Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 21 de Janeiro de 2022 - 13:40

Dia do Fetiche: conheça os mais pesquisados em Salvador

Dia do Fetiche: conheça os mais pesquisados em Salvador
O fetiche se trata de uma adoração a determinados objetos ou seres com o intuito de excitação sexual e para além do convencional que se sabe sobre o sexo, o brasileiro  gosta de experimentar essas situações especificas na hora do prazer. Uma pesquisa conduzida pelo site adulto Vivalocal revelou quais são os fetiches mais populares e mais buscados pelos brasileiros e é claro que a capital baiana não podia ficar de fora.

Leia mais

Sexta, 21 de Janeiro de 2022 - 00:00

Verão aumenta frequência sexual e incidência de ISTs

por Erem Carla

Verão aumenta frequência sexual e incidência de ISTs
Especialistas confirmam que o verão aumenta o clima “eu não quero só beijar, mas também fazer amor” dos brasileiros. Isso porque, na estação mais quente do ano, a pele recebe oxitocina, conhecido como o hormônio do amor, através do sol. Com a alta frequência sexual, consequentemente o risco de contrair IST’s (Infecções Sexualmente Transmissíveis) também aumenta.

Leia mais

Covid-19 e H3N2 podem intensificar quadro de ejaculação precoce, alerta sexológa 
O momento pandêmico também interferiu em uma das atividades favoritas da maioria das pessoas: fazer sexo. Para alguns, a pandemia contribuiu com a decisão de dar um tempo na relação com o parceiro. Para outros, a obrigatoriedade de conviver diariamente no mesmo espaço físico resultou no fim da relação, sem falar das pessoas que ainda se sentem inseguras para se relacionar sexualmente com outras pessoas.

Leia mais

Quinta, 23 de Dezembro de 2021 - 16:10

Medo pode impedir homem de sentir prazer, diz especialista

Medo pode impedir homem de sentir prazer, diz especialista
Muitas pessoas se sentem travadas em falar sobre sexo diante de medos e inseguranças. Segundo o massoterapeuta tântrico, João Vitor Heringer, conhecido como “o Padrinho”, já passou da hora de desmistificar o tema e falar sobre o tantra, uma terapia que pode auxiliar na vida sexual, além de situações cotidianas de maneira geral.

Leia mais

Professor da UFBA desenvolve nova cirurgia brasileira que ‘resolve’ aumento do clitóris
Um clitóris avantajado pode ser um problema para meninas e mulheres. A aparência volumosa tem capacidade de ser causada pela presença de andrógenos, hormônios masculinos, em dosagens bem acima do normal para um organismo feminino.

Leia mais

Bordel na Áustria oferece 'sessão gratuita' no 'clube de sauna' a quem se vacinar contra Covid
Um bordel da cidade de Viena, na Áustria, está oferecendo uma sessão gratuita de 30 minutos para os clientes que forem até o local para tomar a vacina contra a covid-19. O imunizante é aplicado no próprio estabelecimento. As informações são de reportagem do portal Uol.

Leia mais

Casos de infecção sexual que apodrece a pele crescem no Reino Unido
A Inglaterra vem registrando aumento dos casos de “donovanose”, infecção sexualmente transmissível (IST) que causa feridas na pele e pode evoluir para o apodrecimento dos tecidos. A situação foi alvo de alerta de médicos do país.

Leia mais

Salvador é 3ª capital do país com maior índice de adolescentes que já iniciaram vida sexual

A capital baiana é a 3ª do país com o maior percentual de adolescentes de 13 a 17 anos que já iniciaram a vida sexual. O dado foi revelado pela Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE) 2019 divulgada nesta sexta-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Os dados mostram que em Salvador 4 em cada 10 adolescentes que frequentam a escola admitiram que já tiveram relações sexuais. A cidade fica atrás apenas de Macapá (capital do Amapá) e seus 44,8% e Manaus (capital do Amazonas) com 43,2%. A capital baiana fica empatada com Rio Branco, no Acre com 39,9%. 

 

De acordo com os dados levantados pelo IBGE, Salvador segue a tendência do estado e o percentual de adolescentes que já haviam tido alguma relação sexual era maior entre os meninos (45,7%) do que entre as meninas (34,4%).

 

A tendência se mantém também em relação a diferença entre os estudantes da rede pública e privada. No estado entre os alunos da faixa etária pesquisada da rede pública 36,3% já tiveram alguma relação sexual, enquanto na rede privada o índice foi de 25,1%. Em Salvador o percentual ficou em 44,3% nas escolas públicas frente a 28,3% nas particulares. 

 

A pesquisa identificou que em Salvador a iniciação sexual antes dos 13 anos era um pouco menos comum do que no estado como um todo. Os dados mostraram que o índice desse indicador no estado é maior que no país (leia mais aqui). Na capital baiana, 36,3% dos adolescentes que já haviam feito sexo alguma vez revelaram que aconteceu antes dos 13 anos, sendo 46,2% entre os rapazes e 23,8% entre as moças.

 

Os dados sobre o uso de preservativo mostraram que em Salvador 42,8% dos adolescentes não utilizou proteção na primeira relação sexual. O percentual aumentou quando a pergunta foi sobre a relação sexual mais recente, em que 43,4% informaram que não usaram camisinha.

 

GRAVIDEZ

Salvador tinha, em 2019, o maior percentual entre as capitais de adolescentes mulheres que já havia engravidado: 13% das que já haviam tido relação sexual. Assim como no estado em geral, havia uma desigualdade muito grande entre alunas da rede pública (onde 15,7% já haviam engravidado) e privada (2,2%).

Leia mais

Índice de adolescentes que fizeram sexo antes dos 13 anos na Bahia é maior que no país
A Bahia tem um percentual de iniciação sexual precoce maior que o nacional. Por aqui, 35% dos adolescentes com idade entre 13 e 17 anos e que frequentam a escola revelam já ter tido alguma relação sexual, menor que o índice de 35,4% do país. Só que dentro desse grupo dos que já haviam feito sexo alguma vez na vida, na Bahia quase 4 em cada 10 revelaram que a primeira relação aconteceu antes dos 13 anos de idade. Nesse ponto o indicador nacional ficou em 36,6%.

Leia mais

Camas de papelão em Tóquio não foram projetadas para evitar sexo entre atletas
Circulou por diversos sites, na manhã desta sexta-feira (16), que, na intenção de evitar a prática de sexo entre atletas durante a pandemia de Covid-19, o Comitê Olímpico Internacional adotou, nos Jogos de Tóquio 2020, uma cama de papelão que não aguenta a pressão do ato. Contudo, na verdade, o objeto já estava sendo projetado desde 2019, e tem a missão de tornar o evento mais sustentável.

Leia mais

Histórico de Conteúdo