Exposição itinerante ‘Navio Negreiro’ é aberta no Teatro Castro Alves
Foto: Divulgação

A exposição itinerante “Navio Negreiro - Hansen Bahia e Castro Alves”, que correrá por mais de 10 cidades baianas, foi aberta nesta quinta-feira (9), no Teatro Castro Alves, onde segue em cartaz até o dia 19 de novembro. Com curadoria de Ayrson Heráclico, a mostra apresenta obras de Hansen Bahia, inspiradas pelo poema “Navio Negreiro”, do poeta baiano Castro Alves, que na obra de 1868 descreve as imagens de violência contra os africanos escravizados e denuncia o horror da travessia África-Brasil nos porões dos navios. A partir do trabalho de Castro Alves, em 1959 o alemão Karl Heinz Hansen criou uma série de gravuras, intitulada “Caminho das Lágrimas”. “Nunca esqueçamos o quanto foi, e é, perverso e desumano o sistema colonial-escravista. Ver Hansen e ler Castro Alves é um exercício ético e estético absolutamente necessário e contemporâneo”, comentou o curador. No dia 13 e 14,  pela manhã, os alunos do colégio Manoel Novaes participarão de uma oficina e por isso, a visitação para a exposição acontecerá pela tarde a partir das 12h até às 18hs. Depois da abertura no TCA, a mostra segue itinerância por São Francisco do Conde, Santo Amaro, Alagoinhas, Juazeiro, Feira de Santana, Jequié, Vitória da Conquista, Porto Seguro, Ilhéus, Itabuna, Valença e Cachoeira.

 

Confira os locais por onde passará a exposição (clique na imagem para ampliar):

Histórico de Conteúdo