Com Samuel Celestino

Receba Notícias do BN

Nome
E-mail *

Curtas do Poder

Curtas do poder

Nessa denúncia do Instituto Brasil a revista Veja parece um pouco sádica. Vai aos poucos falando os nomes de envolvidos. Queria ouvir a explicação da deputada Maria Del Carmen, que apareceu nessa última. Foi chefe dela na prefeitura e fez contratos com a Dalva Sele Paiva na sua passagem pela Conder. Será que ele vai 'guentar' pressão? Porque Paulo Fontana, coitado, foi parar no hospital de tanto estresse com os baixinhos. E o CQC, que foi tentar resolver se Salvador é Salvador ou se é Lauro de Freitas? Ficou veio pro povo lá de Lauro, pois Silvinho, o Terrível, saiu bem da fita. Não vou falar da pesquisa Bapesp - muito menos da falta dos dados para o Senado. Lavareda, que é homem sério, até recusou fazer uma nova pesquisa aqui.

Veja mais

Pérola do dia

Zé Neto

"Está claro que a revista é anti-petista, direcionada para interesses partidários e não tem credibilidade”

Zé Neto (PT), líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, ao falar sobre a Revista Veja, que divulgou o já chamado "mensalinho baiano".

Veja mais

Comentários

Instituto Babesp: Souto 37%, Rui Costa 28%, Lídice 9%

de onde veio esse instituto de pesquisa, que por onde passo só da Paulo Souto

23/09/2014 - 13:18

claudio

Veja mais

Entrevistas

Paulo Souto

Este espaço ficou reservado para o candidato do DEM ao governo da Bahia, Paulo Souto, porém, após agendar a entrevista em duas oportunidades, até o momento o postulante ao Palácio de Ondina não compareceu à sede do Bahia Notícias – como fizeram todos os demais candidatos. A assessoria do candidato deixou em aberto a expectativa do mesmo comparecer durante a semana, contudo, caso conceda a entrevista, a mesma ficará disponível na página inicial do BN até a próxima segunda-feira (29), às 11h, conforme acordado com os representantes das chapas com candidatos ao governo do estado. Souto encerraria a série de entrevistas, que contou com a participação de Renata Mallet (PSTU), Marcos Mendes (PSOL), Lídice da Mata (PSB), Rui Costa (PT) e Rogério Da Luz (PRTB).

Veja mais

Multimidia

Veja os gols de Vitória 1 X 2 Flamengo

Veja mais

Sexta, 30 de Dezembro de 2011 - 14:30

Sargento da PM é preso acusado de fazer parte de grupo de extermínio em Salvador

Sargento da PM é preso acusado de fazer parte de grupo de extermínio em Salvador
SGT. Ricardo Lopes integrava o bando de o 'Exterminador de Brotas'
O sargento da Polícia Militar da Bahia, Ricardo Lopes de Castro, lotado na Companhia Independente (CIPM) de Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), foi preso nesta sexta-feira (30) acusado de fazer parte de um grupo de extermínio liderado por Gilson Ferreira Carneiro. “Gilson Miseravão”, como era conhecido, agia nos bairros soteropolitanos de Luís Anselmo, Vale de Matatu, Baixa de Tubo e Cosme de Farias. Ele foi preso no último dia 24 de novembro, em Candeias. Também conhecido como o “Exterminador de Brotas”, Miseravão é apontado como autor de mais de 35 homicídios na região. De acordo com o Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), responsável pela as investigações, a mando de Gilson Miseravão, o sargento Castro e o soldado Gleidston Rodrigues dos Santos, o “Cebolinha”, sequestraram, extorquiram e mataram traficantes no centro da capital baiana,  mesmo após terem recebido os resgates exigidos. Na residência do sargento, na Cidade Baixa, as equipes do DHPP e do Batalhão de Choque apreenderam uma submetralhadora ponto 40, três pistolas ponto 40, além de diversas munições. Os policiais também cumpriram mandados de busca e apreensão na residência de outro comparsa do bando identificado como Jailson Gonçalves de Jesus, o “Hit Hill”.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Site Auditado pelo IVC - Bahia Noticias

Enquete

A delação premiada do ex-diretor da Petrobras pode respingar nas eleições 2014?