Sábado, 25 de Junho de 2016 - 17:30

Brasil atropela a Bulgária e vence mais uma na Liga Mundial

por Estadão Conteúdo

Brasil atropela a Bulgária e vence mais uma na Liga Mundial
Foto: Divulgação/FIVB
A seleção brasileira masculina de vôlei não tomou conhecimento da Bulgária e venceu fácil o seu sexto compromisso na Liga Mundial, alcançando seu quinto triunfo. Neste sábado, os comandados do técnico Bernardinho atropelaram os europeus por 3 sets a 0 (25/14, 25/21 e 25/12), em uma hora e meia de jogo em Belgrado, na Sérvia.

Ao encerrar sua participação na segunda semana, o Brasil tem 15 pontos, uma vez que também venceu EUA, Irã (duas vezes) e Argentina. A única derrota foi para a Sérvia, quinta-feira. Só os sérvios estão invictos.

Por outro lado, a Bulgária ainda não venceu. A equipe, que não vai à Olimpíada, está em reformulação e é um dos sacos de pancada da Liga Mundial. O Brasil não desperdiçou a oportunidade e ganhou fácil, mesmo com um time misto.

Bernardinho escalou Bruno, Eder, Wallace, Serginho, Mauricio Souza, Lucarelli e Mauricio Borges, aproveitando para testar Eder e, principalmente, os dois xarás, que são fortes candidatos a serem cortados do elenco que vai à Olimpíada.

A seleção brasileira dominou todo o primeiro set, indo para o primeiro tempo técnico vencendo por 8/3. A vitória na parcial, por 25/14, foi tranquila. A Bulgária só assustou no segundo set, chegando a liderar por 19/18. Mas o bloqueio e o saque funcionaram bem e o Brasil fez 2 a 0. No terceiro set, a Bulgária até equilibrou o jogo nos primeiros pontos, mas depois o time brasileiro deslanchou.

Com 15 pontos, Wallace foi o brasileiro que mais pontuou. Maurício Borges, com 14, e Maurício Souza, com 11, também foram bem. O central, aliás, acertou todos os seus sete ataques e ainda fez dois pontos de saque.

Na semana que vem, o Brasil joga em Nancy, na França. Enfrenta França e Polônia, dois times que estarão no Rio-2016, e também a Bélgica.
Sábado, 25 de Junho de 2016 - 16:30

Brasil fatura duas medalhas por equipe no Pan-Americano de Esgrima

por Edimário Duplat

Brasil fatura duas medalhas por equipe no Pan-Americano de Esgrima
Foto: Divulgação/FIE
Na última sexta-feira (24), o Brasil conseguiu importantes resultados no Campeonato Pan-Americano de Esgrima, realizado na Cidade do Panamá. Tanto no masculino quanto no feminino, o país subiu ao pódio na categoria por equipes do torneio continental.

Entre os homens, o Brasil ficou com a prata após perder na decisão para os Estados Unidos pelo placar de 45-38. A seleção do Canadá completou o pódio ficando com o bronze na categoria. Já entre as mulheres, as brasileiras conquistaram o bronze ao derrotar Porto Rico por 45 a 16. As canadenses ficaram com o ouro enquanto as estadunidenses ficaram na segunda posição.

O Brasil encerra a competição com três medalhas no torneio. Na última quinta (23), o esgrimista Renzo Agresta conquistou o ouro na modalidade de sabre individual. 
Jobson é transferido para o presídio do Pará após acusações de estupro
Foto: Gustavo Rotstein
O jogador Jobson foi transferido para o presídio de Marabá, no estado do Pará, na manhã deste sábado (25). As informações são do portal G1. O atleta estava preso na carceragem da delegacia de Conceição do Araguaia, sul do estado, por determinação justicial,  desde a última quinta-feira (23) suspeito de ter estuprado quatro adolescentes (relembre). Segundo a Polícia Civil, o atleta também é suspeito de um quinto caso de estupro que ainda está sendo investigado. A Fifa proibiu Jobson de realizar qualquer atividade relacionada ao futebol até o dia 31 de março de 2018 como punição pelo jogador ter se recusado a se submeter a um exame antidoping quando defendia um clube da Arábia Saudita.
Sábado, 25 de Junho de 2016 - 15:40

Gol contra coloca País de Gales nas quartas de final da Eurocopa

por Estadão Conteúdo

Gol contra coloca País de Gales nas quartas de final da Eurocopa
Foto: Divulgação / Uefa Euro
Dois dias depois do Brexit, como ficou conhecido o referendo que decidiu pela saída da Grã-Bretanha da União Europeia, neste sábado um britânico teria que deixar a Eurocopa nas oitavas de final. E sobrou para a Irlanda do Norte, que perdeu do País de Gales por 1 a 0 em um jogo de baixa qualidade técnica em Paris, na França. Ambos são estreantes em Eurocopa, de modo que a classificação de Gales para as quartas de final é inédita.

A eliminação da Irlanda do Norte também significa o fim do canto que tomou conta da Eurocopa, homenageando o atacante Will Grigg que, pelo que cantam os norte-irlandeses, estava "on fire" ("pegando fogo"). Mas todo o fogo dele só serviu para esquentar o banco de reservas. Grigg, estrela improvável da competição, vai embora sem sequer ter jogado.

Já Gales avança às quartas de final para pegar quem passar do duelo entre Hungria e Bélgica, domingo, em Toulouse. O confronto pela próxima fase será só na sexta-feira, em Lille. É a primeira vez que um time britânico que não a Inglaterra fica entre os oito primeiros colocados da Eurocopa.

O JOGO - Irlanda do Norte e País de Gales chegaram pela primeira vez à competição continental exatamente na primeira edição que a Eurocopa tem 24 times, oito a mais do que antes. A expansão deu a oportunidade para que ambas as torcidas dessem show na França, mas fez com que a Eurocopa assistisse a partidas sofríveis.

Foi o caso do primeiro tempo do jogo deste sábado no Parque dos Príncipes. O primeiro tempo só não foi totalmente ruim porque metade do estádio era vermelha e cantava sem parar e a outra metade era verde e também não sossegava.

No campo, Gales chegou a mandar uma bola pras redes, aos 18 minutos, mas Ramsey estava impedido e o lance não valeu. A Irlanda do Norte respondeu com um chute de Ward de fora da área, que Hennessey pegou. País de Gales tinha mais posse de bola, jogadores mais talentosos, mas não conseguia transformar a superioridade técnica em chances de gol.

No segundo tempo, Gales melhorou e, consequentemente, o jogo também. Vokes perdeu pelo alto aos 7 minutos, McGovern pegou falta batida por Bale aos 12, e o gol enfim saiu aos 30 minutos. Bale recebeu pela esquerda e cruzou. Antes que a bola chegasse em Robson-Kanu, McAuley tentou cortar e mandou contra o próprio gol.

