Sexta, 15 de Dezembro de 2017 - 00:00

Oposição na Câmara deve ter ainda mais votos a favor de projeto do IPTU na terça

por Guilherme Ferreira

Oposição na Câmara deve ter ainda mais votos a favor de projeto do IPTU na terça
Foto: Guilherme Ferreira / Bahia Notícias

Os principais membros bancada de oposição na Câmara de Salvador se frustraram nesta quarta-feira (13) ao saber que não votariam unidos e perderiam a chance de derrubar um projeto da prefeitura (veja mais).  Com o adiamento da votação, o líder do grupo, José Trindade (PSL), fala abertamente que há a expectativa de derrotar a bancada aliada ao prefeito ACM Neto na manhã da próxima terça (19). No entanto, existe uma grande chance de que a oposição não terá apenas um, mas quatro integrantes votando a favor do texto que altera o Valor Unitário Padrão (VUP) do IPTU de Salvador. Além de Moisés Rocha (PT), que diria 'sim' à proposta já na sessão desta semana (veja mais), Toinho Carolino (Pode), Sidninho (Pode) e Suíca (PT) também negociam benefícios para suas bases eleitorais e devem votar a favor do texto na votação da próxima semana. O adiamento da votação na Câmara inclusive os beneficiou, dando mais tempo para que eles conversem com representantes da prefeitura sobre suas demandas. Como são necessários 29 votos para a aprovação, a tendência é que a bancada do governo consiga aprovar a matéria com tranquilidade, apesar da turbulência desta quarta. Esses quatro vereadores da oposição já se abstiveram ou votaram a favor de outros projetos da prefeitura este ano. Portanto, o posicionamento não seria uma novidade, mas representaria um golpe na expectativa que surgiu na sessão desta quarta e almejava derrubar o reajuste do VUP do IPTU.

Histórico de Conteúdo