Bahia

E. C. Bahia


Em jogo movimentado, Bahia e Vitória empatam no Barradão

Um jogo muito movimentado marcou o primeiro clássico entre Bahia e Vitória no ano de 2015. Pela 5ª rodada do Campeonato Baiano, o polêmico Neto Baiano e o argentino Maxi Biancucchi marcaram em um Ba-Vi que foi assistido por 14.305 torcedores neste domingo (1º). Com o resultado, o Vitória chegou aos 9 pontos conquistados, enquanto o tricolor baiano chegou aos 7 pontos.

Veja mais

Veja mais

Entrevistas

Drubscky vê Mansur como ‘jogador de futuro’, explica saída de Rômulo e prevê evolução do time

O técnico Ricardo Drubscky, do Vitória, vê o lateral-esquerdo Mansur como um atleta de futuro, apesar das críticas da torcida e parte da imprensa. “O Mansur é um jogador de futuro, mas tem um peso grande na participação dele e isso pode prejudicar ele no Vitória. Vamos tentar dentro do possível, trabalhar para que ele realmente consiga fazer o melhor dele e ajudar a equipe”, disse ao Bahia Notícias. O comandante Rubro-Negro ainda explicou a não permanência do atacante Rômulo, cedido ao Santo André-SP. Segundo o treinador, o atleta é bom tecnicamente, mas tem pouca competividade. “Ele é um jogador com muita boa técnica, virtuoso tecnicamente, mas com pouca competitividade”, analisou. Drubscky fez questão de elogiar o elenco e projeta evolução no desempenho. “É um elenco de qualidade e o clube dá condições de trabalho. E é torcer com o tempo que nós tempos, a gente consiga encaixar as peças, fazer os resultados e fazer o time jogar, para que o trabalho apareça e evolua”, comentou.

Veja mais

Curtas do Esporte

Curtas do Esporte

O quase-ex-boleiro Arlindo de Almeida volta com polêmicas no Curtas de Esporte. Por que certos setoristas do Vitória têm passe livre e outros não têm? E por que nenhum deles tem direito a lanche durante os treinos da manhã? E mais: no Bahia, tem mutirão de processos trabalhistas! Confira nas Curtas e Venenosas do Esporte!

Veja mais

Domingo, 01 de Março de 2015 - 19:03

Thales aprova estreia em Ba-Vi e vê tricolor superior

por Felipe Santana

Thales aprova estreia em Ba-Vi e vê tricolor superior
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Seis jogadores da equipe titular estrearam em clássico contra o Vitória, na tarde deste domingo (1), no Barradão. Dentre eles o zagueiro Thales que, após o apito final, deixou nítida a satisfação com o desempenho do clube.
 
Para o camisa 3, pela segunda vez titular do time, o Bahia foi superior ao Vitória mesmo com dez atletas em campo, após expulsão do volante Wilson Pittoni. Além disso, o defensor ressaltou a quantidade de chances criadas.

"Criamos muito mais que eles e poderíamos ter virado o jogo", disse.

Sobre o clima da partida, o zagueiro Thales elogiou o comportamento do torcedor, mesmo quanto o time estava perdendo, e afirmou voltar para casa 'emocionado'.

"Foi uma estreia emocionante. Não poderia ser melhor. Clássico é assim, na base da emoção e superação", disse.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 18:28

Após clássico, diretor do Bahia considera arbitragem 'desastrosa'

por Felipe Santana

Após clássico, diretor do Bahia considera arbitragem 'desastrosa'
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias
O Bahia, ainda quando estava em desvantagem no placar no primeiro tempo, perdeu o volante Wilson Pittoni, expulso após acertar uma cotovelada no atacante Neto Baiano. Este lance passou despercebido pelo diretor de futebol do Bahia, Alexandre Faria.

O gestor, porém, apesar de concordar com o cartão vermelho, teceu duras críticas ao desempenho do árbitro Jailson Macedo Freitas neste
clássico.

"Foi lamentável, desastrosa. Ele deixou o Vitória mandar na partida, cometer muitas faltas e não deu cartão em Neto Baiano. Kieza tomou vários chutes e ele não fez nada. Não gostei", comentou.

Alexandre Faria, um pouco exaltado com o que viu da arbitragem, também falou sobre a expulsão do volante Pittoni e disse, pelo menos em um lance, concordar com o cartão vermelho aplicado.

