Sábado, 24 de Fevereiro de 2018 - 00:00

De chuteiras a cartola: Ex-jogadores fazem sucesso como dirigentes em clubes do interior

por Gabriel Rios

De chuteiras a cartola: Ex-jogadores fazem sucesso como dirigentes em clubes do interior
Osmar e Rodrigo | Foto: Divulgação / Rodrigo Gois

Cada vez mais, ex-jogadores de futebol têm ocupado o espaço diretivo dos clubes. Casos como o ex-lateral da Seleção Brasileira, Leonardo, que foi treinador e dirigente no Milan, da Itália. O próprio Edu Gaspar, que trabalhou como gerente pelo Corinthians, com Tite, depois acabou indo com o treinador para a Seleção e hoje é coordenador técnico. Ex-jogadores também chegaram ao cargo máximo de clubes. Pentacampeões pela Seleção em 2002, Rivaldo, Juninho Paulista e o baiano Vampeta assumiram a presidência do Mogi Mirim, Ituano e Grêmio Osasco, respectivamente. Neste ano, Raí e Ricardo Rocha, ex-jogadores do São Paulo, chegaram ao time do Morumbi com a missão de reestruturar o clube. Raí é diretor-executivo e Rocha faz parte da gestão do departamento do clube.

Foto: Luís Pires / Grêmio Osasco

Na Bahia, existem alguns exemplos. O último deles, a chegada de Petkovic ao Vitória. O sérvio desembarcou na Toca do Leão para cumprir a função de gerente de futebol, pouco tempo depois acumulou a função de técnico, até chegar ao cargo de diretor de futebol. Foi demitido pouco tempo depois. E os times do interior do estado também têm adotado essa filosofia.

 

A Juazeirense, líder isolada do Campeonato Baiano contratou para coordenador de futebol Rodrigo Gois, campeão Baiano pelo Colo-Colo em 2006 e que jogou no Cancão durante quatro anos. O ex-zagueiro, quando jogador da Juazeirense, conciliava o futebol com os estudos. “Fiz o curso de Logística e Gestão de pessoas. Foi uma luta, mas valeu a pena”, explicou. Rodrigo alerta aos companheiros da antiga profissão que é importante, mesmo em atividade, procurar nas horas vagas uma qualificação. “Buscar se qualificar mais, novos conhecimentos. O campo futebolístico é muito grande e os times necessitam de bons gestores para a parte administrativa. Estou colhendo os frutos. É importante que o clube esteja fazendo uma campanha brilhante, até então, pois acaba sobressaindo o trabalho do bastidor”, destacou.

 

Entretanto, Rodrigo nega ser o responsável direto pela boa fase do clube e pondera que apenas auxilia o grupo. “Esse relacionamento de comissão técnica, de estar acompanhando o clube todos os dias nos treinamentos, nas viagens, cria um elo de comunicação importantíssimo. Porque a gente acaba falando a mesma linguagem por ter vivido tudo isso dentro de campo, e passa a entender a real necessidade do atleta, então isso contribui”.

Rodrigo quando era jogador de futebol | Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

Curiosamente, o companheiro de zaga de Rodrigo no título Baiano em 2006, Osmar Santos, também virou dirigente de um clube do estado. O ex-zagueiro é supervisor do Bahia de Feira. O clube de Feira de Santana briga por uma das quatro vagas que dão acesso à fase final do Baianão. Osmar comenta na época em que atuava dentro de campo, sentiu muita falta de ter um ex-jogador como dirigente. “Acho que não só na supervisão, mas em todos os cargos ligados ao futebol. Seria muito mais proveitoso se tivéssemos ex-jogadores exercendo essas funções”, enfatizou.

 

Porém, Osmar explica que os atletas não podem misturar as coisas. “Nós podemos trazer para o lado de cá toda a vivência dentro de campo, facilitando o bom relacionamento com os jogadores, pois sabemos muito bem tudo que realmente é necessário para que o atleta possa desempenhar bem suas atividades, mas temos que ter cuidado em não deixar os atletas confundirem as coisas”, salientou.

 

O Vitória da Conquista foi fundado e é presidido por Ederlane Amorim, ex-jogador do Vitória, com passagens também por Bolívia e Chile. O presidente destacou a importância desses ex-jogadores ocuparem cargos diretivos, mas fez ressalvas. “O futebol hoje é como qualquer outra empresa. Tem departamento jurídico, de marketing, social, psicólogo, médicos, ou seja, depende muito de onde esse profissional estaria sendo alocado. Na parte de campo, eu acho válido. No departamento de futebol, como gerente, lidando diretamente com a parte técnica, envolvendo contratações, eu acho muito importante. Que tenha um contato entre diretoria e treinadores acho imprescindível. Se for um cargo na parte administrativa, o fato desse profissional ter jogado futebol não o credencia para que vá desempenhar essa função”, explicou.

Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

Para o início desta temporada, o Vitória da Conquista contratou o ex-jogador Washington para o cargo de treinador da equipe. Porém, o ex-atacante do Fluminense, São Paulo e Atlético-PR não fez um bom trabalho e acabou demitido do Bode. Ederlane explicou como funciona a escolha dos cargos no clube. “Como não temos uma demanda de recursos humanos muito grande, nossos cargos são reaproveitados por pessoas ao longo desse tempo, e na parte técnica, na parte de campo, é óbvio que a gente dá preferência para pessoas que preencham outros requisitos, além de terem sido apenas ex-jogadores”, concluiu.

 

Coincidentemente ou não, a aposta em ex-jogadores vem dando resultado. A liderança isolada da Juazeirense e o bom desempenho da equipe no Baianão têm sido destaque no futebol baiano. O Bahia de Feira figura na quinta colocação do Campeonato Baiano deste ano, empatado com o Jequié, que é quarto colocado. Já o Vitória da Conquista chegou ao vice-campeonato em 2015 e fez outras boas campanhas na competição, chegando entre os quatro primeiros.

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 22:00

Pelé diz que Neymar é o melhor do mundo e está pronto para liderar a seleção

por Estadão Conteúdo

Pelé diz que Neymar é o melhor do mundo e está pronto para liderar a seleção
Foto: Reprodução / Instagram

Pelé exibiu confiança em Neymar e no Brasil para a Copa do Mundo de 2018. Em entrevista ao site oficial da Fifa, o tricampeão mundial pela seleção comentou sobre o papel do atleta do Paris Saint-Germain no time de Tite, quem são os principais adversários do Brasil, as possíveis dificuldades e relembrou alguns dos seus principais momentos na seleção. Para o Rei do Futebol, Neymar tem condições de liderar o Brasil na Rússia.

