Segunda, 20 de Fevereiro de 2017 - 11:00

Anselmo Brandão

por Estela Marques / Luiz Fernando Teixeira / Guilherme Ferreira

Anselmo Brandão
O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, garante que todos os foliões que entrarem nos principais circuitos do Carnaval serão revistados nos portões de segurança. Ao todo, 46 pórticos com detector de metais serão instalados em Ondina, na Barra, no Campo Grande e no Pelourinho. Na avaliação do coronel, a ferramenta foi bem avaliada já em 2016. "Todas as pessoas serão abordadas. A depender do fluxo, podemos acelerar a abordagem, fazer revistas mais rápidas. Mas a depender do horário, serão abordagens minuciosas. O resultado já foi alcançado no ano que passou com uma redução significativa de ocorrências envolvendo objetos cortantes e armas", explica Brandão em entrevista concedida ao Bahia Notícias. Ele também assegura que apesar da operação especial para o Carnaval, os bairros de Salvador sem festa e os municípios do interior não ficarão desprotegidas: "a cidade não sofre solução de continuidade nas suas ações". O comandante-geral da PM também comentou sobre as condições de trabalho da categoria e descartou, no momento, a possibilidade de um movimento de greve como aconteceu no Espírito Santo. "Não tem clima, não tem espaço. A tropa hoje é consciente, sabe o esforço que nós estamos fazendo", disse. Brandão justifica que nos dois últimos anos houve avanço nas gratificações pagas aos policiais, além de investimentos na capacitação e em equipamentos para segurança.

Leia mais

Segunda, 13 de Fevereiro de 2017 - 11:00

José Trindade

por Estela Marques / Bruno Luiz

José Trindade
Argumentação. Líder de uma diminuta bancada de oposição composta por apenas nove vereadores, é através desta palavra que o vereador José Trindade (PSL) pretende convencer os 32 colegas da base governista, maioria substancial, a desistirem de votar em projetos do governo do prefeito ACM Neto (DEM). Em entrevista ao Bahia Notícias, o social-liberal, que se notabilizou pelas inúmeras críticas ao democrata na gestão anterior, mantém agora, como líder oposicionista, o tom belicoso contra o prefeito. Afirma que a gestão apenas cria “factoides”, diz que Neto “ponga” em realizações do governo estadual e, em uma espécie de 2018 antecipado - apesar de velado - tenta criar para Rui Costa a imagem de uma espécie de prefeito de Salvador. Ainda falando em 2018, Trindade minimiza uma possível ascensão do atual vice-prefeito Bruno Reis (PMDB) à prefeitura da capital baiana, caso Neto decida disputar o comando do governo estadual, caminho que, apesar de negar, parece pavimentar com suas articulações nas eleições da União dos Municípios da Bahia (UPB) e para presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). “Para a oposição, é indiferente”, assegura.

Leia mais

Segunda, 06 de Fevereiro de 2017 - 11:00

Léo Prates

por Fernando Duarte / Estela Marques | Fotos: Paulo Victor Nadal

Léo Prates
Vereador de segundo mandato, o vereador Léo Prates (DEM) está há um mês na presidência da Câmara Municipal de Salvador e já estabeleceu prioridades para seus dois anos de gestão. Uma delas é a interatividade digital dos cidadãos com a Casa. A outra, como já foi anunciada, é a reestruturação dos planos de cargos e salários com a possibilidade de um concurso público. Em entrevista nesta semana, Prates detalha essa questão. "É urgente a necessidade de um concurso público. A Câmara está funcionando basicamente sobre os cargos comissionados dela. Se tira os cargos comissionados, a Câmara para, porque o número de servidores efetivos não dá conta de tudo que a Câmara tem. Precisamos mudar essa lógica", observou o presidente da CMS. Segundo Prates, o número de servidores é pequeno e vem sendo reduzido ao longo dos anos. Em 2015 a Câmara tinha 241 funcionários efetivo. Hoje são 208. Veja a entrevista completa!

