Segunda, 20 de Março de 2017 - 11:00

César Borges

por Ailma Teixeira / Estela Marques | Fotos: Jamile Amine

César Borges
Ex-ministro dos Transportes e ex-secretário Nacional dos Portos no governo Dilma Rousseff, hoje César Borges fala como presidente da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR). O político baiano demonstra preocupação com a realidade do sistema rodoviário brasileiro e não poupa críticas ao modo como o governo federal lida com a situação. "Seria muito bom que novos grupos financeiros e empresas investidoras na área de infraestrutura aparecessem. É interessante também que venha capital externo. Mas para isso é preciso que nós criemos as condições do ponto de vista jurídico, de estabilidade e cumprimento dos contratos", propôs Borges, também ex-governador da Bahia e ex-senador. Por outro lado, o ex-ministro afirmou que essa não parece ser uma preocupação federal. "[O governo] tem falhado muito nessa relação. Hoje lamentavelmente é uma relação conflituosa entre o que chamamos poder concedente, que são os governos, junto com o setor privado", acrescentou. César Borges ainda detalhou o porquê de não ser favorável à medida provisória 752, em tramitação no Congresso Nacional. Veja a entrevista completa!

Leia mais

Segunda, 13 de Março de 2017 - 11:00

Marcelo Nilo

por Rebeca Menezes / Bruno Luiz / Luana Ribeiro

Marcelo Nilo
De volta à condição de um deputado estadual "comum", após ter deixado a Presidência da Assembleia Legislativa da Bahia – cargo que ocupou por dez anos consecutivos – Marcelo Nilo (PSL) de fato enfrenta novos desafios, para além do clichê da expressão. Um deles é manter-se equilibrado dentro do partido que preside, o PSL, cuja bancada tem tomado decisões à sua revelia. Nilo, porém, não se diz isolado. “Pelo contrário, eu me sinto uma pessoa reconhecida por um projeto que deu certo na Bahia, que foi o projeto da Assembleia Legislativa”, declara o parlamentar, que pretende trazer prefeitos, ex-prefeitos e outros integrantes da classe política para a sigla – ele reclama dos correligionários, que não estão conseguindo atrair os familiares que se candidatam. Ele também se prepara para a futura disputa por uma cadeira na Câmara dos Deputados. “Agora, em março de 2018, espero estar sentando na mesa de negociação para ter participação nas decisões da própria chapa majoritária. Não que eu seja o candidato, mas que pelo menos seja ouvido”. Em um balanço das atividades da última década, elencou o melhor e o pior momento em que esteve à frente da Casa. “O pior momento é quando eu vejo muitas pessoas que trabalham sendo demitidas”, aponta, destacando como único motivo de ressalvas ao seu substituto, Ângelo Coronel (PSD). “Coisa que realmente acho que, num aumento de crise desse, deveria ter uma avaliação mais criteriosa das pessoas que exercem seus papéis com necessidade para o próprio Poder Legislativo. No resto, acho que ele está bem”.

Leia mais

Segunda, 06 de Março de 2017 - 11:00

Isaac Edington

por Guilherme Ferreira / Bruno Luiz

Isaac Edington
Má notícia para os amantes do Carnaval de Salvador. Se depender do presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, o número de dias da folia não será ampliado na capital baiana, pelo menos por enquanto. Os viúvos de plantão, entretanto, podem esperar também uma melhoria na infraestrutura da festa, segundo Edington. Em entrevista ao Bahia Notícias, ele afirmou que a prefeitura deve focar agora no fortalecimento dos 10 dias de Carnaval implementados na gestão do prefeito ACM Neto. “Eu não acho que cabe, neste momento, a gente discutir se vai aumentar. A gente precisa fortalecer o que já existe”, opinou. Em um balanço da edição 2017 da festa, o presidente da Saltur disse que um dos grandes desafios para o próximo ano é evitar o esvaziamento dos festejos no tradicional circuito Osmar (Campo Grande), problema já detectado pela prefeitura. “A gente vem tendo experiências para tentar melhorar, vem melhorando, mas ainda deixa a desejar. A gente sabe que o circuito pode ter um elenco de atrações melhor”, lamentou. O presidente ainda criticou a situação de trios antigos nos circuitos e afirmou que é preciso modernizar a estrutura dos veículos que transportam os artistas responsáveis por levar alegria aos foliões. “Acho que todos têm que ter essa percepção de que a gente precisa se modernizar. Precisamos manter nossa cultura, nossos valores, mas as coisas precisam ser modernizadas, e equipamentos gigantescos e obsoletos, com vários problemas, não podem estar mais circulando no Carnaval de Salvador”, afirmou.

