Movimentos sociais convocam ato contra Temer na tarde desta sexta no Campo Grande
Foto: Patricia Sanje / Divulgação

Setores de movimentos sociais ligados à oposição convocaram para a tarde desta sexta-feira (19), às 15h, um ato no Campo Grande contra o presidente Michel Temer (PMDB), após a divulgação de que o atual ocupante do Palácio do Planalto teria concordado com o pagamento pelo silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMBD-RJ), preso pela Operação Lava Jato. A Frente Brasil Popular Bahia, responsável pela convocação, argumenta que “confirmou-se que uma quadrilha liderada pelo PMDB/PSDB/DEM tomou o governo de assalto para saquear os cofres públicos e eliminar conquistas sociais”. Além do ato nesta sexta, o grupo se reúne ainda nesta quinta (18) numa plenária de movimentos sociais na sede da CUT e convoca para outro ato no domingo (21), também na região do Campo Grande. Na próxima quarta (24), os mesmos movimentos participam do “Ocupa Brasília”, quando há a meta de levar 100 mil à capital federal.

Histórico de Conteúdo