OMS faz alerta para que jovens segurem instinto e parem de festejar na pandemia
Foto: Divulgação / Prefeitura de Arapongas

O chefe de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Mike Ryan, afirmou que os jovens precisam parar de ir a festas para previnir novos surtos de Covid-19. "“As pessoas mais jovens também precisam aceitar que têm uma responsabilidade. Faça a si mesmo a pergunta: eu realmente preciso ir a essa festa?", questinou ele. 

 

Os jovens de alguns países estão se reunindo cada vez mais para festas, churrascos e férias, de acordo com o G1. Isso tem contribuído para o ressurgimento da doença.

 

Segundo dados da OMS, a proporção de casos entre jovens de 15 a 24 anos aumentou três vezes em cerca de cinco meses. Em Genebra, onde fica a sede da Organização das Nações Unidas (ONU), cabarés e casas noturnas foram fechadas na semana passada, pois evidências apontaram que quase metade dos novos casos da cidade vinha desses locais.

 

Na visão de Ryan, os jovens tendem a não fornecer detalhes ou divulgar nomes de amigos, para que haja um rastreamento. No entanto, o chefe de emergências afirma que isso é necessário para parar o vírus. 
 

Histórico de Conteúdo