Domingo, 19 de Novembro de 2017 - 12:30

Projeto gerido por atletas leva a esgrima à segunda maior comunidade de São Paulo

por Gonçalo Junior | Estadão Conteúdo

Projeto gerido por atletas leva a esgrima à segunda maior comunidade de São Paulo
Foto: Divulgação

Antes de seus dois filhos, Cleiton e Claudiane, falarem que iam fazer esgrima, a dona de casa Maria Cleudes só tinha ouvido sobre o esporte no filme "Os Três Mosqueteiros". Três anos depois, a ficção se aproximou da sua realidade. Os dois estão entre as promessas do projeto "Mosqueteiros de Paraisópolis", iniciativa que ensina a modalidade gratuitamente na segunda maior favela de São Paulo.

São 25 alunos no projeto criado e mantido pela Associação Brasileira de Esgrimistas (ABE) em parceria com a União dos Moradores e Comércio de Paraisópolis. A ideia é passar os ensinamentos da esgrima, como disciplina, equilíbrio, respeito e concentração e também os fundamentos como marchar, romper, afundo e passo cruzado. As aulas são dadas no CEU Paraisópolis no contraturno das aulas, período reservado para esportes e aulas especiais enquanto os pais trabalham. Tudo de graça. Nas academias e clubes particulares, a mensalidade pode chegar a R$ 400. Desde 2015, mais de 200 crianças já passaram pelas aulas. A Federação Internacional de Esgrima selecionou o projeto entre os oito melhores do mundo. Como prêmio, destina materiais doados por atletas do mundo todo.

A metodologia é lúdica, abrindo a possibilidade de os alunos aprenderem e se divertirem. Beatriz Santana da Silva, por exemplo, brinca imitando os movimentos da esgrima. Ela junta os pés pelos calcanhares, dobra os joelhos e estica os braços na posição característica. E vive falando "alto", o que significa ponto. "Eu vou apoiá-la no que ela quiser", disse Katia Santana da Silva, mãe da Bia, auxiliar de limpeza e estudante de Enfermagem.

"Popularizar o esporte não se trata apenas de aumentar o número de praticantes, mas também o número de interessados", explicou Maria Júlia Herklotz, fundadora e ex-presidente da ABE. "A maioria dos torcedores nunca jogou vôlei, mas gosta de assistir e torcer. Na Europa, as pessoas assistem e leem notícias sobre a modalidade. Por isso, gera audiência e chama a atenção dos patrocinadores".

A brincadeira está ficando séria. Na semana passada, nove atletas viajaram até Porto Alegre para o Torneio Infantil Mário Queiroz, uma espécie de Campeonato Brasileiro. Foi a primeira viagem da maioria. Duas alunas ficaram entre os oito melhores em suas categorias: Thyciane Lays (sub-9) e Aryane Oliveira (sub-11). Em 2015, Natália Pereira, também aos 9 anos, conquistou o 2.º lugar no Campeonato Brasileiro com menos de um ano de treinamento em Paraisópolis.

ADAPTAÇÃO - Nos treinos, os alunos não usam espadas profissionais, que são feitas de aço. São utilizados apenas peças de plástico, o que faz diferença na hora da competição. "As espadas de aço são mais pesadas e os alunos precisam de um tempo para adaptação", explicou o professor Welton Fernandes.

Na esgrima competitiva, a sinalização dos pontos é feita por sinais elétricos, emitidos entre as armas e os coletes. Quando o atleta é atingido, o sistema apita. Em Paraisópolis, eles não têm esse equipamento, que custaria R$ 15 mil só pela infraestrutura. Com isso, fazem o "combate mudo". O professor identifica o ponto no olho. É por isso que todo mundo fica falando "alto" nas brincadeiras de quintal da comunidade.

A viagem a Porto Alegre, em torno de R$ 8 mil, foi feita por meio de doações e vaquinhas. Os recursos para a compra de materiais e o pagamento dos salários dos professores vêm das mensalidades dos esgrimistas da ABE, além das provas e competições oficiais. Os clubes ajudam com transporte, hospedagem e alimentação. No ano que vem, os organizadores pretendem captar recursos via Lei de Incentivo ao Esporte.

Só faltou informar sobre o local onde os meninos treinam. Paraisópolis vive os desafios de todas as favelas. No feriado, quando o jornal O Estado de S.Paulo foi acompanhar o treinamento, o clima nas vielas do bairro estava tenso. Bem tenso. Jackson Saracho de Lima havia sido morto em um suposto confronto com a PM. Dos 100 mil habitantes, só 25% têm esgoto; metade das ruas não é asfaltada. "Através do ensino da esgrima e de outras ações, estamos atuando para dar qualidade de vida para as famílias e caminhar no processo de uma Nova Paraisópolis", disse o líder comunitário Gilson Rodrigues.

 

Domingo, 19 de Novembro de 2017 - 10:15

Daynara de Paula fica em 4º nos 50m borboleta em Cingapura

por Estadão Conteúdo

Daynara de Paula fica em 4º nos 50m borboleta em Cingapura
Foto: Divulgação / Facebook

A equipe brasileira teve um desempenho mais discreto no segundo e último dia da etapa de Cingapura da Copa do Mundo de natação. Daynara de Paula foi quem mais se destacou, ao terminar em quarto lugar a final dos 50 metros borboleta na piscina curta, de 25 metros, neste domingo (19).

Daynara bateu em quarto lugar empatada com a holandesa Maaike De Waard. Ambas terminaram a prova com o exato mesmo tempo: 25s59. A medalha de ouro foi para a sueca Sarah Sjostrom, com 24s61.

Nos 100 metros costas, Etiene Medeiros ficou em quinto lugar, com o tempo de 57s99. A vitória foi conquistada pela australiana Emily Seebohm, com 56s23.

No masculino, o Brasil foi representado nas finais por Nelson Junior. Ele terminou em oitavo e último lugar nos 50 metros costas, com a marca de 23s92. O lugar mais alto do pódio coube ao bielo-russo Pavel Sankovich, com o tempo de 22s82.

No sábado (18), os três brasileiros brilharam juntos ao faturarem a medalha de prata no revezamento misto 4x50 metros. O trio teve a companhia de Raphael Rodrigues. A equipe brasileira só ficou atrás da Austrália na prova.

 

Domingo, 19 de Novembro de 2017 - 07:00

Pressionado, Vitória encara o Cruzeiro para respirar no Campeonato Brasileiro

por Glauber Guerra

Pressionado, Vitória encara o Cruzeiro para respirar no Campeonato Brasileiro
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Com 39 pontos e na 16?ª colocação no Campeonato Brasileiro, o Vitória encara o Cruzeiro neste domingo (19), às 16h (horário de Salvador), no Barradão, em busca de um triunfo para poder respirar na competição. O time comandado pelo técnico Vagner Mancini tem a mesma pontuação da Ponte Preta, primeira equipe dentro do Z-4, mas leva vantagem no saldo de gols.

 

O zagueiro Kanu, do Leão, só pensa em um triunfo diante do Cruzeiro. Sua equipe perdeu na última rodada para a Chapecoense por 2 a 1.