"Acho, sim, que Pittoni perdeu a cabeça e acertou o adversário", completou.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 18:23

Jean sobre estreia em Ba-Vi: 'Foi emocionante'

por Felipe Santana

Jean sobre estreia em Ba-Vi: 'Foi emocionante'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Estreante em clássico contra o Vitória pela categoria profissional, o goleiro Jean deixou o gramado do Barradão, na tarde deste domingo (1), muito satisfeito com o desempenho do time, assim como sua atuação.
 
O arqueiro do tricolor baiano, titular pela terceira partida consecutiva, destacou o fator emocional do jogo, após o apito final.

"Foi um jogo emocionante. Foi o primeiro de muitos, com fé em Deus", resumiu.

Ele, porém,  apesar da alegria com o comportamento do elenco durante os noventa minutos, admite que ficou com um gosto de 'quero mais'.

"Espero, também com uma boa atuação, sair de campo com o triunfo da próxima vez", respondeu.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 17:55

Em jogo movimentado, Bahia e Vitória empatam no Barradão

por Ulisses Gama

Em jogo movimentado, Bahia e Vitória empatam no Barradão
Foto: Max Haack/Ag Haack/Bahia Notícias
Um jogo muito movimentado marcou o primeiro clássico entre Bahia e Vitória no ano de 2015. Pela 5ª rodada do Campeonato Baiano, o polêmico Neto Baiano e o argentino Maxi Biancucchi marcaram em um Ba-Vi que foi assistido por 14.305 torcedores neste domingo (1º). Com o resultado, o Vitória chegou aos 9 pontos conquistados, enquanto o tricolor baiano chegou aos 7 pontos.

O JOGO
 
O primeiro Ba-Vi de 2015 começou com muita correria e pouca efetividade. Aos 7 minutos, em cobrança de falta, o Bahia foi o primeiro a finalizar. Souza cobrou, mas não assustou o goleiro Fernando Miguel. O Vitória não demorou a responder. Aos 8, Vander levantou bola e causou confusão na área tricolor. Aos 10 minutos, Maxi fez ótimo passe para Kieza na grande área, mas o zagueiro Ednei foi providencial na roubada de bola. Aos 16 minutos, o Bahia perdeu uma ótima chance. Tony fez boa jogada e achou Maxi de frente para o gol, mas o argentino finalizou mal.
 
Leão abre o placar
 
Um minuto depois, o Vitória fez o primeiro gol da partida. Pelo lado direito, Vander invadiu a área e chutou forte para a defesa de Jean. No rebote, Neto Baiano, o maior artilheiro do Barradão, não perdoou. Aos 23 minutos, o Bahia chegou ao ataque em cruzamento de Tony e cabeceio de Titi para grande defesa de Fernando Miguel. 
 
Pittoni expulso
 
Aos 27, expulsão no tricolor baiano. Após deixar o braço em Neto Baiano, o paraguaio Wilson Pittoni recebeu o cartão vermelho do árbitro Jailson Macedo Freitas. Com a vantagem numérica, o Vitória teve maior facilidade para se aproximar da meta tricolor. Aos 38, Vander mandou um chute rasteiro ao lado do gol de Jean. Aos 45 minutos, o Vitória chegou com força ao ataque em uma boa trama, mas a zaga tricolor conseguiu segurar o ímpeto rubro-negro. Aos 48, no último minuto da primeira etapa, o Bahia teve mais uma chance. Souza cobrou falta na área e o arqueiro rubro-negro soltou. No rebote, Thales chutou mas foi bloqueado pela defesa do leão.


 
Segundo tempo
 
No segundo tempo, Élton substituiu Neto Baiano, que teve uma queda de pressão. No primeiro minuto, o Bahia tomou a iniciativa. Souza mandou um chute forte, mas passou por cima do gol rubro-negro. Aos 6, Vander tentou um chute, mas saiu fraco e foi facilmente interceptado pelo zagueiro Thales. O técnico Sérgio Soares promoveu uma substituição dupla aos 8 minutos. Souza e Léo Gamalho deram lugar a Bruno Paulista e Willians Santana. Aos 10, Bruno Paulista levantou bola na área para cabeceio de Kieza. O goleiro Fernando Miguel fez uma espetacular defesa.
 