Leia mais

Segunda, 27 de Fevereiro de 2017 - 11:00

Clínio Bastos

por Rebeca Menezes

Clínio Bastos
O Carnaval de Salvador já é reconhecidamente a maior festa de rua do mundo. Mas seria possível expandir ainda mais a festa? Para Clínio Bastos, presidente da Associação Baiana de Camarotes (ABC), isso só poderia acontecer caso se criasse um quarto circuito – alternativo ao Dodô (Barra-Ondina), Osmar (Campo Grande) e Batatinha (Pelourinho). “Quando nós fomos pra Barra, foi assim. Havia uma necessidade, em função do próprio crescimento demográfico da cidade, da criação de um novo circuito. E hoje esse circuito tem uma força muito grande. [...] Dentro do espaço Barra-Ondina, eu não consigo visualizar mais espaços físicos. Eu não acredito que o Carnaval da Bahia cresça mais fisicamente, pelo menos nesse momento. A não ser que haja um quarto circuito, alternativo, segmentado. Aí eu posso acreditar”, explicou. Em entrevista ao Bahia Notícias, Clínio explica o impacto da crise no mercado do entretenimento, fala sobre o aumento de atrações dentro dos camarotes e ainda entra em algumas polêmicas. Entre elas, a ocupação de espaços físicos pelas estruturas particulares. “Quando se diz que os camarotes estão em área pública não é verdade. Isso é uma minoria, bem pequena”, garante.

Leia mais

Segunda, 20 de Fevereiro de 2017 - 11:00

Anselmo Brandão

por Estela Marques / Luiz Fernando Teixeira / Guilherme Ferreira

Anselmo Brandão
O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, garante que todos os foliões que entrarem nos principais circuitos do Carnaval serão revistados nos portões de segurança. Ao todo, 46 pórticos com detector de metais serão instalados em Ondina, na Barra, no Campo Grande e no Pelourinho. Na avaliação do coronel, a ferramenta foi bem avaliada já em 2016. "Todas as pessoas serão abordadas. A depender do fluxo, podemos acelerar a abordagem, fazer revistas mais rápidas. Mas a depender do horário, serão abordagens minuciosas. O resultado já foi alcançado no ano que passou com uma redução significativa de ocorrências envolvendo objetos cortantes e armas", explica Brandão em entrevista concedida ao Bahia Notícias. Ele também assegura que apesar da operação especial para o Carnaval, os bairros de Salvador sem festa e os municípios do interior não ficarão desprotegidas: "a cidade não sofre solução de continuidade nas suas ações". O comandante-geral da PM também comentou sobre as condições de trabalho da categoria e descartou, no momento, a possibilidade de um movimento de greve como aconteceu no Espírito Santo. "Não tem clima, não tem espaço. A tropa hoje é consciente, sabe o esforço que nós estamos fazendo", disse. Brandão justifica que nos dois últimos anos houve avanço nas gratificações pagas aos policiais, além de investimentos na capacitação e em equipamentos para segurança.

Leia mais

Segunda, 13 de Fevereiro de 2017 - 11:00

José Trindade

por Estela Marques / Bruno Luiz

José Trindade
Argumentação. Líder de uma diminuta bancada de oposição composta por apenas nove vereadores, é através desta palavra que o vereador José Trindade (PSL) pretende convencer os 32 colegas da base governista, maioria substancial, a desistirem de votar em projetos do governo do prefeito ACM Neto (DEM). Em entrevista ao Bahia Notícias, o social-liberal, que se notabilizou pelas inúmeras críticas ao democrata na gestão anterior, mantém agora, como líder oposicionista, o tom belicoso contra o prefeito. Afirma que a gestão apenas cria “factoides”, diz que Neto “ponga” em realizações do governo estadual e, em uma espécie de 2018 antecipado - apesar de velado - tenta criar para Rui Costa a imagem de uma espécie de prefeito de Salvador. Ainda falando em 2018, Trindade minimiza uma possível ascensão do atual vice-prefeito Bruno Reis (PMDB) à prefeitura da capital baiana, caso Neto decida disputar o comando do governo estadual, caminho que, apesar de negar, parece pavimentar com suas articulações nas eleições da União dos Municípios da Bahia (UPB) e para presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). “Para a oposição, é indiferente”, assegura.