 

“Vamos em busca da recuperação nesta partida contra o Cruzeiro, que vem fazendo um grande campeonato e é sempre um adversário difícil. Não podemos vacilar dentro de casa. É vencer ou vencer para se manter fora do Z-4”, disse o defensor, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Para a partida, o técnico Vagner Mancini terá os retornos de Kanu, Ullian Correia e Fillipe Soutto, que cumpriram suspensão na última rodada. Outra novidade é o atacante Kieza, recuperado de um trauma. Porém, ele deve ficar como opção no banco de reservas. Já Caíque Sá recebeu o terceiro cartão amarelo e irá desfalcar o time.

 

No primeiro turno, as duas equipes empataram em 0 a 0, no dia 30 de julho, no Mineirão. A partida marcou a reestreia de Vagner Mancini no comando técnico do Vitória.

 

FICHA TÉCNICA
Vitória x Cruzeiro
Campeonato Brasileiro – 35ª rodada
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 19/11/2017
Horário: 16h (de Salvador)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP/Fifa)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP/Fifa) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Assistentes adicionais: José Claudio Rocha Filho (SP) e Adriano de Assis Miranda (SP)

 

Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Wallace e Geferson; José Welison, Uillian Correia, Fillipe Soutto e Yago; David e Tréllez. Técnico: Vagner Mancini.

 

Cruzeiro:  Fábio; Galhardo, Léo, Murilo e Bryan; Henrique e Lucas Romero; Arrascaeta, Rafinha e Alisson; Jonata. Técnico: Mano Menezes.

Domingo, 19 de Novembro de 2017 - 06:00

Em situações opostas, Bahia e Sport se enfrentam na Ilha do Retiro

por Ulisses Gama

Em situações opostas, Bahia e Sport se enfrentam na Ilha do Retiro
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Quem achou que Bahia e Sport só teriam a Copa do Nordeste como única decisão na temporada, se enganou. Com o Esquadrão de Aço lutando para ir à Copa Libertadores e o Leão da Ilha querendo evitar mais um rebaixamento em sua história, o clássico regional da tarde deste domingo (19), às 16h (horário de Salvador), ganhou um tom apimentado e emotivo.

 

O Tricolor vive uma grande fase e uma lua de mel com a torcida. Prova disso foi o triunfo sobre o Santos por 3 a 1 e os otimistas cânticos ligados à competição continental da próxima temporada. Provável titular em virtude da suspensão de Renê Júnior, o volante Edson prega respeito ao rubro-negro, mas crê em um triunfo.

 

"A situação do Sport está difícil, né? Eles perderam e tem três jogos para vencer os três. A gente vai lá para fazer o jogo da gente. Eles não estão lá por culpa nossa. Vamos respeitando o Sport, mas buscando o resultado positivo, que é o triunfo. Temos totais condições de vencer e a equipe está numa crescente boa", declarou.

 

Além de Renê Júnior, o técnico Paulo Cézar Carpegiani ainda não contará com o zagueiro Lucas Fonseca, que aprimora a parte ísica depois de ter se recuperado de uma lesão na coxa esquerda.



Sport


Derrotado pelo Palmeiras por 5 a 1 na última quinta-feira (16), o Sport ocupa o 18º lugar, com 36 pontos, e quer aproveitar o fator mando de campo para seguir vivo na competição. Interino no comando técnico, Daniel Paulista pediu o apoio da torcida.

 

"A diferença continua de três pontos. Está todo mundo magoado, mas a gente tem que buscar forças. Nesse momento temos que colocar o Sport acima de tudo. A gente sabe que o torcedor está chateado, assim como a gente. Mas vamos dar o máximo e contamos com ele para sair dessa situação", declarou.



FICHA TÉCNICA
Sport x Bahia

Campeonato Brasileiro – 36ª rodada
Local: Ilha do Retiro, em Salvador
Data: 19/11/2017
Horário: 16h (Horário da Bahia)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhãe (FIFA-RJ) 
Assistentes:  Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Diogo Carvalho Silva (ambos do RJ)
Assistentes adicionais: Rodrigo Nunes de Sá e Pathrice Wallace Corrêa Maia (ambos do RJ)

Sport: Magrão; Raul Prata, Henriquez (Ronaldo Alves), Durval e Sander; Anselmo, Patrick e Diego Souza; Marquinhos (Osvaldo), Mena e André.  Técnico: Daniel Paulista

Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Edson; Allione, Juninho, Zé Rafael e Mendoza; Edigar Junio. Técnico: Paulo Cézar Carpegiani

Sábado, 18 de Novembro de 2017 - 18:55

Paraná ganha do CRB fora de casa e volta à elite do Brasileiro após 10 anos

por Estadão Conteúdo

Paraná ganha do CRB fora de casa e volta à elite do Brasileiro após 10 anos
Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas

Dez anos depois, o Paraná está de volta a Série A do Campeonato Brasileiro. Jogando no estádio Rei Pelé, em Maceió, o time do técnico Matheus Costa venceu o CRB por 1 a 0 e se garantiu no G4 da Série B. Em tarde inspirada do goleiro Edson Kolln, coube ao zagueiro Audálio marcar contra o próprio gol nesta 37.ª e penúltima rodada.

 

Com 63 pontos, o Paraná confirmou o acesso graças à derrota do Oeste para o ABC, por 2 a 0, e o empate sem gols do Londrina contra o líder América-MG. O clube paranaense se junta a América-MG, Internacional e Ceará, que também estão confirmados na Série A de 2018. Com 45 pontos, o CRB já entrou em campo sem chances de ser rebaixado e agora cumpre tabela na última rodada.

 

Com apenas três minutos de bola rolando, o Paraná já assustou o time da casa. Robson aproveitou o espaço na intermediária, ajeitou o corpo e soltou o pé, exigindo a defensa de Edson Kolln. Na sequência, aos 13, foi a vez de Vitor Feijão também arriscar de longe, mas o goleiro do CRB apareceu mais uma vez.

 

Aos 28 minutos, Diego aproveitou uma falta, calibrou o pé e mandou com muita força contra o goleiro Richard, que ficou só olhando quando a bola bateu na rede, mas pelo lado de fora. Um minuto depois, Zezinho desarmou o zagueiro e ficou frente a frente com Edson Kolln, mas chutou em cima do arqueiro.

 

Durante o intervalo, Matheus Costa teve tempo para acertar os detalhes que faltaram no primeiro tempo. Apesar da superioridade do Paraná, os jogadores vinham esbarrando em Edson Kolln. Até que, aos 17 minutos, Alemão escapou pela esquerda e tocou para trás na saída do goleiro. O zagueiro Audálio se enrolou e acabou empurrando contra o próprio gol.

 

O técnico Mazola Júnior não gostou dos espaços que o CRB deu para o adversário e fez mudanças. Zé Carlos e Eduardo saíram para as entradas de Neto Baiano e Clebinho, respectivamente. As mudanças vieram junto com uma bronca na marcação, que estava com dificuldade para segurar a dupla Renatinho e Alemão pela esquerda.

 

Nos minutos finais, o Paraná apenas gastou o tempo no relógio. O time trocava passe no campo de ataque à espera do apito final do árbitro, que ainda deu dois minutos de acréscimo. Ao final da partida, os jogadores se abraçaram e ajoelharam no gramado, comemorando o acesso para a primeira divisão nacional.

 

Na 38.ª e última rodada, o CRB enfrenta o América-MG no estádio Independência, em Belo Horizonte, enquanto que o Paraná recebe o Boa no estádio Durival de Britto, em Curitiba. Os dois jogos estão marcados para as 17h30 do próximo sábado.

