Dia da Pessoa com Alzheimer: Entidade alerta sobre importância de diagnóstico precoce
Foto: Shutterstock

A organização não governamental (ONG) Alzheimer's Disease International - ADI (Associação Internacional do Alzheimer) alertou nesta quinta-feira (21), Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer, sobre a necessidade de conhecimento dos sinais de alerta da doença, para aumento da possibilidade de diagnóstico precoce. Segundo a Agência Brasil, a entidade ressaltou que o diagnóstico precoce da doença empodera a pessoa, seus familiares e cuidadores a estarem melhor preparados e informados para lidar com o avanço da doença. Nas fases iniciais, os sintomas do Alzheimer podem ser muito sutis. Frequentemente começam por lapsos de memória, dificuldade em encontrar as palavras certas para objetos do dia a dia, desorientação de tempo e espaço, guardar coisas fora de lugar, alterações de humor e isolamento social e do trabalho. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, Alzheimer é a forma mais comum de demência, responsável por 60% a 70% dos casos. A estimativa é de que, no mundo inteiro, 47 milhões de pessoas sofram de demência e, a cada ano, cerca de 10 milhões de novos casos sejam registrados. A ONG afirmou que duas de cada três pessoas acreditam que há pouca ou nenhuma compreensão da demência em seus países. A estigmatização e a desinformação que envolvem o Alzheimer continuam sendo um problema global.

Rio de Contas: MP pede inclusão de hospital municipal no Cremeb
Foto: L12

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) recomendou à Secretaria Municipal de Saúde do Município de Rio de Contas, no centro sul do estado, que promova a inscrição do Hospital Municipal de Rio de Contas no Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb). Além disso, o MP, por meio do promotor de Justiça Millen Castro, solicita que sejam adotadas as providências para a nomeação do profissional que atuará como responsável técnico médico do hospital. Segundo o promotor de Justiça, o hospital estaria funcionando de forma irregular, já que não tem inscrição junto ao Cremeb e nem responsável técnico. Millen Castro destaca que, conforme decreto n° 20.931/1932, “nenhum estabelecimento de hospitalização ou de assistência médica pública ou privada poderá funcionar, em qualquer ponto do território nacional, sem ter um diretor técnico e principal responsável, habilitado para o exercício da medicina nos termos do regulamento sanitário federal”.

Portugal identifica pela primeira vez mosquito transmissor da dengue
Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas

A Direção-geral de Saúde de Portugal anunciou nesta quarta-feira (20) que o mosquito Aedes foi detectado pela primeira vez no país. "À semelhança do verificado em vários países da Europa, foi agora identificada, pela primeira vez em Portugal, na região Norte, a espécie de mosquito Aedes albopictus", informou o órgão. Ainda assim, segundo o jornal O Globo, foi informado que "até o momento não há indícios de risco acrescido para a saúde da população". De acordo com a especialista da Direção-geral da Saúde no país, Paula Vasconcelos, "não há nenhuma indicação" de que o mosquito capturado pelo sistema de vigilância nacional de vetores esteja infectado por um agente biológico. A profissional pontuou ainda que a detecção do mosquito não é uma situação inesperada, já que ele já é encontrado em outros países europeus.

Quinta, 21 de Setembro de 2017 - 17:10

MP-BA apura irregularidades na USF de Sussuarana; SMS nega problemas

por Renata Farias

MP-BA apura irregularidades na USF de Sussuarana; SMS nega problemas
Foto: Divulgação

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) instaurou um inquérito na última segunda-feira (18) para apurar irregularidades na Unidade de Saúde da Família (USF) Raimundo Agripino, no bairro de Sussuarana. Uma das questões apuradas é a suposta insuficiência do controle de frequência dos servidores. No entanto, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que a unidade utiliza ponto biométrico para controle de frequência dos profissionais. O órgão ressaltou ainda que "todos os serviços que necessitam de equipamentos de informática como dispensação de medicamentos, marcação de exames e consultas e administração contam com computadores para o desempenho das atividades", já que foi apontada insuficiência de equipamentos de informática. O inquérito apura ainda ausência de bebedouro e ventiladores, negada pela SMS. "Profissionais e pacientes contam com água para beber disponibilizadas por garrafões.  Sobre os ventiladores um dos equipamentos apresentou problema, mas já foi solicitado o reparo", disse. A ausência de linha telefônica, por sua vez, foi justificada com um problema na fiação, já encaminhado para manutenção. A secretaria negou também a ausência de material básico e insuficiência de uniformes para os servidores.

Atividade física promove socialização e bem estar às pessoas portadoras de deficiência
Foto: Divulgação / Hammer

O Dia Nacional de Luta da Pessoa Portadora de Deficiência é celebrado nesta quinta-feira, dia 21 de setembro. Criada em julho de 2005, através da Lei Federal n° 11.133, a data tem por objetivo conscientizar sobre a importância do desenvolvimento de meios de inclusão das pessoas com deficiência na sociedade, bem como motivá-las a lutarem pela construção de uma sociedade inclusiva, onde possam viver de forma igualitária e sem preconceitos. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui 6,2% de pessoas com algum tipo de deficiência.


Neste sentido, a prática regular de atividade física atua como uma importante aliada para a socialização e inclusão dos portadores de deficiência, é o que afirma o fisioterapeuta esportivo, Arivan Gomes, parceiro da rede Hammer Fitness Club. Além disso, devido ao preconceito que normalmente sofrem existe uma grande prevalência de deficientes físicos sedentários, já que eles mesmos tendem a se recluir, evitando a exposição e a prática de atividade. “Por isso, é muito importante que tenhamos profissionais capacitados para atender às necessidades destes indivíduos, para que as adaptações de treinos façam com que eles se sintam incluídos no processo”, diz.