"Ele está pronto para ser o líder. A mudança tática pode não ser direta, mas ele é fundamental para o Brasil. Tem que se preparar para isso. E iria mais longe: para mim, tecnicamente, ele já é o melhor jogador do mundo. Eu estou absolutamente certo disso", afirmou Pelé, ressaltando que hoje o futebol privilegia o coletivo.

"O Neymar muda a maneira como ele joga com a seleção. No clube, ele estava jogando pelo lado esquerdo do ataque, mas no Brasil atua mais centralizado, como um camisa 10. Isso é difícil, mas ele conseguiu adaptar o jogo", afirmou Pelé.

Pelé também afirmou que a seleção brasileira tem o que é necessário para conquistar o hexacampeonato mundial. "O Brasil sempre tem um time capaz de vencer a Copa do Mundo. Individualmente, não tenho dúvidas de que os melhores jogadores do mundo são brasileiros". Entretanto, o ídolo do Santos fez a ressalva de que o tempo de preparação pode dificultar a formação do time, o que será um desafio para a comissão técnica.

Perguntado sobre quem seriam os principais adversários, Pelé mencionou a Alemanha como um exemplo de jogo coletivo, a Rússia, que jogará em casa, e a Argentina, que, segundo ele, tem o necessário para avançar na competição.

Durante a entrevista, Pelé também relembrou grandes momentos que viveu na Copa do Mundo, como o gol na final contra a Suécia em 1958, dando um chapéu em seu marcador. Ele afirmou ter sido um lance de puro improviso. "Eu estaria mentindo se dissesse que foi tudo planejado. Foi espontâneo. Felizmente, essa foi uma das minhas forças como jogador: a improvisação, a capacidade de tirar coisas da manga", disse.

Sobre o gol de cabeça na final de 1970 contra a Itália, Pelé falou ter seguido um conselho de seu pai cabecear com os olhos abertos. "Meu pai costumava me dizer: 'A maioria dos jogadores fecha os olhos quando eles dirigem a bola. Quando a bola está vindo em sua direção, abra seus olhos bem e escolha onde você deseja colocá-la'", disse, revelando o conselho de Dondinho.
 

 

Após duas derrotas seguidas, dirigente pede tranquilidade ao Flu de Feira
Foto: Matheus Caldas/ Bahia Notícias

A derrota no clássico para o rival Bahia de Feira na última quarta-feira (21), por 2 a 0, deixou o Fluminense fora da zona de classificação para a próxima fase do Campeonato Baiano. Foi o segundo jogo consecutivo que o Touro do Sertão saiu de campo sem pontuar. A equipe também perdeu para o Jacuipense no domingo (18), complementando a primeira rodada. O presidente do Conselho Deliberativo do clube, José Francisco Pinto, pediu tranquilidade ao time para seguir brigando por uma vaga na semifinal.

 

"Não podemos nos desesperar e achar que o mundo acabou, até porque temos que buscar fazer a nossa parte e os concorrentes também têm seus compromissos. Dependemos de nós e temos que entender isso para buscar a reação", disse o dirigente.

 

O Flu de Feira encontra-se na quinta colocação com 10 pontos. O Jequié, que fecha o G-4, tem a mesma pontuação, mas está na quarta posição por ter feito mais gols. Neste domingo (25), às 16h, o Touro do Sertão recebe a visita do líder do Baianão, Juazeirense. A partida vai acontecer no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, em duelo válido pela sétima rodada.

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 19:30

Copa América 2019 no Brasil já tem data para acontecer

Copa América 2019 no Brasil já tem data para acontecer
Foto: Divulgação / Conmebol

Em reunião do Conselho da Conmebol nesta sexta-feira (23), no Uruguai, foram definidas as datas da Copa América 2019 que acontecerá no Brasil. A competição acontecerá entre 14 de junho e 7 de julho e oficializou a presença de Cafu e Branco, campeões mundiais pelo Brasil em 1994, Cafu também venceu em 2002, no órgão ao lado de outros três dirigentes: Rogério Caboclo, diretor-executivo da gestão da CBF, Fernando Sarney, vice da CBF e integrante do Conselho da Fifa, e Antônio Carlos Nunes, presidente interino da CBF na ausência de Marco Polo Del Nero.

 

“É um orgulho começar os trabalhos para fazer uma Copa América inesquecível, num país que tem a experiência recente de organizar grandes eventos esportivos. A Conmebol está vivendo um novo momento e temos certeza de que será uma competição histórica, que retornará ao Brasil após 30 anos”, disse o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, segundo o GloboEsporte.com.

 

A Conmebol ainda informou que as cidades sedes e as seleções convidadas serão definidas nas próximas semanas. A Copa América terá 16 participantes: os 10 países que integram a confederação sul-americana e mais seis convidados, que devem vir da Europa, da Ásia e da Concacaf.

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 18:30

Técnico do Atlântico projeta jogo contra Bahia: "Mais importante da vida"

por Gabriel Rios

Técnico do Atlântico projeta jogo contra Bahia:
Foto: Glauber Guerra/ Bahia Notícias

O treinador do Atlântico, Eduardo Bahia, projetou o confronto do próximo domingo na Fonte Nova contra o Bahia. “É o jogo mais importante da minha vida como profissional do futebol. Vou enfrentar um clube grande de série A e Bi-Campeão Brasileiro. Nós vamos sabendo das nossas limitações, mas iremos trabalhar para garantir o resultado positivo”, explicou em entrevisa ao Bahia Notícias.

 

Restando três rodadas para o final da fase de grupos do Baianão, o treinador evita projetar uma pontuação. “O Baiano, tecnicamente falando, é o melhor dos últimos dez anos. Temos trabalhado a parte tática, bola parada e a motivação. É uma motivação extra enfrentar o Bahia. Vamos pensar jogo a jogo”, concluiu o treinador do Atlântico. 

 

A partida, válida pela sétima rodada da competição, acontecerá na Fonte Nova, às 16h, em Salvador. O Atlântico está na última colocação com apenas um ponto. O Bahia, seu adversário, ocupa a terceira colocação com 11 pontos.

