Segunda, 08 de Janeiro de 2018 - 17:20

Lauro de Freitas: Professores do município voltam a reclamar de atrasos em pagamentos

por Ailma Teixeira / Lucas Arraz

Lauro de Freitas: Professores do município voltam a reclamar de atrasos em pagamentos
Foto: Divulgação

Os professores e demais servidores da educação da rede municipal de Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (RMS), alegam que estão de férias, mas sem o dinheiro do período. Os servidores se queixam do atraso no pagamento do 1/3 de férias profissionais, uma vez que valor deveria ter sido pago no final de dezembro do ano passado, segundo a categoria. Em nota, a prefeitura declarou que aguarda o repasse do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), que historicamente ocorre no dia 20 de janeiro, para efetuar o depósito. Segundo o sindicato da categoria do município, 3 mil trabalhadores tiveram as finanças prejudicadas com o caso que só aumentou a tensão entre servidores e prefeitura. Em dezembro do último ano, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação da rede municipal resolveu entrar com uma ação contra a administração de Moema Gramacho (PT) no TCM, MPE e MPF pelo atraso do pagamento da segunda parcela do 13º salário. Na época, o órgão alegou falta de comunicação com prefeita (lembre aqui), que não se reuniu com o sindicato para deliberar sobre a situação. A prefeitura negou a falta de diálogo e declarou que “motivos políticos” guiam as ações do sindicato. (Atualizada em 17h25)

Histórico de Conteúdo