Tricolor chega ao empate
 
Aos 11 minutos, Willians Santana invadiu a grande área e tocou para Kieza. O camisa 9 do tricolor baiano chuta para mais uma defesa de Fernando Miguel. O pequenino Maxi Biancucchi aproveitou o rebote e empurrou de cabeça para as redes: Vitória 1 x 1 Bahia.´Aos 15 minutos, o Vitória tentou uma resposta com um chute de Élton, mas a finalização passou longe. Aos 18, Ricardo Drubscky promoveu a estreia de Rhayner, ex-Bahia, no lugar de Rogério, que saiu machucado. 
 
Aos 28 minutos, a última alteração no Bahia: Maxi, aplaudido pela torcida tricolor, saiu para a entrada de Rômulo. Aos 30, a cria da base do Bahia teve a chance para virar o placar, mas chutou fraco para a defesa do arqueiro do Vitória. Um minuto depois, o atacante Élton perdeu uma chance incrível depois de um cruzamento de Flávio. Aos 36 minutos, a vez foi do Bahia: Rômulo arriscou e o chute passou ao lado. Aos 39, mais Bahia: Bruno Paulista mandou um chute de muito longe e Fernando Miguel encaixou.

Aos 41, Willians Santana recebeu bom passe na grande área, o goleiro Fernando Miguel se adiantou e interceptou o lance. Aos 44, Jorge Wagner cobrou falta e Jean defendeu.  Aos 46, mais uma ótima chance pro Vitória: Jean fez boa defesa. Um minuto depois, o Bahia perdeu uma ótima oportunidade de virar a partida: Rômulo recebeu ótimo passe de Kieza, limpou o goleiro e chutou pra fora. A última chance da partida foi do leão. Jorge Wagner cobrou falta perigosa, Jean fez ótima defesa. Fim de jogo: Vitória 1 x 1 Bahia.

FICHA TÉCNICA:
Campeonato Baiano­ 5a rodada
Vitória x Bahia
Local: Barradão, em Salvador
Data: 01/03/2015
Árbitro: Jailson Macedo Freitas
Auxiliares: José Raimundo Dias da Hora e Jucimar dos Santos Dias.
Cartões amarelos: Fernando Miguel, Euller, Amaral, Vander, Èlton (Vitória) / Maxi, Titi, Tony, Rômulo, Thales, Raul (Bahia)
Cartão vermelho: Pittoni
Gols: Neto Baiano (Vitória) / Maxi (Bahia)
 
Vitória:  Fernando Miguel, Nino Paraíba, Ednei, Saimon, Euller; Amaral (Jorge Wagner), Flávio, Vander, Escudero; Rogério (Rhayner), Neto Baiano (Élton).
 
Bahia: Jean; Tony, Railan, Thales, Titi e Raul; Tiago Real, Souza (Bruno Paulista), Pittoni; Maxi (Rômulo), Léo Gamalho (Willians Santana) e Kieza. Técnico: Sérgio Soares.

Comentar

   

Domingo, 01 de Março de 2015 - 07:45

Mais experiente, Bahia enfrenta o Vitória no primeiro Ba-Vi do ano

por Felipe Santana

Mais experiente, Bahia enfrenta o Vitória no primeiro Ba-Vi do ano
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Com uma dose a mais de mistério, após dois treinamentos com os portões fechados para imprensa, o 'novo' Bahia enfrenta o Vitória na tarde deste domingo (1º), no Barradão, no primeiro clássico da temporada de 2015.
 
Apesar do suspenso adotado pelo treinador Sérgio Soares, a equipe do tricolor não deve grandes novidades para o jogo contra o rubro-negro. Pelo contrário. Ele deve manter a base que venceu a Catuense, na última rodada, na Arena Fonte Nova.

A única dúvida do comandante, que será desvendada minutos antes do clássico, está na lateral-esquerda. Apostar no jovem Carlos, que até então era titular da equipe, ou promover o retorno de Raul, mais experiente e consistente na marcação.

No gol, ainda sem contar com Omar, o treinador deve dar continuidade ao jovem Jean, titular da equipe nos últimos dois jogos. No meio de campo, Souza deve seguir entre os titulares, deixando o jovem Bruno Paulista no banco de reservas.

Lá na frente, devido ao bom rendimento do trio na última atuação, Maxi Biancucchi, Kieza e Léo Gamalho comandarão o pelotão de ataque.