Como um típico time britânico, a Irlanda do Norte passou a apostar nos chuveirinhos para tentar empatar. Não deu certo, apesar da tentativa do goleiro McGovern de se arriscar na área no último lance.
Sábado, 25 de Junho de 2016 - 15:30

Pau Gasol volta atrás e confirma participação nos Jogos Olímpicos do Rio 2016

por Edimário Duplat

Pau Gasol volta atrás e confirma participação nos Jogos Olímpicos do Rio 2016
Foto: Rafa Casal/Jornal Marca
Depois de cogitar não participar dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016 por termor ao Zika Vírus (veja aqui), o espanhol Pau Gasol voltou atrás e confirmou a sua presença na competição internacional que será realizada na cidade brasileira.

Em sua coluna publicada no jornal Marca deste sábado (25), o ala-pivô afirmou que está disponível para ser convocado aos Jogos e que recorreu ao congelamento de esperma para poder vir ao Brasil em agosto desse ano.

Com duas pratas conquistadas em Pequim 2008 e Londres 2012, Gasol terá no Rio de Janeiro a sua quarta olimpíada. A convocação da seleção espanhola deve ser anunciada na próxima segunda-feira (27).
Em único treino antes da Ponte, Mancini realiza rachão e faz mistério sobre equipe titular
Foto: Francisco Galvão/Vitória/Divulgação
Com pouco tempo entre as partidas,o treinador Vagner Mancini realizou apenas um treino na manhã deste sábado (25) visando a partida contra a Ponte Preta no próximo domingo (26), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016.

Na ocasião, o treinador do Leão da Barra fez uma rápida reunião com os atletas e depois liberou os jogadores para um tradicional rachão. Apesar de relacionar os 22 jogadores que irão ficar à disposição para enfrentar a Macaca, o comandante do Leão não adiantou qual será a provável escalação da equipe no próximo domingo, o que acontecerá apenas minutos antes do jogo.

Em relação aos desfalques, Mancini não poderá contar com o zagueiro Victor Ramos, suspenso por tomar o terceiro cartão amarelo e deve ter a zaga formada por Kanu e Ramón. Já no ataque, Marinho teve sua situação regularizada e se torna uma das opções ao lado de Rafaelson, Gabriel, David, Kieza, Dagoberto, Vander e Nickson.

Vitória e Ponte Preta se enfrentam às 16h do próximo domingo no Estádio Manoel Barradas. Na 14ª posição, os baianos têm 12 pontos e estão apenas a um de diferença dos paulistas, que seguem na 10ª colocação.
Sábado, 25 de Junho de 2016 - 14:00

Polônia bate Suíça nos pênaltis e é a primeira classificada às quartas de final

por Estadão Conteúdo

Polônia bate Suíça nos pênaltis e é a primeira classificada às quartas de final
Foto: Divulgação/Uefa
A surpreendente seleção da Polônia, que ainda não viu o brilho de Lewandowski, é a primeira classificada às quartas de final da Eurocopa. Num jogo que pintou de vermelho e branco o estádio de Saint-Étienne, na França, os poloneses venceram os suíços nos pênaltis, por 5 a 4, depois de empate em 1 a 1 no tempo normal e de uma prorrogação sem gols. Xhaka perdeu o pênalti que determinou o resultado.

Apesar de nenhum dos dois times apresentar um futebol encantador, o jogo foi bom, com boas chances para ambos os lados. A Polônia marcou primeiro, na etapa inicial, mas a Suíça buscou o empate com um golaço de Shaqiri a nove minutos do fim. Na prorrogação, Fabianski impediu a vitória suíça.

Nas quartas de final, a Polônia pega quem passar do confronto entre Croácia e Portugal, que se enfrentam mais tarde, às 16h (de Brasília), em Lens. Em sua terceira participação na fase final da Eurocopa - a terceira seguida -, a Polônia pela primeira vez fica entre as oito primeiras. Em 2008 e 2012, caiu na fase de grupos, sem vitórias. Já a Suíça segue sem nunca ter chegado às quartas, após quatro participações.

O JOGO - Com 20 segundos de partida, a Suíça saiu jogando errado, Milik bateu sem goleiro, de cima da linha da grande área, e conseguiu a façanha de chutar para fora. Era a chance de um ótimo início, ficando na frente do marcador antes do relógio marcar um minuto, mas a Polônia ainda tardaria em conseguir o gol.

Em um primeiro tempo bastante agitado, a Polônia perdeu pelo menos outras três boas oportunidades. Aos 6, com Milik, de cabeça. Aos 28, com Krychowiak, também pelo alto. E aos 32, novamente com Milik, que matou no peito na área e errou o alvo no chute.

Ainda que a Suíça também criasse algumas oportunidades, era a Polônia que merecia abrir o placar. E abriu. Aos 38, em pela jogada coletiva de contra-ataque, Grosicki avançou pela esquerda e cruzou. Milik fez bonito corta-luz e deixou com Kuba, que bateu na saída do goleiro.

A partida, que já era boa, ficou ainda melhor quando a Suíça precisou começar a jogar. As chances passaram a ser lá e cá, com Fabianski e Sommer impedindo que o placar fosse modificado. Aos 31, Shaqiri chegou a acertar o travessão.

O lance do jogo foi o gol de empate. Após cruzamento da esquerda, Shaqiri acertou uma meia-bicicleta plasticamente perfeita, desde a linha da grande área. A bola foi certeira, no canto esquerdo baixo, sem chances de defesa.

O empate permaneceu por mais 10 minutos, até o apito final, o que exigiu a prorrogação. No tempo extra, as oportunidades de gol rarearam. A Suíça teve a melhor chance, com Derdiyok, mas Fabianski fez uma defesa que garantiu a cobrança dos pênaltis.

Lichtsteiner e Lewandowski fizeram a parte deles, mas Xhaka bateu forte e para longe. Depois, todo mundo acertou, até que Krychowiak converteu a última cobrança, no canto, indefensável.

FICHA TÉCNICA:

SUÍÇA 1 (4) X (5) 1 POLÔNIA

SUÍÇA - Sommer; Lichtsteiner, Schär, Djourou e Ricardo Rodriguez; Behrami (Gelson Fernandes), Dzemaili (Embolo) e Xhaka; Shaqiri, Seferovic e Mehmedi (Derdiyok). Técnico - Vladimir Petkovic.

POLÔNIA - Fabianski; Piszczek, Glik, Pazdan e Jedrzejczyk; Kuba Blaszczykowski, Krychowiak, Maczynski (Jodlowiec) e Grosicki (Peszko); Milik e Lewandowski. Técnico - Adam Nawalka.

GOLS - Kuba, aos 38 minutos do primeiro tempo, e Shaqiri, aos 36 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO - Mark Clattenburg (Inglaterra).
CARTÕES AMARELOS - Schär e Embolo (Suíça); Pazdan e Jedrzejczyk (Polônia).
RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.
LOCAL - Estádio Geoffroy Guichard, em Saint-Étienne (França).
Depois de enfrentar o Grêmio, Kanu fala da importância de um triunfo contra a Ponte Preta
Foto: Glauber Guerra/Bahia Notícias
Após o triunfo perante o Grêmio por 2 a 1, em partida realizada na última quinta-feira (23), o zagueiro Kanu falou sobre o próximo confronto do Vitória no Campeonato Brasileiro 2016. Para o defensor, a partida contra a Ponte Preta é essencial para o Leão da Barra, e a equipe vai entrar focada para sair com um triunfo no próximo domingo (26), no Barradão.