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 18:15

No Fazendão, Bahia volta a treinar de olho no Atlântico

por Ulisses Gama

No Fazendão, Bahia volta a treinar de olho no Atlântico
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Após o triunfo contra o Náutico, o Bahia voltou a treinar nesta sexta-feira (23) visando o jogo contra o Atlântico, no próximo domingo (25), pela sétima rodada do Campeonato Baiano.

 

Conforme o padrão dos dias pós-jogo, os atletas que atuaram mais de 45 minutos realizaram um treino regenerativo na academia do clube, com academia, fisioterapia, piscina aquecida e barris de gelo. O zagueiro Tiago, que sentiu a virilha no duelo conta o Timbu, esteve na atividade.

 

Os demais atletas, por outro lado, desceram para o gramado realizaram um treinamento tático em campo reduzido. Após o trabalho, os meias Allione e Régis aproveitaram para treinar cobranças de falta.

 

Fora da atividade, o goleiro Douglas treinou na academia do clube e depois realizou tratamento no pé. Ele sofreu um corte no local e ficou fora da última partida.

 

O grupo do Esquadrão de Aço volta a treinar neste sábado (24), às 9h, no Fazendão.

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 17:45

Após primeiro gol no ano, Edigar Junio cita tranquilidade e apoio da torcida

por Ulisses Gama

Após primeiro gol no ano, Edigar Junio cita tranquilidade e apoio da torcida
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O triunfo contra o Náutico na última quinta-feira (22) não foi bom somente para o Bahia, que se aproximou da classificação para a próxima fase da Copa do Nordeste. Artilheiro do Tricolor no ano passado, Edigar Junio conseguiu chegar ao seu primeiro gol em 2018. Nesta sexta-feira (23), o camisa 11 não escondeu o seu alívio durante entrevista no Fazendão.

 

"A gente tira um pouco do peso. Como eu digo, o atacante tem que estar marcando sempre. Eu tive esse período sem marcar. Graças a Deus, pude fazer esse tão esperado gol", declarou.

 

Edigar Junio indicou tranquilidade e foco no momento em que viveu uma seca de gols. Com a primeira bola guardada na rede, ele espera evoluir durante o ano.

 

"A gente tem que ter cabeça fria, independente das circunstâncias. Temos que estar focados no jogo, como falei das outras vezes. Eu tinha tranquilidade, porque sabia que ia acontecer naturalmente. Mas isso é um fato, a gente não pode esconder que, quando você está marcando, fica mais tranquilo, mais à vontade para fazer as jogadas. E é isso aí. Graças a Deus, eu consegui. Espero que eu possa, a cada dia, estar evoluindo para dar mais alegrias à torcida", indicou Edigar, que exaltou a torcida pelo apoio mesmo no momento difícil.

 

"No primeiro jogo que eu tive aqui nessa temporada, eu errei um pênalti, e eu vi muitos torcedores me apoiando, inclusive nas redes sociais. Eu ainda citei que isso é uma torcida de verdade, porque, independente da fase que o jogador está vivendo, eles estão sempre apoiando. E ontem, mais uma vez, eles provaram que estão comigo, me apoiando. Em alguns momentos, eu não correspondi como deveria. Mas, no segundo tempo, pude marcar e retribuir esse carinho que estão tendo. Mais uma vez, digo que tenho muito orgulho de estar no Bahia, de ter a torcida que a gente tem. Vamos juntos. Assim a gente vai conseguir grandes coisas, o time junto com a torcida, a gente vai conquistar os nossos objetivos", completou.

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 17:30

Volante da Juazeirense mira em classificação antecipada em duelo com o Flu de Feira

por Leandro Aragão

Volante da Juazeirense mira em classificação antecipada em duelo com o Flu de Feira
Foto: Carlos Humberto/ Agência CH

A Juazeirense pode garantir vaga nas semifinais do Campeonato Baiano com duas rodadas de antecipação. Neste domingo (25), às 16h, o Cancão de Fogo visita o Fluminense de Feira, no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, pela sétima rodada da competição. Segundo o volante Capone o elenco da equipe de Juazeiro está focada em buscar um resultado positivo.

 

"Estamos muito motivados. Tivemos uma semana boa de trabalho. Sabemos que vai ser um jogo muito difícil, assim como tem sido todos os jogos do Baiano, mas estamos bem focados no que devemos fazer. Nossa equipe sempre vai focada em um só objetivo que é a vitória", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Após cumprir suspensão automática na rodada anterior, Capone está à disposição do técnico Luis Antônio Zaluar. A tendência é que o atleta jogue na lateral direita. A Juazeirense lidera o Baianão com 16 pontos e caso derrote o Flu de Feira, chegará aos 19. Caso, Bahia de Feira, que encara o Vitória da Conquista, e o Jequié, que duela com o Vitória, não vençam seus jogos, o Cancão de Fogo garante matematicamente a classificação para a próxima fase faltando duas rodadas. Junto com o Touro do Sertão, as duas equipes possuem 10 pontos.

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 17:15

Revolução Tricolor pede apuração das condições do setor visitante do Barradão

por Ulisses Gama

Revolução Tricolor pede apuração das condições do setor visitante do Barradão
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Grupo de torcedores do Bahia com maior número dentro do Conselho Deliberativo do clube, a Revolução Tricolor ingressou nesta sexta-feira (23) com uma ação junto ao Ministério Público (MP-BA) e na Defensoria Pública (DPE-BA) pedindo a apuração das condições do estádio Barradão, do Vitória, para a torcida visitante. Segundo o comunicado do grupo, a representação está "fartamente documentada com vídeos e imagens do local, tem o propósito de instar órgãos competentes a, eventualmente, atuar no sentido de adequar o espaço às normas de segurança e acessibilidade legalmente previstas no Estatuto do Torcedor e no Código de Defesa do Consumidor". As principais reclamações do grupo estão ligadas a um ponto cedo, delimitações pequenas entre os assentos e o acesso à arquibancada visitante, apelidada de "curral". Segundo o comunicado, o caminho para a parte destinada aos visitantes não dá possibilidade para um portador de deficiência acessar o espaço e lembra que artigo 13. do Estatuto do Torcedor diz que "Será assegurada acessibilidade ao torcedor portador de deficiência". O grupo também pretente manifestar a insatisfação sobre o setor visitante para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 17:05

Exame aponta lesão no menisco, e Rhayner realizará cirurgia no joelho esquerdo

por Glauber Guerra

Exame aponta lesão no menisco, e Rhayner realizará cirurgia no joelho esquerdo
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

O técnico Vagner Mancini recebeu uma notícia ruim do departamento médico do Vitória nesta sexta-feira (23). O meia Rhayner sofreu uma ruptura no menisco lateral do joelho esquerdo. Com isso, o atleta passará por uma cirurgia na semana que vem. O tempo estimado de recuperação é entre 60 a 90 dias. O jogador se queixou da dor no joelho durante o Ba-Vi, disputado no último domingo (18). Rhayner atuou em sete partidas nesta temporada e marcou um gol. 

