Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Ministério da Saúde recomenda dose de reforço de vacina contra o covid em adolescentes
Foto: Bruno Concha / Secom PMS

O Ministério da Saúde divulgou, na noite de sexta-feira (27), uma nota em que recomenda a dose de reforço da vacina contra a covid-19 em adolescentes entre 12 e 17 anos. A dose deve ser aplicada quatro meses após a segunda dose, preferencialmente com a vacina da Pfizer.

 

A recomendação também é válida para gestantes e puérperas. Além do imunizante da Pfizer, a Coronovac também pode ser utilizada, caso a primeira não esteja disponível. Tanto a vacina da Pfizer quanto a Coronavac, produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, são autorizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para esse público. Mas, para adolescentes imunocomprometidos, apenas a vacina da Pfizer deve ser utilizada.

Histórico de Conteúdo