo feminino, entre 20 e 59 anos. Em relação à dengue, o Ceará registrou mais de 65 mil notificações em 2017. A secretaria identificou incidência acima do limite superior, chegando a 56 casos para cada 100 mil habitantes – maior pico do ano. Até o momento, 24,6% dos casos suspeitos foram confirmados, principalmente entre pessoas do sexo feminino e com idades entre 15 e 49 anos. A porcentagem equivale a pouco mais de 16 mil confirmações em todo o estado, entre os quais, 13 foram caracterizados como graves, levando 8 pessoas à morte. O vírus Zika já foi confirmado em 432 pessoas, também incidindo preferencialmente em mulheres entre 15 e 49 anos. O número de notificações da doença em gestantes chegou a 941, no entanto apenas 44 foram confirmados por análises de laboratório, nas cidades de Fortaleza, Brejo Santo, Icó, Independência e Caucaia.

Convênio com Sesab busca reduzir em 30% necropsias no Departamento de Polícia Técnica
Foto: Divulgação

Um convênio assinado nesta segunda-feira (24) com a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA) transferiu para patologistas da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) as necropsias em casos de mortes naturais. De acordo com as pastas, a transferência culminará na redução de 30% dos procedimentos feitos por peritos médicos-legistas. Uma sala do Instituto Médico Legal (IML) foi cedida para o trabalho da equipe de profissionais da Sesab. "É um grande passo para desafogarmos o fluxo de exames de mortes naturais que sobrecarregavam as ações do DPT", ressaltou o titular da SSP-BA, Maurício Barbosa. "A  importância do serviço reside no fato de que o esclarecimento das causas da morte de um paciente é fundamental para a definição das políticas de saúde, da implantação de medidas oportunas de vigilância às doenças, para a promoção de diagnósticos e para o acompanhamento de surtos ou casos isolados de doenças emergentes ou reemergentes", explicou o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas. O Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) será o responsável pela realização de necropsias em pessoas que morreram sem conhecimento da causa mortis ou com diagnóstico de moléstia não definida ou não identificada. A demanda do SVO será de instituições de saúde pública ou conveniadas com o Sistema Único de Saúde (SUS).

Terça, 25 de Julho de 2017 - 07:10

Campanha realiza teste gratuito de hepatite C em quatro municípios baianos

por Estadão Conteúdo

Campanha realiza teste gratuito de hepatite C em quatro municípios baianos
Foto: Getty Images

No dia 28 de julho é comemorado o Dia Mundial de Combate às Hepatites. A doença viral do tipo C é a mais comum e é meta da Organização Mundial da Saúde (OMS) erradicá-la até 2030. Com o objetivo de identificar e tratar o maior número de pessoas portadoras do vírus, a Semana Hepatite Zero realiza testes rápidos de hepatite C em todo o Brasil entre 24 e 28 de julho. A campanha é uma iniciativa da Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite (ABPH) em parceria com o Rotary Club. Em 2016, mais de 100 mil pessoas fizeram o teste, das quais 1.015 foram diagnosticadas com a doença e encaminhadas ao tratamento adequado. O teste é rápido e feito com apenas algumas gotas de sangue retiradas da ponta do dedo. Com o diagnóstico positivo, as pessoas serão orientadas e encaminhadas para o tratamento adequado e gratuito em uma unidade da ABPH. A hepatite C é uma infecção causada por um vírus transmitido através do contato com sangue contaminado. Embora ataque, principalmente, o fígado - chegando a desencadear cirrose ou câncer -, a doença interfere na ação da insulina no organismo e pode causar diabetes tipo 2. Porém, a doença é silenciosa, ou seja, não há sintomas na maioria dos casos. No Brasil, ela atinge 2 milhões de pessoas, das quais 70% não sabem que a possuem e apenas 10% foram tratadas. A boa notícia é que a doença tem cura: 95% dos casos mundiais em um período de três a seis meses de tratamento, segundo a OMS. Assim, entidades e sociedades médicas alertam para a importância de se fazer o teste. Na Bahia, o teste estará disponível nas unidades do Rotary Club em Eunápolis, Porto Seguro, Itanhém e São Félix. A campanha está em todo o Brasil, e as demais cidades serão atualizadas pela Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite no Facebook.

