Terça, 18 de Novembro de 2014 - 00:00

MPT apura denúncia de irregularidades no Sindicato de Técnicos de Segurança do Trabalho

por Juliana Almirante

MPT apura denúncia de irregularidades no Sindicato de Técnicos de Segurança do Trabalho
O Ministério Público do Trabalho na Bahia (MPT) abriu um inquérito civil para apurar indícios de irregularidades no Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho do Estado (Sintesb), após denúncia da Associação Baiana de Estudantes e Profissionais Técnicos de Segurança do Trabalho (Abeptam). A entidade alega que um grupo controla a eleição sindical há anos, com uma gestão pouco transparente, o que prejudicaria a representação da categoria. A denúncia foi protocolada no dia 12 de agosto pela associação, que solicitou, por meio de abaixo-assinado, a realização de uma assembleia no sindicato com os trabalhadores do setor. O procurador Luiz Antônio Nascimento Fernandes instaurou o inquérito para apurar o caso e notificou o sindicato para apresentar defesa no prazo de 20 dias, a contar da data de aviso, do dia 10 de novembro. O representante do MPT preferiu não falar com o Bahia Notícias sobre a investigação, mas concedeu informações através da assessoria da procuradoria. Após pedido do MPT, o sindicato forneceu documentos como a ata da última eleição, de 13 de fevereiro de 1996, o estatuto social da entidade, de 1989, e a comprovação da realização de um workshop sobre segurança do trabalho promovido no dia 27 de setembro. O procurador pretende, agora, ouvir a direção sindical para entender se houve alguma eleição depois de 1996 e, se não, os motivos da não ocorrência. O Bahia Notícias tentou falar com o Sintesb, mas não obteve resposta até o fechamento.

Histórico de Conteúdo