Virologista da Fiocruz faz alerta sobre potencial pandêmico de vírus descoberto no Paraná
Foto: Reprodução/Pixabay

Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Paraná estão tentando identificar novos casos de um novo tipo de vírus variante da influenza e com potencial pandêmico, o H1N2. De acordo com reportagem do jornal O Globo, o novo vírus respiratório está sendo analisado em amostras de pacientes do estado. 

 

A doença causada pelo H1N2 é um tipo de gripe transmitida de porcos para seres humanos.

 

De acordo com a virologista Marilda Siqueira, chefe do Laboratório de Vírus Respiratórios e Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), o objetivo é estudar a capacidade de transmissão do novo vírus, além de manter a vigilância.

 

Marilda foi quem identificou o novo vírus e é referência nacional e para as Américas (Organização Mundial da Saúde) para influenza e o Sars-CoV-2.

 

Em entrevista concedida ao O Globo, a cientista explicou sobre o potencial pandêmico do H1N2. "Os vírus influenza são muito contagiosos, e, sempre que um novo emerge, causa preocupação porque a população não tem imunidade contra ele", disse a virologista.

Histórico de Conteúdo