 

Sábado, 18 de Novembro de 2017 - 18:45

Internacional bate Goiás em jogo polêmico e segue na briga por título da Série B

por Estadão Conteúdo

Internacional bate Goiás em jogo polêmico e segue na briga por título da Série B
Foto: Reprodução / SporTV

O Internacional encerrou o jejum de cinco jogos sem vitórias e segue vivo na luta pelo título do Campeonato Brasileiro da Série B até a última rodada. Em partida marcada por polêmica do árbitro catarinense Heber Roberto Lopes, os gaúchos bateram o Goiás por 2 a 0, neste sábado, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 37.ª e penúltima rodada da competição.

 

No início do segundo tempo, o árbitro anulou um gol marcado pelos goianos quando o duelo ainda estava empatado sem gols. O lance gerou muita revolta dos mandantes, que sofreram dois gols na sequência. O atacante William Pottker marcou aos 13 e aos 19 minutos, acabando com um jejum de 11 jogos sem marcar.

 

"O Heber falou que vai assumir publicamente que errou, mas olha agora como a gente fica. Olha esta torcida como fica", esbravejou o técnico alviverde Hélio dos Anjos, após conversar com o árbitro ao final do jogo.

 

Para ser campeão da Série B, o Internacional terá de vencer o Guarani, no próximo sábado, às 17h30, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Além disso, precisará torcer por empate do América-MG contra o CRB, em Belo Horizonte. Os mineiros lideram com 70 pontos contra 68 dos gaúchos, que levarão vantagem no saldo em caso de igualdade de pontos.

 

Também no próximo sábado, às 17h30, o Goiás se despede da temporada contra o Oeste, na Arena Barueri, em Barueri (SP). O clube goiano tem 44 pontos, na 15.ª posição, e apenas cumpre tabela.

 

O primeiro tempo foi marcado por uma atuação desinteressada do time gaúcho, que já parecia estar com a cabeça em 2018. Mesmo apenas cumprindo tabela, o Goiás controlou as ações do jogo, embora não tenha transformado este domínio em gols na etapa.

 

Os goianos criaram as melhores oportunidades nos primeiros 45 minutos. E poderiam ter aberto placar aos 26. O atacante Nathan recebeu lançamento do lateral-esquerdo Carlinhos, invadiu a área e tocou por cobertura sobre o goleiro Danilo Fernandes. A bola saiu com perigo pela linha de fundo.

 

A etapa complementar foi marcada por uma polêmica logo no início. Aos três minutos, o volante Victor Bolt lançou Carlinhos na área. O lateral-esquerdo infiltrou na área em posição legal e cruzou para trás. O atacante Gustavo só empurrou para as redes. O árbitro Heber Roberto Lopes anulou o gol assinalando uma infração e gerando revolta dos mandantes.

 

O lance desestabilizou os goianos, o que ajudou os gaúchos a construírem a vitória nos minutos subsequentes. Aos 13, em seu primeiro toque na bola, o meia Camilo - que entrara na vaga do atacante Eduardo Sasha - deu belo passe para o atacante William Pottker. O jogador entrou de peixinho, na segunda trave, para estufar as redes.

 

O segundo gol foi apenas questão de tempo. E novamente com a "dobradinha" Camilo e William Pottker. Aos 19 minutos, o meia lançou e o atacante escapou nas costas da defesa. Ele invadiu a área, deu uma finta no goleiro e só tocou no canto esquerdo de Marcelo Rangel. O segundo gol sacramentou a vitória dos visitantes, que controlaram o duelo até o final em ritmo de treino.

 

Sábado, 18 de Novembro de 2017 - 17:00

Grupo de torcedores invade Engenhão e Botafogo cancela treinamento neste sábado

por Estadão Conteúdo

Grupo de torcedores invade Engenhão e Botafogo cancela treinamento neste sábado
Foto: Marcelo Baltar/ GloboEsporte.com

O Botafogo ocupa atualmente a sexta colocação no Campeonato Brasileiro, dentro do grupo de classificados à próxima edição da Copa Libertadores, mas o clima não anda nada bem entre a torcida e o time. Por conta dos péssimos resultados recentes - derrotas em casa para Atlético Paranaense e Atlético Goianiense -, um grupo de torcedores fez neste sábado um protesto pelo segundo dia seguido. Desta vez foi mais grave, pois conseguiu invadir o estádio do Engenhão. E causou o cancelamento da atividade.

 

Por volta de 10h30, pouco antes do início do último treinamento do Botafogo para a partida deste domingo contra o São Paulo, na capital paulista, um grupo de torcedores membros de organizadas invadiu o estádio. Eles chegaram para protestar, forçaram o portão localizado na rua das Oficinas e conseguiram acessar o gramado.

 

Para sorte dos jogadores, o treinamento tinha o início marcado para 11 horas. Assim, quase todos estavam no vestiário na hora da invasão e não tiveram contato com os torcedores. Somente um atleta não identificado deixava o estádio em um carro com vidro fumê no exato momento em que ocorria o protesto e teve o veículo chutado pelos torcedores.

 

Em suas redes sociais, o Botafogo relatou a invasão dos torcedores. "O Botafogo não pôde realizar o treino programado para esta manhã, véspera do jogo com o São Paulo, por conta da invasão de cerca de 50 torcedores que arrombaram o portão do estádio Nilton Santos. Os mesmos não tiveram contato com nenhum atleta e integrantes da comissão técnica", afirmou.

 

A diretoria do Botafogo acionou a Polícia Militar e viaturas da PM e da Guarda Municipal rapidamente chegaram ao local após a invasão. Mas ninguém foi detido.

Confira o vídeo:

 

 

Sábado, 18 de Novembro de 2017 - 16:30

Ex-Galícia e Cajazeiras, Alex Goiano acerta com o Ipatinga para Módulo II mineiro

por Matheus Caldas

Ex-Galícia e Cajazeiras, Alex Goiano acerta com o Ipatinga para Módulo II mineiro
Foto: Divulgação

Ex-jogador de Galícia e PFC Cajazeiras, o meio-campista Alex Goiani está de casa nova. O atleta acertou com o Ipatinga na última sexta-feira (17) para a disputa do Módulo II do Campeonato Mineiro, equivalente à Série B do Baianão. Ex-atleta da base do Cruzeiro, ele celebra o retorno a Minas Gerais.

“Minas é um estado que gosto bastante. Me sinto em casa e muito feliz com esse acerto no Ipatinga, um clube tradicional de uma grande torcida e história”, comemorou, em entrevista ao Bahia Notícias.

O intuito de Alex é conseguir levar o Ipatinga de volta à elite do futebol mineiro. “Expectativa de fazer um grande campeonato junto com meus companheiros e, consequentemente, conquistar o acesso e o título”, projetou.

O jogador de 22 anos vem de outro acesso com título, no seu último clube, o Nacional-PB. No futebol baiano, ele atuou neste ano por Galícia, na Série A, e pelo PFC Cajazeiras, na divisão de acesso. O atleta acumula passagens por Itabaiana-SE, Icasa-CE e Grêmio Prudente-SP.

