Operação Juízo Final interdita três funerárias em Salvador por irregularidades
Foto: Reprodução / Funerária Bom Pastor

A Operação Juízo Final, realizada pela prefeitura, interditou três funerárias de Salvador nesta quinta-feira (20). Os estabelecimentos punidos foram a Pax Pau da Lima, localizada no bairro de Pau da Lima; Porto, em Escada; e Pax Brasil, em Plataforma. Eles cometeram irregularidades relacionadas aos alvarás de funcionamento e publicidade. A ação teve como objetivo fiscalizar as condições de funcionamento dos locais e inspecionar a qualidade do serviço oferecido. A Juízo Final, coordenada pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), também emitiu seis autos de infração e notificações por falta de preço, ausência de vidro fumê na porta e por funcionar com porta aberta. A operação contou como trabalho de 50 agentes. Nesta quinta, 10 funerárias foram alvo de fiscalização. A expectativa é que ela continue até o final do ano, visitando cerca de 500 estabelecimentos. “Recebemos muitas reclamações de funerárias que aproveitam o momento de dor para tirar proveito na questão financeira. Essa é uma operação, que visa, além de observar preços abusivos, a questão de documentação do espaço e sua publicidade”, explica Janete Garcia, coordenadora de cemitérios da Semop.

Histórico de Conteúdo