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 16:30

Libertadores terá final em jogo único a partir de 2019

Libertadores terá final em jogo único a partir de 2019
Foto: Reprodução / Facebook

A Conmebol anunciou nesta sexta-feira (23) que a final da Libertadores, maior competição de clubes na América do Sul, será disputada em jogo único a partir de 2019. A edição deste ano será a última com decisão em duas partidas. A medida foi aprovada por unanimidade pelo conselho da entidade.

 

O estádio será escolhido pela Confederação, e a previsão é de que a final seja sempre num sábado. A medida foi aprovada por unanimidade pelo conselho da entidade. A ideia é que cada finalista receba US$ 2 milhões, mais 25% da receita da bilheteria.

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 15:55

Ba-Vi: Julgamento é marcado para o dia 27 de fevereiro

Ba-Vi: Julgamento é marcado para o dia 27 de fevereiro
Foto: Romildo de Jesus/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJD-BA) já definiu a data e o horário do julgamento referente aos imbróglios acontecidos no Ba-Vi do último domingo (18). A sessão foi marcada para a próxima terça (27), às 18h, na sede da Corte, localizada no Palácio dos Esportes, na Praça Castro Alves, em Salvador. O Vitória foi acusado pela promotoria do TJD-BA de ter terminado o jogo aos 34 minutos do segundo tempo de forma proposital. Neste item, foram denunciados o técnico Vagner Mancini, o supervisor Mário Silva, o atacante André Lima e os zagueiros Bruno Bispo e Ramon. Além disso, mais cinco atletas do Leão também serão julgados, mas por conta da briga após a comemoração do atacante Vinicius. São eles: Fernando Miguel, Yago, Rhayner, Denílson e Kanu. Pelo mesmo motivo, quatro jogadores do Tricolor foram denunciados: Edson, Lucas Fonseca, Rodrigo Becão e Vinícius. 

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 15:35

Botafogo negocia com o volante Marcelo, ex-Vitória

por Glauber Guerra

Botafogo negocia com o volante Marcelo, ex-Vitória
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

Revelado nas divisões de base do Vitória, o volante Marcelo está na mira do Botafogo para a sequência da temporada. O jogador, de 23 anos, pertence ao Maccabi Tel Aviv, de Israel e foi cedido por empréstimo para o Bnei Yehuda, do mesmo país. A informação foi revelada por Francisco Godoy, empresário do atleta. "As negociações com o Botafogo para a contratação de Marcelo estão caminhando. Se fecharmos, será por empréstimo. Agora é aguardar", disse o agente, em entrevista ao Bahia Notícias. Marcelo deixou a Toca do Leão em janeiro do ano passado com destino ao Maccabi Tel Aviv. O Vitória recebeu R$ 5,2 milhões pela transação.

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 15:15

Ingressos à venda para o duelo entre Bahia e Atlântico

por Ulisses Gama

Ingressos à venda para o duelo entre Bahia e Atlântico
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Depois de bater o Náutico pela Copa do Nordeste na última quinta (22), o Bahia volta a jogar na Arena Fonte Nova no domingo (25), contra o Atlântico, pela sétima rodada do Campeonato Baiano. Os ingressos estão à venda.

 

O torcedor pode comprar a sua entrada no site oficial da Arena Fonte Nova (clique aqui), onde o associado sem acesso garantido tem 50% de desconto. Além da internet, três lojas oficiais do clube e os guichês da Arena Fonte Nova estão à disposição.

 

A entrada mais barata vale R$ 15, para o Super Sul. Já a mais cara custa R$ 140, para o Lounge Premium. Crianças de até onze anos - exceto Lounge - não pagam ingresso. Um torcedor pode comprar até quatro entradas e, no dia da partida, as bilheterias da Fonte só aceitam pagamento em dinheiro.

 

Confira a tabela de preços:

 

Confira a programação dos locais de venda:

 

Sexta (23)
Internet – 24h
Loja Oficial do Bahia – Salvador Norte (10h-21h), Bela Vista (10h-21h) e Estrada do Coco (10h-20h)

 

Sábado (24)
Internet – 24h
Loja Oficial do Bahia – Salvador Norte (10h-21h), Bela Vista (10h-21h) e Estrada do Coco (10h-17h)

 

Domingo (25)
Internet – Até 15h30
Bilheterias da Arena – A partir das 10h (com guichê exclusivo para prioridades e sócios)

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 14:20

Esposa de Fernandão, ex-Bahia, relata ameaças de torcedores do Vitória nas redes sociais

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

Esposa de Fernandão, ex-Bahia, relata ameaças de torcedores do Vitória nas redes sociais
Foto: Reprodução/ Twitter