Eder celebra volta ao time contra o Santos e enaltece crescente do Bahia na Série A
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

De volta ao time do Bahia no triunfo por 3 a 1 sobre o Santos, na última quinta-feira (16), o zagueiro Éder celebrou a oportunidade de jogar novamente. Ele ficou fora por 13 jogos e atuou durante 15 minutos contra os santistas. A última partida do jogador havia sido na goleada sofrida por 4 a  frente ao Atlético-PR, em agosto.

“Foi muito bom voltar a jogar. Ontem o professor optou por me colocar no jogo e  graças a Deus pude colaborar e ajudar a equipe a sair com os três pontos fundamentais nessa reta final de campeonato”, comemora.

Eder também comentou sobre a sequência que colocou o Bahia vivo na disputa pela vaga na Libertadores. “A junção de muitas coisas culminou nessa nossa crescente. A chegada do professor Carpegiani, que conseguimos entender bem a filosofia dele de jogo e desempenhar dentro de campo. O apoio da nossa torcida, que não nos abandonou em nenhum momento no ano e claro muito trabalho no dia a dia de todos do grupo”, analisou.

O próximo confronto do Tricolor será às 16h (horário da Bahia) deste domingo (19), contra o Sport, na Ilha do Retiro, pela 36ª rodada do Campeonato Basileiro.

O Bahia é o nono colocado na competição nacional, com 49 pontos ganhos.

Com treino tático, Bahia encerra preparação para encarar o Sport
Foto: Marcelo Malaquias/ Divulgação / Bahia

Antes de embarcar para Recife, onde encara o Sport neste domingo (19), às 16h (horário da Bahia), na Ilha do Retiro, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, o elenco do Bahia realizou seu último treinamento na manhã deste sábado (18), no Fazendão.

No primeiro momento, o técnico Paulo Cézar Carpegiani comandou um trabalho tático, corrigindo o posicionamento dos jogadores a todo o tempo.

Em seguida, os jogadores foram submetidos a uma atividade de bola parada, defensivas e ofensivas.

O zagueiro Lucas Fonseca esteve na transição física e não encara o Sport. Fora há mais tempo, o lateral Armero e o zagueiro Jackson continuam no departamento médico.

O Bahia ocupa a nona colocação na tabela da Série A, com 49 pontos.

Com treino único, Vitória encerra preparação para pegar o Cruzeiro
Foto: Maurícia da Matta / Divulgação / EC Vitória

O Vitória com um único treinamento neste sábado (18) encerrou a sua preparação para o próximo confronto contra o Cruzeiro, neste domingo (19), às 16h (horário da Bahia), no Barradão, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.  

O time recebeu folga na última sexta (17) após o revés contra a Chapecoense. E, neste sábado, os atletas foram submetidos a atividades leves. 

Após um aquecimento com jogos que trabalharam a linha de passe, os jogadores que vêm atuando com mais frequência fizeram uma atividade regenerativa no vestiário, com crioterapia, massagem e hidromassagem.

O restante do grupo fez um trabalho com o técnico Vagner Mancini, cuja treino foi de posse de bola em campo reduzido.

O Vitória ocupa a 16ª colocação na tabela do Brasileirão, com 39 pontos conquistados. 

Sem Renê Jr. e Lucas Fonseca, Bahia relaciona 23 jogadores para encarar o Sport
Foto: Divulgação / EC Bahia

O Bahia divulgou neste sábado (18) a lista de relacionados para o jogo contra o Sport, que acontecerá às 16h (horário da Bahia) deste domingo (19), na Ilha do Retiro, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ao todo, 23 atletas foram convocados.

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o volante Renê Júnior desfalcará o time na Ilha. O mesmo acontece com o zagueiro Lucas Fonseca, que se recupera de lesão.

O Tricolor ocupa a nona colocação na Série A, com 49 pontos.

Confira a lista completa:

Goleiros: Anderson, Jean e Rafael Santos
Laterais: Eduardo, Juninho Capixaba, Matheus Reis e Wellington Silva
Zagueiros: Eder, Rodrigo Becão, Thiago Martins e Tiago
Meio-campistas: Allione, Edson, Ferrareis, Juninho, Matheus Sales, Régis, Vinicius, Yuri e Zé Rafael
Atacantes: Edigar Junio, Hernane e Mendoza
 

Sábado, 18 de Novembro de 2017 - 12:15

Vitória relaciona 23 jogadores para encarar o Cruzeiro

Vitória relaciona 23 jogadores para encarar o Cruzeiro
Foto: Maurícia da Matta / Divulgação / EC Vitória

O Vitória divulgou neste sábado (18) a lista de jogadores relacionados para o confronto contra o Cruzeiro, às 16h (horário da Bahia) deste domingo (19), no Barradão, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

O Leão terá o desfalque do lateral-direito Caique Sá, suspenso automaticamente por conta do terceiro cartão amarelo recebido na derrota por 2 a 1 para a Chapecoense.

A novidade fica por conta do retorno do atacante Kieza, que volta de lesão. Os volante Uillian Correia e Fillipe Soutto e o zagueiro Kanu, que retornam de suspensão, também estão na lista.

O Vitória figura na 16ª colocação na competição, com 39 pontos conquistados.

Confira a lista completa:

Goleiros: Ronaldo, Caique e Fernando;
Laterais: Patric e Geferson;
Zagueiros: Alan Costa, Renê Santos, Kanu, Ramon, Bruno e Wallace;
Volantes: Uillian Correia, José Wellison e Fillipe Soutto;
Meias: Yago, Carlos Eduardo e Jhemerson; 
Atacantes: André Lima, Danilinho, Neilton, Kieza, David e Santiago Tréllez

Candidato à presidência do Bahia, Fernando Jorge recebe título de Sócio Grande Benemérito
Foto: Divulgação

Candidato à presidência do Bahia pela chapa ‘Voltar a Sorrir’, Fernando Jorge foi homenageado pelo clube na noite da última sexta-feira (17), no auditório da Arena Fonte Nova. Ele recebeu o título de Sócio Grande Benemérito, num evento prestigiado por conselheiros e convidados. No discurso, o postulante a dirigente admitiu emoção. “Eu não fiz nada, nem nunca farei nada por uma homenagem. Mas me emociona muito, esse reconhecimento”, afirmou. Além de Fernando Jorge, outras figuras foram homenageadas. O ex-jogador Baiaco e o ex-técnico Evaristo de Macedo receberam o Diploma do Mérito Esportivo, enquanto o ex-diretor de patrimônio e relações institucionais do Bahia, Antonio Alvares Miranda Filho, falecido no ano passado, foi relembrado com a Comenda Waldemar Costa. O ex-médico do clube, Marcos Lopes, e o publicitário Sidônio Palmeira também foram agraciados com o prêmio. Fernando Jorge concorre no pleito que acontecerá no dia 9 de dezembro.

Final de torneio para moradores do entorno da Fonte Nova reunirá cerca de 2 mil pessoas
Foto: Divulgação

Estádio mais moderno da Bahia, a Fonte Nova não dá espaço apenas para os jogadores profissionais dentro das quatro linhas. Às 9h deste domingo (19)será a vez dos amadores, representados por moradores do entorno do estádio, jogarem a final da segunda edição do Campeonato de Integração da Arena. A expectativa da organização é que pelo duas mil pessoas estejam presentes no estádio, entre jogadores, equipe técnica e torcedores. E, o vencedor, levará o troféu que homenageia Beijoca, ídolo do Bahia na década de 1970. Morador da região e coordenador da Comissão  Organizadora, Jurandi Moreira da Silva comentou sobre a importância do torneio. "O torneio de Integração é muito importante para nós porque realiza o sonho antigo de jogar no gramado da Arena, e envolve toda a comunidade que torce, acompanha e que vai poder ir no Estádio. O baba é um incentivo ao esporte e diversão para as famílias”, disse. O campeonato reuniu oito equipes e teve início no mês de agosto. Na primeira fase, os jogos foram realizados no campo do Bariri, no bairro do Engenho Velho de Brotas.