Já na parte física o fisioterapeuta ressalta a importância do exercício físico para o fortalecimento das extremidades. “Um paraplégico que não tem movimentos nos membros inferiores, por exemplo, certamente precisa fortalecer bastante os membros superiores, para compensar e ele ter a possibilidade de poder usar os braços para sustentar o próprio peso, fazer movimentos funcionais, transferências da cama pro chão e/ou para o banheiro”, exemplifica Gomes. Ainda segundo ele, o fortalecimento das outras extremidades e dos outros seguimentos é muito importante nesse quesito, mas, também, para que tenham um alto nível de qualidade de vida, bem estar, condicionamento cardiovascular e todos os outros benefícios que as pessoas não deficientes têm.


Com poliomielite desde os nove meses de vida, a arquiteta Ranice Almeida, 50 anos, aluna da Hammer Fitness Club, frequenta a academia entre 3 a 4 vezes na semana. Confirmando os benefícios citados pelo fisioterapeuta, Ranice afirma que prática regular de atividade contribui tanto para o fortalecimento da musculatura, ajudando a suportar o peso e a condição física de ter uma perna menor que a outra, quanto para a melhoria do condicionamento físico, aumento da disposição e ânimo para as atividades.


De acordo com o educador físico Pablo Gavazza, coordenador técnico da rede Hammer Fitness Club, a prescrição de treino para indivíduos com deficiência deve ser feita de forma personalizada, respeitando a sua condição física e/ou mental, além das suas limitações. “É importante, ainda, considerar a aptidão e preferência do aluno, para que a atividade seja, também, prazerosa”, ressalta. Consideradas estas premissas, podem ser realizados exercícios de musculação, caminhadas, atividades aeróbicas, yoga, pilates, natação e outras atividades na água, como aquabike e hidroginástica, dança, entre outros. “Vale salientar que assim como qualquer outra pessoa, é muito importante que toda e qualquer atividade física seja acompanhada por um profissional de educação física para evitar lesões e outros problemas relacionados à prática errônea de algum exercício”, ressalta Gavazza. 

Número de suicídios cresce 12% no Brasil em 5 anos; Ministério da Saúde anuncia ações
Foto: Shutterstock

O Brasil registrou um aumento de 12% no número de suicídios em cinco anos. Foram 10.490 mortes, em 2011, e 11.736, em 2015. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (21) pelo Ministério da Saúde, como resultado do primeiro Boletim Epidemiológico de Tentativas e Óbitos por Suicídio no Brasil. Um dos pontos ressaltados pela pasta foi a alta taxa de suicídio entre idosos com mais de 70 anos. Nessa faixa etária, foi registrada uma média de 8,9 óbitos por 100 mil habitantes. Também chamam atenção os altos índices entre jovens, principalmente homens, e indígenas. De acordo com o boletim, foram 48 mil tentativas de suicídio. Os homens concretizaram o ato mais do que as mulheres, correspondendo a 79% do total de óbitos registrados. O diagnóstico mostrou ainda que a maioria das mortes registrada no período foi por enforcamento (62%). Os solteiros, viúvos e divorciados, foram os que mais morreram por suicídio (60,4%). Na comparação entre raça/cor, a maior incidência é na população indígena. A taxa de mortalidade entre os índios é quase três vezes maior (15,2 por 100 mil) do que o registrado entre os brancos (5,9) e negros (4,7). Com base no documento, o Ministério da Saúde pretende expandir e qualificar a assistência em saúde mental no país. Existem no país 2.463 Centros de Apoio Psicossocial (CAPS) e, no último ano, foram habilitadas 146 unidades, com custeio anual de R$ 69,5 milhões do Ministério da Saúde. Por isso, a agenda estratégia prevê a expansão dessas unidades nas regiões de maior risco. Também será ampliada a parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV). A partir do próximo dia 30, além do Rio do Grande do Sul, o 188 ficará disponível sem custo de ligação para mais oito estados: MS, SC, PI, RR, AC, AP, RO e RJ. Está prevista ainda a elaboração de materiais de orientação para ampliar a comunicação social e qualificar a informação aos jornalistas, profissionais de saúde e a população. Já para profissionais de saúde, foi feito documento sobre a importância da notificação compulsória da tentativa de suicídio em até 24h e que traz informações técnicas sobre acolhimento na rede do SUS. Todos os documentos estão disponíveis para download no Portal da Saúde (clique aqui).

Quinta, 21 de Setembro de 2017 - 13:00

Paternidade responsável: MP fará registros e exames de DNA gratuito

por Ailma Teixeira / Luana Ribeiro

Paternidade responsável: MP fará registros e exames de DNA gratuito
Foto: Ailma Teixeira / Bahia Notícias