A esposa do atacante Fernandão, que atua no turco Fenerbahçe, declarou no Twitter que o marido vem recebendo ameaças de morte. Ela publicou a cópia de uma mensagem vinda de um suposto torcedor do Vitória, cujo nome aparece no perfil dele no Instagram como Eder Marinho. "Venha para Salvador de novo p*. Kanu é favela de Salvador. Você é um c*. Fala muito. Cuidado para não terminar com a boca cheia de formiga, viu? A torcida do Vitória vai te pegar e é a sua mãe que vai chorar em cima do seu caixão", escreveu o torcedor. Após o clássico Ba-Vi, no último domingo (18), pela sexta rodada do Campeonato Baiano, que ficou marcado pelas cenas de violência dentro de campo entre os jogadores dos dois times, Fernandão ameaçou o zagueiro rubro-negro Kanu. "Kanu é muito homem dentro de campo. Quero ver, fora de campo, fazer isso. Covarde. Um dia eu volto e quero te encontrar por aí, fanfarrão. BBMP", declarou o atacante, que vestiu a camisa do Esquadrão de Aço em 2013. Leia a denúncia feita pela esposa de Fernandão, no Twitter: "Até que ponto uma ameaça vira crime? Dentre tantas ameaças recebidas por meu marido, selecionei essa pra tentar entender junto com vocês o que se passa na cabeça de alguns torcedores. O mundo tá difícil, o desamor tem imperado, rede social virou o meio de comunicação mais perigoso! Nunca nos envolvemos em polêmicas. Fernando sempre foi um cara família, caseiro, um profissional livre de qualquer dedo apontado. Acho que até por isso é tão querido, mais pelo que é fora de campo do que dentro... Mas dessa vez é impossível se calar. Só eu sei a quantidade de ameaças que recebemos nos últimos dias. Mas ameaça de morte vai além de futebol, é crime!"

Foto: Reprodução/ Twitter

Foto: Reprodução/ Instagram

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 13:30

Técnico quer Jequié jogando com inteligência para surpreender o Vitória

por Leandro Aragão

Técnico quer Jequié jogando com inteligência para surpreender o Vitória
Foto: Jefferson Peixoto/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O Jequié terá um duro desafio neste domingo (25). O Jipão recebe a visita do Vitória no estádio Waldomirão, em Jequié, pela sétima rodada do Campeonato Baiano. A bola rola a partir das 17h. Dependendo do resultado para continuar sonhando com a classificação para a próxima fase, segundo o técnico, Carlos Rabello, a equipe do interior vai entrar em campo visando o triunfo.

 

"Sabemos da dificuldade do jogo por enfrentar um time grande e os dois times brigando para se classificar. Sabemos da importância do resultado positivo para nós e o Vitória também. Então, vai ser um jogo bem estudado. Vamos tentar surpreender o Vitória dentro de casa para que possamos brigar pela classificação. A vitória seria bem vinda e nos daria um grande passo para nos classificarmos", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Neste momento, o Jequié está no G-4, ocupando a quarta colocação com 10 pontos na tabela de classificação do Baianão. Para surpreender o Leão, Rabello quer que o Jipão jogue com sabedoria valorizando a posse de bola. "Precisamos ter o controle do jogo e a posse de bola. Temos que ser inteligentes para jogar contra time grande. Se você não souber usar a sabedoria, com certeza acabará perdendo o controle do jogo e perdendo a condição de equilibrar o jogo", disse.

 

Sem desfalque por suspensão, Rabello pretende começar o jogo com: Léo Paredão; Getúlio, Railon, Weslley Rodrigues e Arnold Meveng; Prosper Koffi, Luis Henrique, Tity e Robert; Fabiano Ranke e Marcelo Pano.

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 12:45

NBB: Edu Mariano se diz confiante em triunfo diante do Mogi em Salvador

por Glauber Guerra

NBB: Edu Mariano se diz confiante em triunfo diante do Mogi em Salvador
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

Para se reabilitar do revés dentro de casa para o Paulistano na última rodada, o Vitória recebe o Mogi, segunda-feira (26), às 19h30, no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, em Salvador, válido pelo Novo Basquete Brasil (NBB). O ala Edu Mariano demonstra confiança em um resultado positivo.

 

“Vai ser um jogo difícil. O adversário é uma equipe forte, mas estamos muito confiantes na vitória e tenho certeza que vamos fazer um ótimo jogo em casa, apesar do resultado negativo no último jogo”, disse, o jogador, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

O atleta ainda garantiu que a equipe tem treinado forte. “O grupo vem trabalhando forte. Estamos focados e concentrados para os próximos desafios”, finalizou.

 

O Vitória ocupa a sétima coloca do NBB com um aproveitamento de 52,4%.

Rússia confirma mais um caso de doping nos Jogos Olímpicos de Inverno
Foto: Charlie Booker/ IBSF

A Rússia confirmou nesta sexta-feira (23), mais caso de doping entre os seus atletas que disputam os Jogos Olímpicos de Inverno, em PyeongChang, na Coreia do Sul. Desta vez, Nadezha Sergeeva testou positivo para uma substância banida. O exame foi feito no último dia 18. Ela terminou na 12ª colocação na prova de bobsled.

 

O presidente da Confederação Russa de Bobsled, Alexander Zubkov, confirmou que Nadezha Sergeeva usou uma substância proibida durante os Jogos Olímpicos de Inverno. Ainda sem saber o que testou positivo, Zubkov negou que a atleta tenha usado meldonium, a mesma que foi encontrada no sangue de Alexander Krushelnitcky. O russo perdeu a medalha de bronze que havia conquistado na prova de duplas mistas do curling. O dirigente ainda destacou que Sergeeva fez um teste no dia 13 de fevereiro, antes da competição, que deu negativo.

 

Nos Jogos de Sochi 2014, Nadezha Sergeeva terminou na 16ª colocação. Esta não foi a primeira vez que ela foi pega no doping. Em março de 2016, a atleta falhou no teste para meldonium. Como a quantidade era pequena, ela não foi suspensa.

Zagueiro do Atlântico diz que elenco está confiante para duelo com o Bahia
Foto: Reprodução/ Instagram

Bahia e Atlântico se enfrentam neste domingo (25), a partir das 16h, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela sétima rodada do Campeonato Baiano. Na zona de rebaixamento do certame, o Tubarão quer surpreender o Tricolor para sair dessa situação. Segundo o zagueiro Abdala o grupo está mais unido e confiante.

 

"Sabemos que nossa situação não é das melhores, mas tivemos uma conversa na segunda-feira [19] e de lá cá pra senti o grupo muito confiante, muito unido. O professor vem passando muita confiança para todos os jogadores e temos condições de fazer uma grande vitória. Sabemos que o Bahia é uma equipe muito forte, até favorita para o jogo, mas com fé em Deus vamos buscar a vitória na Fonte Nova", disse.

 

O Atlântico, que é comandado pelo técnico Eduardo Bahia, ocupa a décima e última colocação no campeonato, com somente um ponto conquistado em seis jogos disputados. Apenas o lanterna cai para a Série B do estadual. Já o Bahia, em recuperação no certame, é o terceiro com 11.