Após livrar Guarani do rebaixamento, Lisca remói saída polêmica do Paraná
Foto: Reprodução / Premiere

O empate por 0 a 0 contra o Luverdense, na última sexta-feira (17), não só livrou o Guarani do rebaixamento no Brinco de Ouro, como colocou o time mato-grossense na Série C do ano que vem. Técnico bugrino, Lisca comemorou o resultado, mas remoeu a saída do Paraná, no início da Série B, quando foi demitido por uma briga com o auxiliar técnico Matheus Costa.

“A verdade é que saiu um caminhão das minhas costas. Esse ano, o que fizeram comigo no Paraná foi muita sacanagem. Seis caras que não valem o que comem, me sacanearam pessoal e profissionalmente. Mas o Guarani me abriu as portas. Queria agradecer o presidente, que não acreditou em um monte de mentira que falaram de mim. O Guarani é, no mínimo, Série B”, desabafou, em entrevista ao canal Premiere.

Na 16ª posição, o clube campeão brasileiro de 1978 chegou aos 44 pontos, uma rodada antes do fim da Série B. O último compromisso do Bugre será contra no próximo sábado (25), contra o Internacional, no Beira-Rio.
 

Sábado, 18 de Novembro de 2017 - 09:30

STJD suspende torcida organizada do Palmeiras dos jogos finais da temporada

por Estadão Conteúdo

STJD suspende torcida organizada do Palmeiras dos jogos finais da temporada
Foto: Reprodução / Twitter

O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Ronaldo Botelho Piacente, determinou nesta sexta-feira (17) que a Mancha Alviverde, principal torcida organizada do Palmeiras, está proibida de entrar nos estádios com adereços e faixas que a caracterizem. A medida entra em vigor imediatamente e vale somente até o final do Campeonato Brasileiro de 2017. A medida foi tomada a partir de um pedido do Ministério Público de São Paulo encaminhado à Procuradoria do STJD. O promotor Paulo Castilho entendeu ser necessária a restrição como resposta ao incidente do último domingo, quando um protesto de torcedores causou a quebra do vidro da van do Palmeiras. A manifestação se deu no caminho entre a concentração da equipe e o estádio Allianz Parque. Com a determinação de Piacente, a torcida organizada do Palmeiras não poderá entrar em estádios, seja como mandante ou visitante, com adereços, faixas e bonés. Essa mesma restrição já chegou a valer em âmbito estadual, porém agora é ampliada e valerá para os três jogos finais do Brasileiro. A equipe enfrenta o Avaí, em Florianópolis, o Botafogo, em São Paulo, e o Atlético Paranaense, em Curitiba. "A Procuradoria destaca ainda que o pedido tem como objetivo a preservação da segurança dos torcedores e prevenção a violência, a fim de evitar prejuízos e garantir a segurança à sociedade, ao torcedor e até mesmo aos profissionais que ali atuam", disse trecho do comunicado do STJD. O clube também já foi comunicado da decisão.

 

Sábado, 18 de Novembro de 2017 - 08:30

Insatisfeito com a diretoria do Jequié, Paulo Sales deve anunciar saída do clube na segunda

por Glauber Guerra / Matheus Caldas

 Insatisfeito com a diretoria do Jequié, Paulo Sales deve anunciar saída do clube na segunda
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O técnico Paulo Sales deve anunciar na segunda-feira (20) a sua saída do Jequié. O treinador está insatisfeito com algumas atitudes da diretoria do clube, principalmente em relação às contratações, muitas sem o seu aval. A informação foi publicada inicialmente pelo site Jequié Repórter e confirmada pelo Bahia Notícias. Sales, que comandou o time na conquista do título da Segunda Divisão do Campeonato Baiano deste ano, foi anunciado em outubro pelo Jipão, poucos dias depois ter conseguido outro acesso, desta vez com o Hercílio Luz, de Santa Catarina. O BN tentou contato com o deputado estadual Leur Lomanto Júnior (PMDB), mas ele não retornou as ligações. Já Paulo Sales, que realiza o curso de treinador Licença B, da CBF, neste final de semana, em Salvador, não respondeu os contatos até o fechamento desta matéria. Em 2018, o Jequié irá disputar o Baianão. Até o momento, o clube já contratou 12 jogadores.

Sábado, 18 de Novembro de 2017 - 07:00

René Simões é o guru do treinador Fábio Carille: 'É um operário da bola'

por Raphael Ramos | Estadão Conteúdo

René Simões é o guru do treinador Fábio Carille: 'É um operário da bola'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Logo depois que assumiu o comando do Corinthians, em dezembro do ano passado, o técnico Fábio Carille buscou em René Simões apoio para encarar o maior desafio da sua carreira. René, técnico com mais de 40 anos de experiência à beira dos gramados, havia trocado de função e passou a atuar como "coach", profissional dedicado a ajudar os seus clientes a desenvolver e elevar performance.

A parceria deu certo e, não à toa, Fábio Carille fez questão de destacar a importância de René Simões na campanha do título do Campeonato Brasileiro, conquistado pelo Corinthians na última quarta-feira. "Ele tem me ajudado muito e eu gosto de falar isso sempre. Ele saiu do campo, não me fala nada de tática, de quem tem de jogar ou não, mas sim de como conduzir o dia a dia no clube", disse Carille.

Além do treinador do Corinthians, o agora coach René Simões tem outros cinco alunos na sua lista de clientes, entre eles Zé Ricardo, do Vasco, mas que já foi do Flamengo. "O trabalho é feito para que a pessoa suba mais rápido, com menor índice de erro. O objetivo é desenvolvê-los, com metodologia para que a pessoa tenha o dobro da performance com a metade do esforço. Faço a análise comportamental para identificar as forças da pessoa e, a partir disso, desenvolvemos o trabalho", contou.

Ao comentar sobre a dedicação de Fábio Carille, René Simões classifica o técnico do Corinthians com um "operário da bola". Não são raras as vezes em que ele trabalha mais de 12 horas por dia. Chega ao CT Joaquim Grava, no Parque Ecológico do Tietê, na zona leste de São Paulo, às 8 horas da manhã e vai embora somente depois das 9 horas da noite.

Além do treino em campo com os jogadores, Fábio Carille gosta de analisar rivais, ver vídeos e acompanhar detalhes da logística do time. "Ele trabalhou com Tite, Mano Menezes e Oswaldo de Oliveira e pegou muita coisa desses técnicos. Sua prova de fogo foi neste Campeonato Brasileiro e ele passou com méritos", elogiou René Simões.

Fábio Carille está no Corinthians desde 2009 e soma 10 títulos no período: oito como auxiliar técnico e dois como treinador (Campeonato Paulista e Brasileirão). No ano passado, assumiu o time interinamente e, em oito partidas, conseguiu quatro vitórias, um empate e três derrotas. Foi efetivado apenas no fim da temporada, após a saída de Osvaldo de Oliveira, e logo no primeiro ano conseguiu resultados surpreendentes para um novato.