“Com certeza, o jogo da Ponte Preta temos uma equipe bem treinada e orientada, e que está ciente de somar nestes dois jogos aqui dentro de casa. Já conversamos jogo para entrar forte e mais ligado no jogo de amanhã, com pressão e não deixando o adversário jogar”, afirmou o jogador, que espera repetir a titularidade no próximo confronto do Rubro-Negro.

Com 12 pontos e na 14ª colocação, o Vitória enfrenta a Ponte Preta às 16h no Barradão.
Guto Ferreira fala de motivação para treinar o Bahia e exalta o clube no cenário nacional
Foto: Divulgação / Chapecoense
Às vésperas de ser apresentado oficialmente como novo treinador do Bahia, o paulista Guto Ferreira revelou, em entrevista ao jornal Correio, as suas expectativas para comandar o Bahia no complemento do Campeonato Brasileiro da Série B e reiterou a importância de treinar a equipe soteropolitana. Mesmo sem querer diagnosticar algum problema no atual momento do Esquadrão, o técnico confessa que a primeira meta será a de recuperar a confiança dos atletas e da torcida tricolor.

“Falando de fora é mais difícil de avaliar qual é o problema do Bahia. Existem situações que às vezes você está fora e o problema está dentro. A primeira coisa a fazer é recuperar o nível de confiança dos jogadores. O Bahia tem uma torcida apaixonada e a tendência, quando o resultado não vem, é existir pressão no jogador. E quando o jogador está pressionado, ele perde a confiança. Depois disso, aí você vai buscar a organização da equipe, buscar um equilíbrio entre defesa e ataque para que futuramente o Bahia possa jogar com o controle do jogo contra os adversários”, afirmou Guto em entrevista ao periódico, ao qual também revelou o porquê de trocar a Chapecoense, clube que está em um bom momento no Brasileirão da Série A, por uma equipe que disputa o acesso à primeira divisão.

“A maneira que Marcelo Sant’Ana (presidente) e Nei Pandolfo (diretor de futebol) conversaram comigo, mostrando o projeto do clube. Trabalhar num clube como o Bahia é um projeto desafiador. Um clube com a grandeza do Bahia não pode estar na Série B. Esse é o desafio e o projeto inicial. À medida que a gente alcançar esse primeiro objetivo, vamos trabalhar para fazer um Bahia ainda mais forte. A gente conta com a força e com a energia dessa torcida apaixonada, sabendo que o torcedor é passional, mas contando nos momentos primordiais com a sua força”, explicou o treinador.

Guto Ferreira, que confessou não se incomodar com o apelido ‘Gordiola’, também acredita que a presença de atletas com quem já trabalhou no elenco tricolor (Marcelo Lomba, Renato Cajá, Lucas Fonseca, João Paulo, Hernane, Jackson e Paulo Roberto) pode ser o diferencial para revitalizar uma mentalidade vencedora na equipe. “Acredito que facilite sim, porque eles vão ser instrumentos de multiplicação dessa adaptação mais rápida, de como a gente gosta do trabalho, de como a gente gosta do dia a dia. Vão trabalhar o fortalecimento das ideias vencedoras”.

Guto Ferreira assume o Bahia na próxima segunda-feira (27) e já comanda o Esquadrão de Aço na terça (28), para o confronto contra o Oeste de Itápolis na Arena Fonte Nova.
Sábado, 25 de Junho de 2016 - 11:35

Com o retorno de Marinho, Mancini relaciona 22 jogadores para enfrentar a Ponte Preta

por Edimário Duplat

Com o retorno de Marinho, Mancini relaciona 22 jogadores para enfrentar a Ponte Preta
Foto: Francisco Galvão/Vitória/Divulgação
Na manhã deste sábado, o treinador Vagner Mancini relacionou os 22 jogadores para o duelo com a Ponte Preta, que acontece no próximo domingo (26), às 16h, no Estádio do Barradão.

Dentre os jogadores selecionados a novidade é o retorno do atacante Marinho, que teve o seu novo contrato publicado no Boletim Informativo Diário (BID) (veja aqui). Já entre os ausentes estão os atletas Norberto e Maicon Silva, que não se recuperaram e seguem vetados pelo Departamento Médico, além de Victor Ramos, que cumpre suspensão.

Confira abaixo a lista de relacionados para o jogo contra a Ponte Preta:

Goleiros: Caíque e Fernando Miguel;
Laterais: Euller e Diego Renan;
Zagueiros: Josué, Kanu, e Ramon;
Volantes: Marcelo, José Welison, Willian Farias e Amaral;
Meias: Flávio, Leandro Domingues, Tiago Real;
Atacantes: David, Nickson, Dagoberto, Marinho, Vander, Rafaelson, Gabriel e Kieza.
Sábado, 25 de Junho de 2016 - 10:45

Vitória faz acordo e libera Willie em definitivo para o Bragantino

por Glauber Guerra

Vitória faz acordo e libera Willie em definitivo para o Bragantino
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O atacante Willie não é mais jogador do Vitória. A diretoria do Rubro-negro fez um acordo amigável e liberou o atleta para assinar em definitivo com o Bragantino. A ideia inicial seria um empréstimo até o fim da temporada, como havia sido informado pelo clube baiano na última quarta-feira
 
O nome de Willie já foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) e ele já está à disposição do técnico Toninho Cecílio.  O jogador assinou contrato até agosto de 2018. O vínculo com o Vitória iria expirar em julho de 2017.
 
Revelado nas divisões de base do Vitória, Willie, de 23 anos, acumula passagens pelo América-MG, Atlético-GO, Vasco e Red Bull-SP, todos por empréstimo. Pelo Rubro-negro baiano, ele atuou em 55 partidas e marcou oito gols.
Sábado, 25 de Junho de 2016 - 10:30

Cueva veste a camisa do São Paulo e sonha com Mundial de Clubes

por Estadão Conteúdo

Cueva veste a camisa do São Paulo e sonha com Mundial de Clubes
Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net
O São Paulo apresentou nesta sexta-feira o meia peruano Christian Cueva, de 25 anos. O jogador veio do Toluca, do México, por contrato de quatro anos. Mesmo sem poder atuar na Copa Libertadores por já ter defendido a equipe mexicana, o reforço demonstrou torcida pelo título para poder realizar o sonho de disputar o Mundial de Clubes, no Japão, no fim do ano.

"É uma pena, porque me eu gostaria de estar nessa Libertadores com o São Paulo. Estive com Toluca, fico agradecido pela oportunidade de jogar pelo clube. Mas vou comemorar se formos campeão e vou jogar o Mundial de Clubes com o São Paulo", disse o peruano. Cueva vai usar a camisa 13, número vago no elenco com o fim do empréstimo de WIlder Guisao, que voltou ao Toluca.

