Bahia

E. C. Bahia


Kleina pede e Rômulo, meia do sub-20, é promovido ao profissional

Na última semana, preocupado com a pouco produçao ofensiva do Bahia, o técnico Gilson Kleina confirmou que o Bahia ainda estava em busca da contratação de meia para o restante. Mas, caso não conseguisse, seria obrigado a recorrer às categorias de base, e assim fez.

Veja mais

Vitoria

E. C. Vitória


Afastado do time principal, Léo Costa rescinde contrato com o Vitória

O meia Léo Costa, que foi contrato em abril e vinha treinando à parte desde final do mês passado, rescindiu seu contrato com o Vitória. A informação foi divulgada na tarde desta segunda-feira (15) pela diretoria do clube Rubro-Negro.

Veja mais

Entrevistas

No México, Rafael 'Gladiador' comemora chegada de R10 e fala sobre injustiça no Bahia

O Bahia Notícias apresenta como entrevistado da Coluna de Esportes o jovem atacante Rafael. Mais conhecido pelos baianos como Rafael 'Gladiador', o jogador formado nas categorias de base do Bahia não conseguiu se firmar no elenco profissional do tricolor baiano. Após um jogo no clube na temporada de 2014, ele se vê injustiçado pelo ex-treinador Marquinhos Santos e, ao rescindir contrato com o tricolor baiano, apostou no futebol mexicano para dar um novo rumo à carreira profissional. Lá, ele defende o Zacatepec. Além do Bahia, Rafael tem passagens pelo futebol goiano e norte-americano.

Veja mais

Curtas do Esporte

Curtas do Esporte

O quase-ex-boleiro Arlindo de Almeida volta com polêmicas no Curtas de Esporte. Por que certos setoristas do Vitória têm passe livre e outros não têm? E por que nenhum deles tem direito a lanche durante os treinos da manhã? E mais: no Bahia, tem mutirão de processos trabalhistas! Confira nas Curtas e Venenosas do Esporte!

Veja mais

Segunda, 15 de Setembro de 2014 - 19:00

Kleina pede e Rômulo, meia do sub-20, é promovido ao profissional

por Felipe Santana

Kleina pede e Rômulo, meia do sub-20, é promovido ao profissional
Foto: Divulgação
Na última semana, preocupado com a pouco produçao ofensiva do Bahia, o técnico Gilson Kleina confirmou que o Bahia ainda estava em busca da contratação de meia para o restante. Mas, caso não conseguisse, seria obrigado a recorrer às categorias de base, e assim fez.
 
Nesta segunda-feira (15), dia de reapresentação do elenco tricolor, o técnico do Bahia contou com uma novidade entre os profissionais. O jovem meia Rômuldo participou da atividade e continuará no grupo até o fim da temporada. 

A presença de Rômulo, que foi treinado por Charles Fabian na equipe júnior, é mais uma tentativa de Gilson Kleina em reforçar o meio da equipe que, segundo ele, ainda era um setor carente de opções.

Além de Rômulo, o grupo principal do Bahia conta com outros jogadores oriundos da base: Omar, Jean (goleiro), Railan, Robson, Pará, Ávine, Feijão, Bruno Paulista e Jeam.

Comentar

   

Segunda, 15 de Setembro de 2014 - 18:51

Recuperado, Roniery treina e vira opção para jogo contra o Botafogo

por Felipe Santana

Recuperado, Roniery treina e vira opção para jogo contra o Botafogo
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O treinador Gilson Kleina ganhou uma boa notícia na reapresentação do elenco do Bahia, na tarde desta segunda-feira (15), no Fazendão. Além de Titi e Fahel, que cumpriram suspensão, o comandante poderá contar com a volta de outro jogador considerado titular da equipe.
 
O lateral-direito Roniery, titular da posição antes da lesão, desfalcou o Bahia nas últimas duas partidas. O motivo? Incômodo na coxa direita. Recuperado, sem dores, o camisa 2 foi liberado para retornar aos treinamentos.

Nesta segunda-feira (15), no trabalho técnico dedicado aos reservas e não relacionados, o atleta participou normalmente da atividade e está à disposição de Gilson Kleina. Sua presença no jogo contra o Botafogo, porém, é incerta.

O zagueiro Titi e o volante Fahel, expulsos contra o Cruzeiro, cumpriram suspensão diante do Figueirense, neste final de semana, e estão liberados para enfrentar o alvinegro carioca no Rio de Janeiro, no Maracanã.

O retorno dos dois, no entanto, será confirmado ou não na manhã desta terça-feira (16), no Fazendão, quando Gilson Kleina fará o primeiro e único treinamento tático antes de enfrentar o Botafogo.