O treinador corintiano não destaca apenas o seu trabalho de campo nesta temporada. A receita do sucesso, segundo ele próprio, passa também pela gestão de pessoas. E é neste ponto que ele encontra respaldo no trabalho desenvolvido com René Simões. "Eu não me meto na parte tática, de jogador ou de adversário. Não cuido do Corinthians, cuido do treinador do Corinthians. Se aparecer um problema no elenco, a gente conversa para ver como ele tem de lidar com a questão. Pela experiência de 45 anos como técnico, eu já vivi muita coisa e tento passar isso para ele", afirmou René.

Por praticidade, as "consultas" entre Fábio Carille e René Simões são feitas, na maioria das vezes, por telefone ou WhatsApp. Mas eles também costumam jantar juntos - "em lugares discretos, longe do público", como gosta de frisar o professor René - e já se encontraram também no CT Joaquim Grava.

 

Sábado, 18 de Novembro de 2017 - 00:00

Homem vence depressão e conduz projeto semiprofissional de futebol em Brejões

por Matheus Caldas

Homem vence depressão e conduz projeto semiprofissional de futebol em Brejões
AAPP possui 180 alunos | Foto: Divulgação

No pequeno distrito de Serrana, pertencente ao município de Brejões, um projeto nasceu da depressão de homem e, cinco meses depois, com 180 atletas, tem planos de entrar no futebol profissional. Trata-se da Associação Atlética Primeiro Passo, cujo presidente é Marivaldo Lessa, que viu na AAPP uma válvula de escape para uma dor que o colocava no "pré-sal", como ele mesmo relata.

Se recuperando da separação da esposa, Marivaldo foi convidado por Ricardo Cerqueira para começar um projeto que, à época, não se tinha noção do tamanho que tomaria. Foi a união do empresário que não conseguiu se tornar jogador de futsal, com um atleta de futebol que teve a carreira prematuramente interrompida pelas lesões. “Eu vinha de uma separação. Eu estava no 'pré-sal', não no fundo do poço. Eu entrei no estádio meio depressivo. Ele me procurou e me fez o convite. Ele não queria dar dinheiro, mas oportunidade. Com isso, nós começamos há cinco meses com 40 atletas de seis a 12 anos. Aí cresceu de uma forma inesperada”, conta, em entrevista ao Bahia Notícias.

A dor, aos poucos, foi cessando, com a ajuda de tratamento e do envolvimento com o projeto, e Marivaldo hoje comanda o Primeiro Passo. “Nosso projeto não se resume ao futebol. Fazemos um acompanhamento escolar, psicológico. Temos 180 atletas de seis a 21 anos. O intuito mesmo não é só o social, mas dar oportunidades para alguns se profissionalizarem e terem uma vida melhor, para ajudarem não só a cidade, como o desenvolvimento familiar”, explica. “99,9% quem está me recuperando é o esporte”, emenda.

 

Marivaldo Lessa | Foto: Divulgação

 

A vida de Marivaldo no futebol começou ainda jovem. E, em 1995, aos 17 anos, ele foi levado para fazer testes nas categorias de base no Bahia. Aprovado, ele não teve o apoio psicológico ideal para começar e, então, voltou para casa. Lá, num projeto de futsal de Brejões, ele acabou lesionando a coluna. Nunca mais conseguiu voltar a jogar. No entanto, acabou se tornando colaborador da equipe. Portanto, crê que tem a experiência necessária para dar o suporte necessário aos atletas do projeto.

E, nessa caminhada, dificuldades e desacertos aconteceram. Marivaldo conta que, na luta para ampliar seu projeto social, já perdeu alunos para a violência. Um deles foi Washington Silva do Carmo. Considerado uma das joias do Primeiro Passo, ele foi assassinado, o que marcou a vida do presidente e "faz tudo" do clube. "Era um atleta que jogou em 16 clubes profissionais, disputou Série D. Foi aprovado aos 13 anos no Cruzeiro, passou na dupla Ba-Vi, Feirense, Fluminense de Feira... Na semana de acertar com o Santos, ele desistiu porque já estava no mundão. Tinha 20 anos. Eu meio que adotei ele aos 11 anos”, relata.

Em meio à tragédia, Marivaldo ainda se recuperava da depressão. E, nessa batalha, ele contou com a ajuda de Ricardo Cerqueira, quem considera como um "anjo". “Era uma calamidade. Eu tinha dificuldade até para me alimentar. Eu estava fazendo tratamento junto ao CAPS (Centro de Atendimento Psicossocial). O que sei fazer é trabalhar nesse segmento esportivo. Deus colocou o Ricardo na minha vida. Eu já me recuperei na parte psicológica e financeira”, desabafa.

E, junto com a melhora de Marivaldo, o projeto se desenvolve. Hoje, a diretoria já está próxima de um acerto com o Lusaca para utilizar a marca do clube na disputa do estadual do próximo ano nas categorias Infantil e Juvenil, o que seria uma espécie de tercerização. “Conversamos com o Lusaca, temos sondagem do Redenção e com o Ypiranga. Sentaremos essa semana para definir isso. Mas a conversa está muito avançada com o Lusaca. O forte deles é o feminino, mas disputaram torneios de base no masculino”, revela.

Além desse projeto, a AAPP conversa com a Federação Bahiana de Futebol (FBF) para representar Brejões no Intermunicipal do próximo ano - a cidade nunca teve uma seleção no torneio. 

Marivaldo atribui o sucesso do time à seriedade com que o projeto é levado. Agora, o intuito é tornar o Primeiro Passo autossustentável. “As coisas têm acontecido de forma muito rápida. Quando você faz as coisas com transparência e lealdade, Deus abre portas. Nossos jovens vêm sendo descobertos e estão tendo oportunidades”, conclui.

Torneio de Beach Rúgbi acontece neste final de semana em Morro de São Paulo
Foto: Divulgação

Morro de São Paulo vai sediar a 5ª edição do Torneio Internacional do Beach Rúgbi. Os jogos acontecem neste sábado (18) e domingo (19) a partir das 14h até às 19h, na Segunda Praia. Mais de 80 atletas são esperados para a disputa da competição.

 

Serão oito equipes com times do Brasil e da Argentina. Os brasileiros serão representados por Toruks, de Porto Seguro, Ymbores, de Vitória da Conquista, La Furia, de Salvador, e os donos da casa, o Urubus. Para completar, ainda terá um grupo de jogadores de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Já os argentinos serão representados por San Cirano, Husares, Banco Hipotecario e San Cirano B.