Cueva chegou ao clube na quarta-feira e na quinta fez o primeiro treino. A estreia deve ser na quarta-feira da próxima semana, contra o Fluminense, no Morumbi. Até lá o jogador deve estar com a documentação regularizada para poder estrear pelo São Paulo. "Sempre acompanhei o São Paulo, é um clube conhecido internacionalmente. É um sonho se tornando realidade", comentou.

O peruano enfrentou o São Paulo pelas oitavas de final da Copa Libertadores e se apresentou ao clube ao fim da participação da seleção do seu país na Copa América Centenário. Durante a competição, o jogador enfrentou o Brasil, marcou um belo gol contra o Equador e conversou bastante com Guerrero, atacante do Flamengo, sobre o futebol brasileiro.

"Conversei muito com Paolo, creio que seja um jogador que foi muito bem no futebol brasileiro. O Paolo tem um grande respeito pelo São Paulo e isso é importante no futebol. O São Paulo é tricampeão da Libertadores, no meu país isso dá muito o que falar. Todos estão contentes por esse momento", disse o jogador, contratado por R$ 8,8 milhões.
Sábado, 25 de Junho de 2016 - 09:30

Neblina fecha aeroporto de Porto Alegre e atrasa retorno do Bahia para Salvador

por Edimário Duplat

Neblina fecha aeroporto de Porto Alegre e atrasa retorno do Bahia para Salvador
Foto: Divulgação/EC Bahia
Por conta de uma intensa neblina que atingia a Região Metropolitana de Porto Alegre na manhã deste sábado (25), o vôo que traria a delegação do Bahia para Salvador foi cancelado e os atletas do Tricolor foram remanejados para outras aeronaves.

Dessa maneira, os jogadores do Esquadrão de Aço chegarão a capital baiana em grupos separados em horários distintos. Anteriormente a previsão era de desembarque às 11h, o que não deve mais acontecer.

O Bahia vem de mais uma derrota na competição ao perder para o Brasil de Pelotas por 2 a 1 em jogo realizado na última sexta-feira (24), em Caxias do Sul. 
Laboratório que atenderia Rio 2016 é suspenso pela Agência Mundial Antidoping
Foto: Ministério do Esporte
A Agência Mundial Antidoping (Wada) anunciou nesta sexta-feira (24) que suspendeu a acreditação do Laboratório Brasileiro de Controle de Dopagem (LBCD) por não conformidade com a normatização internacional. O laboratório é a unidade de referência para testagem de amostras dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro. Segundo a Agência Brasil, a suspensão vale por seis meses ou até que a própria Wada decida suspendê-la e começou a vigorar na quarta-feira (22), quando o LBCD foi notificado. Caso não seja revertida, a medida vai impor que os exames de controle de dopagem dos jogos sejam realizados em outro país, já que há apenas cerca de 30 laboratórios acreditados em todo mundo. No comunicado, a Wada afirmou que vai assegurar que as amostras que seriam verificadas pelo laboratório sejam transportadas com segurança para outro local acreditado. "Os atletas podem ter confiança de que a suspensão só será revista pela Wada quando o laboratório estiver operando de forma eficiente. E que a melhor solução será adotada para assegurar que a análise de amostras para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos seja robusta". A agência também comunicou que um comitê disciplinar será formado em breve para cuidar do caso e deve elaborar uma recomendação sobre a acreditação do laboratório. Em nota, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) informou que "as equipes profissionais, instalações e equipamentos do LBCD representam o que há de mais moderno no mundo em controle de dopagem". Acrescentou que prevê que a suspensão será revertida antes dos Jogos Olímpicos, cuja abertura está marcada para 5 de agosto.
Sábado, 25 de Junho de 2016 - 08:30

Cuca admite que pode ter encontrado seu time ideal no Palmeiras

por Estadão Conteúdo

Cuca admite que pode ter encontrado seu time ideal no Palmeiras
Foto: Divulgação/Palmeiras
Cuca manteve a tradição adotada desde que chegou ao Palmeiras e mais uma vez não antecipou a escalação do Palmeiras, mas deu dicas de quem deve atuar diante do Cruzeiro, neste sábado, às 19h, no Mineirão. O treinador ainda contou que já tem um time base definido para a sequência da competição e que começará a trabalhar um padrão de jogo em cima da tal formação.

"Lógico que às vezes eu monto o time em cima do adversário, mas isso vai até eu atingir o meu padrão de jogo. Na hora que sinto confiança, dou sequência. De repente já é hora de a gente manter nosso padrão e medir força com os adversários" comentou o treinador.

Nas últimas duas partidas, Cuca escalou o mesmo time com Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio; Tchê Tchê, Moisés e Cleiton Xavier; Róger Guedes, Dudu e Gabriel Jesus. Para encarar o Cruzeiro, o time deve ter apenas uma alteração.

Jean, com problemas físicos, ainda é dúvida, mas não deve jogar. Fabrício, substituto imediato, está com amidalite e também pode não ter condições. Assim Tchê Tchê ficaria fixo na lateral-direita e Thiago Santos entraria no meio.

Com relação à partida, o treinador espera por dificuldades, já que a torcida do Cruzeiro deve comparecer em bom número. "Temos de jogar jogo a jogo. É um jogo difícil. O Cruzeiro vem de uma bela vitória fora de casa, isso motiva o torcedor do Cruzeiro, então terá muita gente no Mineirão. O Cruzeiro está com a moral elevada, e com isso o jogo se torna ainda mais difícil do que é. Faremos o feijão com arroz para conseguir o resultado", comentou o treinador.
Após 4ª derrota consecutiva, Marcelo Sant’Ana afirma que resposta será ‘dentro de campo’
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias
Com mais um tropeço no Campeonato Brasileiro da Série B 2016, o Bahia amarga a nona colocação com 17 pontos ganhos e vê os adversários cada vez mais distantes na luta pelo retorno à primeira divisão nacional. E para o presidente Marcelo Sant’Ana, o clube passa por um momento de crise que precisa ser resolvido internamente para depois ser respondido em campo pelos atletas tricolores.

“A gente tem que resolver dentro de casa. Não adianta ficar dizendo um ou outro. A gente tem que se cobrar lá dentro e responder dentro de campo”, afirmou o mandatário em entrevista à Rádio Tudo FM. Ainda segundo o dirigente, o Esquadrão terá contratações para a continuidade da temporada. "Vai ter que ter", finalizou.

O Bahia volta a campo na próxima terça-feira (28), onde enfrenta o Oeste na Arena Fonte Nova.
Sábado, 25 de Junho de 2016 - 00:05

Após nova derrota, Aroldo Moreira lamenta ausências no elenco do Bahia

por Edimário Duplat

Após nova derrota, Aroldo Moreira lamenta ausências no elenco do Bahia
Foto: Geremias Orlandi / Estadão Conteúdo
Ao final da partida entre Brasil de Pelotas e Bahia, vencida pelos gaúchos por 2 a 1 na noite desta sexta-feira (24), os atletas do Tricolor saíram do gramado sem falar com a imprensa. Único a conversar após o término do jogo, o treinador interino Aroldo Moreira lamentou a ausência de atletas na partida realizada na cidade de Caxias do Sul e acredita em uma resposta na próxima partida do Esquadrão de Aço.