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 10:45

Técnico do Bahia exalta Vinícius e admite temor por denúncias ao TJD-BA

por Ulisses Gama

Técnico do Bahia exalta Vinícius e admite temor por denúncias ao TJD-BA
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Com um gol e uma assistência, o meia Vinícius voltou a ser destaque do Bahia no jogo contra o Náutico. A atuação dele fez a alegria da torcida e não foi diferente com o técnico Guto Ferreira. O comandante lembrou das dificuldades que o atleta passou na última temporada e destacou o trabalho que o camisa 29 vem realizando no Fazendão.

 

"Eu já falei há dois jogos, três jogos. Vinicius começa a colher tudo aquilo que vem plantando. No ano passado, sai do clube em um dia, no outro dia, quando estava fazendo a rescisão, Vinicius chegou. Chegou sem pré-temporada e estreou fazendo gol. Mas quando não tem uma base, a tendência é ter uma queda, a parte física não sustenta. É nesse aspecto que ele vem trabalhando muito. Vem conseguindo fazer o que faz nos treinamentos. Treina forte, joga forte, se dedica. Vemse entregando muito no aspecto defensivo. Que siga assim, que não abaixe a guarda e que a gente possa ter com ele uma temporada espetacular", declarou.

 

Vinícíus pode ser um desfalque para o Tricolor no Baianão. Expulso por comemorar com uma dança no clássico Ba-Vi do último domingo (18), no Barradão, o jogador foi denunciado ao TJD-BA dentro do artigo 258-A (provocar o público) do Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA) e pode pegar até seis jogos de gancho. Assim como ele, mais três atletas foram denunciados (leia mais aqui). Guto não escondeu o temor pelas possíveis punições.

 

"Temer a grande sempre teme. Acho que agora está na mão da Procuradoria analisar cada caso. Que não se analise cada situação tentando equilibrar situações. Que se analise cada caso como deve ser, individualmente. Acho que o que aconteceu é fora do contexto e que eles possam fazer o melhor para o futebol", declarou.

 

O julgamento do polêmico clássico do Campeonato Baiano deve ocorrer na próxima terça-feira (27).

Isadora Williams lamenta queda na final da patinação artística: 'Foi muito triste'
Foto: Reprodução/ Twitter

Primeira patinadora sul-americana a participar do programa longo da modalidade numa Olimpíada de Inverno, a brasileira Isadora Williams ficou nervosa e sofreu uma queda durante a apresentação, nesta sexta-feira (23), nos Jogos de PyeongChang, na Coreia do Sul. O sorriso que estampou no término do programa curto deu lugar aos olhos vermelhos marejados no desfecho da final.

 

"Foi muito triste. Não tenho palavras para o que aconteceu. Fui a última patinadora do meu grupo. Depois aquecimento eu tive 30 minutos, sentei, fiquei muito nervosa nesse tempo. Depois do programa curto limpo, isso é muito difícil. É muito difícil, porque todo mundo ficou muito feliz depois do programa curto e tem muita pressão no Brasil. Não foi perfeito para um longo. Eu não tenho palavras. Não sei. Não era o programa que eu queria fazer aqui", lamentou a atleta, de 22 anos.

 

Diante de uma arena lotada, Isadora se apresentou sob a música Nyah, um dos temas do filme Missão Impossível 2. Após começar bem, ela caiu e se desestabilizou emocionalmente. Ela recebeu nota 88,44 no programa longo e totalizou 144,18 pontos, terminando na 24ª e última colocação. Nos Jogos Olímpicos de Sochi em 2014, ela terminou na lanterna do programa curto. "Eu amo o Brasil, amo as pessoas torcendo por mim. Mas no primeiro salto eu falhei e depois eu não consegui me recuperar. Entrei nervosa. Tinham mais pessoas assistindo hoje", explicou.

 

A russa Alina Zagitova, de apenas 15 anos, conquistou a medalha de ouro da prova ao somar 239.57 pontos. A prata ficou com outra russa, Evgenia Medvedeva, que terminou com 238.26. A canadense Kaetlyn Osmond fechou o pódio com 231.02.

Pódio da partinação artística | Foto: Reprodução/ Twitter

 

Isadora Williams nasceu nos Estados Unidos, mas é filha de uma brasileira. Ela começou a patinar aos cinco anos de idade em Marietta, na Geórgia. Em 2010, começou a disputar torneios internacionais representando o Brasil. A atleta não definiu o seu futuro no esporte. A próxima edição dos Jogos Olímpicos de Inverno será em 2022, em Pequim, na China. Até lá Isadora terá 26 anos, idade em que muitas patinadoras já se aposentaram. No entanto, outras postergam o fim da carreira.

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 09:45

Jequié x Vitória: Diego Pombo Lopez apitará partida

Jequié x Vitória: Diego Pombo Lopez apitará partida
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O árbitro Diego Pombo Lopez (CBF-BA) foi o sorteado para comandar o confronto entre Jequié e Vitória, domingo (25), às 17h, no Estádio Waldomiro Borges, na cidade homônima do clube do interior. 

 

Diego contará com  osauxílios de Alessandro Álvaro de Rocha Matos (Fifa/BA) e Marcos Welb Rocha de Amorim (CBF/BA)

 

O Jequié tem 10 pontos e ocupa a quarta colocação no Campeonato Baiano, enquanto o Vitória possui 13 e aparece em segundo.
 

Após derrota para o Bahia, técnico do Náutico faz contas na Copa do Nordeste
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

Com a derrota para o Bahia, na noite da última quinta-feira (23), o Naútico ficou mais distante da zona de classificação no Grupo C da Copa do Nordeste. O Timu perdeu por 2 a 1 para o Esquadrão de Aço, na Arena Fonte Nova, pela terceira rodada do torneio regional. Com apenas um ponto conquistado e cinco atrás do time baiano, que é o segundo, o técnico Roberto Fernandes, do clube pernambucano, já começou a fazer as contas para buscar uma vaga nas quartas de final.

 

"Se vencermos três, chegamos a dez pontos e dificilmente não vamos nos classificar. Qualquer time num grupo de quatro equipes com dez pontos passa. Só não se o último zerar e isso não está acontecendo com o Altos", disse.