Campeonato Baiano – 5ª rodada
Local: Barradão, em Salvador
Data: 1º de março de 2015, domingo
Horário: 16h
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Auxiliares:  José Raimundo Dias da Hora e Jucimar dos Santos Dias.
 
Vitória: Fernando Miguel, Nino Paraíba, Ednei, Saimon e Euller;  Amaral, Flávio, Escudero e Vander; Rogério e Neto Baiano (Elton). Técnico: Ricardo Drubscky
 
Bahia: Jean; Tony, Titi, Thales e Carlos (Raul); Pittoni, Souza e Thiago Real; Maxi Biancucchi, Kieza e Léo Gamalho. Técnico: Sérgio Soares.

Comentar

   

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 - 20:02

Guaramix será novo patrocinador de Bahia e Vitória

por Felipe Santana

Guaramix será novo patrocinador de Bahia e Vitória
No decorrer da semana, para aumentar o clima da paz entre as torcidas na semana do clássico Ba-Vi, dirigentes de Bahia e Vitória se reuniram em restaurante da capital baiana. De um lado, Marcelo Sant'Ana, o vice Pedro Henriques e o diretor de mercado Jorge Avancini. Pelo rubro-negro estavam o presidente Carlos Falcão, Epifânio Carneiro e Ricardo David. O encontro não foi útil apenas para falar do jogo deste domingo (1º), no Barradão. Os dois clubes, em uma ação em conjunta, também selaram uma novidade que será apresentada aos torcedores antes do início do jogo: novo patrocínio. Bahia e Vitória, ao entrar em campo, vão estampar na omoplata das camisas a marca do Guaramix.

O produto Guaramix, atualmente, é produzido pela Mix do Brasil. A empresa carioca, localizada na Zona Oeste, também como principal objetivo a produção de bebidas com sabor de frutas. Não é a primeira vez que o Guaramix, bebida que mistura açai, guaraná e ginseng, estará estampado na camisas de grandes clubes do futebol brasileiro.
 

A marca Guaramix, por dois anos, era colocada como patrocinadora das camisas de Atlético Mineiro e Cruzeiro, na posição da omoplata (acima do escudo e da marca do fornecedor de material esportivo). A empresa deixou de ser parceira do galo, mas segue no atual bicampeão nacional, mas sem a exposição na camisa de jogo. Os detalhes do acordo entre Guaramix e a dupla Ba-Vi serão anunciados pela diretoria dos dois clubes momentos antes do clássico deste domingo (1º), no Barradão, inclusive o tempo de contrato do patrocínio.

Comentar

   

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 - 17:05

Bahia encara o Vitória com força total no ataque: Maxi, Kieza e Gamalho

por Felipe Santana

Bahia encara o Vitória com força total no ataque: Maxi, Kieza e Gamalho
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O Bahia está pronto para o primeiro clássico Ba-Vi da temporada de 2015. Mas a escalação, depois de dois treinos com os portões fechados, só será conhecido minutos antes do jogo começar neste domingo (1º), no Barradão.
 
Na manhã deste sábado (28), na última atividade antes da partida contra o Vitória, Sérgio Soares liberou o elenco para realizar um treinamento recreativo, em campo reduzido. O tradicional rachão contou com a presença do goleiro Omar e do meia Tchô, que não enfrenta o rubro-negro.

Depois, um trabalho volta para jogadas ensaiadas, o comandante tricolor orientou os jogadores em cobranças de falta, escanteio e pênaltis. O zagueiro Chicão, com estiramente muscular, não está à disposição.

Em contrapartida, o técnico do Bahia tem a presença do meia-atacante Williams Santana, recupera do incômodo na coxa, e também com a revelação do time sub-20, Luan. O jovem meia-atacante também estará no banco neste domingo.

Quanto ao time, que dificilmente terá grandes novidades, a grande dúvida segue na lateral-esquerda e no gol:

Jean (Douglas Pires); Tony, Thales, Titi e Carlos (Raul); Pittoni, Tiago Real e Souza; Maxi, Kieza e Léo Gamalho.