“Nossa equipe tem que ter tranquilidade, recuperar os jogadores machucados. Sem nosso artilheiro, Hernane, sem Edigar Junio, sem Tinga, sem Jackson. São jogadores que vão encorpar o time, que é um time bom. Momento ruim, vamos virar a chave. Não tenho dúvida que vamos dar a resposta na terça”, afirmou o técnico ao canal PFC.

Com 17 pontos, o Bahia volta a campo na próxima terça-feira (28) onde enfrenta o Oeste de Itápolis na Arena Fonte Nova. 
Sexta, 24 de Junho de 2016 - 23:52

Moisés, Juninho e Luisinho recebem terceiro amarelo e desfalcam o Bahia contra o Oeste

por Edimário Duplat

Moisés, Juninho e Luisinho recebem terceiro amarelo e desfalcam o Bahia contra o Oeste
Foto: Max Haack/Ag Haack/Bahia Noticias
O Bahia tem desfalques importantes para a próxima partida no Campeonato Brasileiro da Série B 2016. Na derrota contra o Brasil de Pelotas por 2 a 1, realizada nesta sexta-feira (24) no Estádio Centenário, os atletas Moisés, Juninho e Luisinho receberam o terceiro cartão amarelo e não enfrentam o Oeste na próxima terça-feira (28), na Arena Fonte Nova.

Apesar da ausência dos dois atletas, o Esquadrão de Aço deve ter o retorno do atacante Hernane Brocador, que retorna de suspensão. Já Gustavo Blanco e João Paulo devem substituir Juninho e Moisés na partida contra o time do interior paulista.
Sexta, 24 de Junho de 2016 - 23:27

Bahia toma gol aos 48 e perde a quarta seguida no Brasileirão da Série B

por Edimário Duplat

Bahia toma gol aos 48 e perde a quarta seguida no Brasileirão da Série B
Foto: Geremias Orlandi / Estadão Conteúdo
Sem vencer nas três últimas partidas do Campeonato Brasileiro da Série B 2016, Bahia e Brasil de Pelotas se enfrentaram na noite desta sexta-feira (24) em jogo válido pela 12ª rodada da competição. E jogando no Estádio Centenário, o Esquadrão de Aço encontrou o seu quarto tropeço seguido ao ser derrotado pelos Xavantes por 2x1 na cidade de Caxias do Sul. Com o resultado, os tricolores estacionam nos 17 pontos e dormem provisoriamente em 9º lugar enquanto os gaúchos sobem para a 7ª posição com 19 pontos.

A partida se inicia com dura marcação dos gaúchos, que anulavam as investidas do Bahia com faltas e sem dar espaço aos chutes de longa distância. Com isso, o primeiro lance de perigo veio apenas aos sete minutos, quando Régis recebe passe na entrada da área e chuta torto para o gol dos anfitriões.

Com muito contato físico nos lances, os times abusavam dos lançamentos em longa distância para chegar a meta rival e abrir o marcador. Com maior posse de bola, a equipe comandada por Aroldo Moreira passou a se aproveitar dos lances de bola parada para criar boas investidas ao gol do time de Pelotas. Aos 12, Luisinho entra na área e bate cruzado para contenção de Eduardo Martini. Logo depois, aos 13, o meia teve nova chance e bateu forte para ver a bola passar ao lado da meta.

Dominando a partida, o Tricolor de Aço cresceu no jogo e melhorou o toque de bola, o que fez a equipe visitante criar mais um bom lance na partida. Aos 16, Luisinho se aproveita de uma jogda rápida e surpreende os zagueiros ao invadir a área e chutar de primeira para nova defesa de Martini.

O primeiro lance do GEB acontece apenas aos 24, quando após um lance de falta a seu favor, os rubro-negros levam perigo com chute de Marcos Paraná, que coloca a bola ao lado do gol de Marcelo Lomba.

No decorrer da primeira etapa, o jogo voltou a ficar truncado e isso fez com que a movimentação dos dois times ficasse mais limitada no Estádio Centenário. Aos 41, o Xavante teve um bom lance com Felipe Garcia, que recebeu dentro da área e chutou por cima do gol. Já o Bahia responde aos 43, com Danilo Pires se aproveitando de vantagem dada pelo árbitro e atirando para longe do gol. Aos 45, Juninho cobra falta e Lucas Fonseca desviou de cabeça fazendo a bola sair pela linha de fundo.

No início do segundo tempo, os rubro-negros já levaram perigo antes do primeiro minuto, quando Clébson chuta cruzado para boa defesa de Lomba. A resposta veio logo em seguida, aos dois, com Moisés batendo de fora da área e obrigando Martini a colocar a pelota para a linha de fundo.

Com as duas equipes prezando pelos lances de velocidade, o jogo se tornou mais intenso e obrigava a defesa dos dois times a recuarem sua marcação e intensificarem os desarmes para conter os lances adversários. Aos seis, Thiago Ribeiro e Luisinho tabelam na entrada da área Xavante até a defesa do Brasil afastar a bola no último lance.

A intensidade dos clubes em procurar a meta adversária acabou surtindo efeito do lado da equipe anfitriã. Aos 11, um lance iniciado pela esquerda dos gaúchos acabou em cruzamento rasteiro para Marcelo Lomba, que falha na recepção e deixa a bola sobrar sozinha para Felipe Garcia apenas completar no fundo do gol.

Com o gol, o Brasil de Pelotas cresceu na partida e passou a pressionar o Bahia no seu próprio setor de defesa. Aos 26, Teco se aproveita de bola espirrada pela defesa após cobrança de escanteio e colocou a bola na trave de Marcelo Lomba. 

Sem reação os baianos apenas assistiam o domínio do Rubro-Negro, que não cansava de arriscar e levava mais perigo ao gol tricolor. Aos 36, Clébson partiu em velocidade e chutou cruzado para ver a bola passar raspando pelo gol do arqueiro tricolor.

E com o jogo praticamente perdido, o Bahia pode comemorar com um lance inusitado dos anfitriões. Aos 41, Moisés cruzou na linha de fundo e viu o zagueiro Marlon colocar a bola na própria meta e marcar contra.

O empate incomodou os donos da casa, que seguiram insistindo nos lances ofensivos até chegarem ao seu segundo gol. Aos 47, após cobrança de falta, Teco subiu sozinho e deu a vitória para a sua equipe no Estádio Centenário. 

Agora, o Brasil de Pelotas vai ao Paraná encarar o Londrina, enquanto o Bahia volta a campo na próxima terça-feira (28) onde enfrenta o Oeste na Arena Fonte Nova.

FICHA TÉCNICA
Brasil de Pelotas x Bahia
Campeonato Brasileiro da Série B – 12ª rodada
Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)
Data: 24/06/2016
Horário: 21h30
Árbitro: Igor Junio Benevuto (MG)
Assistentes: Breno Rodrigues (MG) e Andre Luiz Severo (PR)
Cartões amarelos: Leandro Leite, Juninho, Éder, Luisinho, Lucas Fonseca, Moisés
Gols: Felipe Garcia, Marlon (contra), Teco
 
Brasil de Pelotas: Eduardo Martini; Weldinho, Teco, Leandro Camilo e Marlon; Leandro Leite, Washington, Diogo Oliveira (Clébson), Marcos Paraná (Nathan) e Felipe Garcia; Ramón Técnico: Rogério Zimmermann.
 
