José Nunes tem reunião com Temer às vésperas de votação de denúncia, 60 dias após pedido
Foto: Laycer Tomaz/ Agência Brasil

A poucos dias da votação no plenário da Câmara da denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer (PMDB), marcada para o dia 2 de agosto, o deputado federal José Nunes (PSD) terá um encontro com o peemedebista nesta quarta-feira (26). A reunião consta na agenda oficial do presidente e está marcada para 16h. Em entrevista ao Bahia Notícias, Nunes afirmou que o assunto da audiência não será a ação da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente. “Eu já tinha pedido a audiência há uns 60 dias. Acabou, coincidentemente, sendo marcada para essa semana. Se ele vai tratar da denúncia, eu não sei”, disse o parlamentar, que informou que discutirá com Temer a duplicação da BR-116 no trecho que liga Feira de Santana ao distrito de Ibó, na cidade de Abaré, norte baiano. Segundo levantamento feito pela reportagem, o baiano é um dos que ainda não decidiram como se posicionarão. Questionado sobre como votará, Nunes ponderou que o PSD nacional fechou questão contra a admissibilidade da denúncia, mas o diretório estadual da sigla ainda está sondando quais consequências pode haver caso os deputados desobedeçam a ordem. Na Bahia, a agremiação integra a base aliada do governador Rui Costa (PT), que faz oposição ao presidente. “Estamos analisando o que poderá advir de uma eventual desobediência essa posição. Essa decisão [sobre como votar] deveremos tomar na próxima semana, numa reunião com o ministro Kassab [presidente nacional do PSD) e o senador Otto Alencar [presidente estadual”, declarou. Além do deputado, o correligionário Sérgio Britto (BA) também se reunirá com Temer nesta quarta, também às 16h. Nunes não soube informar, entretanto, se as conversas com o peemedebista acontecerão juntamente. 

Histórico de Conteúdo