Comentar

   

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 - 13:45

Luan, destaque do júnior, é relacionado para o clássico Ba-Vi

por Felipe Santana

Luan, destaque do júnior, é relacionado para o clássico Ba-Vi
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / Bahia
O Bahia pode não ter surpresas na equipe considerada titular. Mas, no banco de reservas, a presença de um jogador vai chamar a atenção de grande parte dos tricolores. Destaque da equipe júnior, o meia-atacante Luan foi convocado pelo treinador Sérgio Soares para fazer parte do grupo profissional. O jovem atleta participou dos últimos dois treinamentos com bola e será opção para o jogo no Barradão, contra o Vitória. Muito rápido e habilidoso, o camisa 7 da equipe júnior marcou dois gols na rodada passada, no qual o Bahia ganhou a Catuense por 2 a 1, na Arena Fonte Nova. Luan desde início do mês estava sendo observado de perto nos treinos pela comissão técnica e ganhou elogios. Apesar do clube não divulgar mais a lista de atletas concentrados, o meia-atacante Williams Santana, recuperado de dores na coxa, também será outra opção de velocidade para o decorrer da partida.

Comentar

   

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 - 11:15

Soares vê o Vitória como um adversário 'rápido e equilibrado'

por Felipe Santana

Soares vê o Vitória como um adversário 'rápido e equilibrado'
Foto: Divulgação
Com um time recheado de mudanças, o Vitória na última rodada não passou de um empate sem gols diante do Galícia, em Pituaçu. Ao deixar o gramado, como já havia acontecido na rodada anterior, foi vaiado pelos torcedores presentes no estádio. 
 
O desempenho do rubro-negro na última partida não serve de motivação para o técnico do Bahia, Sérgio Soares. O comandante tricolor sabe que o Vitória estava muito modificado e por isso, neste domingo (1º), espera muitas dificuldades.

"O Vitória não é uma equipe frágil", resumiu.

Soares continuou a falar sobre os detalhes do maior rival e ressaltou a importância de jogadores experientes, como Jorge Wagner e Escudero, no setor de criação do adversário desta rodada do Baianão.

"O Vitória possui atletas de velocidade. Além disso, jogadores como Jorge e Escudero sabem dar ritmo ao jogo e eles possuem uma equipe equilibrada", comentou.

Comentar

   

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 - 10:45

Em clima de Ba-Vi, tricolor antecipa concentração dos atletas

por Felipe Santana

Em clima de Ba-Vi, tricolor antecipa concentração dos atletas
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Ao contrário do que aconteceu nos jogos anteriores da temporada, a comissão técnica do Bahia decidiu dar uma atenção maior a preparação dos jogadores para o confronto deste domingo (1º), contra o Vitória, no Barradão, e antecipou em um dia o regime de concentração. Por isso, logo depois do treinamento realizado na tarde desta sexta-feira (27), os atletas relacionados para o primeiro clássico de 2015 voltaram para casa e, às 22h, se apresentaram em um hotel da cidade, onde ficarão até horas antes do Ba-Vi. Neste sábado (28), após o último trabalho com bola no Fazendão, nada de almoço familiar ou folga, já que os jogadores retornarão ao hotel. A decisão em aumentar um dia do período de concentração foi comentada pelo técnico Sérgio Soares. 'Nós vamos iniciar a concentração mais cedo para que os atletas estejam ainda mais concentrados e descansados para o jogo", confirmou.

Comentar

   

Sexta, 27 de Fevereiro de 2015 - 18:55

Paulo Ricardo, ex-Cruzeiro, é o novo gerente da base do Bahia

por Felipe Santana

Paulo Ricardo, ex-Cruzeiro, é o novo gerente da base do Bahia
Foto: Divulgação
Como prometido pela diretoria, a divisão de base do Bahia terá um novo comandante na temporada de 2015. Trata-se de Paulo Ricardo, de 49 anos, que recentemente esteve à frente da equipe júnior do Cruzeiro. O novo profissional da base do Bahia, antes de chegar ao Fazendão, também passou pelo América Mineiro, Atlético-MG, São Paulo e Atlético-PR. Paulo Ricardo é formado em Educação Física pela Universidade Federal de Minas Gerais e instrutor do curso de treinadores da CBF. Já na capital baiana, nesta sexta-feira (27), o novo gerente se reuniu com o departamento de futebol e logo depois participou de um encontro com todos os profissionais do clube ligados a formação dos atletas. Além da experiência fora das quatro linhas, Paulo Ricardo desempenhou a função de auxiliar técnico Emerson Ávila no Barueri e Ipatinga. 

