Entrevistas

‘O Pagodart agora é meu, uma nova direção’, diz Flavinho sobre retorno

O cantor Flavinho fez sucesso à frente do Pagodart, mas depois de um encerramento conturbado, está de volta ao comando da banda. O lançamento da nova banda Pagodart em Salvador acontece na próxima sexta-feira (14), no Cais Dourado, no evento Massa Prime. "A gestão antiga não existe mais, hoje é outra direção. Hoje, eu venho como dono da banda, eu e meus sócios ajeitamos as coisas. No tempo que eu estava no Pagodart, eu era funcionário", contou, em entrevista na redação do Bahia Notícias. Agora um dos sócios detentores da marca, o vocalista fala sobre a nova fase do pagode baiano e comenta um pouco sobre os planos para os ensaios de verão, Réveillon e Carnaval. Confira a entrevista completa na coluna Holofote!

Veja mais

Frase da Semana

Vina Calmon

“O que tenho que fazer bem é cantar. O dia que não estiver cantando direito, todos vão ter razão em falar".

Vina Calmon, cantora do Cheiro de Amor, respondendo às críticas feitas a ela por conta das celulites que ficaram evidentes em fotos feitas durante sua participação no ensaio do É o Tchan no último domingo.

Veja mais

Sexta, 16 de Novembro de 2012 - 16:01

'Aquelas roupinhas e aquele jeito Panicat de ser ficaram lá atrás', diz Nicole Bahls em comemoração de aniversário

'Aquelas roupinhas e aquele jeito Panicat de ser ficaram lá atrás', diz Nicole Bahls em comemoração de aniversário
A modelo Nicole Bahls comemorou seu aniversário de 27 anos em uma boate localizada na zona sul do Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira (15). “Hoje é um dia muito especial para mim. Estou reunindo meus amigos e até a minha mãe veio aqui hoje para curtir esse momento comigo. Me vejo agora como uma mulher mais madura, principalmente depois das coisas que passei na vida”, disse em entrevista ao Ego.

Solteiríssima, a morena, que usava um vestido bem comportado dado pela mãe, afirmou que a fase mais ousada já passou – mesmo sendo flagrada por um dos fotógrafos dando um “lance” (foto abaixo). “Agora não vivo mais como a personagem de um programa de televisão, tenho o meu estilo próprio. Aquelas roupinhas e aquele jeito  Panicat de ser ficaram lá atrás. Estou mudando muitas coisas na minha vida e uma delas é que eu quero ser apresentadora de TV e estou batalhando pra isso. Aos poucos eu estou chegando no lugar que eu quero”, comentou. Na segunda passada (12), em São Paulo, a modelo lançou sua grife própria, FXB by Nicole Bahls.


Nicole Bahls dá lance durante comemoração de aniversário em boate carioca


Comentar

   

Histórico de Conteudo

Enquete

O que você acha da proibição de menores de 18 anos em shows?

Curtas e Venenosas

Curtas e venenosas da semana

A coisa não tá fácil pra ninguém. Esse rapaz que era do Parangolé, o Léo Santanna, me inventou de participar de inauguração de barzinho e, mais recentemente, fechou uma parceria de sucesso com meu amigo Léo Bala, da Cajazeiras FM. Até show gratuito por lá ele vai fazer. Não tá fácil também pro gordinho cantor do Filhos de Jorge, marido de Maria Clara, a sócia de Léo Gordo. O cara tá prestes a deixar a banda e vem com historinha de que tem contrato a cumprir. Vai fazer igual a Alinne Rosa com Windson, Saulo com o Eva e Bell com o Chiclete: um puxando o tapete do outro.

Veja mais

Colunistas

Luis Ganem

Colunista

17/11/2014 - 12:12

Luis Ganem: O insuportável grito - essa é a música do verão!!!

E já está chegando o verão, e com ele as intermináveis festas da estação que vem a cada ano, de grande ou pequeno porte, que acontecerão pelo interior do Estado até março e que serão quase semanais. Lógico, aliado a isso, um monte de música vai inundar as caixas de som e nossos ouvidos, com os mais variados ritmos e letras. Algumas boas, outras chatas e ruins, mas que tocarão intensamente em busca de algo não palpável, mas que faz, ou pelo menos já fez diferença, na outrora espetacular música baiana: a música do verão.

03/11/2014 - 16:30

Luis Ganem: Axé music, uma corrida contra o tempo

Pela quantidade de mensagens e e-mails que recebi pelo meu mais recente texto, falando sobre de que forma a música baiana morreu, percebi que cumpri o meu papel de alertar ao mercado que estamos em um estado terminal. Lógico, tirando os mais exaltados que, embebidos no calor da leitura, me mandaram mensagens dizendo que a música não tinha acabado, e que eu não conhecia fulano ou sicrano, citando excelentes artistas não comerciais da nossa música, creio que fora isso, para o mercado enquanto alerta, consegui o meu intuito.


Paulo Victor Nadal

Colunista

18/11/2014 - 18:30

Quebradeira baiana: Pegando 'ponga' em viral da web, Saiddy Bamba lança nova música

A banda Saiddy Bamba desde o hit "Sim Sim Sim, Não Não Não" vem lutando para conseguir emplacar novamente um sucesso no cenário do pagode baiano, e viu num video viral espalhado pelos redes sociais a oportunidade de lançar sua nova música.

17/11/2014 - 16:00

Quebradeira baiana: Harmonia do Samba lança nova aposta para o verão; ouça

"Ta no DNA" é a nova aposta do grupo Harmonia do Samba para o verão 2015. Com forte traço do pagode de raiz a música remete ao início de carreira da banda.


Veja mais