O projeto Paternidade Responsável, que integra a ação MP Comunidade, lançada nesta quinta-feira (21) pelo Ministério Público do Estado (MP-BA), é precedida por palestras na cidade que será visitada pela unidade móvel de atendimento do programa, para mobilizar a comunidade alvo. Em Jacobina, primeira parada do caminhão que será usado pela promotoria, já há 564 audiências marcadas. “Mas atendemos também quem chegar”, explica a promotora de Justiça Joana Philigret, coordenadora do Núcleo de Promoção à Paternidade Responsável (Nupar) do MP. Para ser atendido, é preciso apresentar a carteira de identidade da mãe (ou responsável legal) e a certidão de nascimento (ou RG) da criança. “A gente detectou nessas cidades um quantitativo de mil crianças matriculadas na rede estadual de ensino, e municipal também, sem que, em seus registros, constasse o nome paterno, e é exatamente essa população que a gente vai trabalhar o projeto como público-alvo”, afirma Joana. O MP pretende ampliar esse atendimento às crianças que estão fora da rede pública de ensino. “A gente tenta envolver também outros atores dessas comunidades: conselheiros tutelares, agentes comunitários de saúde, CRAS e CREAS. Porque a gente consegue alcançar uma população que não está na rede pública de ensino. A gente tem crianças que estão em idade pré-escolar, por exemplo, a gente tem adolescentes que estão em situação de evasão escolar...”, detalha. Além do estímulo à paternidade responsável, o MP Comunidade também fará acordo de alimentos e exames de DNA gratuitos. “Já que tem muita gente que tem dúvidas de quem vem a ser ou não o pai daquela criança. Essa gratuidade a gente conseguiu graças a um convênio que o Ministério Público estadual tem com a Secretaria da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social”. No contato com a comunidade, outras questões vem à tona.  “Consertamos também, digamos assim, erros que existem nos registros das pessoas e também recebemos uma série de denúncias. Por exemplo: o posto de saúde está sem médico, a escola não está funcionando... Uma série de situações que a população vivencia e a gente vai receber e encaminhar para o promotor natural dessas áreas de atuação do Ministério Público”, cita a promotora. 

Quinta, 21 de Setembro de 2017 - 12:00

Salvador distribui 6 mil doses de vacina contra HPV para população de 15 a 26 anos

por Renata Farias

Salvador distribui 6 mil doses de vacina contra HPV para população de 15 a 26 anos
Foto: Venilton Kuchler / ANPr

A população de Salvador com idade entre 15 e 26 anos pode se dirigir aos postos de saúde da capital para vacinação contra HPV. Logo após recomendação do Ministério da Saúde para ampliação da faixa etária (saiba mais), devido à aproximação do prazo de validade dos imunizantes, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que não havia estoques a vencer nos próximos meses (veja aqui). No entanto, leitores do Bahia Notícias informaram que alguns postos estão oferecendo a vacina. De acordo com a SMS, há apenas 6 mil doses da vacina contra HPV distribuídas entre as 126 salas de vacina, com prazo de validade até janeiro de 2018. O imunizante será oferecido a homens e mulheres de 15 a 26 anos até janeiro ou até o fim dos estoques. A secretaria não informou quais unidades de saúde ainda possuem doses.

Campanha de vacinação antirrábica registra baixa procura; ação segue até o final do mês
Foto: Shutterstock

A menos de duas semanas para finalização da campanha de vacinação antirrábica em Salvador, apenas cerca de 44 mil animais foram imunizados. O número é considerado baixo pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS). A estratégia segue até 30 de setembro, com o objetivo imunizar pelo menos 200 mil animais contra raiva. "A vacina é a principal forma de prevenir a raiva, com 100% de letalidade zoonose. É importante que a população não deixe para última hora", alertou Aroldo Carneiro, veterinário do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). O profissional ressaltou ainda que três casos de raiva silvestre em morcegos foram confirmados este ano nos bairros de Massaranduba, São Cristóvão e Brotas. "Mesmo os animais que não saem de casa sozinhos e vivem mais isolados em apartamentos, devem ser vacinados, caso morcegos entrem nas residências e venham contaminar os animais de estimação", pontuou. Os donos podem levar seus bichos de estimação em um dos 250 postos de saúde, distribuídos em todas as regiões da capital baiana, para imunização. O serviço é oferecido gratuitamente de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. Devem ser imunizados animais a partir dos três meses de idade, exceto os que estiverem doentes.

TJ-BA firma termo de cooperação com ANS para ajudar juízes em decisões sobre saúde
Foto: TJ-BA

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e a Agência Nacional de Saúde (ANS) firmaram um termo de cooperação técnica para garantir o intercâmbio de informações relacionadas à regulamentação do mercado de assistência suplementar à saúde. O termo foi assinado pela presidente da corte, desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, e a diretora de fiscalização da Agência, Simone Sanches Freire, no início da tarde da última terça-feira (19). A cooperação foi pensada a partir do grande número de resoluções normativas que tentam complementar a Lei 9656/98, responsável pela regulação das atividades desempenhadas pelos planos de saúde, as entidades desenvolveram o acordo juntas. De acordo com a juíza de direito da 1ª Turma Recursal, Nícia Olga Andrade Dantas, o projeto busca munir os magistrados com informações sobre a aplicação das normas. Desta forma, será garantida uma maior defesa dos direitos dos clientes de planos de saúde, e estimulará a resolução de conflitos relacionados à matéria por meios outros que não a judicialização. O documento é válido por 24 meses e pode ser prorrogado pelas partes. As informações serão transmitidas por meio de palestras e distribuição de informativos, que trarão conhecimento e orientações relacionadas às normas que regulam a saúde suplementar. Um dos cursos que deverão ser oferecidos diz respeito ao reajuste de tarifa promovido pelos planos.

