Bahia

E. C. Bahia


Uelliton sobre renovação: 'Quero ficar no Bahia até o fim do ano'

O contrato do volante Uelliton com o Bahia termina no final do mês de maio. Mas, uma cláusula dá ao tricolor baiano a preferência para negociara a renovação contratual, que já sendo negociada desde a última semana, logo depois da decisão estadual.

Veja mais

Veja mais

Entrevistas

Presidente da FBF quer dupla Ba-Vi de volta na 1ª fase do Baiano e não descarta 4ª reeleição

Na última sexta-feira (11), o presidente da Federação Baiana de Futebol (FBF), Ednaldo Rodrigues, esteve na redação do Bahia Notícias, onde concedeu uma longa entrevista para debater diversos assuntos ligados ao futebol estadual e nacional. Rodrigues antecipou que deve propor uma nova fórmula para o campeonato baiano em 2015, com o retorno da participação de Bahia e Vitória desde a primeira fase da disputa. “Os clubes entendem que sem a dupla Ba-Vi fica uma competição sem brilho, sem atrativo para seu torcedor”, diz o dirigente sobre as reclamações das outras equipes da elite estadual pela ausência das duas maiores forças locais no início do Baianão. O mandatário da FBF também considerou justas as demandas do movimento Bom Senso F.C. por mudanças no calendário futebolístico, mas criticou a “falta de diálogo com as federações”, dando como exemplo a Bahia. “Não há interlocutor local”. O presidente ainda alertou os clubes menores para se desprenderem da ‘dependência de Bahia e Vitória’ e promete maior rigor na cobrança por melhores gramados nos estádios em 2015. “Não depende só da federação o avanço do futebol baiano”, disparou. No comando da FBF desde 2001, Ednaldo não descartou tentar a reeleição em abril de 2015, quando termina o seu atual terceiro mandato. “A maioria dos associados do colégio eleitoral que vota para presidente da federação respalda e confia na diretoria e pede que nós possamos continuar fazendo o nosso trabalho. Mas é muito cedo para se discutir isso”. Leia abaixo a íntegra da entrevista:

Veja mais

Curtas do Esporte

Curtas do Esporte

O quase-ex-boleiro Arlindo de Almeida volta com polêmicas no Curtas de Esporte. Por que certos setoristas do Vitória têm passe livre e outros não têm? E por que nenhum deles tem direito a lanche durante os treinos da manhã? E mais: no Bahia, tem mutirão de processos trabalhistas! Confira nas Curtas e Venenosas do Esporte!

Veja mais

Sábado, 05 de Novembro de 2011 - 03:05

Bahia e São Paulo duelam para dar fim a jejum de triunfos

por Felipe Santana

Bahia e São Paulo duelam para dar fim a jejum de triunfos
Foto: Agência Estado
De um lado um jejum de cinco partidas consecutivas sem saber o que é vencer. Do outro a mesma seca, porém com uma série de jogos sem vitórias ainda maior: oito. Bahia e São Paulo, ambos necessitados do resultado positivo, se enfrentam na noite deste sábado (5), às 19h, no Estádio de Pituaçu, para dar um ponto final nas sequências negativas e quem sabe engrenar na reta final da competição.

Bahia
Pelo lado do tricolor baiano, o treinador Joel Santana ficará sem a presença do meia Carlos Alberto pela sétima partida consecutiva. O jogador, que se queixou de dores no púbis no início da semana, participou apenas de um treinamento e só deve retornar ao time contra o Atlético-GO, dia 13. Quem também está fora é o meia Ricardinho, com dores no tendão de aquiles. Por outro lado Joel contará com a volta do lateral-direito Marcos, recuperado de uma lesão muscular, e do volante Fahel que cumpriu suspensão automática. Para surpreender o time paulista e voltar a ganhar, o técnico do esquadrão fez mudanças táticas na equipe. Hélder perdeu posição para Diones, enquanto Camacho foi sacado do time. Contudo, ainda não se sabe quem será o quarto homem do setor de criação. Magno e Nikão disputam a vaga.

São Paulo
Sem vencer o Bahia em Salvador há 40 anos, já que o único triunfo na capital baiana aconteceu em 1971, o São Paulo terá algumas mudanças para o duelo. Dagoberto e Luis Fabiano, recuperados de lesão, retornam ao time e estão confirmados no sistema ofensivo montado pelo técnico Leão. O zagueiro Xandão, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, será substituído pelo jovem Luis Eduardo. O goleiro artilheiro Rogério Ceni se queixou de dores no tornozelo e sequer embarcou para Salvador. Dênis permanece no gol. A única mudança por opção técnica e tática realizado por Emerson Leão foi a entrada do meia Cícero no lugar de Juan, improvisado na lateral-esquerda.
 
BAHIA X SÃO PAULO
Data: 05/11/2011 
Local: Pituaçu, em Salvador
Horário: 19h00
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa)
Auxiliares: Gilson Bento Coutinho e José Carlos Dias , todos do Paraná.
 
Bahia: Marcelo Lomba, Marcos, Paulo Miranda, Titi e Dodô; Fahel, Fabinho, Diones e Magno (Nikão); Gabriel e Souza. Técnico: Joel Santana.
 
São Paulo: Dênis;João Filipe, Rhodolfo e Luiz Eduardo; Piris, Wellington, Carlinhos Paraíba, Lucas e Cícero; Dagoberto e Luis Fabiano. Técnico: Emerson Leão

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Multimídia

Enquete

Quem será o campeão baiano de 2014?