Doença infecciosa se espalha em presídio da Papuda e já atinge mais de 2 mil detentos
Foto: Ministério Público/Divulgação

Em apenas uma semana a quantidade de detentos contaminados por doenças infecciosas no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, quase triplicou. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, o número passou de 692 para 2.095 e atualmente atinge cinco prédios do complexo, sendo que na atualização anterior eram apenas dois. A penitenciária é destino de presos da Operação Lava Jato, como o ex-ministro Geddel Vieira Lima, que já foi libertado, o doleiro Lúcio Funaro e o ex-senador Luiz Estêvão. As doenças foram identificadas como escabiose - sarna - e impetigo, doenças de pele provocadas por ácaros e bactérias. A aglomeração de pessoas e o ambiente fechado contribuem para que a doença se instale e espalhe. Os sintomas podem afetar, inclusive, as regiões íntimas dos detentos. Todos os detentos têm que ser tratados de uma vez com antibióticos e pomadas. 

Segunda, 24 de Julho de 2017 - 21:10

Lote de Benzol é proibido pela Anvisa

por Renata Farias

Lote de Benzol é proibido pela Anvisa
Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a distribuição, comercialização e uso de um lote do medicamento Benzol (albendazol) comprimidos 400 mg. Fabricado pela empresa Green Pharma Química e Farmacêutica Ltda., o lote 3415 apresentou resultado insatisfatório no ensaio de dissolução. Em resolução publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (24), a Anvisa determinou que a empresa promova o recolhimento de todo o estoque existente no mercado.

Jequié: Centro de Diagnóstico por Imagem é inaugurado no Hospital Prado Valadares
Foto: Divulgação

O governador Rui Costa entregou neste sábado (22) a segunda etapa de implantação do Centro de Bioimagem do Hospital Geral Prado Valadares (HGPV), no município de Jequié. Com investimento de R$ 11,9 milhões, foram instalados equipamentos de tomografia computadorizada e ressonância magnética. "Estamos implantando este modelo de administração por meio de parceria público-privada, que agiliza a manutenção. Os aparelhos podem ser consertados com mais rapidez, sem precisar ficar parados. Com isso, a gente tem garantia, porque passa a ser interesse da empresa que o hospital produza e atenda o povo com qualidade todos os dias", afirmou Rui. O governador aproveitou para autorizar a retomada das obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) localizada na avenida Governador Lomanto Júnior, no loteamento Santa Luz, no bairro Cansanção.

Jovem escolhe curso de medicina para tratar a própria doença e é aprovado em 1º lugar
Foto: Arquivo Pessoal

Aprovado em primeiro lugar no vestibular para medicina da Universidade de Brasília (UnB) , o estudante Augusto Polveiro, de 19 anos, decidiu ingressar no curso na tentativa de tratar seu próprio problema de saúde. O jovem tem dores frequentes no punho, com movimento cada vez mais limitado em uma das mãos. Apesar de consultas com diversos médicos, não há um diagnóstico fechado para o seu caso. Uma das médicas acredita que as dores sejam causadas por síndrome do túnel do carpo, uma doença que comprime o nervo do punho e leva à dormência das mãos. "Eu lia apostilas e conteúdo na internet, mas quando desconfiava das informações, confrontava com os livros do Ensino Médio. Lia e costumava explicar para parede", contou Polveiro ao G1, sobre sua rotina de estudos. O jovem chegou a ser aprovado no curso de física pelo Programa de Avaliação Seriada (PAS), mas abandonou a graduação por acreditar que sua vocação seria a medicina. "Aprender a estrutura da molécula de uma enzima chamava mais a atenção do que o entendimento do campo elétrico", comentou. Mesmo com cursinho preparatório e estudo em casa, Polveiro revelou que teve "momentos de desespero". "Eu olhava para os colegas e via que estava muito atrasado no conteúdo, mas aconselho que o tempo de descanso é fundamental. Eu estudava com calma e tentava evitar ao máximo a estafa", disse. O estudante ainda não tem certeza sobre a área da medicina na qual pretende se especializar, mas a neurologia é o que mais desperta sua curiosidade.

Histórico de Conteúdo