Quarta, 10 de Junho de 2015 - 10:33

Europeus criticam Neymar por faixa ‘100% Jesus’ e o acusam de impor a sua religião

por Edimário Duplat

Europeus criticam Neymar por faixa ‘100% Jesus’ e o acusam de impor a sua religião
Foto: AFP
A comemoração do atacante Neymar na final da Liga dos Campeões da Europa causou bastante polêmica na Europa. Utilizando uma faixa com a frase “100% Jesus” na cabeça, ao final da vitória do Barça sobre a Juventus por 3 a 1, o jogador foi acusado de proselitismo religioso por diversos torcedores nas redes sociais, que criticaram a tentativa do brasileiro em impor a sua religião aos outros.

Seguidor da Igreja Pentecostal de São Vicente, Neymar publicou minutos antes do duelo uma mensagem nas redes sociais pedindo que Deus abençoasse e protegesse a sua equipe na decisão da Champions League.

A Fifa proíbe qualquer manifestação religiosa em jogos de futebol desde 2009. Vale destacar que o jogador Kaká também foi alvo de criticas na final da Copa do Mundo de 2002, quando exibiu uma camisa com os dizeres “Eu pertenço a Jesus” depois da final contra a Alemanha.

Histórico de Conteúdo