Integração deve retirar ônibus metropolitanos da orla de Salvador
Foto: Reprodução / Ônibus Brasil

Entre os acordos discutidos para que a integração dos sistemas de transporte metropolitano e urbano fosse possível está a interrupção da circulação dos ônibus metropolitanos na Avenida Paralela e na orla de Salvador. O acordo ainda está em trâmite. No entanto, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) decidiu, em reunião realizada na última terça-feira (10), que as alterações na orla não serão realizadas imediatamente. O acordado no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) prevê a retirada dos ônibus metropolitanos da orla e substituição por ônibus urbanos. As alterações só poderão ser feitas após conclusão dos estudos sobre o valor da tarifa definitiva da integração. "Para que a prefeitura interrompesse a circulação paralela ao metrô e apenas realizasse as linhas troncais, circulando pelos bairros ao redor do metrô, o estado acordou que iria retirar os ônibus metropolitanos da orla", afirmou a promotora Rita Tourinho, ao jornal Correio. Ela pontuou que a circulação de ônibus metropolitanos na capital baiana é uma "irregularidade que vem se perpetuando ao longo dos anos". De acordo com Rita, a necessidade de adiamento do acordo está relacionada a discussões com relação ao desemprego que pode ser gerado pela integração.

Histórico de Conteúdo