Bahia: Marcelo Lomba; Danilo Pires, Éder, Lucas Fonseca e Moisés; Feijão, Juninho, Renato Cajá e Régis; Luisinho (João Paulo) e Thiago Ribeiro (Zé Roberto) Técnico: Aroldo Moreira.
Sexta, 24 de Junho de 2016 - 19:30

Antes da final, Fifa intervém na federação argentina e derruba presidente

por Estadão Conteúdo

Antes da final, Fifa intervém na federação argentina e derruba presidente
Foto: Divulgação/ AFA
Depois de o governo federal intervir na tumultuada eleição para a presidência da Associação de Futebol Argentino (AFA), adiando o pleito que deveria acontecer em 30 de junho, agora foi a Fifa que interveio na gestão do futebol argentino, a dois dias da final da Copa América Centenário.

Nesta sexta-feira, a Fifa anunciou que vai assumir a administração da entidade, que passa por grave crise institucional e tem mais um presidente acusado de corrupção. Damián Dupiellet, secretário-geral da AFA, com bom trâmite na Fifa, vai fazer as funções de presidente.

De acordo com a Federação Internacional de Futebol, ela vai nomear um comitê de regularização, com de cinco a sete pessoas, para "administrar a atividade diária da AFA, revisar os estatutos para adaptá-los à última versão dos estatutos modelos da Fifa e organizar eleições". Os membros desse comitê não poderão concorrer nas eleições, agora previstas para acontecer no prazo de um ano.

O presidente da AFA, Luis Segura, foi acusado na quinta-feira pela autoridades argentinas de crime de gestão fraudulenta dos recursos públicos que a AFA recebia pela transmissão na TV estatal do Campeonato Argentino.

Segura também é membro do Conselho Executivo da Fifa, mas a entidade máxima do futebol não explicou se ele vai deixar a cadeira. Ele está nos Estados Unidos com a seleção argentina que, no domingo, joga contra o Chile na final da Copa América Centenário.

A juíza federal María Servini de Cubría, que investiga o financiamento do Fútbol Para Todos, programa estatal do governo Cristina Kirchner, chegou a solicitar que o governo interviesse na AFA para evitar uma crise financeira e institucional ainda maior.

O problema é que a Fifa não admite interferência de governos na gestão das federações nacionais de futebol. O próprio presidente da Argentina, Mauricio Macri, teria conversado com o presidente da Fifa, Gianni Infantino, por videoconferência, para entender as consequências da intervenção feita há quatro semanas, que adiou as eleições.

A pedido da juíza, desde junho três inspetores federais acompanham o fluxo do dinheiro provido pelo governo federal por meio do Fútbol Para Todos. Esses inspetores, ao longo do último ano, encontraram uma série de irregularidades, o que teria feito Cúbria pedir pela intervenção.
Sexta, 24 de Junho de 2016 - 19:00

Thiago Braz salta pela 1ª vez na temporada e já é o terceiro do ranking mundial

por Estadão Conteúdo

Thiago Braz salta pela 1ª vez na temporada e já é o terceiro do ranking mundial
Foto: Divulgação
Após quase dois meses da abertura da temporada internacional ao ar livre, Thiago Braz finalmente saltou. E a principal esperança de medalha para o atletismo brasileiro no Rio-2016 fez bonito. Passou o sarrafo a 5,85m para ganhar a medalha de prata do salto com vara em um meeting em Leverkusen, na Alemanha.

Mais importante do que o lugar no pódio foi o salto que o coloca em terceiro no ranking mundial. Melhor que ele só o norte-americano Sam Hendricks, que já saltou 5,92m e 5,88m esta temporada, e o canadense Shawnacy Barber, atual campeão mundial, que tem 5,91m e ganhou em Leverkusen com 5,90m.

Segundo melhor de todos os tempos, o francês Renaud Levillenie tem quatro saltos acima de 5,80m no ano, o melhor deles em 5,83m. Dentre os quatro devem sair as três medalhas na Olimpíada. Na temporada indoor, eles também ocuparam o Top 4 do ranking, com o francês em primeiro, o canadense em segundo, o brasileiro em terceiro e o americano em quarto.

Thiago só abriu agora a temporada ao ar livre, mas mostrou confiança. De acordo com a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), ele tentou superar o sarrafo a 6,00m, oito centímetros a cima do recorde brasileiro, e quase conseguiu.

Atleta da Orcampi, Thiago ainda compete na próxima terça-feira em Landau, também na Alemanha, antes de viajar para São Bernardo do Campo (SP), onde disputará o Troféu Brasil de Atletismo.
Série D: Técnico do Flu de Feira comemora regularizações para jogo contra Campinense
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série D 2016, o Fluminense de Feira tem a regularização de mais quatro reforços na temporada. Além do zagueiro Mário Paiva e do lateral Deca, o volante Dimas e o atacante João Neto já estão aptos para enfrentar o Campinense no próximo domingo (26), pela terceira rodada da quarta divisão nacional.

“São opções que ganhamos, o nosso grupo fica mais fortalecido e isso é importante para as nossas pretensões dentro da competição. Agora vamos estudar a melhor forma para que todos possam jogar e assim nos ajudar a alcançar os nossos objetivos”, afirmou o treinador Arnaldo Lira, que ganhou mais opções para enfrentar a Raposa no Joia da Princesa.

 O lateral Deca, que treina há duas semanas, comemorou a regularização e se mostra apto para defender as coras do Touro do Sertão. “Tudo no seu tempo. Infelizmente não era hora de jogar, mas agora está tudo ok e se o treinador precisar vou para o campo domingo”, celebrou o atleta.

Com quatro pontos, o Flu de Feira precisa vencer o Campinense para se manter na liderança do Grupo A9. As duas equipes se encontram no próximo domingo, às 16h, no Joia da Princesa.
Sexta, 24 de Junho de 2016 - 16:30

A 42 dias da Olimpíada, laboratório antidoping do Rio é descredenciado

por Jamil Chade | Estadão Conteúdo

A 42 dias da Olimpíada, laboratório antidoping do Rio é descredenciado
Foto: Reprodução/Espn
Os organizadores dos Jogos Olímpicos do Rio têm um enorme problema para resolver a 42 dias da abertura da Olimpíada. Nesta sexta-feira, a Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) anunciou o imediato descredenciamento do Laboratório Brasileiro de Controle de Dopagem (LBCD), antigo Ladetec, que deveria ser responsável pela realização dos exames antidoping colhidos durante a Olimpíada.

De acordo com a Wada, o LBCD foi descredenciado na última quarta-feira e proibido de conduzir novos testes de urina ou sangue diante do que a Wada qualifica como "erros procedimentais".

"Vamos tentar resolver os problemas identificados", declarou Olivier Niggli, diretor-geral. Enquanto isso, as amostras serão transportadas para outros laboratórios e ficarão sob a custódia da Wada. "Isso vai garantir que não tenhamos problemas nos processos de análise e que a integridade das amostras seja garantida", disse.

