Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Ministério da Saúde cobrou atuação 'urgente' do Itamaraty para conseguir cloroquina
Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O Ministério da Saúde cobrou que o Itamaraty atuasse com urgência na importação de 13 toneladas cloroquina, medicamento ineficaz contra a Covid-19, em maio de 2020.

 

A demanda classificada como "urgente" foi feita por Fernanda Matsumoyo, chefe da  Assessoria de Assuntos Internacionais do Ministério da Saúde, em 26 de maio do ano passado. Ela defendeu que o governo agisse para que a Índia exportasse 13 toneladas de cloroquina e citou a Covid.

 

Segundo documento obtido pela "Fiquem Sabendo", agência de dados fundada por jornalistas e especializada na Lei de Acesso à Informação, três toneladas iriam para o Ministério e as outras 10 seriam divididas igualmente entre os laboratórios Apsen e EMS.

 

"Muito apreciaria receber os possíveis encaminhamentos e desdobramentos desta pauta em questão com a maior brevidade possível", escreveu Matsumoto às 18h38.

Histórico de Conteúdo