Diego Macedo, com estiramento muscular, segue fora da equipe. Além dele, Kleina não contará com o meia Lincoln.

Comentar

   

Segunda, 15 de Setembro de 2014 - 15:11

Bahia não vencia por três gols de diferença há 74 partidas

por Felipe Santana

Bahia não vencia por três gols de diferença há 74 partidas
Foto: Reprodução / Sportv
O expressivo, em virtude do momento da equipe, e ao mesmo tempo fundamental triunfo sobre o Figueirense por 3 a 0, no Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, trouxe para o elenco do Bahia, ou até individualmente falando, uma série de aspectos positivos.
 
Para Gilson Kleina, o resultado positivo significou para o comandante o primeiro triunfo dele à frente do clube no Brasileirão. O único triunfo, até então, havia sido registrado sobre o Internacional, mas pela Copa Sul-Americana.

Para Kieza, com os dois gols, o jogo serviu para colocar o camisa 9 no topo da lista da artilharia do clube na competição, antes liderada por Anderson Talisca. Individualmente, para o argentino Maxi Biancucchi, o jogo também foi importante.

Após longo jejum de quatro meses, o camisa 7 voltou a fazer gols pelo tricolor. A último vez tinnha acontecido no início do mês de maio, contra o Botafogo, na Arena Fonte Nova.

Mas, para o clube, o 3 a 0 também teve seu valor. O último jogo que o tricolor baiano tinha vencido por três gols de diferença foi em julho do ano passado, ainda sob comando de Cristóvão Borges, quando venceu o Flamengo pelo mesmo placar, pea 10ª rodada.

Desde então, ainda com o antigo treinador no Brasileirão, ou já com Marquinhos Santos na temporada de 2013, o Bahia não vencia ninguém por três gols de diferença. Por isso, com o 3 a 0 sobre a equipe catarinense, o esquadrão encerrou um jejum de 73 partidas sem deixar o gramado com essa ampla vantagem.

E foi também, para o Bahia, a primeira partida a marcar três gols na Série A de 2014.

Comentar

   

Segunda, 15 de Setembro de 2014 - 11:26

Após discussão, Rhayner não encarou o Figueirense por 'decisão técnica'

por Felipe Santana

Após discussão, Rhayner não encarou o Figueirense por 'decisão técnica'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Antes da bola rolar, além da presença do argentino Emanuel Biancucchi na equipe titular, outro jogador chamou a atenção da imprensa antes da bola rolar no Estádio Joia da Princesa, palco do triunfo tricolor sobre o Figueirense. Rhayner, titular nos últimos jogos, sequer foi relacionado para o jogo.
 
O atleta, que sentiu a região do púbis, sequer foi colocado pelo treinador Gilson Kleina no banco de reservas, o que o credenciaria para ser uma opção visando o decorrer da partida diante do Figueirense.

Apesar do incômodo, que não foi o motivo da ausência do atleta, Rhayner ficou de fora da concentração do elenco por opção da comissão técnica. 

O diretor de futebol do Bahia, Rodrigo Pastana, conversou com o Bahia Notícias no Estádio Joia da Princesa e afirmou que a decisão de Rhayner não estar no jogo, ou pelo menos no banco de reservas, partiu exclusivamente da comissão técnica.

Rhayner, ao ser substituído no jogo contra o Cruzeiro, não gostou da opção de Gilson Kleina e, ao deixar o gramado do Mineirão, fez duras críticas ao comandante que não ouviu o protesto do jogador.

O auxiliar Charles Fabian, ao observar o comportamento do atleta, não gostou da postura de Rhayner e os dois iniciaram uma discussão que precisou ser contida por membros da comissão técnica do clube.

Comentar

   

Segunda, 15 de Setembro de 2014 - 10:30

Kleina fala em 'partidaça' e elogia atuação de Uelliton

por Felipe Santana

Kleina fala em 'partidaça' e elogia atuação de Uelliton
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Com a expulsão de Fahel na partida contra o Cruzeiro, no Estádio Mineirão, o escolhido para compor o meio de campo contra o Figueirense, em Feira de Santana, foi o volante Uelliton. Opção, essa, que o treinador Gilson Kleina não se arrependeu.
 
Um dos jogadores elogiados pelo técnico depois do jogo foi o camisa 8. Gilson Kleina destacou o comprometimento do volante e elogiou a postura defensiva de Uelliton.

"Fez uma partidaça. Bom por cima. Deu equilíbrio da saída de bola. Só me preocupou, porque começou a colocar a mão na coxa. Eu perguntei se queria sair, ele disse que não, foi guerreiro e foi até o fim. O que a gente cobra do Uelliton é o comprometimento, o profissionalismo. E isso ele está fazendo", exaltou.