Um Comitê de Disciplina será criado e vai reavaliar o caso. Mas, segundo a Wada, a suspensão tem efeito "imediato" e pode durar até seis meses. De acordo com a agência, todas as federações nacionais e autoridades locais já foram notificadas.

Na semana passada, questionado pelo Estado sobre o laboratório no Rio, o presidente da Wada, Craig Reedie, havia declarado que o local era "um dos grandes legados dos Jogos". Ele foi reaberto em maio do ano passado, após dois anos fechado.

Se não houver uma solução até o dia 5 de agosto, na abertura dos Jogos, a Wada terá de transportar diariamente as amostras de sangue e urina dos atletas até Lausanne, na Suíça, para que sejam testadas. Uma operação similar ocorrer durante a Copa do Mundo de 2014, quando o laboratório também havia sido desqualificado.
Sexta, 24 de Junho de 2016 - 15:45

Vitória x Ponte Preta: Ricardo Marques Ribeiro apita duelo no Barradão

por Glauber Guerra

Vitória x Ponte Preta: Ricardo Marques Ribeiro apita duelo no Barradão
Foto: Divulgação / CBF
O árbitro Ricardo Marques Ribeiro, do quadro da Fifa, apitará mais uma partida do Vitória neste Campeonato Brasileiro. Após comandar o duelo entre o Leão e o Botafogo, no último dia 12 de junho, em Volta Redonda, ele foi sorteado para conduzir o jogo do Rubro-negro contra a Ponte Preta, domingo (26), no Barradão, pela 11ª rodada do certame nacional.
 
O árbitro será auxiliado por Clóvis Amaral da Silva (Fifa/PE) e Nailton Júnior de Sousa Oliveira (Asp.Fifa/CE).
 
Ribeiro, de 36 anos, já esteve à frente de cinco partidas do Brasileirão 2016.
 
Com 12 pontos, o Vitória ocupa a 14ª posição, enquanto a Ponte Preta possui 13 e figura na 10ª colocação.
Alysson exalta importância de vitória do Flu de Feira contra o Campinense na Série D
Foto: Divulgação
Líder do Grupo A9 do Campeonato Brasileiro da Série D 2016, o Fluminense de Feira espera vencer o Campinense no próximo domingo (26) para se distanciar dos adversários na luta por uma vaga na segunda fase da quarta divisão. É o que garante o zagueiro Alysson, que destaca um triunfo no Joia da Princesa antes de uma sequência de dois jogos fora de casa no certame nacional.

"Com uma vitória a gente deixa eles em uma condição mais difícil ainda e saímos para jogar dois jogos fora de casa numa condição muito boa de precisar de mais um ou dois pontos para estar classificado. Sabemos da importância da partida. Esperamos conseguir colocar em prática no domingo tudo que a gente sabe para vencer, ficar mais perto da classificação e começar a pensar em objetivos maiores da competição", afirmou o defensor tricolor, que mais uma vez pede o apoio do torcedor no Joia da Princesa.

"A gente vai estar jogando em casa novamente e precisamos mostrar a nossa força. Quem vier aqui sabe que vai ser difícil encarar o Flu no Joia da Princesa. A gente sabe da qualidade do Campinense apesar do começo ruim. Sabemos que a troca de treinador lá acaba até motivando eles, mas nada disso supera nossa vontade de vencer", completou.

Fluminense e Campinense se enfrentam no próximo domingo (26), às 16h, no Joia da Princesa.
Sexta, 24 de Junho de 2016 - 14:30

Seleção feminina de vôlei supera a Itália de virada no Grand Prix

por Estadão Conteúdo

Seleção feminina de vôlei supera a Itália de virada no Grand Prix
Foto: Divulgação/FIVB
A seleção brasileira feminina de vôlei estreou com uma vitória de virada na terceira semana do Grand Prix. Nesta sexta-feira, em Ancara, na Turquia, a equipe dirigida por José Roberto Guimarães derrotou a Itália por 3 sets a 1, com parciais de 24/26, 25/22, 25/13 e 25/22, em 1 hora e 59 minutos.

Após vencer os três jogos no grupo disputado no Rio, o Brasil caiu de rendimento na semana seguinte, em Macau, quando perdeu dois três confrontos. Assim, chegou para a última semana da fase de classificação do Grand Prix em quarto lugar na classificação geral.

Por isso, o Brasil precisa conquistar bons resultados na etapa de Ancara para assegurar a sua presença na fase final do Grand Prix, que reunirá seis seleções, sendo as cinco melhores da fase classificatória, além da anfitriã Tailândia - as finais estão marcadas para Bangcoc, entre 6 e 10 de julho.

Nesta sexta-feira, o Brasil voltou a oscilar em quadra, mas assegurou a vitória, liderado pela boa atuação de Natália, que fez 17 pontos, quatro a mais do que Fernanda Garay.

Além disso, acabou pesando o excesso de erros da Itália, o que rendeu 36 pontos para a seleção - o Brasil só cedeu 14 desse modo. Mas o grande destaque da partida foi a italiana Paola Ogechi Egonu, de apenas 17 anos, que fechou o confronto com 26 acertos.

E liderada por Egonu, a Itália venceu o equilibrado primeiro set, por 26/24. Nesa parcial, as italianas tiveram um início melhor, mas depois as brasileiras reagiram, chegando a liderar o placar por 19/17. Só que a vantagem não foi mantida e a equipe acabou sendo batida.

O revés não foi sentido, tanto que o Brasil controlou o placar no equilibrado segundo set. A seleção foi aos dois tempos técnicos em vantagem - 8/5 e 16/13 -, sem permitir a reação das adversárias, triunfando por 25/22.

O terceiro set do duelo foi um passeio brasileiro. Liderada por Natália, que inclusive fez o último ponto da parcial, a seleção foi abrindo vantagem confortável, chegando a liderar o marcador por 20/9 e fechando o set em 25/13.

Na quarta parcial, porém, os erros das brasileiras voltaram a aparecer. E as italianas aproveitaram os vacilos para fazerem 14/7. A partida, portanto, se encaminhava para o tie-break, mas aí a seleção se recuperou. Com ótimo desempenho no bloqueio e os ataques de Natália, o Brasil empatou o placar em 19/19 e assegurou o triunfo por 25/22.

Zé Roberto escalou Dani Lins, Sheilla, Fê Garay, Natália, Thaisa e Fabiana, além da líbero Léia como titulares. Depois, durante o duelo, ele promoveu as entradas de Juciely, Jaqueline, Roberta, Tandara e Camila Brait.

Após a vitória desta sexta-feira, a seleção brasileira volta a jogar em Ancara neste sábado, às 8h30 (horário de Brasília), quando vai encarar a Bélgica. No domingo, a adversária será a anfitriã Turquia.
Sexta, 24 de Junho de 2016 - 13:45

Mancini destaca importância do triunfo sobre o Grêmio: 'Dá confiança'

por Glauber Guerra

Mancini destaca importância do triunfo sobre o Grêmio: 'Dá confiança'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O técnico Vagner Mancini, do Vitória, destacou a importância do triunfo por 2 a 1 sobre o Grêmio, nesta quinta-feira (23), em Porto Alegre (RS), válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para o comandante Rubro-negro, o resultado positivo vai elevar a confiança.
 