Comentar

   

Sexta, 27 de Fevereiro de 2015 - 18:25

Bahia treina parte tática e Soares tem dúvida na lateral

por Felipe Santana

Bahia treina parte tática e Soares tem dúvida na lateral
Foto: Divulgação
Muita conversa, orientações e testes na equipe. Foi assim que o treinador Sérgio Soares, na tarde desta sexta-feira (27), no Fazendão, comandou um treinamento tático visando o jogo contra o Vitória.
 
O goleiro Omar, recuperado das dores no quadril, dificilmente estará em campo no Barradão. Nesta sexta, enquanto grande parte do grupo participava do trabalho tático, o arqueiro realizava uma atividade técnica do lado de fora, acompanhado do preparador Ricardo Palmeira.

O meia-atacante Williams Santana treinou com bola pelo segundo dia consecutivo e estará presente no clássico, mas como opção no banco de reservas. O meia Tchô voltou ao gramado, porém, só retorna no próximo final de semana, dia 8 de março, contra o Feirense.

Sérgio Soares comandou um trabalho tático e parou por diversas vezes o treinamento, que não teve grandes novidades. A única dúvida do treinador do Bahia está em quem será o dono da camisa: Carlos ou Raul.

O restante do time será o mesmo que venceu a Catuense, na quarta-feira (25), inclusive com a participação do jovem goleiro Jean.

Bahia deve encarar o Vitória com Jean; Tony, Thales, Titi e Carlos (Raul); Pittoni, Tiago Real e Souza; Maxi, Kieza e Léo Gamalho.

Comentar

   

Sexta, 27 de Fevereiro de 2015 - 17:45

Para promover a paz, dirigentes da dupla Ba-Vi se reúnem

por Ulisses Gama

Para promover a paz, dirigentes da dupla Ba-Vi se reúnem
Foto: Divulgação/Vitória
Para estimular o clima de paz no clássico Ba-Vi do próximo domingo (1º), as diretorias do Bahia e do Vitória se reuniram nesta sexta-feira (27). Na reunião, estiveram presentes os presidentes Carlos Falcão e Marcelo Sant'Ana, os vice-presidentes Epifânio Carneiro e Pedro Henriques, além dos diretores de mercado Ricardo David e Jorge Avancini. Os presidentes dos clubes exaltaram a reunião.
 
"Temos que incentivar a convivência harmônica entre as duas forças do futebol baiano, que têm objetivos em comum, limitando a rivalidade dentro das quatro linhas", afirmou Carlos Falcão, do Vitória.

"A cultura baiana sempre foi de aproximar as pessoas, independentemente, de preferências religiosas ou políticas. O esporte precisa se consolidar como ponte entre as torcidas", disse Marcelo Sant'Ana, do Bahia.
 
Na reunião entre os dirigentes, também ficou estabelecido que os clubes trabalharão em conjunto, tanto em ações nos clássicos como para fortalecer a imagem do futebol baiano no país.

Comentar

   

Sexta, 27 de Fevereiro de 2015 - 16:35

Soares confirma volta de Williams Santana, mas não como titular

por Felipe Santana

Soares confirma volta de Williams Santana, mas não como titular
Foto: Divulgação
Para felicidade do técnico Sérgio Soares, o meia-atacante Williams Santana participou normalmente do treinamento coletivo desta quinta e, também nesta sexta-feira (27), esteve presente no trabalho com bola realizado no Fazendão.
 
A presença do atleta no clássico está confirmada pelo treinador Sérgio Soares. Ele, porém, não anunciou se Williams Santana será titular ou não na partida contra o Vitória, neste domingo (1), no Barradão.

"Williams está liberado, treinou e tem presença garantida no clássico", disse.

Quanto ao time titular, como já era esperado, Soares fez mistério e sequer anunciou uma das peças que permanecerão no time.

Comentar

   

Sexta, 27 de Fevereiro de 2015 - 16:15

Antes do Ba-Vi, Soares não confirma quem será o camisa 1

por Felipe Santana

Antes do Ba-Vi, Soares não confirma quem será o camisa 1
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Com a indecisão sobre a participação de Omar, que retornou aos treinamentos nesta semana, após dores no quadril, o treinador Sérgio Soares não bateu martelo sobre quem será o camisa 1 do Bahia no clássico contra o Vitória, no Barradão.
 
