Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Jovem com alergia a sêmen relata ter paralisia muscular caso não use camisinha
Foto Reprodução / Redes Sociais

A estudante Chloe Lowery, revelou em entrevista, uma alergia um tanto quanto inusitada. A jovem disse que convive com  “alergia a sexo”, onde não pode ter contato com sêmen. 

 

Em entrevista à agência “Kennedy News”, ela contou que descobriu a alergia incomum pouco depois do início de sua vida sexual.  

 

“Eu não tinha tido contato [com sêmen] antes, e ele ficou na minha pele. A região ficou vermelha e eu não pensei muito nisso no momento. Mas, então, durante outro encontro, estava na minha boca e sofri paralisia em metade do meu rosto por cerca de três horas”, contou. 

 

A hipersensibilidade ao plasma seminal humano (HSP) é uma reação alérgica às proteínas encontradas no esperma da maioria dos homens. A condição é rara, embora mais comum em mulheres, afetando até 40 mil mulheres só nos Estados Unidos.

 

"Eu tive uma reação com sexo vaginal, mas em vez de entorpecer a região, é mais como uma queimadura. Toda vez que eu tenho sêmen dentro de mim isso acontece. Até o menor contato, até mesmo o que é expelido antes da ejaculação", explicou. 

Histórico de Conteúdo