Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Reino Unido registra mais dois casos de infecção rara de varíola
Foto: Reprodução / Eye of Science Photo Library

A Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido (UKHSA, na sigla em inglês), registrou, neste sábado (14), dois casos de uma infecção rara, conhecida como Monkeypox, a varíola do macaco, no Reino Unido. A doença havia sido erradicada em 1980.  

 

As autoridades de saúde afirmam que o risco de transmissão para a população em geral é baixo, uma vez que a infecção requer contato próximo com uma pessoa que esteja apresentando os sintomas da doença, que costumam começar com quadro semelhante ao da gripe e inchaço dos gânglios linfáticos, evoluindo para feridas no rosto e no corpo.

 

O órgão também informou que os infectados são residentes da mesma casa. Um deles está realizando tratamento em uma unidade do Hospital St Mary, em Londres, especializada em doenças infecciosas. O outro paciente permanece isolado em casa.

 

“Embora as investigações continuem em andamento para determinar a fonte da infecção, é importante enfatizar que ela não se espalha facilmente entre as pessoas e requer contato pessoal próximo com uma pessoa sintomática infectada”, disse o diretor de infecções clínicas e emergentes da UKHSA, Colin Brown.

 

No último sábado (7), a agência havia informado que uma pessoa que retornou recentemente da Nigéria havia sido diagnosticada com a infecção. Os dois novos casos não teriam relação com este.

Histórico de Conteúdo