Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Distribuídos em 24 municípios do estado (veja lista), 35 profissionais participantes da segunda etapa do programa federal Mais Médicos devem chegar a partir desta terça-feira (1º) aos postos de trabalho. Simões Filho receberá a maior quantidade de médicos (6), seguido de Ilhéus (3), Anagé (2) e Camamu (2). De acordo com o Ministério da Saúde, ao todo, 416 médicos atuarão em unidades básicas de saúde em 228 municípios e nove distritos de saúde indígena em todo o país. Para receber a bolsa mensal de R$ 10 mil, custeada pelo governo federal, os gestores locais devem confirmar o início do trabalho desses profissionais até o dia 14. Para confirmar o início do trabalho no programa, os médicos têm de apresentar seus documentos pessoais, além do diploma, registro profissional (CRM) válido no Brasil e termo de adesão assinado. Quem não for trabalhar será excluído do programa.  Os médicos que tiveram algum impedimento e não se apresentaram terão que enviar justificativa ao gestor e negociar com eles a compensação dos dias não trabalhados. É responsabilidade do município o custeio da moradia e da alimentação dos médicos do programa ao longo dos três anos de atuação.


Histórico de Conteúdo