“Isso acaba dando moral. Dá segurança, dá confiança. Um time que não tem isso sofre demais no campeonato. O Brasileiro é disputadíssimo. Não é o fato de estar jogando dentro da casa que te dá ampla vantagem de chegar à vitória. Espero que seja a primeira vitória de muitas fora de casa”, comemorou.
 
Com o resultado, o time Rubro-negro conquistou o primeiro triunfo fora de casa no Brasileirão 2016 e chegou aos 12 pontos na tabela. A equipe ocupa a 14ª colocação.
 
O próximo compromisso do Leão é contra a Ponte Preta, domingo (26), às 16h, no Barradão.
Contra o Maranhão, Capone quer vitória da Juazeirense para seguir vivo na Série D
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Depois de empatar com o Icasa e ser goleado pelo Altos, a Juazeirense enfrenta o Maranhão no próximo domingo (26), pela terceira rodada Campeonato Brasileiro da Série D 2016, e espera conseguir o seu primeiro triunfo no certame nacional. Para o volante Capone, o resultado positivo no Adauto Moraes é importante para o Cancão de Fogo seguir vivo na luta pela classificação à segunda fase da competição.

“Nunca passamos por uma situação dessas, de ficar sem vencer os jogos. Empatamos em casa contra o Icasa, perdemos fora de uma maneira que não queríamos. Mas tá todo mundo focado, com a cabeça tranquila. Vamos buscar nossa primeira vitória dentro de casa e entrar de vez na competição”, afirma o atleta, que se mostra confiante em relação ao trabalho realizado pelo treinador Barbosinha.
“O treinamento está sendo muito bom. Tivemos uma conversa com Barbosinha, ele passou tranquilidade pra gente. Temos uma equipe de qualidade e domingo vamos reverter essa situação aí”, confessa o atleta.

No último lugar do Grupo A5 com um ponto, a Juazeirense joga mais uma vez dentro de casa e enfrenta o Maranhão, vice-líder da chave com três pontos. As duas equipes se encontram no próximo domingo, às 16h, no Adauto Moraes.
Sexta, 24 de Junho de 2016 - 12:30

Philadelphia 76ers seleciona australiano em 1ª escolha do Draft da NBA

por Estadão Conteúdo

Philadelphia 76ers seleciona australiano em 1ª escolha do Draft da NBA
Foto: Getty Images
O Philadelphia 76ers recrutou, na noite de quinta-feira, o australiano Ben Simmons da Universidade do Estado da Luisiana (LSU, na sigla em inglês), como a primeira escolha do Draft da NBA. O versátil ala de 2,08 metros teve médias de 19,2 pontos, 11 rebotes e 4,8 assistências no seu único ano na liga universitária de basquete dos Estados Unidos. Com esses números, foi o único jogador na história da Conferência Sudeste a terminar nos cinco primeiros lugares em todas as três categorias.

Ele chegará à NBA entre algumas dúvidas - acertou apenas um arremesso de três. Mas o seu potencial era demasiado tentador para o 76ers deixá-lo passar. O time da Filadélfia não tinha direito a fazer a primeira escolha há 20 anos, quando escolheu Allen Iverson. O último jogador da LSU a ser recrutado como a primeira seleção foi Shaquille O'Neal, que em setembro entrará formalmente no Hall da Fama do basquete junto com Iverson.

Os torcedores do 76ers que acompanharam o Draft no Barclays Centers, no Brooklyn, aclamaram a escolha da sua equipe, com a esperança de que Simmons ajude a deixar para trás três péssimas temporadas. Na 2015/2016, o time da Filadélfia acumulou dez vitórias e 72 derrotas, com apenas um triunfo a mais do que a pior campanha da história da NBA em uma temporada de 82 jogos.

O Los Angeles Lakers teve o direito de realizar a segunda escolha, assim como no ano passado, e recrutou Brandon Ingram, de Duke, que tem médias de 17,3 pontos. Ingram foi nomeado o melhor calouro na Conferência da costa do Atlântico. Ele se tornou o último jovem a se juntar a uma equipe que busca renascer depois da aposentadoria de Kobe Bryant.

Depois, o Boston Celtics escolheu Jaylen Brown, da Califórnia. O time teve direito a oito seleções nas primeiras rodadas do recrutamento, em razão de negociações recentes com outras equipes. O croata Dragan Bender, de 2,15m, foi selecionado pelo Phoenix Suns. Ele estava no Maccabi Tel-Aviv, de Israel, sendo o quarto escolhido.

As escolhas de Simmons e Brander, aliás, abriram caminho para que 14 dos 30 primeiros jogadores selecionados no Draft da NBA nesta quinta fossem estrangeiros, superando a marca de 12 de 2013.

Além das escolhas de vários estrangeiros, a noite do Draft também ficou marcada pelas trocas. Na principal delas, o Oklahoma City Thunder cedeu Serge Ibaka para o Orlando Magic e recebeu Victor Oladipo e Ersan Ilyasova, além dos direitos sobre Domantas Sabonis, o 11º a ser recrutado no Draft.

Três brasileiros - Danilo Fuzaro, Deryk Ramos e Leonardo Demétrio - estavam inscritos para o Draft, mas nenhum deles foi selecionado pelas equipes da NBA.
Sexta, 24 de Junho de 2016 - 11:45

Kanu aprova seu desempenho diante do Grêmio: 'Dei conta do recado'

por Glauber Guerra

Kanu aprova seu desempenho diante do Grêmio: 'Dei conta do recado'
Foto: Vinicius Costa/ Futura Press/ Estadão Conteúdo
O zagueiro Kanu, do Vitória, ficou satisfeito com seu desempenho em campo no triunfo por 2 a 1 sobre o Grêmio, na última quinta-feira (23), em Porto Alegre (RS), pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Essa foi a primeira partida dele como titular, desde que voltou ao Leão em abril deste ano.
 
“Fiquei trabalhando forte e aguardando a oportunidade surgir. Graças a Deus, dei conta do recado”, disse o defensor, em entrevista à Rádio Itapoan FM.
 
O defensor ainda destacou o empenho do elenco no triunfo diante do Tricolor gaúcho.
 
“Jogar contra o Grêmio é difícil. Lutamos, trabalhamos e conseguimos a vitória”, pontuou.
 
O Vitória volta a campo contra a Ponte Preta, domingo (26), às 16h, no Barradão. A tendência é que Kanu continue na equipe, já que Victor Ramos terá que cumprir suspensão por conta do terceiro cartão amarelo.
 
“Estou preparado para quando Mancini chamar. Temos um jogo domingo e agora temos que trabalhar para sairmos com outra vitória”, finalizou Kanu.
 
O Leão ocupa a 14ª colocação no Campeonato Brasileiro com 12 pontos conquistados.

Histórico de Conteúdo