Kleina continuou a falar da boa partida realizada pelo volante e ressaltou a importância do jogador se dedicar durante os treinamentos durante a semana para ganhar não só a confiança da comissão técnica, como também uma nova chance entre os titulares.

"Se ele não treina forte, não joga um jogo desse", completou.

Comentar

   

Segunda, 15 de Setembro de 2014 - 09:45

Árbitro relata briga entre torcidas na súmula e Bahia pode ser punido novamente

por Felipe Santana

Árbitro relata briga entre torcidas na súmula e Bahia pode ser punido novamente
Foto: Betto Jr.
O Bahia foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com a perda de dois mandos de campo, sendo o último deles cumprido neste domingo (14), contra o Figueirense, em Feira de Santana. A partida, no entanto, pode significar ao clube novamente uma punição no restante do Brasileirão.
 
No início do primeiro tempo, membros de torcidas organizadas do Bahia foram em direção ao local destinado ao torcedor visitante, aproveitando o pouco policiamento na área, para agredir e tomar a bandeira dos representantes da equipe catarinense.

Houve muita correria, troca de agressão entre os torcedores e confronto de alguns deles com policiais militares. O que aconteceu no Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, foi relatado pelo árbitro Gilberto Rodrigues Castro na súmula do jogo.

O pernambucano, inclusive, confirmou que paralisou a partida até que a briga fosse controlada pela Polícia Militar.

"Aos 13 minutos de jogo iniciou-se uma briga na arquibancada, paralisei a partida no momento que houve um lateral a favor da equipe do Figueirense e neste momento o policiamento sob comando do Major Carvalho conseguiu sanar o conflito predendendo oito torcedores do Bahia, fato informado pelo árbitro reserva", escreveu.

A briga entre torcidas pode causa ao Bahia problemas no futuro. Neste Brasileirão, por uma briga entre membros de uma organizada, o Sport foi punido com a perda de dois mandos de campo. baseado no Artigo 213 no qual os times precisam "tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto".

Mas, ao solicitar o efeito suspensivo, teve a pena revista e reduzida apenas para o pagamento de multa.

Comentar

   

Segunda, 15 de Setembro de 2014 - 08:55

Kieza aprova triunfo sobre o Figueirense: 'Excelente jogo'

por Felipe Santana

Kieza aprova triunfo sobre o Figueirense: 'Excelente jogo'
Foto: Antonio Alvim / Ecbahia.com
Autor de dois gols na partida contra o Figueirense, número que o deixou isolado na artilharia do clube no Campeonato Brasileiro da Série A com quatro gols marcados, o centroavante Kieza deixou o gramado do Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, satisfeito com o desempenho do clube.
 
Para o camisa 9, diante da equipe catarinense, a equipe do Bahia realizou uma boa partida e mereceu o resultado positivo.

"Fizemos um excelente jogo, uma excelente vitória. Agora temos que voltar a fazer mais gols", elogiou.

Kieza foi mais além, O camisa 9 do Bahia acredita ter encontrado a fórmula correta para tirar o time do Z4. Para ele, já diante do Botafogo, próximo adversário do tricolor, a equipe precisa ter a mesma postura apresentado contra o Figueirense.

"Precisamos tentar fazer mais partidas como essa", ressaltou.

Comentar

   

Segunda, 15 de Setembro de 2014 - 07:55

Maxi Biancucchi volta a marcar pelo Bahia após 4 meses

por Felipe Santana

Maxi Biancucchi volta a marcar pelo Bahia após 4 meses
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O triunfo sobre o Figueirense no Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, não foi só especial pelo reencontro do Bahia com o resultado positivo no Campeonato Brasileiro da Série A. Para um jogador, a partida significou o fim de um longo jejum.
 
Colocado em campo no segundo tempo, o argentino Maxi Biancucchi saiu do banco de reservas para marcar o terceiro gol do Bahia na partida, o segundo dele na competição nacional. Gol, este, que deu ponto final a uma espera de quatro meses.

Com o gol no Figueirense, o terceiro dele na temporada, Maxi Biancucchi voltou a balançar a rede defendendo as cores do Bahia após quatro meses. A última vez que o argentino havia marcado um gol foi no dia 4 de maio, na Arena FOnte Nova, quando o tricolor baiano derrotou o Botafogo por 1 a 0.

De lá pra cá, com a pausa de 40 dias para Copa do Mundo, o camisa 7 passou por indas e vindas na equipe titular e, enfim, conseguiu reencontrar o caminho do gol neste domingo (14), em Feira de Santana.

Maxi, agora, tem 32 jogos pelo Bahia e três gols.