Sobre Omar, que é dúvida para o jogo, Sérgio Soares adotou o discurso cauteloso e prometeu esperar pelo rendimento do goleiro nos dois
treinamentos com bola que antecedem ao clássico para decidir.

"Vamos aguardar como ele vai produzir nos dois treinos", disse.

O comandante tricolor também falou sobre as outra duas opções: Jean e Douglas Pires. O primeiro, apesar de titular nos últimos dois jogos, não tem presença assegurada no jogo deste domingo (1º).

"Nós temos opções caso Omar não possa jogar. Douglas está à disposição, recuperado, enquanto Jean fez bons jogos e está com ritmo de jogo", despistou.

A confirmação do camisa 1 só acontecerá no Barradão, já os dois treinos serão com os portões fechados.

Comentar

   

Sexta, 27 de Fevereiro de 2015 - 11:45

Bahia tem desfalques para clássico da categoria sub-20

por Felipe Santana

Bahia tem desfalques para clássico da categoria sub-20
Dedé foi expulso e não joga
Os problemas relacionados aos desfalques não estão restritos apenas ao time profissional. Para o clássico contra o Vitória, neste domingo (1º), às 13h30, o treinador Haroldo Moreira também não vai contar com dois atletas.
 
Expulso na partida da última quarta-feira (25), contra Catuense, o volante Dedé será obrigado a cumprir suspensão e por isso desfalca o Bahia no primeiro clássico da categoria júnior da temporada de 2015.

Outro que será apenas espectador do jogo é o centroavante Rodrigo. Também na partida contra Catuense, na Arena Fonte Nova, o jogador perdeu a cabeça, se envolveu em uma discussão e recebeu o cartão vermelho direto.

No caso de Rodrigo, porém, Haroldo Moreira não terá tanta dor de cabeça, já que o atleta era apenas reserva. Já no caso de Dedé, titular da equipe, o comandante tricolor terá que buscar um novo substituto para preencher o setor de marcação.

Comentar

   

Sexta, 27 de Fevereiro de 2015 - 10:15

Thales acredita em bom resultado no 1º Ba-Vi da temporada

por Felipe Santana

Thales acredita em bom resultado no 1º Ba-Vi da temporada
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Thales estreou na última rodada, na partida contra Catuense, na Arena Fonte Nova, em um jogo comandado pelo Bahia do início ao fim. Sem a presença de Chicão, com lesão muscular, o jovem zagueiro segue na equipe e já terá no segundo jogo pelo esquadrão o clássico Ba-Vi pela frente.
 
Ele, apesar da pouca idade, não mostrou nervosismo ao falar sobre o primeiro clássico defendendo o tricolor baiano. Longe disso. Thales, no discurso, se mostrou seguro e entusiasmado com a possibilidade de enfrentar o Vitória.

"A expectativa para o Ba-Vi é a melhor possível. Espero uma boa estreia em clássicos", comentou.

No Internacional, seu clube de origem, Thales encarou o Grêmio diversas vezes, inclusive na categoria profissional, no início da temporada passada. Para ele, a experiência e Gre-Nal o ajuda a contar o sentimento de ansiedade para o jogo deste domingo (1º).

O defensor, inclusive, ressaltou a importância do Bahia ser regular durante o jogo e perder menos gols.

"A gente vem sendo dois "Bahias". Mas esperamos manter uma regularidade a partir de agora, com consistência e jogando bem. Esperamos fazer um grande jogo", completou.

Comentar

   

Sexta, 27 de Fevereiro de 2015 - 09:15

Neste domingo, Bahia pode ter até oito estreantes em clássico Ba-Vi

por Felipe Santana

Neste domingo, Bahia pode ter até oito estreantes em clássico Ba-Vi
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O jogo entre Bahia e Vitória marcado para este domingo (1º), às 16h, no Barradão, será o primeiro grande clássico da temporada de 2015. Para boa parte do time do tricolor, por exemplo, também será a primeira oportunidade de participar deste histórico confronto estadual.
 
A começar pelo comandante, o Bahia vai ter a estreia do técnico Sérgio Soares à frente da equipe em jogos diante do Vitória. Ano passado, mas pela Copa do Nordeste, o técnico jogou contra o leão, enquanto funcionário do Ceará, e não perdeu. Empatou em Salvador e goleou na capital cearense. 