Leia mais

Segunda, 06 de Fevereiro de 2017 - 11:00

Léo Prates

por Fernando Duarte / Estela Marques | Fotos: Paulo Victor Nadal

Léo Prates
Vereador de segundo mandato, o vereador Léo Prates (DEM) está há um mês na presidência da Câmara Municipal de Salvador e já estabeleceu prioridades para seus dois anos de gestão. Uma delas é a interatividade digital dos cidadãos com a Casa. A outra, como já foi anunciada, é a reestruturação dos planos de cargos e salários com a possibilidade de um concurso público. Em entrevista nesta semana, Prates detalha essa questão. "É urgente a necessidade de um concurso público. A Câmara está funcionando basicamente sobre os cargos comissionados dela. Se tira os cargos comissionados, a Câmara para, porque o número de servidores efetivos não dá conta de tudo que a Câmara tem. Precisamos mudar essa lógica", observou o presidente da CMS. Segundo Prates, o número de servidores é pequeno e vem sendo reduzido ao longo dos anos. Em 2015 a Câmara tinha 241 funcionários efetivo. Hoje são 208. Veja a entrevista completa!

Leia mais

Segunda, 30 de Janeiro de 2017 - 11:00

Otto Alencar

por Luana Ribeiro | Fotos: Paulo Victor Nadal

Otto Alencar
Presidente estadual do PSD, o senador Otto Alencar tem estado nos holofotes após o partido ganhar protagonismo por conta das eleições de 2016, quando passou a liderar em termos de quantidades de prefeituras – são 83. O congressista, porém, minimiza a importância que a legenda ganhou e os impactos disso no arranjo de forças políticas no estado. “Então, você consegue fazer uns amigos que sempre são corretos, fiéis conosco. Mas isso não significa que nós estamos sentindo que podemos pressionar o governador ou querer de alguma forma ter vaidade ou orgulho sobre isso”, afirma.

Leia mais

Segunda, 23 de Janeiro de 2017 - 11:00

Cláudio Tinoco

por Estela Marques / Bruno Luiz | Fotos: Luana Ribeiro / Bahia Notícias

Cláudio Tinoco
A Secretaria de Cultura e Turismo de Salvador terá duas prioridades na nova gestão: a conclusão do processo de revitalização do Centro Histórico da capital baiana e o reforço na divulgação da cidade, nacional e internacionalmente, como destino turístico. É o que afirma o titular da pasta, Cláudio Tinoco. Em entrevista ao Bahia Notícias, o secretário, que assumiu a pasta há pouco mais de 15 dias, critica o governo do estado pela demora na finalização da requalificação do Centro Antigo e afirma que, por causa da lentidão, a prefeitura se viu obrigada a adotar uma nova forma de tentar acelerar o processo. “Tivemos e temos problemas sérios em relação às etapas de requalificação do Centro Histórico, que sempre ficaram a cargo do governo do estado e do governo federal. A prefeitura de Salvador resolveu mudar essa lógica e, praticamente, incentivar para que o setor privado, os próprios proprietários de imóveis assumam a responsabilidade de recuperar os locais”, revela. Sobre a divulgação da cidade, Tinoco diz que é necessário buscar novas formas de atração de turistas para Salvador, como o turismo de negócios, e lamenta a desativação do Centro de Convenções. O secretário de Cultura afirma, ainda, que pretende incentivar outras manifestações culturais soteropolitanas e informa que o projeto Boca de Brasa, atualmente itinerante, vai mesmo se transformar em centros de cultura espalhados por bairros da cidade. A meta é terminar 2017 com cinco centros.

Leia mais

Segunda, 16 de Janeiro de 2017 - 11:00

José Maria Dutra

por Rebeca Menezes | Fotos: Tiago Dias

José Maria Dutra
A Ouvidoria Geral do Estado conta com um sistema de 187 pontos, espalhados em diversos órgãos da administração e em vários municípios baianos. Mesmo assim, a busca por informações e o registro de reclamações ainda são consideravelmente baixos. Com uma população de mais de 14 milhões de habitantes, foram registradas apenas 128 mil manifestações em 2016, a maioria relacionada a informações sobre serviços. Em entrevista ao Bahia Notícias, o ouvidor José Maria Dutra explica os planos do órgão para ampliar o atendimento em 2017, incluindo postos localizados em bairros de Salvador e em grandes cidades do estado. Entre as estratégias já executadas nos últimos anos, está a expansão dos canais de atendimento: além do 0800 e do site, a população também pode baixar o aplicativo ou enviar perguntas e reclamações pelo Whatsapp.

Leia mais

Histórico de Conteúdo