Comentar

   
Autor de um dos gols, Maxi Bianccucchi exalta união do grupo na luta contra o rebaixamento
Foto: Felipe Oliveira/VIPCOMM
Sem marcar desde a 3ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014, em partida contra o Botafogo, o atacante Maxi Bianccucchi foi um dos destaques no triunfo do Bahia sobre o Figueirense por 3 a 0 no Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana. No momento do gol, um dos companheiros que mais celebrou foi o seu irmão, Emanuel Bianccuchi, que já estava no banco de reservas. Perguntado sobre o abraço do meia, Maxi preferiu enfatizar a união de todo o grupo, que está focado para sair da zona de rebaixamento da primeira divisão nacional.

"O nosso grupo é muio bom, um jogador faz o gol E todo mundo abraça, não merecemos estar nessa situação. Estamos melhorando e vamos lutar até o final e vamos sair desta posição" falou o argentino ao final da partida.

Com 20 pontos, o Bahia agora torce por um tropeço de Vitória e Criciúma para fugir das últimas colocações do Campeonato Brasileiro. Entretanto, apesar da vitória, a equipe segue na zona de rebaixamento, na 17ª posição da classificação geral.

Comentar

   
Em dia de Kieza, Bahia derrota Figueirense por 3 a 0 e segue na luta contra o rebaixamento
Foto: Reprodução
Jogando com bastante maturidade na defesa e efetividade no ataque, o Bahia voltou a vencer uma partida pelo Campeonato Brasileiro 2014. Com dois gols de Kieza e um de Max Biancucchi, o Tricolor de Aço derrotou o Figueirense por 3 a 0 e saiu temporariamente da lanterna da competição nacional.

Precisando do resultado, o Bahia abriu o jogo tentando imprimir uma pressão sobre o seu adversário, que também não demorou para mostrar que valorizaria os lances de contra-ataque no Joia da Princesa. Entretanto, com o gramado feirense se apresentando bastante irregular, a posse de bola das duas equipes se mostrou bastante debilitada ocasionando poucos lances de destaque nos primeiros 10 minutos da partida.

Enquanto a bola rolava no gramado, alguns torcedores da equipe tricolor causavam tumultos nas arquibancadas e eram detidos pela polícia local. Em campo, o Bahia teve um bom lance de perigo aos 15 minutos, com arrancada de Rafinha e cruzamento que foi afastado por Thiago Heleno. Logo depois, Emanuel Biancucchi também deu boa arrancada, mas foi interceptado de forma atrapalhada por Léo Gago. Com grande domínio de jogo, não demorou para que os donos da casa abrissem o marcador. Aos 17, Kieza se aproveitou de lance confuso da zaga do figueira e completou para o fundo das redes de Tiago Volpi.

Com a vantagem, os comandados de Gilson Kleina passaram a valorizar a bola e esperar os catarinenses no jogo. Tocando a bola e achando os espaços, não demorou para que o tricolor ampliasse o resultado. Aos 23, Kieza recebeu na entrada da pequena área e bateu sem chances para o arqueiro alvinegro. Com muita dificuldade de chegar ao ataque, o Figueirense apenas interceptava as jogadas aéreas do adversário.

Diminuindo o ritmo e recuando sua marcação, o Esquadrão de Aço seguiu arriscando em poucos lances, onde forçava as bolas em jogadas aéreas na pequena área dos visitantes. Já o Figueira seguia com a mesma dificuldade de entrar no setor rival, sem apresentar objetividade em seus tiros diretos e cruzamentos. Aos 41, Kieza teve outra oportunidade de gol, mas acabou se atrapalhando na finalização e pedindo pênalti. O árbitro não marcou a suposta penalidade e deu cartão amarelo para o atacante. Aos 44, uma outra chance de ampliar o marcador foi criada por Guilherme Santos, que correu livre pelo lado esquerdo e ficou cara a cara com Tiago Volpi, que evitou a investida se adiantando perante o atleta tricolor.

Na segunda etapa, o Figueirense entrou com maior domínio do jogo e arriscou logo aos 2 minutos, quando Clayton chutou por cima do gol de Marcelo Lomba. Logo depois, foi a vez de Felipe arriscar de longa distância e chutar longe da meta baiana. Mesmo recuado, o Bahia seguia apresentando perigo e, aos 8, Railan invade a defesa alvinegra, mas é interceptado por Marquinhos.

Ao contrário da primeira etapa, o jogo caiu de ritmo e se tornou repleta de erros dos dois lados. Com isso, muitos lances acabaram resumidos em chutes de fora da área e poucas investidas diretas para o gol. Administrando o resultado, o Bahia passou a apresentar boa contenção na jogada dos catarinenses, que também valorizavam as faltas e impediam as investidas do tricolor. Aos 23, umas das melhores chances da equipe do sul foi com Pablo, que recebeu de Everaldo e chutou de primeira para boa defesa de Lomba.