Anticorpo criado nos EUA protege macacos contra infecção por HIV
Foto: National Institute of Allergy and Infectious Diseases

Cientistas dos Estados Unidos desenvolveram um anticorpo "três em um" que se mostrou eficaz no combate ao vírus HIV em macacos. O avanço representa um passo na busca por uma vacina contra HIV. Conduzida em parceria entre os Institutos Nacionais de Saúde (NIH, sigla em inglês) e o laboratório Sanofi Pasteur, a pesquisa testou dezenas de combinações em laboratório para encontrar uma melhor resposta. O novo anticorpo e o vírus se unem a partir de três anticorpos únicos (VRC01, PGDM1400 e 10E8v4) que neutralizam as cepas do HIV de forma individual, segundo informações do G1. A criação foi inserida em oito macacos. Depois de cinco dias, os animais foram expostos a duas cepas do HIV, mas nenhum foi infectado. Os pesquisadores pretendem avançar agora para a fase de testes em humanos.

Oficinas de multiplicadores regionais chegam aos municípios de Feira de Santana e Ilhéus
Foto: Ana Nascimento / MDS / Portal Brasil

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) dá continuidade nesta semana ao "Zero Morte Materna por Hemorragia". Serão ministradas oficinas nos municípios de Feira de Santana, nesta sexta (22) e sábado (23), e em Ilhéus, nos próximos dias 26 e 27. Realizadas em parceria com o Ministério da Saúde, as oficinas têm o objetivo de formar multiplicadores regionais no manejo das hemorragias, bem como no uso do traje antichoque. A ação contemplará, até outubro, 62 municípios das regiões de saúde de Vitória da Conquista, Ilhéus, Porto Seguro, Feira de Santana, Jacobina, Juazeiro, Barreiras e Alagoinhas, além de Salvador. De acordo com a Sesab, a Bahia recebeu do Ministério da Saúde 64 trajes antichoques não pneumáticos (TAN), que serão entregues às unidades hospitalares, após a realização de cada oficina.

Peru dá primeiro passo para legalização de maconha para fins medicinais
Foto: Shutterstock

O Peru se aproximou nesta segunda-feira (18) da possibilidade de legalizar o uso medicinal da maconha. O Congresso aprovou um projeto de lei que permite a produção e importação da erva por razões médicas. Segundo o site Terra, a iniciativa foi proposta há alguns meses pelo governo, devido ao pedido de um grupo de familiares de portadores de epilepsia. "Estamos falando da aceitação da cannabis que se utiliza para enfermidades crônicas, não cura estas enfermidades, o que permite é que as pessoas que padecem delas tenham uma qualidade de vida digna e aceitável", afirmou o parlamentar governista e membro da Comissão de Defesa e de Luta contra as Drogas do Congresso, Alberto Belaunde. O projeto segue agora para o plenário do Congresso unicameral, controlado pela oposição, que deverá determinar uma data para seu debate e sua aprovação definitiva.

Dia do Bem: Venda de sanduíche da Subway será revertida para unidades de saúde
Foto: Divulgação

O Instituto Bahiano de Reabilitação (IBR) e Centro Pestalozzi de Reabilitação promovem nesta quinta-feira (21), em parceria com a rede de restaurantes Subway, o Dia do Bem. Na data, quando é lembrado o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, toda a venda do sanduíche de frango nas unidades será revertida para as ações complementares de saúde da Fundação José Silveira. Esta quinta edição da campanha deve beneficiar cerca de 10 mil pacientes com deficiências atendidos nos centros de saúde. Artistas baianos como Gilmelândia, Adelmo Casé, Levi Lima, Felipe Pezzoni, da Banda Eva, Tatau, Ju Moraes, Ninha, EdCity, Márcia Freire, Reinaldo e a banda Alavontê fazem parte do time que veste a camisa do Dia do Bem de forma voluntária.

Proibido pela Anvisa: Análise associa herbicida ao desenvolvimento de Mal de Parkinson
Foto: Werneck Almada / Divulgação Ibama

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária decidiu proibir a comercialização e uso do herbicida Paraquate. Uma análise realizada por nove anos concluiu que o produto está associado ao desenvolvimento do Mal de Parkinson. Segundo o G1, o grupo de trabalho de toxicidade da Anvisa apontou que o herbicida tem qualificação toxicológica I, ou seja, é extremamente tóxico. Iniciada em 2008, a análise foi realizada em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e considerou suficientes as evidências da literatura científica relacionadas à intoxicação aguda, mutagenicidade, desregulação endócrina, carcinogênese, toxicidade reprodutiva, teratogênese e doença de Parkinson. No entanto, as evidências mais fortes estão relacionadas ao Mal de Parkinson. "Há um peso de evidência forte em estudos em animais e epidemiológicos indicando que o Paraquate está associado ao desencadeamento da doença de Parkinson em humanos", explicou o relatório. 

Quarta, 20 de Setembro de 2017 - 13:10

Sociedade Brasileira de Pediatria elabora guia para orientação sobre gênero

por Lígia Formenti | Estadão Conteúdo

Sociedade Brasileira de Pediatria elabora guia para orientação sobre gênero
Foto: Shutterstock

