Juninho se diz magoado com reserva e cogita deixar o Bahia em 2018
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

O volante Juninho tem contrato com o Bahia válido até dezembro de 2018. Aos 31 anos, o jogador disse em entrevista ao jornal Correio, que só quer permanecer no Fazendão na próxima temporada se for para jogar. Ele considera que foi injustiça em 2017 ao perder espaço no time titular.

 

"Quando eu renovei contrato com o Bahia para essa temporada, achei que seria um dos anos mais fantásticos da minha carreira, inclusive por estar em um clube que, até então, eu achava quer era minha casa. Só que o ano de 2017 foi muito conturbado. Perdi minha posição e até hoje não sei o motivo depois do ano maravilhoso que fiz em 2016", disse.

 

Em 2017, Juninho entrou em campo em 51 partidas, sendo 33 como titular. No entanto, vale ressaltar que alguns desses jogos foram no início do Campeonato Baiano, quando o clube colocava os reservas em campo para poupar os titulares, concentrados na Copa do Nordeste. Ele marcou cinco gols. Em contraste, no ano de 2016, seu primeiro no Tricolor após ser contratado junto ao Macaé-RJ. Ele disputou 55 partidas, sendo 50 como titular, e balançou as redes 11 vezes.

"Esse ano o Bahia fez de tudo pra eu ficar e, nos primeiros jogos do ano, saí do time sem nem mesmo uma satisfação. Acabaram dando preferência para outros jogadores. Fiquei um pouco chateado pela importância que tive em 2016", lamentou.

 

Juninho perdeu posição para Edson, quando o time era comandado pelo técnico Guto Ferreira. Apesar de não admitir a existência de uma rixa com o companheiro de clube, ele reconhece que o relacionamento não é bom. De férias em Campo Grande, no Rio de Janeiro, cidade em que nasceu, Juninho não falou sobre o seu futuro, mas disse ter sido sondado. "Meu empresário passou que tem alguns clubes interessados, mas disse pra eu aproveitar as férias", afirmou.

 

Em 2017, Juninho fez parte do elenco que foi campeão da Copa do Nordeste e terminou o Campeonato Brasileiro na 12ª colocação com 50 pontos. No próximo ano, o Esquadrão de Aço vai disputar o Campeonato Baiano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Brasileirão e Copa Sul-Americana. A reapresentação do elenco está marcada para o dia 3 de janeiro e o primeiro jogo será no dia 18, às 21h15, contra o Botafogo-PB, na Arena Fonte Nova, em Salvador, na estreia no torneio regional.

Histórico de Conteúdo