Com Samuel Celestino

Receba Notícias do BN

Nome
E-mail *

Curtas do Poder

Curtas do poder

Esse povo da Bahia também parece que não entende das coisas modernas. Dia desses vieram me fazer uma fofoca dizendo que os ferries que Dotô Otto comprou estão enferrujados. Sabem de nada, inocentes. Na verdade, ele mandou customizar as embarcações, que agora podem ser chamadas de retrô. Falando em coisa antiga, o gago Domingos Leonelli é tão das antigas que até suas placas são em preto e branco. Retrô, como os novos ferries. Na coluna de hoje eu ainda revelo quem anda a destruir placas de rua dos candidatos. Não deixe de ler as Curtas do poder!

Veja mais

Pérola do dia

João Henrique

"É um pânico, um medo que eles têm de mim. São coisas que Deus dá para gente, atributos que a gente nasce, coisas sobrenaturais. Mas eles não aceitam e inventam coisas."

Ex-prefeito de Salvador, sobre o que ele acredita ser uma "vertente política" que não deseja enfrentá-lo nas eleições.

Veja mais

Entrevistas

Renata Mallet

Primeira dos candidatos ao governo entrevistada pelo Bahia Notícias nessa série, a fonoaudióloga Renata Mallet (PSTU) mostra postura firme e um discurso à esquerda mais radical. Vai desde o final das terceirizações e das parcerias público-privadas à desmilitarização das polícias, com uma parada no fim da lei de responsabilidade fiscal. Para ela, a Bahia vive uma contradição entre ricos e pobres e que somente a participação de trabalhadores e jovens pode mudar o quadro. “Nós queremos o voto daqueles que não querem que a direita retorne no nosso estado. Que estão cansados do carlismo. E também queremos os votos daqueles que tiveram esperança com o PT e perceberam que o PT os traiu. A gente quer o voto daqueles que querem a mudança na Bahia. É necessário inverter a lógica da política na Bahia, parando de priorizar e dar privilégios para os ricos e começar a pensar políticas para os trabalhadores e para a juventude. Nossa proposta é de fazer um governo que convoque os trabalhadores a governar. As mãos que trabalham na Bahia também podem governar o nosso estado. E nós contamos com eles. Com a participação do movimento. A nossa eleição tem esse objetivo de fortalecer a luta dos trabalhadores e da juventude. Porque, para nós, a única forma de melhorar o estado de sofrimento da nossa população é deixar de construir uma Bahia para os ricos e começar agora, junto com os trabalhadores e a juventude, a construir uma Bahia com e para esse setor, para os trabalhadores e a juventude, que são a grande maioria da população”, defende Renata.

Veja mais

Multimidia

Veja o lance do gol de Bahia 1x0 Corinthians

Veja mais

Segunda, 02 de Dezembro de 2013 - 10:30

Protesto de barraqueiros fecha via em Piatã

Protesto de barraqueiros fecha via em Piatã
Manifestação complica trânsito | Foto: Cândida Silva/ Reprodução Facebook
Barraqueiros de praia que serão impactados com as alterações movidas pela prefeitura de Salvador protestam na manhã desta segunda-feira (2), em Piatã. De acordo com a Superintendência de Trânsito e Transporte (Transalvador), o grupo fecha a via nos dois sentidos da Av. Otávio Mangabeira. A categoria reclama da Operação Verão 2013, que começa nesta segunda (2), com uma série de intervenções para o ordenamento da faixa de areia. A proposta organizada pela Secretaria Municipal da Ordem Pública (Semop) obrigou os barraqueiros a retirar equipamentos da areia da praia até a noite deste domingo (1º). A operação prevê a instalação de 200 tendas removíveis, além do uso de kits que contam com 40 cadeiras, 20 banquetas e 20 guarda-sóis. A distância entre as tendas para venda de bebidas e alimentos deverá respeitar o espaçamento médio de 20 metros. 

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Site Auditado pelo IVC - Bahia Noticias

Enquete

Qual a importância das pesquisas eleitorais durante a campanha?