Aos 27, o Bahia teve outra boa chance de ampliar o marcador. Railan cruzou e Uelliton cabeceou com força, para boa defesa de Tiago Volpi que espalma para impedir o terceiro gol do Bahia. Desesperado para conseguir o empate, o treinador Argel Fucks colocou um terceiro atacante em campo e acabou deixando o meio-campo aberto, fazendo com que o Esquadrão de Aço voltasse a dominar o confronto. Sendo assim, não demorou para que a equipe da boa terra chegasse ao 3º. Aos 38, Marcos Aurélio dá belo passe para Maxi Biancicchi, que tocou de categoria e sepultou o marcador no Joia da Princesa.

Com o resultado, o Bahia chegou aos 20 pontos e empatou com o Coritiba na classificação geral, ficando atrás apenas no saldo de gols. Já o Figueirense caiu para o 12º lugar com 25 pontos. Na próxima rodada, os baianos vão até o Estádio do Maracanã, onde enfrentam o Botafogo, enquanto que a equipe alvinegra volta a jogar em casa onde recebe o Criciúma no clássico catarinense.

FICHA TÉCNICA:
Série A - 21ª rodada
Bahia x Figueirense
Local: Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana (BA)
Horário: 16h
Data: 14/09/2014
Gols: Kieza (2), Maxi Biancucchi
Árbitro: Gilson Rodrigues Castro (PE)
Auxiliares: Ricardo Bezerra e Bruno Cesar Santos (PE)
 
Bahia: Marcelo Lomba; Railan, Lucas Fonseca, Demerson e Guilherme Santos; Uelliton, Rafael Miranda e Léo Gago; Emanuel (Marcos Aurélio), Rafinha (Maxi Biancucchi) e Kieza (Henrique).
 
Figueirense: Tiago Volpi; William Cordeiro, Thiago Heleno, Marquinhos e Roberto Cereceda; Paulo Roberto, Nem, Jefferson (Felipe e Jean Carlos) e Giovanni Augusto; Clayton (Pablo) e Everaldo. Técnico: Argel Fucks.

Comentar

   

Domingo, 14 de Setembro de 2014 - 17:15

Torcedores do Bahia são presos após confusão no Joia da Princesa

por Felipe Santana e Edimário Duplat

Torcedores do Bahia são presos após confusão no Joia da Princesa
Foto: Reprodução
No primeiro tempo da partida entre Bahia e Figueirense, válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014, alguns torcedores da equipe tricolor protagonizaram uma confusão nas arquibancadas do Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, ao pular a divisória que separa as torcidas das duas equipes e tentar roubar a bandeira que pertence de uma organizada do Figueirense. Cerca de oito pessoas foram presas pela Policia Militar presente no estádio. Entretanto, um PM acabou ferido na operação.

Comentar

   

Domingo, 14 de Setembro de 2014 - 10:22

Bahia diz ter realizado ações para evitar confusão no Joia da Princesa

por Felipe Santana

Bahia diz ter realizado ações para evitar confusão no Joia da Princesa
Foto: Francisco Carlos
Em maio, no jogo contra o Santos, a torcida do Bahia surpreendeu. Compareceu em grande número ao Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, que apresentou estrutura e organização suficiente para receber a quantidade de tricolores que foram acompanhar ao duelo contra a equipe paulista.

Não foi à toa que, durante a partida, houve uma aglomeração de torcedores em um dos acessos aos assentos do estádio. Com a falta de organização, deixando um setor do Joia da Princesa fechado, sem necessidade, tricolores foram prensados na grade e, devido ao tumulto, arrombaram um dos portões em direção ao gramado.

O acontecimento levou o Bahia ao banco dos reús no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), acarretando ao clube uma punição da perda de dois mandos de campo. O primeiro deles, sem torcida, foi na Arena Fonte Nova. O segundo, neste domingo (14), será longe de SAlvador mas com os tricolores no estádio.

O Bahia, em nota oficial, garante que tomou todas as providências para que os fatos não se repitam no Joia da Princesa. Além de faixas para conscientizar o torcedor a não jogar objetos no gramado, a diretoria do Bahia contratou seguranças particulares para organizar a presença dos tricolores dentro do estádio.

O clube também informa que iniciou a comercialização de ingressos com mais antecedência, colocará mais gradis no Joia da Princesa para facilitar o acesso e participou de reuniões com a Polícia Militar.