 

Na próxima rodada, o Náutico o volta a enfrentar o Bahia, desta vez jogando na Arena Pernambuco, no dia 10 de março. Depois, o time encara o Botafogo-PB, de novo em casa. E encerrando a fase de grupos visitando o Altos-PI. "Se a gente perder do Bahia a situação fica dificílima. É uma decisão. Não vou ficar adiando isso. Ninguém quer brincar de missão para esperar os últimos jogos. Vamos fazer desse uma final", afirmou o treinador.

De 'consciência tranquila', Vinícius fala sobre dancinha: 'Não vejo como provocativa'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O meia Vinícius voltou a comprovar a boa fase que vive na última quinta-feira (22), no triunfo de 2 a 1 sobre o Náutico pela Copa do Nordeste. Ele marcou, deu assistência e levou a torcida ao delírio com a polêmica dança que gerou uma enorme confusão no Ba-Vi do último domingo (18), pelo Baianão.

 

Após a partida, o jogador afirmou que a comemoração é sua marca registrada e disse estar de consciência tranquila. Segundo ele, os passos não são provocativos.

 

"Não vejo como provocativa. Desde o começo do ano o pessoal do marketing do clube fez as comemorações e a minha é essa. A partir do momento que eu faço um gol na casa do adversário e no gol onde a torcida deles está perto, fica como provocação. Mas estou com a consciência tranquila. O pensamento agora é no Baiano de novo", disse, em entrevista ao canal Esporte Interativo.

 

Agredido por jogadores do Vitória depois de marcar e comemorar no clássico, Vinícius disse que não foi procurado por nenhum atleta do Rubro-negro envolvido na confusão. Apesar disso, ele diz estar aberto para conversas.

 

"Sou contra a violência. No momento não achei que tomaria essa proporção, mas nenhum jogador me procurou. Na hora do jogo o goleiro [Fernando Miguel] me chamou no canto e me pediu desculpa, dizendo que não sabia que tomaria essa proporção. Foi ele que veio atrás de mim primeiro. Eu conversei só com o André Lima, que é um amigo particular. Aprendi a não guardar mágoa. Todos sabem como é o futebol e a qualquer momento podemos jogar juntos. Eles quiseram defender a torcida deles. Não quero julgar ninguém, mas não concordo como conduziram. Se me pedirem desculpas, obviamente que irei desculpar", declarou.

 

Com o gol marcado contra o alvirrubro, Vinícius ultrapassou Hernane Brocador - agora jogador do Grêmio - e se tornou o artilheiro do Esquadrão de Aço na temporada, com quatro tentos anotados.

 

"Fico feliz pelo momento. Sei que ano passado fui um dos jogadores muito cobrado. Fiquei seis meses sem jogar. A partir do momento que você veste a camisa do Bahia, a pressão vem, Mas dessa vez tive pré-temporada e graças a Deus posso evoluir com todo o time", celebrou.

 

Expulso por comemorar com a dança no jogo contra o Vitória, Vinícius foi enquadrado no artigo 258-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e pode pegar um gancho de até seis jogos no estadual.

 

 

Copa do Brasil: CBF define datas e horários dos jogos entre Vitória e Bragantino
Vaga será decidida no Barradão/ Foto: Jefferson Peixoto/ Ag. Haack/ BN

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já definiu as datas e horários dos confrontos da terceira fase da Copa do Brasil. Vitória e Bragantino, adversários desta etapa, se enfrentarão na próxima quarta-feira (28), às 19h30, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).  Já o duelo de volta acontecerá no dia 15 de março (quinta), às 19h15, no Barradão.

 

Na terceira fase da Copa do Brasil, o critério de gol qualificado não vale mais. Portanto, em caso de empate, a vaga para a próxima etapa do torneio será decidida nos pênaltis. 
 

'Descobri que preto não pode pegar táxi', diz Rafaela Silva após episódio de racismo
Rafaela Silva quando conquistou o ouro na Rio-2016 | Foto: Reprodução/ Facebook

Campeã olímpica nos Jogos Rio 2016, a judoca Rafaela Silva fez um desabafo nas redes sociais, na noite da última quinta-feira (22). Rafaela se sentiu discriminada após uma abordagem policial no Rio de Janeiro. Ao chegar à cidade, ela pegou um táxi no Aeroporto Internacional Tom Jobim para voltar para casa, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. No Twitter, ela contou que uma viatura da Polícia Militar, com quatro policiais, sinalizou para o taxista encostar o carro, no meio da Avenida Brasil. "Quando o taxista encostou eles o chamaram para um canto, quando olhei na janela outro policial armado mandando eu sair de dentro do carro, levantei e saí. Quando cheguei na calçada ele olhou para minha cara e falou... Trabalha aonde? Eu respondi... Não trabalho, sou atleta! Na mesma hora ele olhou para minha cara e falou... Você é aquela atleta da olimpíada, né? Eu disse... Sim, e ele perguntou... Mora aonde? Eu falei, em Jacarepaguá e estou tentando chegar em casa. Na mesma hora o policial baixou a cabeça entrou na viatura e foi embora!", escreveu. Depois da abordagem, ela perguntou ao taxista o que os policiais falaram com ele. "E o taxista respondeu... Essa é aquela de judô, peguei no aeroporto e o policial falou... Ah, tá! Achei que tinha pego na favela", relatou. "Fiquei indignada, todo mundo na rua olhando para minha cara como se eu tivesse feito algo errado. Esse preconceito vai até onde?", finalizou no Twitter. Rafaela Silva ainda gravou um vídeo no stories do Instagram. "A gente no Rio de Janeiro tem que passar essa vergonha. Descobri que preto não pode andar de táxi, porque deve estar assaltando ou roubando?", afirmou. Confira o relato da campeã olímpica no Twitter:

 

 

Fotos: Reprodução/ Twitter

 Bahia x Atlântico: Ricarle Gustavo apita jogo da rodada 7 do Baianão
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) anunciou que Ricarle Gustavo Batista vai ser o árbitro responsável por apitar o jogo entre Bahia e Atlântico, no próximo domingo (25), na Arena Fonte Nova, pela sétima rodada do Campeonato Baiano.

 

Essa será a segunda partida do Bahia no certame deste ano comandada pelo juiz. No último dia 7 de fevereiro, ele esteve presente na goleada do Bahia sobre o Vitória da Conquista por 6 a 1.