A Sociedade Brasileira de Pediatria preparou um manual para orientar os médicos da especialidade sobre como atuar nos casos de crianças com disforia de gênero - o descompasso entre o gênero biológico e a identidade. "Esse é um tema que tem aumentado nos consultórios e muitos profissionais têm dúvidas sobre como lidar com o assunto. Nossa intenção é trazer o máximo de informações", afirma a presidente da SBP, Luciana Rodrigues da Silva. Um dos assuntos abordados pelo guia é a possibilidade de que crianças com essas características se submetam em casos específicos à suspensão do processo de puberdade. A estratégia, realizada em centros de pesquisa habilitados, permite que o adolescente ganhe tempo para avaliar sua identidade sexual, sem as pressões das transformações da puberdade. A prática vem sendo adotada em três centros de referência do país instalados em São Paulo, Campinas e Rio Grande do Sul. "A puberdade pode ser extremamente sofrida para crianças com disforia", afirma o coordenador do Ambulatório de Transtorno de Identidade de Gênero e Orientação Sexual do Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), Alexandre Saadeh, um dos consultores para a preparação do guia. A supressão da puberdade é reversível. Caso, durante o processo, o adolescente decida que deseja permanecer com sexo biológico, determina-se a suspensão do uso dos hormônios. No ambulatório da Medicina da USP atualmente cinco crianças realizam o bloqueio. Há ainda outras quatro que poderão iniciar o processo, quando a puberdade estiver mais próxima. A supressão da puberdade somente é indicada para casos em que o diagnóstico da disforia está feito ou prestes a ser concluído. Luciana observa que a estratégia é usada em casos específicos e não é essa a atribuição do pediatra. "Fizemos um guia de atualização, onde vários tópicos são abordados, como o que é a transexualidade, como identificar a disforia e quais estratégias estão disponíveis". A presidente da sociedade afirma que não raramente o pediatra é o primeiro profissional de saúde a ser procurado para conversar sobre sexualidade e, em alguns casos, sobre variação de gênero das crianças e adolescentes. "A orientação correta é fundamental", assegura Saadeh. Tanto ele quanto Luciana afirmam ter aumentado o número de pais que chegam ao consultório com dúvidas sobre a identidade sexual dos filhos, por causa da maior liberdade para se tratar do tema. Para Saadeh, é essencial que pediatras não cometam erros do passado, como culpar os pais ou dizer que a criança tem de ser condizente com o sexo que nasceu. "Muitos casos vão evoluir para homossexualidade, não necessariamente para a transexualidade".

Sindifarma realiza debate sobre terceirização nos serviços públicos de saúde
Foto: Marcos Santos / USP Imagens

O Sindicato dos Farmacêuticos da Bahia (Sindifarma-Ba) promove no próximo sábado (23) o debate "Terceirização no Serviço Público: Pelo Fim dos Atrasos nas terceirizadas na Saúde". O evento acontece no Hotel Porto Bello, em Ondina, a partir das 8h. Com inscrições gratuitas (clique aqui), o debate é destinado a para estudantes e profissionais da área de saúde, além de interessados pelo assunto.

Juazeiro: Posto de saúde é invadido e furtado pela 14ª vez em 2 anos
Foto: Reprodução / Blog do Geraldo José

Um posto de saúde de Juazeiro, no Sertão do São Francisco, foi alvo de furto nesta terça-feira (19). Este foi o 14° arrombamento no período de dois anos. Segundo o G1, na madrugada desta terça, criminosos invadiram e furtaram o local, que fica no bairro Malhada de Areia. Funcionários da unidade de saúde contaram que os acusados quebraram uma vidraça e arrombaram uma porta para ter acesso ao interior do espaço. Na ação, foram levados um butijão, algumas panelas, alimento, além de outros objetos. Ainda não há informações sobre autoria do crime. O caso é investigado pela Polícia Civil da cidade. 

Planos de saúde populares podem estar disponíveis ainda neste ano, anuncia ministro
Foto: José Cruz / Agência Brasil

O ministro da Saúde Ricardo Barros anunciou nesta terça-feira (19) que pode ser iniciada ainda neste ano a venda de planos de saúde populares. O início da comercialização depende da conclusão de análise técnica da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) sobre a flexibilização da regulamentação de planos de saúde no país. Barros afirmou que, com o aumento do acesso privado, o Sistema Único de Saúde (SUS) poderá oferecer melhor atendimento a quem não pode pagar por um plano, um contingente de 150 milhões de brasileiros. "Ao Ministério de Saúde compete dar saúde a todos os brasileiros, que têm ou não têm plano de saúde. É isso que determina a Constituição. Evidentemente, quanto mais brasileiros tiverem cobertura de planos pagos por seus patrões, patrocinadores ou pagos individualmente, esses brasileiros diminuem a pressão sobre a fila do SUS, que atende aqueles que só dependem do SUS, não tem capacidade financeira ou a sua empresa não pode ofertar um plano de saúde para aqueles trabalhadores", disse durante abertura da 8ª Conferência Brasileira de Seguros (Conseguro). Segundo a Agência Brasil, o ministro explicou que o objetivo do Projeto de Plano de Saúde Acessível é ampliar ao máximo a cobertura de planos de saúde à população "para que esta responsabilidade de financiamento da saúde seja dividida". "Já é hoje 55% do investimento em saúde do setor privado e 45% do setor público. Então, quanto mais nós tivermos a cooperação de empresários financiando a saúde de seus funcionários, de planos individuais, mais qualidade nós podemos oferecer a quem depende do SUS". O ministro informou que estão em análise alternativas como flexibilizar o rol mínimo de atendimento, regionalizar a cobertura para os procedimentos e a coparticipação do beneficiário no pagamento dos serviços utilizados.