Comentar

   

Domingo, 14 de Setembro de 2014 - 09:26

Bahia busca recomeço na Série A diante do Figueirense

por Felipe Santana

Bahia busca recomeço na Série A diante do Figueirense
Foto: Estadão Conteúdo
Vinte rodadadas já passaram e foram apenas três triunfos. Então, encarando a tarde deste domingo (14) como um recomeço no Brasileirão, o Bahia entra em campo novamente para tentar deixar  a lanterna da competição, mas ainda sem condições  matemáticas de sair da zona do rebaixamento. O adversário da vez será o Figueirense, às 16h, no Estádio Joia da Princesa.

Em Feira de Santana, cumprindo o último jogo de suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o técnico Gilson Kleina não pode repetir a formação da equipe que perdeu para o Cruzeiro, na última rodada.

O zagueiro Titi e o volante Fahel foram expulsos e terão que cumprir suspensão automática. O primeiro deles já tem substituto definido: Demerson. O defensor reclamou de dores nas costas durante a semana, fez tratamento, mas já está recuperado e apto para atuar.

No lugar de Fahel, porém, o mistério está mantido. Gilson Kleina pode optar pela manutenção do esquema ao escalar Feijão ou Uelliton. Ou, se escolher um meia (Emanuel ou Marcos Aurélio), deixar o Bahia ainda mais ofensivo.

A segunda dúvida da equipe está no atacante que deixará o time para o retorno de Kieza, que não jogou contra o Cruzeiro. A tendência,  devido ao futebol apresentado nas últimas apresentações, é que Rafinha seja mantida. Então, neste caso, Rhayner ou Maxi Biancucchi vai para o banco de reservas.

FICHA TÉCNICA:
Série A - 21ª rodada
Bahia x Figueirense
Local: Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana (BA)
Horário: 16h
Data: 14/09/2014
Árbitro: Gilson Rodrigues Castro (PE)
Auxiliares: Ricardo Bezerra e Bruno Cesar Santos (PE)
 
Bahia: Marcelo Lomba; Railan, Lucas Fonseca, Demerson e Guilherme Santos; Uelliton (Emanuel), Rafael Miranda e Léo Gago; Rhayner (Maxi), Rafinha e Kieza.
 
Figueirense: Tiago Volpi; William Cordeiro, Thiago Heleno, Marquinhos e Roberto Cereceda; Paulo Roberto, Nem, Felipe e Giovanni Augusto; Clayton e Everaldo. Técnico: Argel Fucks.

Comentar

   

Sábado, 13 de Setembro de 2014 - 17:50

Organizadas vão a concentração do Bahia e prometem apoiar elenco

por Felipe Santana

Organizadas vão a concentração do Bahia e prometem apoiar elenco
Foto: Terror Tricolor
Logo depois do treinamento realizado no Estádio Joia da Princesa, local do jogo contra o Figueirense, neste domingo (14), às 16h, os jogadores do Bahia receberam uma visita no hotel utilizado como concentração do clube antes da partida.
 
Membros das torcidas organizadas Bamor e Terror Tricolor foram ao hotel, em Feira de Santana, para uma conversa com os atletas do elenco profissional, além de membros da comissão técnica.

O pedido das organizadas, atendido pelo diretor de futebol Rodrigo Pastana, foi para garantir aos jogadores que as duas torcidas estarão ao lado do clube na luta contra o rebaixamento até a última, a começar pelo jogo deste domingo (14).

Bamor e Terror Tricolor, durante o encontro, também asseguraram aos atletas que não fizeram e não farão parte dos atos de vandalismo contra os atletas como, recentemente, aconteceu com Maxi Biancucchi e Titi.

Protesto
No final do mês de julho, insatisfeitas com o atual momento do Bahia no Brasileirão, Bamor e Terror Tricolor estiveram na porta do Fazendão durante o treinamento do elenco para, além de reclamar da postura 'arrogante da diretoria', cobrar mais empenho e bons resultados aos atletas. Os membros das organizadas levaram faixas e pipoca para a manifestação que não houve registro de qualquer ato de violência ou vandalismo.

Comentar

   

Sábado, 13 de Setembro de 2014 - 14:06

Kleina faz mistério e não confirma escalação para pegar o Figueirense

por Felipe Santana

Kleina faz mistério e não confirma escalação para pegar o Figueirense
Foto: Divulgação
Escalação? Só no Estádio Joia da Princesa minutos antes do jogo. Na manhã deste sábado (13), no local do jogo contra o Figueirense, em Feira de Santana, o treinador Gilson Kleina realizou um trabalho tático e manteve o mistério quanto aos onze escolhidos para começar a partida.

Com relação ao time que perdeu para o Cruzeiro, na última rodada, em Minas Gerais, serão pelo menos duas modificações. O zagueiro Titi, expulso, vai cumprir suspensão e desfalca a equipe. O escolhido, recuperado de dores nas costas, foi Demerson.

