Rui acusa Moro de 'perseguição política' contra Lula: 'Decisão parcial e desrespeitosa'
Foto: Divulgação

Correligionário do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governador Rui Costa (PT) lamentou a decisão do juiz Sérgio Moro, que condenou o ex-presidente a nove anos e meio de prisão (lembre aqui). Rui acusou Moro de “perseguição política” e sugeriu que o magistrado fez a condenação “sem prova”. “É mais uma tentativa de impedir a volta de Lula à Presidência, um clamor popular que incomoda aqueles que estão usufruindo das benesses do poder”, afirmou Rui, inferindo que a decisão teria sido mais baseada em “perseguição política” do que em “fundamentos técnicos”. Na avaliação de Rui, a “decisão foi parcial e desrespeitosa contra um homem cuja história está ligada à luta dos trabalhadores, com uma trajetória política que ganhou destaque em nível mundial. A inclusão social e a sua trajetória na área pública são reconhecidas internacionalmente por instituições acadêmicas, políticas e em defesa dos direitos humanos graças à sua atuação combativa durante os oitos anos à frente da Presidência da República”, afirma. 

Histórico de Conteúdo