Interino desde saída de Teich, Pazzuello não ficará no cargo de ministro da Saúde
Foto: Júlio Nascimento/PR

Na titularidade da Saúde desde a saída de Nelson Teich, em maio, o general Eduardo Pazzuello não permanecerá no cargo de ministro da Saúde. A informação foi dada pelo próprio presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), nesta terça-feira (7). A informações são do Estadão.

 

"É um nome que não vai ficar para sempre, está completando três meses como interino e já deu uma excelente contribuição para nós", afirmou Bolsonaro ao falar sobre Pazzuello em uma entrevista a emissoras de TV no Palácio da Alvorada. Na mesma ocasião, o presidente da República disse estar com o novo coronavírus.

 

O ministério está há 53 dias sem um titular, ainda assim a reportagem ressalta que o presidente Bolsonaro não deu sinais de que  procura outro nome para a pasta.

Histórico de Conteúdo