Quarta, 20 de Setembro de 2017 - 07:10

Mundo está ficando sem antibióticos, alerta OMS

por Jamil Chade, correspondente | Estadão Conteúdo

Mundo está ficando sem antibióticos, alerta OMS
Foto: Getty Images

O mundo está ficando sem antibióticos. O alerta foi feito nesta terça-feira (19), pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que aponta para o número insuficiente de novos produtos sendo desenvolvidos e uma resistência cada vez maior aos remédios que estão no mercado. Em seu novo informe sobre o setor, a OMS alerta que a maioria dos produtos que estão sendo desenvolvidos neste momento pelo setor farmacêutico representa somente uma modificação nos atuais antibióticos, com um impacto apenas de curto prazo. No levantamento que considerou os produtos sendo pesquisados por diferentes multinacionais, poucos teriam o potencial de superar a resistência de infecções, cada vez mais presentes. Apenas a resistência aos antibióticos que tratam de tuberculose causa hoje a morte de 250 mil pessoas por ano. Além desse caso, a OMS já identificou outros doze casos em que a resistência a produtos no mercado já representa uma ameaça. No total, 51 novos antibióticos estão em diferentes etapas de avaliação e testes. Desses, porém, apenas oito deles estão sendo classificados pela OMC como "tratamento inovadores" e que irão adicionar valor ao arsenal de remédios que a humanidade dispõe. Mesmo esses oito candidatos não têm ainda garantias de que todos chegarão ao mercado. Além da tuberculose, doenças ou infecções como a bactéria E.coli podem passar a representar sérias ameaças. "Temos uma emergência de saúde global que pode minar de forma séria o progresso da medicina moderna", alertou Tedros Adhanom Ghebreyesus, o diretor-geral da OMS e que apelou por uma ação maior das farmacêuticas. "Precisamos de forma urgente de novos investimentos em pesquisa. Caso contrário, voltaremos a ver pessoas morrendo com infecções mesmo depois de cirurgias relativamente pequenas", disse. Apenas no setor de tuberculose, a OMS alerta que somente dois novos produtos chegaram ao mercado nos últimos 70 anos. Para erradicar a doença, a entidade estima que precisa de mais de US$ 800 milhões por ano para trazer ao mercado novos produtos.

Campanha para atualização de vacinas vai até esta sexta em Salvador
Foto: Diogo Moreira / A2img

A população de Salvador tem até o próxima sexta-feira (22) para participar da Campanha de Multivacinação. Até o último sábado, 11 mil indivíduos, entre crianças e adolescentes, compareceram aos postos de vacinação, de acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Destes, pouco mais de 6 mil receberam as doses. O objetivo da estratégia é ampliar a cobertura vacinal da população, bem como proteger crianças e adolescentes que possam estar com alguma dose atrasada. "É importante assimilar a campanha de multivacinação como uma oportunidade de iniciar ou completar o cartão de vacinação. Esse é o momento que pais fiquem atentos, principalmente, às doses que precisam de reforço, como hepatite B. Ou seja, que precisa de mais de uma dose em um determinado espaço de tempo. A intensificação da aplicação de vacinas, previne um futuro de bem estar para o público alvo que são crianças e jovens", afirmou Doiane Lemos, subcoordenadora de Imunização de Salvador. Este ano a campanha contempla menores de 5 anos, crianças de 9 anos e adolescentes com idade entre 10 e 15 anos incompletos. Em Salvador, mais de 450 mil jovens fazem parte do público alvo da intensificação. Eles deverão comparecer aos 126 postos de saúde, das 8h às 17h, portando a caderneta de vacina que será avaliada pelo profissional responsável. Caso necessário, serão aplicadas as doses pendentes. No total, serão atualizados 14 imunobiológicos nessa população.

Curso de Podiatria e Laserterapia para enfermeiros está com inscrições abertas
Foto: Shutterstock

Salvador recebe, de 6 a 8 de outubro, um curso de capacitação de enfermeiros em Procedimentos Podiátricos e Laserterapia. "Enfermeiro com capacitação em cuidados dos pés e uso do laser para dor e outras afecções, é um profissional mais qualificado, atualizado e pode atuar nessa área", afirmou a enfermeiras estomaterapeutas Suely Thuler. Ela é responsável por ministrar o curso, junto a Luciana Mendes. A podiatria é o cuidado dos pés, levando em consideração as correções posturais (podoposturologia) e alterações da biomecânica da marcha com ênfase na reabilitação, além da manutenção ou recuperação da saúde da pele e das unhas. A aplicação do Laserterapia é indicada no caso de feridas, lesões e infecções por vírus ou fungos que acometem a pele e unha. A cicatrização é mais rápida e o tratamento considerado de baixo custo. Mais informações podem ser obtidas por meio do site da Stay Care (clique aqui), que promove o curso.

Unidades móveis da Hemoba recebem candidatos em Salvador e Rafael Jambeiro
Foto: Getty Images

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) realiza coleta de sangue e cadastro de medula óssea em Salvador e no interior do estado. Na capital, o Hemóvel estará estacionado no Centro Administrativo da Bahia (CAB) e na entrada principal do Shopping da Bahia. A ação acontece desta terça (19) até a próxima sexta-feira (22), das 8h às 17h. A campanha de coleta externa acontece também no município de Rafael Jambeiro, em frente à Secretaria de Saúde, nesta quarta-feira (20), das 8h às 17h. Para doar sangue, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos e ter idade entre 16 e 69 anos – menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal. É necessário estar descansado e bem alimentado, além de portar um documento oficial com foto (RG, carteira de trabalho, carteira de motorista ou de reservista) em bom estado de conservação.