No meio de campo, porém, o primeiro ponto de interrogação da equipe. Fahel, outro expulso no jogo contra o líder do Brasileirão, não joga, mas o substituto não foi confirmado pelo treinador, que fez um trabalho tático com os portões fechados para imprensa. 

Se optar por manter a formatação da última, com três volantes, Uelliton deve ser o titular. Mas, se decidir mudar o esquema, o argentino Emanuel
Biancucchi ou Marcos Aurélio pode ganhar uma nova chance desde o apito inicial.

No sistema ofensivo, outra dúvida. Um dos três atacantes titulares contra o Cruzeiro, no Mineirão, vai deixar o time para o retorno de Kieza, após cumprir suspensão automática. Kleina não confirmou, mas a disputa para sair da equipe está entre Rhayner e Maxi Biancucchi.

O Bahia deve encarar o Figueirense com Marcelo Lomba; Railan, Demerson, Lucas Fonseca e Guilherme Santos; Rafael Miranda, Léo Gago e Uelliton (Emanuel ou Marcos Aurélio); Rafinha, Rhayner (Maxi) e Kieza.

Comentar

   

Sábado, 13 de Setembro de 2014 - 11:22

Recuperado, Demerson treina e garante estar pronto para substituir Titi

por Felipe Santana

Recuperado, Demerson treina e garante estar pronto para substituir Titi
Foto: Divulgação
Demerson, reclamando de dores nas costas, foi vetado na véspera da partida contra o Cruzeiro, no Mineirão, e sequer viajou para Belo Horizonte, local da partida. Recuperado, ele deve voltar ao time neste domingo (14), contra o Figueirense.

Reserva no último final de semana, após perder a posição para Lucas Fonseca, o zagueiro Demerson agora retorna ao time no lugar de outro companheiro. Expulso, Titi será obrigado a cumprir suspensão e não encara a equipe catarinense.

Espaço para Demerson que, após uma semana de tratamento intensivo, garante que está apto para atuar normalmente.

"Estou bem, liberado, e pronto para ajudar o Bahia a sair dessa situação. Espero, se o treinador contar comigo, colaborar da melhor forma", disse.

Demerson acredita que além do comportamento do time, buscando o triunfo desde o apito inicial, o apoio da torcida também será um fator fundamentel na busca pelos três pontos diante do Figueirense, no Joia da Princesa.

"O apoio do nosso torcedor será muito importante, primordial para que a gente possa fazer um bom jogo, vencer e tentar sair o quanto antes da zona do rebaixamento", ressaltou.

Comentar

   

Sábado, 13 de Setembro de 2014 - 11:04

Jogo entre Fluminense e Bahia será realizado em uma segunda-feira

por Felipe Santana

Jogo entre Fluminense e Bahia será realizado em uma segunda-feira
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou detalhadamente a tabela do Campeonato Brasileiro da Série A, com partidas entre a 26ª e a 29ª rodada, no qual significou para o Bahia uma grande novidade.
 
Em virtude das eleições, que será realizado no primeiro domingo do mês de outubro, no dia 5, o tricolor baiano não enfrentar o Fluminense no final de semana, muito menos no meio de semana como tradicionalmente acontece.

A partida entre os tricolores, agendada para o Estádio do Maracanã, às 20h30, acontecerá no dia 6 de outubro, uma segunda-feira.

Além desta partida, a CBF confirmou data e horário de mais três jogos do Bahia que, no dia 28 de setembro, enfrenta o Flamengo na Arena Fonte Nova, às 16h. No dia 9 de outubro, às 19h30, encara o Santos na Vila Belmiro.

Já no dia 12 de outubro, novamente em Salvador, joga contra Chapecoense, às 16h.

Comentar

   

Sábado, 13 de Setembro de 2014 - 07:03

Ingressos para o clássico Ba-Vi começam a ser vendidos neste domingo

por Glauber Guerra

Ingressos para o clássico Ba-Vi começam a ser vendidos neste domingo
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
No próximo dia 21 de setembro, Vitória e Bahia irão se enfrentar pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para o duelo, que acontece na Arena Fonte Nova, a venda de ingressos será iniciada neste domingo (14).
 
Para os torcedores do Vitória, os bilhetes estarão disponíveis na Ticketmix, do Shopping Iguatemi e no Balcão de Ingressos do Center Lapa e Piedade. 
 
Os ingressos estarão à venda para a torcida do Vitória na Ticketmix do shopping Iguatemi e no Balcão de Ingressos do Center Lapa e Piedade. Já os adeptos do Bahia podem adquirir as entradas na Ticketmix do Salvador Shopping e Paralela.
 
