Sábado, 18 de Março de 2017 - 20:23

No Clássico das Cores, Bahia derrota Galícia por 3 a 0 e está mais perto das semifinais

por Edimário Duplat

No Clássico das Cores, Bahia derrota Galícia por 3 a 0 e está mais perto das semifinais
Foto: Max Haack/Ag.Haack/Bahia Notícias

Em jogo realizado nesta sábado (18), na Arena Fonte Nova, o Bahia confirmou o seu amplo favoritismo ao derrota o Galícia por 3 a 0 pela oitava rodada do Campeonato Baiano 2017. Com o resultado, o Esquadrão voltou ao segundo lugar da classificação geral e está apenas a um triunfo da classificação para as semifinais do certame estadual. Já o Galícia, com um ponto, se aproxima cada vez mais do rebaixamento para a segunda divisão.

 

O Bahia iniciou o confronto sem deixar o seu adversário respirar. Logo aos seis minutos, Edson cabeceia na pequena área e atinge a trave. Um pouco nervosa, a equipe de Guto Ferreira desperdiçava várias oportunidades sem qualquer reação dos rivais. Aos 17 minutos, Marcelo Sabino coloca a mão na bola dentro da pequena área e o juiz marca pênalti para o Esquadrão de Aço. Entretanto, Hernane cobra de forma displicente e vê o goleiro Hugo apenas encaixar a pelota sem dificuldades.  

 

Aos 33, o Galícia assustou os donos da casa. Em jogada individual, Nelinho passou pelos marcadores e chutou cruzado para interceptação precisa de Jean. E aos 41 minutos, o Bahia conseguiu furar a defesa granadeira para abrir o marcador. Em falta cobrada por Juninho, a bola sobe na área e termina em toque de peito do zagueiro Lucas Fonseca, que engana o goleiro Hugo e faz a alegria da torcida tricolor. Aos 46, Allione teve chance de ampliar, mas parou nas mãos do goleiro rival.

 

Na segunda etapa, o Bahia voltou a apertar o seu adversário e via os lances pararem na dura marcação do time adversário. Sem demonstrar perigo ao gol de Jean, o Galícia se concentrava na defesa e pecava pela falta de entrosamento entre os jogadores.

 

Com o Granadeiro azulino totalmente na defesa, o Bahia conseguiu furar a marcação aos 28 minuto, quando Adalto fez falta dentro da área e deu mais uma penalidade ao Esquadrão de Aço. Na cobrança, Allione não complicou e chutou forte para ampliar o placar. Um minuto depois, aos 30, Régis se aproveitou de falha na saída de bola de Edson Magal e toca na saída do goleiro azulino.

 

Mais tranquilo e com a vitória praticamente assegurada, a equipe de Guto Ferreira seguiu assustando o rival e não encontrou resistência dos galicianos.

 

O tricolor volta a campo no próximo dia 26, um domingo, quando enfrenta o Flamengo de Guanambi no estádio 2 de julho. Já o Galícia tem jogo de vida e morte contra a Juazeirense, no mesmo dia, em Juazeiro.

 

 

 

FICHA TÉCNICA

Bahia x Galícia

Campeonato Baiano - 8ª rodada

Local: Fonte Nova, em Salvador

Data: 18/03/2017

Horário: 18h30

Árbitro: Ricarle Gustavo Gonçalves Batista

Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias

Gol: Lucas Fonseca, Allione, Régis

Cartão Amarelo: Marcelo Sabino, Hugo, Hernane, Adalto

Cartão Vermelho: Adalto

 

Bahia: Jean; Wellington Silva, Tiago (Lucas Fonseca), Éder e Matheus Reis; Edson, Juninho, Régis e Zé Rafael (Maikon Leite); Allione e Hernane (Gustavo). Técnico: Guto Ferreira.

 

Galícia: Hugo; Iago Ribeiro, Elson Baiano, Gustavo Rambo, Lucas (Murilo) e Adalto; Edson Magal, Rogério Xodó, Tácio (André Luiz) e Nelinho; Marcelo Salino. Técnico: Dênis Alves

 

Histórico de Conteúdo