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 19:14

Conselheiro do Bahia, Sergio Vilalva vê Bellintani como perfil agregador na campanha

por Ulisses Gama / Matheus Caldas

Conselheiro do Bahia, Sergio Vilalva vê Bellintani como perfil agregador na campanha
Foto: UIisses Gama / Bahia Notícias

Membro do grupo “Simplesmente Bahia” e conselheiro do Bahia, o secretário de Desenvolvimento Econômico de Camaçari, Sérgio Vilalva, esteve nesta sexta-feira (17) na reunião de apresentação das propostas de Guilherme Bellintani, candidato à presidência do clube. Para Vilalva, o nome escolhido pela chapa “Bahia 3.1” foi o mais apropriado, sobretudo pelo caráter agregador. “O Guilherme consegue agregar grandes torcedores do Bahia que são aqueles famosos torcedores de controle remoto e de varanda, mas que podem agregar bastante nesse projeto. Eles podem criar um vínculo muito grande com o Bahia. E, através de Guilherme, eles começaram a nos procurar, buscar informações do projeto. Então, organizamos esse evento para ele poder explicitar um pouco de uma maneira um pouco mais personalizada esse projeto dele”, elogiou, em entrevista ao Bahia Notícias. E, para convencer os eleitores que Bellintani será um bom nome para o clube, Vilalva o comparou a um síndico de um prédio. “Quando a gente mora num lugar quer um bom síndico, né? O Bahia é nossa casa, transcende como nossa família. Quando você ver nossa paixão sendo cuidada por um cara como Guilherme, noz faz transpor situações. É como se eu tivesse trazendo uma pessoa do meu querer para cuidar de um ente querido”, concluiu. A eleição do Bahia está marcada para o dia 9 de dezembro.

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 18:45

Basquete: Arthur Belchor valoriza tempo livre para o Vitória treinar

por Glauber Guerra

Basquete: Arthur Belchor valoriza tempo livre para o Vitória treinar
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

O Vitória só voltará à quadra no dia 29 de novembro para encarar o Botafogo, às 19h30 (horário da Bahia), no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, em Salvador, válido pelo Novo Basquete Brasil (NBB). O ala Arthur Belchor valorizou o tempo livre de treinos.

 

“Vai ser importante esse tempo para nos acertarmos melhor, aprimorar a parte física e técnica e voltar a ter uma tranquilidade. Essa será a nossa primeira batalha dentro de casa, ao lado da nossa torcida, e só a vitória nos interessa”, disse o jogador, em entrevista ao Bahia Notícias

 

O jogador prevê um jogo difícil contra o Botafogo. Durante a pré-temporada, as equipes se enfrentaram em duas oportunidades. E o Leão venceu uma e perdeu outra.

 

“É um time novo, porém com jogadores experientes como Arnaldinho e o próprio André Coimbra que jogou aqui ano passado. Jogamos duas vezes  contra eles esse ano e tivemos sucesso na última partida apenas, portanto será um jogo difícil onde temos que ganhar de qualquer forma”, finalizou.

 

O Vitória ainda não venceu na 10ª edição do NBB. Em dois jogos disputados, a equipe Rubro-negra perdeu para a Liga Sorocabana e Mogi das Cruzes. As duas partidas aconteceram fora de casa.

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 18:39

Presidente do 'Simplesmente Bahia', Oldgard Jr. celebra campanha 'limpa' no Bahia

por Ulisses Gama / Matheus Caldas

Presidente do 'Simplesmente Bahia', Oldgard Jr. celebra campanha 'limpa' no Bahia
Foto: UIisses Gama / Bahia Notícias

Presidente do grupo “Simplesmente Bahia”, componente da “Bahia 3.1”, Oldgard Júnior esteve presente na reunião do candidato à presidência pela chapa, Guilherme Bellintani. Para ele, a corrida presidencial tricolor está sendo marcada pela cordialidade entre os concorrentes. “A campanha tem sido surpreendente, porque é uma campanha limpa, sem ataque e não está sendo violenta. E isso que a gente quer. Porque, na verdade, o desejo de um Bahia forte é de todos nós. Então, não adianta fazer uma campanha atacando o outro candidato. Estou muito satisfeito. Conversei com os outros candidatos e estamos mantendo uma campanha de alto nível”, comemorou, em entrevista ao Bahia Notícias. Para Oldgard, a chapa entra com confiança no pleito, sobretudo por um ‘plano de gestão inovador’. “Todos ficam realmente muito surpresos. Isso é um indício de que estamos muito bem na campanha, pois estamos sendo muito requisitados para fazer esses encontros com os grupos”, pontuou. Todos têm sugerido, aprovado, debatido outras inovações. A gente está certo de que esse plano irá nos levar no triunfo no dia 9 de dezembro”, emendou. Além do “Simplesmente Bahia”, a chapa “Bahia 3.1” tem como grupos de base o a “Revolução Tricolor”, “100% Bahia” e “Sou Bahia!”.

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 18:30

Del Nero tinha caderno para anotar propinas a dirigentes, acusa testemunha

por Estadão Conteúdo

Del Nero tinha caderno para anotar propinas a dirigentes, acusa testemunha
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, anotava rigorosamente todos os detalhes sobre o pagamento de propina a dirigentes, por conta de negociação de direitos de transmissão de torneios de futebol. A acusação foi feita pelo argentino Alejandro Burzaco na última quarta (16), durante depoimento no Tribunal do Brooklin, em Nova York, no processo em que José Maria Marin, ex-presidente da CBF, é réu. O empresário, ex-diretor da empresa Torneos y Competencias, e então envolvido nas negociações de direitos de transmissão de competições organizadas pela Conmebol, é réu confesso. Declarou-se culpado por crimes como fraude, lavagem de dinheiro e evasão de divisas, e tornou-se uma das principais testemunhas de acusação contra Marin. Já revelou, entre outros detalhes, ter pago R$ 524 milhões em propinas para cerca de 30 dirigentes de diversos países. Além de Marin e Del Nero, ele também já citou o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira. Ao referir-se a Del Nero no depoimento de terça-feira, o empresário disse que o atual comandante do futebol brasileiro tinha até um caderno onde anotava os valores e destinatários de propina. Disse que Ricardo Teixeira recebia US$ 600 mil anuais por direitos de transmissão da Libertadores e da Copa Sul-Americana e que, meses depois de Marin assumir - em março de 2012, pois Teixeira renunciou em meio a denúncias de corrupção -, o valor da propina aumentou para US$ 900 mil, que Marin dividia com Del Nero. Segundo o argentino, no final de 2014 ele foi procurado novamente por Del Nero, que solicitou que o valor da propina aumentasse para US$ 1,2 milhão, mas só a partir de meados de 2015. Isso porque ele assumiria a presidência da CBF em abril daquele ano, como de fato aconteceu, e não precisaria repartir mais o dinheiro com Marin. A operação da Justiça suíça em parceria com a Justiça norte-americanas que resultou na prisão de vários dirigentes ligados à Fifa, entre eles Marin, ocorreu em 27 de maio de 2015. Burzaco disse ao júri que sempre concordou com os aumentos, por recomendação do ex-presidente da Conmebol Juan Angel Napout - também investigado -, de quem ouviu uma frase que depois lhe seria repetida por Del Nero. A de que os dirigentes do poderoso futebol brasileiro mereciam "tratamento presidencial". Por sua vez, Del Nero se posicionou, por meio de um comunicado, sobre o depoimento de Burzaco, no qual o seu nome e o do empresário argentino foram grafados em caixa alta. "Com referência à citação feita à sua pessoa pelo delator premiado ALEJANDRO BUZARCO na Corte de Justiça do Brooklin, New York, EUA, o presidente da CBF, MARCO POLO DEL NERO, vem a público esclarecer que nega, com indignação, que tivesse conhecimento de qualquer esquema de corrupção supostamente existente no âmbito das entidades do futebol a que se referiu. As investigações levadas a efeito naquele país não apontaram qualquer indício de recebimento de vantagens econômicas ou de qualquer outra natureza por parte do atual presidente da CBF", afirmou. Depois, o comunicado completa: "Igualmente, o que ali ficou apurado foi que os contratos sob suspeita não foram por ele assinados nem correspondem ao período de sua gestão na presidência da CBF. Esclarece, ainda, que jamais foi membro do Comitê Executivo da Conmebol, mostrando-se também falsa essa informação. Por fim, reafirma que nunca participou, direta ou indiretamente, de qualquer irregularidade ao longo de todas atividades de representação que exerce ou tenha exercido".