O mando de campo é do Vitória e a torcida Rubro-Negro terá direito a ocupar 60% do estádio, enquanto os Tricolores 40%.
 
Os bilhetes para os adeptos do Leão irão custar a partir de R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira), no setor Super Norte. Para o setor Norte, as entradas serão vendidas por R$22 (meia) e R$44 (inteira). Os integrantes do programa Sou Mais Vitória (SMV) terão acesso ao duelo. Os cinco mil torcedores do plano Prata ficarão no assentos reservados no Norte Intermediário, enquanto os cinco mil do plano Ouro, assistirão o clássico no setor Leste Inferior.
 
Já para os Tricolores, os ingressos serão comercializadas  a partir de R$ 22 (meia) e R$ 44 (inteira), além da Cadeira Especial Oeste, área central, localizada próxima ao banco de reservas (R$30/R$60). O Lounge Premium (RS 140) será misto, com acesso para as duas torcidas.
Crianças até seis anos terão direito a gratuidade. Porém, é necessário que o menor esteja acompanhado dos pais ou responsáveis e documentação.
 
VENDA ESCALONADA – No início das vendas, estão disponíveis todo o setor Norte, Leste Inferior, Visitante, Cadeira Especial Oeste, além do Lounge Premium. O objetivo é viabilizar melhor a operação do jogo. Na medida que os bilhetes destes setores esgotarem, outros serão disponibilizados.
 
Com 18 pontos, o Vitória ocupa a antepenúltima colocação no Campeonato Brasileiro, enquanto o Bahia possui 17 e é o lanterna da competição.

Comentar

   

Sexta, 12 de Setembro de 2014 - 17:55

Elenco do Bahia se reapresenta e Kleina ganha volta de 7 jogadores

por Felipe Santana

Elenco do Bahia se reapresenta e Kleina ganha volta de 7 jogadores
Foto: Divulgação
Dos dez jogadores que não enfrentaram o Cruzeiro nesta quinta-feira (11), em Belo Horizonte, sete deles estarão à disposição do técnico Gilson Kleina para o jogo contra o Figueirense neste domingo (14), às 16h, no Estádio Joia da Princesa.

Nesta sexta-feira (12), dia de reapresentação do elenco tricolor, os que atuaram mais de quarenta e cinco minutos diante da raposa, no Mineirão, realizaram apenas um leve treinamento regenarativo.

Os demais foram para o campo e participaram de um treinamento técnico com bola, que contou com uma série de retornos. Demerson, antes com dores nas costas, atuou e está à disposição de Gilson Kleina para substituir Titi, expulso contra o Cruzeiro.

Marcos Aurélio e Jeam que estava treinando desde o início da semana, após concluir o processo de recuperação, também poderão ser utilizados pelo comandante. A tendência, porém, é que apenas o primeiro seja relacionado.

Kieza, Henrique, Uelliton e Pará cumpriram suspensão nesta rodada, mas estiveram presentes no treinamento desta sexta e também, a depender da opção do técnico Gilson Kleina, poderão atuar diante equipe catarinense.

NEste sábado (13), no último treino antes do jogo, Kleina deve fazer um trabalho tático já no Joia da Princesa, em Feira de Santana.

Comentar

   

Sexta, 12 de Setembro de 2014 - 16:04

Bahia promete acionar a CBF e apresentar erros da arbitragem

por Felipe Santana

Bahia promete acionar a CBF e apresentar erros da arbitragem
O Bahia, através de nota oficial, comunicou na tarde desta sexta-feira (12) que decidiu ingressar com um protesto oficial junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), quanto ao desempenho dos árbitros nas últimas partidas do tricolor baiano no Campeonato Brasileiro da Série A.

No texto, o Bahia cita que o clube foi prejudicado em quatro, pelo menos, das últimas cinco rodadas do Brasileirão. Além disso, a agremiação contesta a presença do árbitro Marcos Mateus Pereira, estreante em Série A, no jogo diante do Cruzeiro.

O documento que será entregue para CBF contará também com um vídeo, no qual o departamento de estatísticas do clube separou possíveis erros de arbitragem contra o Bahia nas últimas rodadas.

Os três principais questionamentos do Bahia estão no jogo contra o Criciúma, em uma não marcação de pênalti, na Arena Fonte Nova, e o gol validado a favor do Grêmio, em Porto Alegre, após uma possível falta no lateral Roniery.

Por fim, o pênalti marcado a favor do Cruzeiro que, diante da reclamação do zagueiro Titi, resultou na expulsão do atleta.

Comentar

   
Carregando...

Histórico de Conteudo

Setembro / 2014

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Multimídia

Enquete

O que você achou da primeira convocação de Dunga em seu retorno a Seleção?