Leia mais

Segunda, 30 de Janeiro de 2017 - 11:00

Otto Alencar

por Luana Ribeiro | Fotos: Paulo Victor Nadal

Otto Alencar
Presidente estadual do PSD, o senador Otto Alencar tem estado nos holofotes após o partido ganhar protagonismo por conta das eleições de 2016, quando passou a liderar em termos de quantidades de prefeituras – são 83. O congressista, porém, minimiza a importância que a legenda ganhou e os impactos disso no arranjo de forças políticas no estado. “Então, você consegue fazer uns amigos que sempre são corretos, fiéis conosco. Mas isso não significa que nós estamos sentindo que podemos pressionar o governador ou querer de alguma forma ter vaidade ou orgulho sobre isso”, afirma.

Leia mais

Segunda, 23 de Janeiro de 2017 - 11:00

Cláudio Tinoco

por Estela Marques / Bruno Luiz | Fotos: Luana Ribeiro / Bahia Notícias

Cláudio Tinoco
A Secretaria de Cultura e Turismo de Salvador terá duas prioridades na nova gestão: a conclusão do processo de revitalização do Centro Histórico da capital baiana e o reforço na divulgação da cidade, nacional e internacionalmente, como destino turístico. É o que afirma o titular da pasta, Cláudio Tinoco. Em entrevista ao Bahia Notícias, o secretário, que assumiu a pasta há pouco mais de 15 dias, critica o governo do estado pela demora na finalização da requalificação do Centro Antigo e afirma que, por causa da lentidão, a prefeitura se viu obrigada a adotar uma nova forma de tentar acelerar o processo. “Tivemos e temos problemas sérios em relação às etapas de requalificação do Centro Histórico, que sempre ficaram a cargo do governo do estado e do governo federal. A prefeitura de Salvador resolveu mudar essa lógica e, praticamente, incentivar para que o setor privado, os próprios proprietários de imóveis assumam a responsabilidade de recuperar os locais”, revela. Sobre a divulgação da cidade, Tinoco diz que é necessário buscar novas formas de atração de turistas para Salvador, como o turismo de negócios, e lamenta a desativação do Centro de Convenções. O secretário de Cultura afirma, ainda, que pretende incentivar outras manifestações culturais soteropolitanas e informa que o projeto Boca de Brasa, atualmente itinerante, vai mesmo se transformar em centros de cultura espalhados por bairros da cidade. A meta é terminar 2017 com cinco centros.

Leia mais

Segunda, 16 de Janeiro de 2017 - 11:00

José Maria Dutra

por Rebeca Menezes | Fotos: Tiago Dias

José Maria Dutra
A Ouvidoria Geral do Estado conta com um sistema de 187 pontos, espalhados em diversos órgãos da administração e em vários municípios baianos. Mesmo assim, a busca por informações e o registro de reclamações ainda são consideravelmente baixos. Com uma população de mais de 14 milhões de habitantes, foram registradas apenas 128 mil manifestações em 2016, a maioria relacionada a informações sobre serviços. Em entrevista ao Bahia Notícias, o ouvidor José Maria Dutra explica os planos do órgão para ampliar o atendimento em 2017, incluindo postos localizados em bairros de Salvador e em grandes cidades do estado. Entre as estratégias já executadas nos últimos anos, está a expansão dos canais de atendimento: além do 0800 e do site, a população também pode baixar o aplicativo ou enviar perguntas e reclamações pelo Whatsapp.

Leia mais

Segunda, 09 de Janeiro de 2017 - 11:00

Manoel Vitório

por Fernando Duarte / Guilherme Ferreira

Manoel Vitório
O governo federal exige que as administrações estaduais ofereçam contrapartidas para renegociar as dívidas com a União. Entre as compensações está a adoção de medidas para o controle dos gastos públicos. Mas o governo baiano quer fugir da estratégia de congelamento por 20 anos que será colocada em prática no Palácio do Planalto. Em entrevista ao Bahia Notícias, o secretário da Fazenda, Manoel Vitório, revelou que o governador Rui Costa procura unir outros governadores da região Nordeste para apresentar um modelo que contenha as despesas, mas também permita investimentos. "Nós achamos que, mais que uma agenda para frear o gasto público, nós precisamos de uma agenda que freie o gasto público e vise o desenvolvimento, que possa contribuir para o crescimento", explicou. A segunda contrapartida que o governo federal demanda está ligada à previdência social. Vitório reconhece que este "sem dúvida nenhuma, é o maior problema no estado hoje" e critica administrações anteriores por isso. "A legislação, que é federal, também era também muito frouxa, muito frágil, sempre dando muito benefício, sabendo que a bomba só ia estourar 20 anos depois. E os 20 anos aconteceram, nós estamos vivendo eles", analisa.

