Nilo nega negociações para ingresso no DEM: ‘Único partido que converso é o PSB’
Foto: Cláudia Cardozo/ Bahia Notícias

O ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo (PSL), negou nesta sexta-feira (17) que esteja negociando uma migração para o DEM. A informação sobre a suposta tratativa foi publicada pela coluna Satélite, do jornal Correio. A mudança faria com que Nilo saísse da base do governador Rui Costa (PT), a quem pertence atualmente, para ingressar no grupo político comandado pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). “O único partido que tenho conversado é o PSB de Lídice. E está bem adiantado. Mas alguma decisão só será tomada depois de conversa com direção nacional do PSL”, disse o deputado, em entrevista ao Bahia Notícias. O ainda social-liberal também negou ter pedido a saída do presidente da Embasa, Rogério Cedraz, do cargo. Recentemente, a empresa de saneamento foi alvo da Operação Águas Limpas, deflagrada pela Polícia Federal. Sobre a informação de que seria destituído da presidência do PSL na Bahia para assunção do secretário-geral da sigla, Antonio Olivio, Nilo disse que não recebeu nenhuma sinalização da executiva nacional sobre sua saída do cargo. “Não chegou nada até mim. Eu não acredito nisso, até porque nunca decidi que vou sair, não tem nenhum martelo batido. Se eu for sair, a primeira pessoa a saber será o [Luciano] Bivar, o presidente nacional”´, declarou.

Histórico de Conteúdo