Observatório aponta indícios de que tremor foi causado por meteoro
Foto: Reprodução / Exoss

O Observatório Nacional, vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações afirmou nesta quinta-feira (28) que um meteoro pode ter sido a causa de um estrondo e de um tremor percebidos em Salvador e em outras cidades do estado no último domingo (26). Segundo informações do portal G1 Bahia, a equipe de sismologia do observatório descartou também, no entanto, que tenham ocorrido abalos sísmicos na região onde foram relatados os tremores.O órgão informou que a suspeita foi levantado pela Exoss (Exploring the Southern Sky for new Meteor Radiants), organização sem fins lucrativos que monitora meteoros. Não há confirmação sobre a queda do corpo celeste, mas existem relatos e imagens que configuram indícios sobre o ocorrido. A Exoss funciona como uma rede colaborativa, integrando estações de monitoramento montadas pelos associados, que recolhem imagens de diversos locais, como a sede do Observatório Nacional, no Rio de Janeiro, e no Observatório Astronômico do Sertão de Itaparica, também do ON, em Itacuruba, Pernambuco, além de fotos enviadas pelo público. Essa rede também reúne e analisa os relatos e imagens enviadas pelo público. A Exoss publicou um infográfico que mostra o raio de visualização das testemunhas, de 120 quilômetros, o horário aproximado (7h11), e uma trajetória preliminar. Outra hipótese foi levantada pelo geólogo Fábio Uchoa, na última segunda (27): reativação de falhas geológicas na Baía de Todos os Santos. “Isso é comum ao longo das últimas décadas, vários sismos têm acontecido lá. E como teve relato de feixe de luz, é possível que tenha sido a queda de um meteoro que causou o barulho e o tremor nas casas das pessoas", aponta.

Histórico de Conteúdo