Terça, 19 de Setembro de 2017 - 14:50

Artistas protestam contra 'cura gay' e aderem à campanha 'trate seu preconceito'

por Juliana Diógenes | Estadão Conteúdo

Artistas protestam contra 'cura gay' e aderem à campanha 'trate seu preconceito'
Foto: Divulgação

Uma campanha nas redes sociais contra a decisão que liberou nesta segunda-feira (18) a terapia de reversão sexual - conhecida como "cura gay"- por psicólogos mobilizou artistas como os cantores Anitta, Pabllo Vittar e Di Ferrero (vocalista do NX Zero). Usuários têm utilizado a hashtag #TrateSeuPreconceito e #HomofobiaNãoÉDoença em protesto à decisão. Em vídeo, Anitta pediu que pais não obriguem seus filhos a buscar tratamento. Nesta segunda-feira, o juiz federal da 14ª Vara do Distrito Federal Waldemar Cláudio de Carvalho concedeu liminar que abre brecha para que psicólogos ofereçam a terapia de reversão sexual, conhecida como "cura gay", tratamento proibido pelo Conselho Federal de Psicologia desde 1999.

Postado por volta das 22h desta segunda, o vídeo de Anitta no Instagram havia alcançado mais de 740 mil visualizações até o início na manhã desta terça-feira, 19. Ela diz estar "devastada" e afirma que o projeto é uma "burrice". A decisão do juiz Walderm Cláudio de Carvalho atende a pedido da psicóloga Rozangela Alves Justino em processo aberto contra o colegiado, que aplicou uma censura à profissional por oferecer a terapia aos seus pacientes. Segundo Rozângela e outros psicólogos que apoiam a prática, a Resolução do C.F.P. restringia a liberdade científica. "Sendo assim, defiro, em parte, a liminar requerida para, sem suspender os efeitos da Resolução nº 001/1990, determinar ao Conselho Federal de psicologia que não a interprete de modo a impedir os psicólogos de promoverem estudos ou atendimento profissional, de forma reservada, pertinente à (re) orientação sexual, garantindo-lhes, assim, a plena liberdade científica acerca da matéria, sem qualquer censura ou necessidade de licença prévia por parte do C.F.P., em razão do disposto no art. 5º. inciso IX, da Constituição de 1988", anota o magistrado.

A cantora Pabllo Vittar usou o Twitter para se manifestar contra a liberação da reversão sexual, afirmando que "o preconceito não vai vencer". Já o ator Bruno Gagliasso disse que a decisão é uma "imbecilidade". Ele protestou no Instagram na noite desta segunda, usando uma imagem em que teve mais de 79 mil curtidas. "Indo dormir com essa imbecilidade q acabei de ler.... Sr. juiz, AMOR ?? não é doença e quem precisa de tratamento é o Sr. O próprio conselho de psicologia repudiou essa medida.... #vivaoAMOR #ame", escreveu o artista.

Também nesta segunda-feira, o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) definiu como "aberração jurídica" a decisão do juiz. Wyllys avisou que vai promover uma mobilização no Parlamento e se aliar ao Conselho Federal de Psicologia para recorrer da decisão do juiz federal. "É uma aberração jurídica, como outras que acontecem no País. Como é que o Judiciário se presta a isso? O Judiciário não está agindo de acordo com a Constituição", comentou.

Homem morre após filho de 17 anos realizar traqueostomia com utensílios caseiros
Foto: Reprodução / EPTV

Um homem morreu no município mineiro de Itajubá após seu filho decidir realizar, por conta própria, uma traqueostomia. A Polícia Civil informou que o jovem, de 17 anos, disse que tentava ajudar o pai durante uma crise de asma, na manhã do último domingo (17). "Inicialmente, ele disse que as crises respiratórias do pai aumentavam, e ele passou a pesquisar sobre o assunto", explicou o delegado. Segundo o G1, a polícia afirmou que o adolescente utilizou objetos como ferramentas, canetas e utensílios domésticos para fazer o procedimento. Depois da tentativa, o adolescente chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). "Esse procedimento nunca deve ser feito em casa, muito menos por uma pessoa leiga. Esse tipo de procedimento pode ocasionar lesões gravíssimas, porque o pescoço é uma região em que temos várias estruturas que chamamos de nobres. Se realmente ele tinha parado de respirar, se ele estava sem pulso, sem batimentos cardíacos, a massagem cardíaca que seria o mais indicado nesse momento até a chegada do serviço de resgate", ressaltou João Paulo Fadil Romão, coordenador médico do Samu de Poços de Caldas. Um inquérito foi instaurado para apurar o ocorrido.

Terça, 19 de Setembro de 2017 - 11:10

Reajuste de planos de saúde supera inflação

por Márcia De Chiara | Estadão Conteúdo

Reajuste de planos de saúde supera inflação
Foto: Shutterstock

No sentido oposto ao movimento de desaceleração da inflação, entidades que representam planos de saúde pleiteiam índices de correções muito acima da inflação. A Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge) queria um aumento de 19,4% para as mensalidades, mais que o triplo da inflação oficial acumulada em 2016 pelo IPCA, de 6,2%. A Agência Nacional de Saúde (ANS) autorizou 13,55%, um porcentual bem menor do que o solicitado, mas muito acima da inflação. Os planos de saúde têm seus preços monitorados pelo governo e precisam que o reajuste seja autorizado. Pedro Ramos, diretor da Abramge, diz que o descolamento entre os índices de reajustes das mensalidades pleiteados e concedidos ao setor em relação aos índices de inflação ocorre por conta de vários fatores. O primeiro é que a inflação médica é muito mais elevada do que a inflação geral, porque envolve medicamentos, mão de obra especializada, por exemplo. Além disso, ele aponta o grande desperdício, com a solicitação de exames desnecessários. Ramos acrescenta a grande incidência de fraudes, que impõe custos maiores. Ele admite que um reajuste de preço nesse nível é uma dinâmica perversa que atinge o consumidor, mas ressalta que, se o setor não tiver preço adequado, as empresas vão fechar. "Temos capacidade instalada um pouco ociosa e os sinais de recuperação da economia são muito fracos. Nossa margem está abaixo de 0,5%." Por causa da crise, entre janeiro de 2015 e junho deste ano, o setor perdeu três milhões de beneficiários de planos de saúde.