Em campo serão muitas estreias em Ba-Vi. Na defesa, por exemplo, três jogadores nunca jogaram pelo Bahia contra o rubro-negro. Independente da escolha do técnico, os goleiros Douglas Pires e Jean que brigam por uma vaga, apesar do tempo de Fazendão, nunca atuaram em clássico profissional. O lateral-direito Tony, o zagueiro Thales e o lateral-esquerdo Carlos vivem a mesma expectativa.

No meio de campo, se levarmos em consideração a última partida, Souza e Tiago Real são caras novas no principal clássico regional, enquanto Pittoni, no Bahia desde o ano passado, conhece bem o adversário deste domingo (1º), pela quinta rodada do Baianão.

No ataque, contratado neste ano, o centroavante Léo Gamalho também será um novato em partidas envolvendo Bahia e Vitória, ao contrário dos demais companheiros do sistema ofensivo. Max Biancucchi, em 2013, jogou pelo leão e ano passado já participou do clássico pelo Bahia. 

Se para alguns o Ba-Vi é novidade, não se pode dizer o mesmo para o zagueiro Titi. Capitão da equipe, o defensor está no Fazendão desde 2011 e vai disputar este clássico pela quinta temporada consecutiva.

Comentar

   

Sexta, 27 de Fevereiro de 2015 - 08:15

Antes do clássico, Bahia terá dois treinos com portões fechados

por Felipe Santana

Antes do clássico, Bahia terá dois treinos com portões fechados
Foto: Divulgação
Depois de um leve trabalho regenerativo, como de costume no dia seguinte aos jogos, o elenco profissional do Bahia terá apenas dois dias de preparação antes do clássico contra o Vitória, marcado para este domingo (1º).
 
Na tarde desta sexta-feira (27), no turno da tarde, o treinador Sérgio Soares comanda o primeiro treinamento coletivo de olho no rubro-negro, além de conceder entrevista coletiva à imprensa.

Os repórteres, porém, só participarão da atividade e logo em seguida sairão do Fazendão porque, em clima de mistério, o trabalho com bola será com os portões fechados, sem o registro de imagens.

No segundo e último treino, na manhã deste sábado (28), a história se repete. Como já acontece desde o início da temporada, a última atividade não é aberta para profissionais ligados aos veículos de comunicação.

Os treinos servirão para Sérgio Soares definir quem será o goleiro titular, Douglas Pires ou Jean, e a presença ou não de Williams Santana, recuperado de dores na coxa.

Comentar

   

Quinta, 26 de Fevereiro de 2015 - 18:35

Bahia se reapresenta e Soares ganha nova opção

por Felipe Santana

Bahia se reapresenta e Soares ganha nova opção
Foto: Divulgação
Com todas as atenções já voltadas para o Vitória, adversário da próxima rodada, o elenco do Bahia se reapresentou na tarde desta quinta-feira (26), no Fazendão, e o treinador Sérgio Soares ganhou uma boa notícia.
 
O meia-atacante Williams Santana, ausente dos últimos três jogos, após reclamar de dores na coxa direita, retornou ao trabalho com bola e participou normalmente do treinamento coletivo contra a equipe júnior. Apesar do retorno, Williams ainda não tem presença assegurada no primeiro Ba-Vi da temporada.

Os atletas profissionais venceram por 2 a 0, dois gols de Williams Santana, e atuaram com a seguinte formação: Douglas Pires, Yuri (Gamboa), Adriano Alves, Robson e Raul; Feijão (Marcone), Bruno Paulista (Lenine) e Rômulo (Jéferson Silva); Mateus, Zé Roberto (Jeam) e Willians Santana (Gustavo).

O goleiro Omar desceu para o campo. No entanto, recentemente liberado pelo departamento médico, o arqueiro fez apenas um leve treinamento técnico acompanhado de Ricardo Palmeira.

Fora do clássico, Chicão e Tchô ficaram na sala de musculação e participaram de um treino físico, enquanto os demais titulares realizavam um treinamento regenerativo.

Comentar

   
Carregando...

Histórico de Conteudo

Março / 2015

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Multimídia

Enquete

O que você achou da contratação de Ricardo Drubscky pelo Vitória?