 

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 18:18

Bellintani vê campanha 'positiva' e busca manutenção de plano administrativo do Bahia

por Ulisses Gama / Matheus Caldas

Bellintani vê campanha 'positiva' e busca manutenção de plano administrativo do Bahia
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Candidato à presidência do Bahia pela chapa "Bahia 3.1", Guilherme Bellintani explicou nesta quinta-feira (17), em reunião, alguns dos pontos da sua estratégia para assumir o cargo máximo do clube. O candidato vê uma campanha ‘positiva’ e fez uma linha histórica do Bahia a partir de 2012 para elucidar seu projeto de continuidade nos propósitos administrativos do clube desde a democratização. “O que a gente tem buscado é discutir ideias para o clube. Marcar a reconstrução do clube, que começou com a democratização á com a intervenção de Carlos Rátis, depois com o presidente Schimidt, depois Marcelo Sant’Ana e Pedro Henriques que fizeram uma bela gestão. E agora, com a nossa candidatura, que se apresenta como uma de continuidade que quer dar sequência ao atual projeto do Esporte Clube Bahia”, destacou, em entrevista ao Bahia Notícias. De acordo com Bellintani, no centro de sua gestão haverá a busca por mais sócios para a agremiação. “O Bahia se compõe de uma gama imensa de pessoas, não só dos sócios, dos conselheiro, mas, sobretudo, da torcida. Essa grande nação tricolor. Quem não é sócio, a gente vai buscar que se associe, que ajude a fortalecer o clube, que mostre que, por meio do sócio, está a construção do futuro do Bahia”, concluiu. A eleição do Tricolor acontecerá no dia 9 de dezembro.

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 18:15

Elenco do Bahia se reapresenta com foco em jogo contra Sport

Elenco do Bahia se reapresenta com foco em jogo contra Sport
Foto: Marcelo Malaquias / E.C. Bahia

Após o triunfo diante do Santos, o elenco do Bahia se reapresentou na tarde desta sexta-feira (17) e iniciou a preparação para o jogo contra o Sport, domingo (19), na Ilha do Retiro, no Recife. Com pouco tempo para treinar, o técnico Carpegiani terá apenas a atividade deste sábado (18) para definir a equipe titular do clássico.

 

No treino desta sexta, os atletas que atuaram mais de 45 minutos diante do Peixe fizeram um trabalho regenerativo, intercalando fisioterapia, massagem e musculação. Os demais jogadores desceram para o campo e participaram de um treino técnico com bola.

 

Recuperando-se de lesão, o zagueiro Lucas Fonseca fez um treino de transição física e é dúvida. Neste sábado, o elenco treina pela manhã e embarca para Recife no início da tarde.

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 18:10

Guilherme Bellintani apresenta proposta para sócios do Bahia em reunião

por Ulisses Gama / Matheus Caldas

Guilherme Bellintani apresenta proposta para sócios do Bahia em reunião
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Candidato à presidência do Bahia pela chapa "Bahia 3.1", Guilherme Bellintani se reuniu nesta sexta-feira (11) com sócios e conselheiros do clube, e apresentou suas propostas para o próximo triênio no Esquadrão. Esta foi a sexta dos 31 encontros que o postulante a dirigente tem marcado na sua agenda. “O que a gente pretende é realizar 31 reuniões até o dia da eleição, reunindo pessoas, conselheiros, sócios, torcedores que queiram discutir o Bahia e contribuir nosso plano de gestão, trazer ideias, fortalecer a campanha e a candidatura”, explicou, em entrevista ao Bahia Notícias. O pleito no Tricolor acontecerá no dia 9 de dezembro.

Sexta, 17 de Novembro de 2017 - 17:30

Zé Rafael valoriza repercussão da campanha do Bahia pelo Brasil: 'Bom demais'

por Matheus Caldas

Zé Rafael valoriza repercussão da campanha do Bahia pelo Brasil: 'Bom demais'
Foto: Marcelo Malaquias / Divulgação / EC Bahia

Um dos destaques do Bahia nesta Série A, o meia Zé Rafael comemorou a repercussão da histórica campanha feita pelo Tricolor na Série A. Na melhor performance de sua história nos pontos corridos, o clube baiano briga pela vaga na Libertadores. Após o triunfo por 3 a 1 sobre o Santos, na última quinta-feira (17), o jogador falou em entrevista coletiva sobre o campeonato que o Esquadrão vem fazendo.

“Nossa equipe tem sido comentada desde o início do campeonato, principalmente agora nessa ascensão nossa, as pessoas, não só aqui do Nordeste, tem olhado com outros olhos para a nossa equipe, tem visto que nossa equipe está encaixada e jogando com qualidade. Então, as equipes estão ligadas, falando bem, e acho que isso é bom demais para nós, para nosso ego, porque a gente trabalha demais para ser reconhecido. Então, nossa equipe está lutando muito para que as coisas continuem acontecendo dessa maneira que a gente espera”, comemorou.

Zé Rafael também não deixou de valorizar o triunfo tricolor contra o Santos, na Fonte Nova. “Foi um resultado importantíssimo. A gente sabia que era mais um jogo chave no campeonato e precisava desse triunfo, até pela motivação que todos nós tínhamos e a torcida esperava isso dentro de casa. O adversário estava motivado também, precisando do resultado. Fizemos um grande jogo e tivemos poucos lances de falha e isso coroou no resultado que a gente teve”, pontuou.

Com 49 pontos, o Bahia é o nono colocado na tabela do Brasileirão. O próximo confronto do Tricolor será o clássico nordestino contra o Sport, às 16h (horário da Bahia) deste domingo (19), na Ilha do Retiro, pela 36ª rodada da competição.

Romero Sampaio pode conquistar o título baiano de Velocidade na Terra neste domingo
Foto: Gabriela Simões / Divulgação

O piloto Romero Sampaio, número 763, pode conquistar o título do Campeonato Baiano de Velocidade na Terra, da categoria, Kartcross, neste domingo (19). Os pegas serão travados no Circuito Lelo Bala, na cidade de São Francisco do Conde, com a nona e décima etapas da temporada. Além da Kartcross, também terão baterias das categorias Turismo e Speed.

 

Romero Sampaio, que já cruzou a linha de chegada em primeiro cinco vezes neste ano e soma 189 pontos, precisa de duas vitórias para levantar o caneco. Na sua cola está Ramon Andrade (737), que ganhou três corridas e acumula 95. Na categoria Turismo, Hamilton Santos (714) lidera a classificação com 157 pontos, seguido por José Nicolau (771) com 106. Já na Speed, Reynaldo Lucas (369) é o primeiro colocado na tabela com 154, enquanto que Maiquel Silva (141) soma 105.

Histórico de Conteúdo