Governo autoriza reforma da emergência do Hospital Clériston Andrade
Foto: Divulgação

O governador Rui Costa anunciou nesta segunda-feira (18) a reforma da emergência do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). "Eu autorizo R$ 5 milhões pra reforma da emergência, para assim a gente ir melhorando o perfil do hospital", afirmou o governador em cerimônia de celebração do aniversário de Feira de Santana. A reforma faz parte do Programa Qualisus II e prevê a reestruturação do setor de emergência do HGCA para qualificar ainda mais as atividades assistenciais de urgência e emergência de alta complexidade. De acordo com a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), o projeto de requalificação contemplará uma sala de emergência adulto com cinco leitos, uma sala de emergência pediátrico com três leitos, sete salas de exames diferenciados, uma sala de observação adultos com 22 leitos e uma sala coletiva de observação pediátrica com 17 leitos. Haverá ainda intervenção em uma sala de procedimento invasivo, dois postos de enfermagem e em dois quartos de isolamento.

Anvisa proíbe amálgama de mercúrio não encapsulada usada por dentistas
Foto: Shutterstock

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a fabricação, importação e comercialização, bem como o uso em serviços de saúde, do mercúrio e do pó para liga de amálgama não encapsulada, utilizados na odontologia. A proibição começa a valer a partir de 1º de janeiro de 2019, conforme resolução publicada nesta segunda-feira (18) no Diário Oficial da União. A liga em forma encapsulada ainda será permitida. Em março deste ano, a Anvisa abriu consulta pública sobre o tema, quando proibiu os termômetros e medidores de pressão que utilizam coluna de mercúrio para diagnóstico. Eles também não serão mais fabricados, importados ou comercializados a partir de 1º de janeiro de 2019. Segundo a Agência Brasil, hospitais, clínicas e postos de saúde, entre outros prestadores de serviços do setor, deverão realizar o descarte de material com mercúrio conforme as normas da Anvisa para descarte de resíduos sólidos. As medidas da Anvisa visam a retirar do mercado materiais de saúde que utilizam mercúrio na composição, como prevê a Convenção de Minamata, um tratado global para proteger a saúde humana e o meio ambiente dos efeitos adversos da substância. O compromisso foi firmado por 128 países, inclusive o Brasil, em outubro de 2013. A convenção foi ratificada pelo Brasil no dia 8 de agosto e entrou em vigor em 16 de agosto deste ano. Até o momento, 74 países já depositaram seus instrumentos de ratificação junto às Nações Unidas.

Treinamento de emergências cardiológicas para não-médicos acontece no Roberto Santos
Foto: Luana Ribeiro / Bahia Notícias

O Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) promove, no dia 11 de outubro, mais uma turma do curso "Salve uma Vida". A atividade é um treinamento em Suporte Básico à Vida (BLS, na sigla em inglês), ou seja, uma capacitação para reconhecimento, acionamento imediato de serviço médico especializado e tratamento inicial de uma parada cardiorrespiratória. Idealizado pela Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA), o curso é direcionado à população em geral. Interessados devem se inscrever na Coordenação de Recursos Humanos (RH - HGRS), das 8h30 às 11h30 e das 13 às 16h. 

Liminar permite psicólogos promoverem 'cura gay' sem censura do conselho federal
Foto: Divulgação

Uma liminar da Justiça Federal permite que psicólogos possam tratar gays e lésbicas como doentes e possam fazer terapias de “reversão sexual” sem sofrer qualquer tipo de censura por parte do Conselho Federal de Psicologia (CFP). O tratamento é proibido desde 1999, por uma resolução do conselho, pois a homossexualidade deixou de ser considerada doença pela Organização Mundial da Saúde. O CFP vai recorrer da decisão. No pedido, os autores apontavam que a resolução do CFP era uma espécie de censura e fere a livre iniciativa de pesquisa no país. O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da Justiça Federal no Distrito Federal, acatou uma ação popular que pedia a suspensão da resolução. Apesar de manter a resolução, ele determinou que os psicólogos não sejam impedidos pelo CFP de promover estudos ou atendimento profissional, de forma reservada, pertinente à reorientação sexual, sem qualquer possibilidade de censura ou necessidade de licença prévia. A decisão é vista como retrocesso. Uma ação no âmbito parlamentar tentou obter o mesmo feito. Em 2011, o deputado federal do PSDB de Goiás, João Campos, protocolou na Câmara dos Deputados um Projeto de Decreto Legislativo (PDC), para suspender a resolução do Conselho Federal de Psicologia, o que ficou conhecido como projeto da “Cura Gay”. Dois anos depois, após diversos protestos, o projeto foi aprovado pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, mas 15 dias depois o próprio autor fez um requerimento pedindo o cancelamento da tramitação de sua proposta.

Histórico de Conteúdo