 

O árbitro será auxiliado por Paulo de Tarso Bregalda Gussen e Carlos Eduardo Bregalda Gussen.

 

Com onze pontos, o Bahia ocupa o terceiro lugar do Campeonato Baiano. O Atlântico, por sua vez, é o lanterna, com apenas um ponto.

Jogadores do Vitória recebem folga e só terão um treino antes do jogo contra o Jequié
Foto: Glauber Guerra/ Bahia Notícias

Depois de vencer o Jacuipense por 1 a 0 (relembre aqui), os jogadores do Vitória receberam folga e só retornarão aos trabalhos na manhã de sábado (24), de olho no confronto contra o Jequié, domingo (25), às 17h, no Estádio Waldomiro Borges, na cidade homônima do adversário.

 

Apenas os atletas que não foram relacionados contra o Jacuipense e os que estão em fase de transição ou no departamento médico, comparecerão a Toca do Leão nesta sexta (23).

 

Com 13 pontos, o Vitória ocupa a segunda colocação no Campeonato Baiano, enquanto o Jequié tem 10 e aparece em quarto.

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 07:30

Bruno Soares e Jamie Murray avançam à semi do Rio Open; Bellucci e Sá perdem

por Estadão Conteúdo

Bruno Soares e Jamie Murray avançam à semi do Rio Open; Bellucci e Sá perdem
Bruno Soares e Jamie Murray | Foto: Fotojump

O Brasil tem um representante nas semifinais da chave de duplas do Rio Open, um ATP 500 que está sendo realizado em quadras de saibro no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro. O mineiro Bruno Soares, junto com o britânico Jamie Murray, derrotou a parceria formada pelo checo Roman Jebavy e pelo argentino Leonardo Mayer por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

Cabeças de chave número 2 no Rio Open, Bruno Soares e Jamie Murray terão pela frente nas semifinais os espanhóis David Marrero e Fernando Verdasco, que na última quarta-feira (21) passaram pela dupla formada pelo mexicano Santiago González e pelo chileno Julio Peralta por 2 sets a 1 - parciais de 7/5, 3/6 e 10 a 2 no match tie-break.

Quem não conseguiu chegar nem às quartas de final foi a dupla brasileira formada por Thomaz Bellucci e André Sá. Nesta quinta-feira (22), pelas oitavas de final, os dois foram eliminados pelos argentinos Andres Molteni e Horacio Zeballos, que ganharam com tranquilidade por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/3.

André Sá, nomeado nesta quinta-feira para o cargo de consultor de relações com os jogadores da Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês), disputou no Rio de Janeiro o seu penúltimo torneio na carreira profissional. Sua despedida será no Brasil Open, um ATP 250 que será realizado na semana que vem em São Paulo.

HOMENAGEM

 

O ex-jogador Carlos Kirmayr, número 6 do ranking de duplas em 1983, foi homenageado pela organização do Rio Open, nesta quinta-feira, na quadra principal Guga Kuerten. Kirmayr chegou à 61.ª posição no ranking de simples e alcançou sucesso nas duplas, sendo um dos precursores da modalidade no Brasil.

O paulista foi o primeiro brasileiro a disputar o Masters de duplas, em 1983, com Cássio Motta, tornando-se a quinta melhor dupla do mundo. O ex-jogador conquistou 10 títulos na sua carreira profissional.

Carlos Kirmayr defendeu o Brasil na Copa Davis por 15 anos e teve sucesso quando partiu para a carreira de treinador, acompanhando a argentina Gabriela Sabatini na conquista do US Open de 1990.

O ex-jogador recebeu uma placa comemorativa das mãos do diretor de Relações do Rio Open, Ricardo Acioly, e do diretor do torneio, Luiz Carvalho. "Agradeço meus pais por me incentivarem a jogar tênis, meus técnicos, pelos aprendizados, meus adversários, que me fizeram buscar meu máximo, e meus alunos, com quem aprendo muito", disse Carlos Kirmayr, muito emocionado.

 

Sexta, 23 de Fevereiro de 2018 - 00:45

Guto Ferreira exalta atuação do Bahia e celebra 1º gol de Edigar em 2018

por Ulisses Gama

Guto Ferreira exalta atuação do Bahia e celebra 1º gol de Edigar em 2018
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O técnico Guto Ferreira aprovou o desempenho do Bahia no triunfo contra o Náutico nesta quinta-feira (22), na Arena Fonte Nova, pela Copa do Nordeste. Na análise do duelo, o comandante tricolor apontou uma equipe dominadora na primeira etapa, mas que relaxou na parte final do jogo. Guto também comemorou o primeiro gol de Edigar Junio na temporada.

 

"Acho que fizemos um primeiro tempo dentro daquilo que a gente busca, que é controlar o adversário. O Náutico veio para jogar nos nossos erros. Erramos, mesmo assim recuperamos a bola em sequência. A equipe teve paciência, criou jogadas e numa delas um gol interessante, uma jogada bem trabalhada. No segundo tempo seguimos nessa tônica, encorpando, chegamos ao segundo gol. Que bom que Edigar marcou, super importante nesse momento. Depois, um calor muito grande. Estava suado sem jogar, imagina eles. Houve um desgaste e relaxamos. Fomos punidos, mas tivemos a competência de controlar até o final", explicou.

 

Guto Ferreira também destacou a importância do resultado, que coloca o Bahia próximo do Botafogo-PB no grupo C da competição e com boas condições de se classificar na 4ª rodada, contra o mesmo Náutico no dia 10 de março, na Arena Pernambuco. Apesar disso, o técnico crê que há margem de melhora.

 


"Resultado importante, nos coloca a cinco pontos do terceiro, na condição de brigar pela liderança. Em caso de mais um triunfo a gente se classifica e vamos trabalhar para isso. Nos coloca de uma condição de sete jogos invictos, com três triunfos. A equipe vem tomando poucos gols. Hoje fomos vazados, mas não tem sido normal tomar. Vamos vendo coisas interessantes que a equipe vem apresentando, coisas que estamos trabalhando, mas temos que trabalhar para melhorar mais", indicou.

 

O Bahia volta a entrar em campo no próximo domingo (25), contra o Atlântico, na Arena Fonte Nova, pela sétima rodada do Campeonato Baiano.
 

Histórico de Conteúdo