Leia mais

Segunda, 02 de Janeiro de 2017 - 11:00

Gicele Alakija

por Estela Marques | Fotos: Paulo Victor Nadal

Gicele Alakija
Depois de 36 anos sendo regidos pelo Sol, a partir de 2017 estaremos sob o comando de Saturno, o planeta que promete trazer todos os nossos karmas e nos fazer arcar com a responsabilidade dos nossos atos. É tempo de colheita, tanto para o bem quanto para o mal. "Pode ser muito difícil para algumas pessoas e para algumas situações, mas Saturno é aquele que não alisa, ele obriga a lidar com a realidade. Significa que nós vamos continuar a lidar com uma realidade, que pode ser muito dura para algumas pessoas, cidades ou países e pode ser mais promissora para outras. Mas de qualquer maneira, o que você tem como karma no sentido de consequência daquilo que você plantou, você pode colher nesse ano", explica a astróloga Gicele Alakija. A "tradutora" do que o céu estabelece como tendência para nossas vidas é a primeira entrevistada do ano no Bahia Notícias. Nativos de Áries, Libra, Sagitário e Capricórnio devem ficar atentos neste novo ano, que terá o planeta Júpiter no signo da balança. Você pode entender o que isso significa conferindo a entrevista completa. Gicele Alakija estuda astrologia desde 1983, é formada em Psicologia (Ufba), mestre em Psicologia (USP), professora de Astrologia Kármica, astróloga com aperfeiçoamento no Instituto Delphos de Ensino (SP), terapeuta regressiva pelo Roger Woolger Institute (EEUU) e já atuou como assistente de Dr. Woolger na formação de terapeutas em Deep Memory Process (DMP), na Bahia (2006-2011).

Leia mais

Segunda, 26 de Dezembro de 2016 - 11:00

Rui Costa

por Rebeca Menezes

Rui Costa
Rui Costa não costuma esconder suas opiniões sobre o contexto político. Contudo, o governador da Bahia prefere não esquecer o seu lado humano. Em entrevista ao Bahia Notícias, Rui fala sobre a relação com os filhos e com a mulher, Aline Peixoto, e relembra como sua mãe era completamente contra sua trajetória política. Ao fazer um balanço da primeira metade de seu mandato, ele define qual foi o momento mais complicado dos últimos dois anos, tanto política quanto pessoalmente. Rui responde ainda sobre as críticas que recebeu por problemas na articulação com a base e explica a dificuldade de projetar reajuste para os servidores estaduais em 2017.

Leia mais

Segunda, 19 de Dezembro de 2016 - 11:00

Sandro Régis

por Luana Ribeiro | Foto: Renata Farias

Sandro Régis
Após dois anos como líder da minoria na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o deputado estadual Sandro Régis (DEM), deixa a função no próximo ano. A saída de cena está baseada na “convicção” na renovação, mas também é estratégica. “Continuarei com as mesmas convicções, defendendo minhas condições dentro da bancada, sendo um deputado dentro da bancada que vai ajudar cada vez mais a fortalecê-la, ajudar o próximo líder, e também cuidar da minha base eleitoral, que é muito importante”, afirma. Falando em mudança, a oposição também colocou as barbas de molho no que diz respeito à eleição do novo presidente da Casa: não tem candidatura própria e vai observar diversos aspectos, com “prudência”, para decidir o voto. “Porque não é um candidato da oposição, não é um candidato que representa o nosso projeto para 2018. Então é um jogo de xadrez, para no momento certo a oposição dar o xeque-mate”, afirma.

Leia mais

Histórico de Conteúdo